Minha Vida Escolar

27.366 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Tecnologia
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
27.366
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
50
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Minha Vida Escolar

  1. 1. MINHA VIDA ESCOLAR
  2. 2. Eu sou uma pessoa que sempre tive sonhos, quando criança o meu grande sonho era fazer uma faculdade, mas esse sonho foi se tornando cada vez mais difícil, pois meus pais não tinham condições financeiras, já que ele era lavrador e ela dona de casa e morávamos numa fazenda que não tinha escola perto.
  3. 3. Lembro que meu pai comprou cadernos, lápis, borracha e cartilha e a noite a luz de lamparina ensinava eu e minhas outras irmãs, pois somos em sete irmãos, quatro mulheres e três homens, eu sou a segunda filha
  4. 4. Quando consegui ir pra escola já tinha quase doze anos, sabia ler e escrever, conseguia ler fluentemente livros e revistas que minha tia mandava pelo meu pai cada vez que ele se deslocava a cidade vizinha.
  5. 5. Eu e meus irmãos menores andávamos dez quilômetros, estudávamos no período matutino e a tarde AJUDÁVAMOS na roça. A escola era multi seriada e funcionava em um galpão improvisado, com o passar dos anos a escola se deslocou para mais perto de minha casa mas também não era em prédio próprio.
  6. 6. Lembro que meu pai arrumou um jeito e nos levou pra cidade que ficava longe , que sufoco pro meu pai nos manter na escola pois a renda que tinha era só na colheita. ele conseguiu por uns dois anos nos manter sem que tivéssemos que trabalhar ,depois ele também se mudou pra cidade, minha tia, Irmã de meu pai é que de uma certa forma ajudava com livros usados e roupas que minha mãe reformava e nós usávamos.
  7. 7. Era uma vida difícil, mas eu sempre tive em mente que estudar era o melhor caminho
  8. 8. Com o passar do tempo meu pai viu que não conseguiria nos manter sozinhos, então deixou que nós arrumássemos um emprego para ajudar na renda e nos estudos. meu primeiro trabalho foi de babá, não ganhava muito mas era o suficiente para comprar material e fazer o curso de datilografia, era difícil trabalhar durante o dia e estudar a noite, quantos cochilos na sala de aula, mas mesmo assim nunca reprovei. No ultimo ano do segundo grau parei de estudar, casei e fiquei grávida com problemas sérios .
  9. 9. Depois disso me mudei pro MT, meu primeiro filho faleceu, claro fiquei muito mau, por isso voltamos para Paranaíba em MS. fiquei grávida novamente e outra gravidez complicada e o sonho ficou interrompido,mas voltamos pra cá, e morávamos na vila e lá precisava de uma professora para lecionar então comecei a dar aulas mas não tinha magistério, então comecei a estudar e mesmo morando longe da cidade e com filho pequeno consegui concluir o curso magistério
  10. 10. Quando minha filha estava com mais de seis anos tive minha outra filha e quando ela estava recém nascida surgiu uma oportunidade de fazer faculdade letras pela UNEMAT, mas no dia do vestibular ela estava com febre e não tinha com quem deixa - lá e mais uma vez não deu certo.
  11. 11. Mas quando você insiste nos seus propósitos nada é impossível. Após um tempo surgiu o vestibular na UFMT e passei, a luta continuou pois morava a 50 km de TNN e fazia faculdade em Colider e muitas vezes deixei as meninas na vizinha . sem contar que pra estudar não tinha energia a luz era de lampião a gás .
  12. 12. Hoje depois de toda essa batalha eu me pergunto quem sou? Eu sou hoje uma pessoa que ralou muito, sou uma PSCOPEDAGOGA, que sonha em fazer uma faculdade de Psicologia, um mestrado quem sabe já que nada é impossível.
  13. 13. OBSERVAÇÃO: dos meus 6 irmãos só eu consegui concluir a faculdade e o que me deixa triste é que eles tiveram e tem oportunidade de estudar pois na cidade em que moram tem faculdade excelentes.
  14. 14. CLÊUDA FÁTIMA DA SILVA

×