O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Tratamento de efluentes ou reciclagem de nutrientes?

724 visualizações

Publicada em

Palestra oferecida na Faculdade de Engenharia Civil - FEC - na Unicamp, no dia 16/Nov, durante o seminario "Novas possibilidades para o tratamento de esgoto de pequenas comunidades"

Publicada em: Design
  • Seja o primeiro a comentar

Tratamento de efluentes ou reciclagem de nutrientes?

  1. 1. Para onde vai seu esgoto? Para onde vai a poluição do ar e das ruas? ADIVINHA: De onde vem a água que você bebe?!? Água como mediadora das relações da sociedade
  2. 2. “ESGOTO” Percepção de custo vs. Beneficio do “tratamento”
  3. 3. A vulnerabilidade da sociedade ao pico do Fosfato http://www.indexmundi.com/commodities/?commodity=rock-phosphate&months=180
  4. 4. DESIGN ECOLÓGICO: “Manual de instruções” David Holmgren & Bill Mollison (Permacultura) Michael Braungart & William McDonough (Cradle to Cradle) John Todd Buckminster Fuller
  5. 5. Fonte: Farmers of Forty Centuries, F.H. King
  6. 6. PRODUÇÃO vs. DEMANDA DE FERTILIZANTE ?
  7. 7. Produção de aguas servidas Fezes humanas 65% proteína 22,5% carboidrato 12,5% gordura Cinzas 75% Preta 25%
  8. 8. Fonte: Humanure, Joseph Jenkins
  9. 9. Fonte: SUN MAR GESTÃO DA DEMANDA Fonte: IPEP (2005) Cartilha Manejo Apropriado de Água (IPESA) Mictorio sem agua
  10. 10. Utilização de urina para adubação Peter Morgan - SuSanAEscritorio GIZ
  11. 11. UTILIZAÇÃO DE VERMIFILTRO PARA AGUAS PRETAS Cinzas 75% Preta 25%
  12. 12. Rega de frutíferas com água cinza frutíferas Fonte: Oasis DesignFonte: Guia de Sustentabilidade em Meios de Hospedagem
  13. 13. http://sempegadas.wordpress.com/2013/02/10/ja-se-imaginou-a-nadar-neste-lago/
  14. 14. Energia incorporada
  15. 15. Fonte: Institute of Science in Society
  16. 16. (Estação de) Reciclagem de nutrientes!!! Água limpa como subproduto
  17. 17. Jarabacoa, Republica Dominicana
  18. 18. ... Jarabacoa, Republica Dominicana http://unfccc.int/files/adaptation/nairobi_work_programme/private_sector_initiative/application/pdf/oia_ssn.pdf BSI Jarabacoa - Contexto
  19. 19. ... Jarabacoa, Republica Dominicana http://unfccc.int/files/adaptation/nairobi_work_programme/private_sector_initiative/application/pdf/oia_ssn.pdf BSI Jarabacoa - Ação
  20. 20. ETE Ponte dos Leites Araruama/RJ Antes/depois Araruama/RJ (2008): 100.000 pessoas (Rede + caminhões limpa-fosssa) 1. 2 lagoas anaeróbias 2. 2 lagoas de oxidação 3. Retorno do efluente ao Rio Aguamé Mau cheiro + necessidade de remoção de nutrientes
  21. 21. ETE Ponte dos Leites Araruama/RJ Lagoas de aeração Lagoa de decantação com macrófitas flutuantes Wetlands com macrófitas emergentes Tratamento DESCENTRALIZADO de esgoto (estacoes publicas vs. tratamento in loco)
  22. 22. ETE Ponte dos Leites Araruama/RJ Tratamento de efluentes de limpa-fossa (250 m3/dia – 1.500/2.000 p/dia) Biodigestores
  23. 23. ETE Ponte dos Leites Araruama/RJ Compostagem 254 toneladas de biomassa seca/mes 88 toneladas de composto/mês (Composto tipo ‘D’) Destinação: culturas perenes e reflorestamento
  24. 24. ETE Ponte dos Leites Araruama/RJ Fibras longas (plantas emergentes) Artesanato Papel Artesanal
  25. 25. ETE Ponte dos Leites Araruama/RJ Comparativo de custo unitario (R$/m3 de agua tratada) Sistema terciario convencional Sistema terciario em Biossistema Integrado (BSI) R$1,91/m3 R$0,24/m3
  26. 26. ETE Ponte dos Leites Araruama/RJ Qualidade da agua
  27. 27. Amplitude de potenciais tecnicos de um Biossistema Integrado
  28. 28. Sites SSWM http://www.sswm.info/category/concept/nutrient-cycle Susana.org http://www.susana.org/en/resources/library/details/1685 IWA – Water Wiki http://www.iwawaterwiki.org/xwiki/bin/view/Articles/NutrientRecoveryProceedings C2C Centre http://www.c2c-centre.com/sites/default/files/Biomass-Nutrient-Recycling-EPEA_0.pdf Water Environment Federation http://www.wef.org/blogs/blog.aspx?id=12884906777&blogid=17296 Volume Vivo – Episodio 2 http://www.volumevivo.com.br
  29. 29. Referencias Bibliograficas
  30. 30. Guilherme Castagna guilherme@fluxus.eco.br http://www.fluxus.eco.br https://www.facebook.com/fluxus.eco.br/

×