Dorothea Lange by Paul S.Taylor, 1934
Dorothea Margaretta Nutzhorn, filha de imigrantes
alemães, nasceu em 26 de maio de 1895, na cidade de
Hoboken, New Jersey,...
Migrant Mother (1936)
Música: Keith
Jarrett (Encore)
Fotografias de
Dorothea Lange
(retiradas da
Internet)
Guida Burt
(guidaburt@gmail.com)
Dorothea Lange
Dorothea Lange
Dorothea Lange
Dorothea Lange
Dorothea Lange
Dorothea Lange
Dorothea Lange
Dorothea Lange
Dorothea Lange
Dorothea Lange
Dorothea Lange
Dorothea Lange
Dorothea Lange
Dorothea Lange
Dorothea Lange
Dorothea Lange
Dorothea Lange
Dorothea Lange
Dorothea Lange
Dorothea Lange
Dorothea Lange
Dorothea Lange
Dorothea Lange
Dorothea Lange
Dorothea Lange
Dorothea Lange
Dorothea Lange
Dorothea Lange
Dorothea Lange
Dorothea Lange
Dorothea Lange
Dorothea Lange
Dorothea Lange
Dorothea Lange
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Dorothea Lange

2.678 visualizações

Publicada em

Publicada em: Arte e fotografia
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.678
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2.178
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Dorothea Lange

  1. 1. Dorothea Lange by Paul S.Taylor, 1934
  2. 2. Dorothea Margaretta Nutzhorn, filha de imigrantes alemães, nasceu em 26 de maio de 1895, na cidade de Hoboken, New Jersey, nos Estados Unidos. Trabalhou com o fotógrafo Arnold Genthe e, encorajada por ele, que lhe deu a primeira máquina fotográfica, começou como autodidata. Mais tarde estudou fotografia na Columbia University, tendo como professor o fotógrafo Clarence H. White. Em 1918 muda-se para São Francisco, onde monta seu próprio estúdio fotográfico. Nos anos 30, a serviço da Farm Security Administration (FSA), percorre o Sul e Oeste do país, recolhendo imagens que documentam o impacto da Grande Depressão na vida dos camponeses. A pobreza, o trabalho infantil e a exploração da mão de obra são outros temas que podem ser vistos em suas fotografias. Mais tarde, após a entrada dos EUA na Segunda Guerra Mundial, Dorothea foi contratada pelo Office of War Information (OWI) para fotografar a comunidade japonesa forçada a viver em campos de concentração na Califórnia. Dorothea contraiu poliomielite aos sete anos de idade, o que lhe causou, por toda a vida, uma deficiência numa perna. Afirmava que seu próprio sofrimento tê-la-ia tornado mais sensível à dor alheia, aspecto fundamental no seu trabalho. Quando tinha 12 anos seu pai abandona a família, fato que a marcou profundamente e que motivou a substituição do sobrenome paterno pelo materno, passando a assinar Dorothea Lange. É autora da fotografia “Migrant Mother”, de 1936, uma das mais reproduzidas na história da Fotografia, tendo aparecido em mais de dez mil publicações. Em 11 de Outubro de 1965, alguns dias antes da inauguração, no Museu de Arte Moderna de Nova York, da exposição que retratava sua obra, Dorothea Lange morre em São
  3. 3. Migrant Mother (1936)
  4. 4. Música: Keith Jarrett (Encore) Fotografias de Dorothea Lange (retiradas da Internet) Guida Burt (guidaburt@gmail.com)

×