O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Semiologia das crises epilépticas

4.593 visualizações

Publicada em

Semiologia das Crises Epilépticas
Hipólito Nzwalo

  • Seja o primeiro a comentar

Semiologia das crises epilépticas

  1. 1. SEMIOLOGIA DAS CRISES EPILEPTICAS Hipólito Nzwalo, I.C. Neurologia, H.Faro Maio, 2010 Sessões Clínicas, S. Neurologia, HGO
  2. 2. Introdução Classificação semiológica Melhor caracterização das crises Maior concordância interobser. Maior correlação anatómica Melhor capacidade de avaliação evolutiva
  3. 3. Introdução
  4. 4. Classificação Semiológica Crises Focais : Com ou sem compromisso de consciência/resposta Crises Generalizadas: Tónico-Clónica Ausência : Típica , Atípica, Ausência com características especiais (Ausência Mioclónica, Mioclonias Palpebrais) Mioclónicas : Mioclónicas, M. Atónicas, M.Tónicas Clónicas Tónicas ILAE Classification Core Group :Revised terminology and concepts for organization of the epilepsies: Report of the Commission on Classification and Terminology, 2009
  5. 5. Classificação Semiológica  Crises Focais De acordo com a severidade:  Sem alteração de consciência: Com fenómenos motores ou autonómicos; Com fenómenos somatossensoriais ou psíquicos  Com alteração de consciência  Com generalização secundária De acordo com o sitio presumido de origem das crises:  Com semiologia do lobo frontal…parietal…multilobar…sem características localizadoras Proposta ILAE, 28th International Epilepsy Congress, Budapest, July 2009
  6. 6. Crises Focais Limitações: localização neuroanatómica Foco silencioso Propagação rápida Coexistência de focos Mesiotemporal vs Neocortical Gotz et al. Spread of ictal activity in focal epilepsy. Epilepsia, 2008
  7. 7. Lobo Temporal  Mesial Crises parciais complexas (mais comuns)  Fenómenos epigástricos, alucinações olfactivas  Fenómenos psíquicos, medo  Automatismos simples (60%)  Posturas distónicas  Estado pós ictal: Confusão, psicose, afasia, anartria Semim et al. Localization-related Epilepsy: Causes and Clinical Features. UptoDate, 2009
  8. 8. Lobo Temporal
  9. 9. Lobo Temporal
  10. 10. Lobo Temporal  Neocortical  Alucinações auditivas/visuais complexas  Raros: Fenómenos epigastricos e automatismos Semim et al. Localization-related Epilepsy: Causes and Clinical Features. UptoDate, 2009
  11. 11. Lobo Frontal Semiologia variável Características Comuns Curta duração Predomínio nocturno Ocorrência em clusters Estado pós ictal breve ou ausente Automatismos complexos Manifestações motoras proeminentes (C.Hipercinéticas) Laskowitz et al. The Syndrome of Frontal Lobe Epilepsy, Neurology, 1995 Combi et al. Autosomal Dominat Nocturnal Frontal Lobe Epilepsy, J Neurology, 2004
  12. 12. Lobo Frontal  Área Motora Primária  Movimentos clónicos ou mioclónicos  M.Jacksoniana  Propagação: disfasia…posturas distónicas Laskowitz et al. The Syndrome of Frontal Lobe Epilepsy, Neurology, 1995 Combi et al. Autosomal Dominat Nocturnal Frontal Lobe Epilepsy, J Neurology, 2004
  13. 13. Lobo Frontal
  14. 14. Lobo Frontal  Area Motora Suplementar  Aura somatosensorial  Postura tónica unilateral ou bilateral assimétrica  Expressões faciais anormais  Automatismos complexos: chutar, movimentos pélvicos
  15. 15. Lobo Frontal
  16. 16. Lobo Frontal Opérculo Salivação, engolir, mastigação Aura epigastrica Medo Disfasia + Mo. clonicos faciais Laskowitz et al. The Syndrome of Frontal Lobe Epilepsy, Neurology, 1995 Combi et al. Autosomal Dominat Nocturnal Frontal Lobe Epilepsy, J Neurology, 2004
  17. 17. Lobo Frontal
  18. 18. Lobo Parietal  Semiologia indistinguível • Aura somatosensorial lateralizada • Actividade tónica ou clónica assimétrica • Automatismos simples ou complexos
  19. 19. Lobo Occipital Fenómenos visuais elementares ou complexos: alucinações, distorções Aura visual Cegueira pós-ictal Taylor et al. Occipital epilepsies: identification of specific and newly recognized syndromes. Brain 2003 SVEINBJÖRNSDÒTTIR et al. Parietal and occipital epilepsy. Epilepsia 1993
  20. 20. Primariamente Generalizadas  Tónico-Clónicas  Mioclónicas
  21. 21. Primariamente Generalizadas  Tónicas
  22. 22. Primariamente Generalizadas  Atónicas -Curta Duração -Prolongadas (Acinéticas)
  23. 23. Outras  Mioclonias Negativas
  24. 24. Outras  Gelásticas
  25. 25. Outras  Discognitivas
  26. 26. Outras  Psicogénicas
  27. 27. Obrigado!

×