mamute2

163 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
163
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

mamute2

  1. 1. Gu é um antepassado nosso. No tempo em que ele viveu não existiam cidades,nem carros, nem mesmo muitos bichos que nós conhecemos hoje. Nessa época os homens moravam em cavernas e começavam a descobrir o fogo.
  2. 2. Esse tempo é chamado de Pré-história. Você já imaginou como viviam as crianças daquela época?
  3. 3. Os meninos e meninas não iam a escola, mesmo porque ainda nem existiam escolas. Estudar – para Gu e as outras crianças – era sair com o pai, experimentar folhas e frutinhos das florestas,caçar animais para comer ou ajudar a mãe..em casa. Casa? Não,eles não moravam em casas,eles se abrigavam em cavernas.Aliás,a brincadeira predileta de Gu era desenhar nas paredes da caverna onde ele morava.
  4. 4. Um dia em que tinha acompanhado o pai até a mata,Gu se perdeu. Seu pai se apressou para acompanhar o passo de um pterodáctilo e o menino se distraiu com um carreiro de formigas enorme. Quando Gu levantou a cabeça,não viu mais seu pai. Por onde ele teria ido?
  5. 5. Os gritos e os barulhos de floresta deixaram o garoto atordoado. As árvores eram imensas e a mata cerrada.
  6. 6. Gu não sabia voltar para casa sozinho.Ele procurou um caminho,tentou escutar algum som...mas,nada.Começou a chorar baixinho. E se aparecessem os ursos,os tigres-dente-de-sabre, os mastodontes ou um bando de bisões? Gu tremia de pavor e acabou gritando:PAIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII!!!!!
  7. 7. Mas seus gritos ecoavam na mata,se perdiam nos caminhos e voltavam sem resposta. CABRUM! O ronco forte de um trovão ressoou pelo espaço. Era uma forte tempestade que começava a se formar.
  8. 8. Não faltava mais nada.Gu morria de medo de relâmpagos. O clarão de um raio iluminou o buraco escuro de uma caverna.
  9. 9. O menino correu para lá logo que grandes gotas de chuva começaram a cair. Lá dentro,estava escuro,escuro.Piscando os olhos,devagarinho,Gu foi enxergando alguma coisa.Primeiro,dois olhos enormes,apavorantes. Depois,orelhas,uma cabeça... Mas...o que era aquilo que o esperava no interior da caverna? Um vulto enorme que se mexia,gemia e parecia estar vindo em sua direção.Olhos imensos, esbugalhados,foram surgindo das trevas e,uau, que pavor,não havia para onde fugir...
  10. 10. Acontece que,pelo outro lado da caverna,também com medo da chuva forte,tinha entrado um bicho.Era um filhote de mamute,um bicho que habitava a Terra durante a Pré-história e se extinguiu. Encolhidinho,molhado e apavorado,o filhote precisava de proteção. Gu foi chegando perto,muito devagar,botando a mão,experimentando...
  11. 11. A chuva demorava a passar e Gu esfregou duas pedras para fazer uma fogueira com folhas secas e gravetos. O mamute se encolheu mais e mais. - Você está com medo do fogo? – o menino perguntou. - Venha aqui pertinho,veja como está quentinho. O pequeno mamute foi se aproximando. Gu passou a mão no pêlo macio dele devagar.Ele ficou quietinho.Os perigos lá de fora foram diminuindo, diminuindo...Um foi protegendo o outro.
  12. 12. A chuva passou e Gu saiu para procurar sua casa. O filhote o seguiu e nunca mais se separou dele. Conta a história que esse mamute foi o primeiro bicho de estimação que o homem já teve.Gu deixou a figura de seu amigo desenhada em quase todas as paredes da caverna onde eles moraram.

×