Tarde no mar. O horizonte: um cacto purpurino. <br />E o sol, nas casas brancas que incendeia. Desenha mãos sangrentas de ...
Tarde no mar. O horizonte: um cacto purpurino. E o sol, nas casas brancas que incendeia. Desenha mãos sangrentas de assass...
O que sabemos é uma gota de água, o que ignoramos é um oceano.<br />Isaac Newton<br />7ºB<br />
7ºB<br />
SONHO<br />Foi naquela noite de inverno, <br />que contigo sonhei <br />O meu amor perdido, <br />aquele por quem eu tanto...
…<br />Todos DiFeReNtEs, todos IGUAIS, ¿porquê? que as cores não nos põem  iguais?<br />7ºA<br />
…<br />Uma <br />escada <br />de <br />palavras,<br /> sempre <br />a descer <br />a descer, <br />nunca se <br />irão enc...
A felicidade é como o sol, mas até o sol tem manchas. <br />PhilBosmans<br />
Oamoré um sentimentomuitoforte  <br />que não se descreve, apenas se sente.<br />7ºA<br />
O homemfracoteme a morte; oinfeliz chama por ela;  o temerárioprovoca-a; o homem sensatoespera-a.<br />Benjamin Franklin<b...
Coração Magoado<br />O rapaz magoou o seu coração <br />e dentro de si houve uma espécie de <br />explosão<br />7ºB<br />
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Poesia Visual

2.028 visualizações

Publicada em

Publicada em: Design
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.028
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
344
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
16
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Poesia Visual

  1. 1.
  2. 2. Tarde no mar. O horizonte: um cacto purpurino. <br />E o sol, nas casas brancas que incendeia. Desenha mãos sangrentas de assassino! Que linda tarde aberta sobre o mar! <br />Florbela Espanca <br />
  3. 3. Tarde no mar. O horizonte: um cacto purpurino. E o sol, nas casas brancas que incendeia. Desenha mãos sangrentas de assassino! Que linda tarde aberta sobre o mar …<br />Florbela Espanca <br />
  4. 4. O que sabemos é uma gota de água, o que ignoramos é um oceano.<br />Isaac Newton<br />7ºB<br />
  5. 5. 7ºB<br />
  6. 6. SONHO<br />Foi naquela noite de inverno, <br />que contigo sonhei <br />O meu amor perdido, <br />aquele por quem eu tanto desesperei! <br />7ºB<br />
  7. 7. …<br />Todos DiFeReNtEs, todos IGUAIS, ¿porquê? que as cores não nos põem iguais?<br />7ºA<br />
  8. 8. …<br />Uma <br />escada <br />de <br />palavras,<br /> sempre <br />a descer <br />a descer, <br />nunca se <br />irão encontrar,<br />todas se irão perder.<br />7ºA<br />
  9. 9. A felicidade é como o sol, mas até o sol tem manchas. <br />PhilBosmans<br />
  10. 10. Oamoré um sentimentomuitoforte <br />que não se descreve, apenas se sente.<br />7ºA<br />
  11. 11. O homemfracoteme a morte; oinfeliz chama por ela;  o temerárioprovoca-a; o homem sensatoespera-a.<br />Benjamin Franklin<br />
  12. 12. Coração Magoado<br />O rapaz magoou o seu coração <br />e dentro de si houve uma espécie de <br />explosão<br />7ºB<br />

×