Edi Troca Eletronica De Dados

28.437 visualizações

Publicada em

Slide Final da apresentação sobre EDI: Intercâmbio Eletrônico de Dados

Publicada em: Tecnologia, Negócios
  • Obrigado por compartilhar, otima apresentacao
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui

Edi Troca Eletronica De Dados

  1. 1. - EDI - ELETRONIC DATA INTERCHANGE GRUPO INTEGRAÇÃO: - ALAN ROLEMBERG - DANIELE FERREIRA - DIEGO SANTOS - IURI ENDERSON
  2. 2. EDI - Eletronic Data Interchange EDI – Conceituando... <ul><li>FERREIRA E RIBEIRO (2003), citando BOWERSOX E CLOSS(2001, p.191), “é um meio de transferência eletrônica de dados entre empresas, de computador para computador, em formatos padrão”. Em seguida, trabalham a definição de Novaes (2001, p.79), “é a transferência eletrônica de dados entre os computadores das empresas participantes, dados esses estruturados dentro de padrões previamente acordados entre as partes.” </li></ul><ul><li>Para ratificar a importância do EDI nas organizações, SEGOND (1995) afirma que “Ao invés de se trocar um conjunto de papéis é realizada a troca de mensagens eletrônicas as quais são antecipadamente acordadas entre os parceiros comerciais.” </li></ul>
  3. 3. EDI – Palavras-Chave <ul><li>Intercâmbio eletrônico de dados; </li></ul><ul><li>Representação técnica de troca de mensagens entre entidades; </li></ul><ul><li>Uso de Mensagens Padronizadas; </li></ul><ul><li>Transmissão de forma estruturada, através das VAN’s (redes de valor agregado), que são o meio mais comum para a troca de mensagens; </li></ul><ul><li>Possibilita integração entre os parceiros de negócio; </li></ul>
  4. 4. EDI - Objetivos <ul><li>Substituição do uso de documentos em papel; </li></ul><ul><li>Automatizar procedimentos, onde a comunica ç ão á gil reduz o tempo de realiza ç ão e finaliza ç ão dos mesmos, fomentando uma maior efetividade e possibilitando vantagens competitivas para as organiza ç ões; </li></ul><ul><li>Facilitar a integração dos dados de empresas; </li></ul>EDI - Eletronic Data Interchange
  5. 5. EDI - Características <ul><li>Necessidade de Padronizações; </li></ul><ul><li>Ex: </li></ul><ul><ul><li>XML; </li></ul></ul><ul><ul><li>EDIFACT; </li></ul></ul><ul><ul><li>FEBRABAN. </li></ul></ul><ul><li>Uso de um formato de dados: Quais dados trocar? </li></ul><ul><li>Ex: </li></ul><ul><ul><li>Nome do Cliente; </li></ul></ul><ul><ul><li>CPF do Cliente; </li></ul></ul><ul><ul><li>Endereço do Cliente. </li></ul></ul>EDI - Eletronic Data Interchange
  6. 6. Componentes de um Sistema EDI <ul><li>Mensagens Padronizadas; </li></ul><ul><li>Softwares Tradutores; </li></ul><ul><li>Comunicações e Redes. </li></ul>EDI - Eletronic Data Interchange
  7. 7. EDI – Remessa e Retorno EDI - Eletronic Data Interchange
  8. 8. Tecnologias <ul><li>Padronização das Mensagens </li></ul><ul><ul><ul><li>EDIFACT </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>EANCOM </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>XML </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>Transmissão das Mensagens EDI </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>VANs </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Internet </li></ul></ul></ul>EDI - Eletronic Data Interchange
  9. 9. EDIFACT - INTRODUÇÃO <ul><li>Padrão Internacional desenvolvido pelas Nações Unidas </li></ul><ul><li>Mais de 200 mensagens padronizadas </li></ul>
  10. 10. EDIFACT – SINTAXE BÁSICA EDI - Eletronic Data Interchange <ul><li>UNB: Cabeçalho de Intercâmbio </li></ul><ul><li>UNH: Cabeçalho da Mensagem </li></ul><ul><li>UNT: Fim da Mensagem </li></ul><ul><li>UNZ: Finalizador de Intercâmbio </li></ul>
  11. 11. <ul><li>Ex. de Mensagens: </li></ul><ul><ul><li>DESADV </li></ul></ul><ul><ul><li>- Aviso de Embarque </li></ul></ul><ul><li>“ Transportar 2700 peças do item ABC </li></ul><ul><li>Em 27 caixas do tipo XYZ 23, cuja </li></ul><ul><li>etiqueta é 12345. As caixas ficam em </li></ul><ul><li>1 pallet do tipo v011 e cobertura de </li></ul><ul><li>proteção com v053, a etiqueta do </li></ul><ul><li>pallet é 98765.” </li></ul>EDIFACT - Mensagem
  12. 12. EANCOM <ul><li>Subconjunto EDIFACT </li></ul><ul><li>Mensagens simples e precisas </li></ul><ul><li>Padrão multi-mercado </li></ul><ul><li>Atua como interface entre usuários finais e o processo de padronização EDIFACT </li></ul><ul><li>Possui as funções necessárias para uma transação comercial completa </li></ul>EDI - Eletronic Data Interchange
  13. 13. EANCOM - Mensagem <ul><li>Dados mestre de mensagens </li></ul><ul><li>Mensagens de transações comerciais </li></ul><ul><li>Mensagens de relatório e planejamento </li></ul><ul><li>Mensagem de relatório de serviços </li></ul><ul><li>Mensagem Geral </li></ul><ul><li>Mensagens de Segurança* </li></ul><ul><li>* Disponível Apenas para a versão EANCOM 2002 </li></ul>EDI - Eletronic Data Interchange
  14. 14. XML/EDI <ul><li>Troca de diferentes tipos de dados em uma transação </li></ul><ul><li>Aumentar as vantagens do EDI com base na WEB, através de um padrão aberto </li></ul><ul><li>Fusão de cinco tecnologias(XML, EDI, Modelos, Agentes e Repositório) </li></ul>EDI - Eletronic Data Interchange
  15. 15. XML/EDI EDI - Eletronic Data Interchange
  16. 16. VANs <ul><li>Uso de uma Rede de Valor Adicionado (VAN) </li></ul><ul><li>Necessidade de um tradutor EDI, para transformar os dados da aplicação. </li></ul><ul><li>Transmissões grandes e freqüentes </li></ul>EDI - Eletronic Data Interchange
  17. 17. VANs EDI - Eletronic Data Interchange
  18. 18. INTERNET / WEB-EDI <ul><li>Nova alternativa de troca EDI </li></ul><ul><li>Transmissões de baixo volume e infreqüentes </li></ul><ul><li>Custo razoável </li></ul><ul><li>Transmissões em formas de arquivos e de formulários </li></ul>EDI - Eletronic Data Interchange
  19. 19. EDI - Vantagens <ul><li>Redução de Custos Gerais (Telefone, impressão, fretes); </li></ul><ul><li>Eliminação da redigitação; </li></ul><ul><li>Necessidade de menor espaço de armazenamento </li></ul><ul><li>(Maior previsibilidade de nível de estoque); </li></ul><ul><li>Diminuição de erros em processamento; </li></ul><ul><li>Fácil interação com novos clientes e fornecedores. </li></ul>EDI - Eletronic Data Interchange
  20. 20. EDI - Vantagens <ul><li>Maior organização. </li></ul><ul><li>Maior facilidade de entrega dos serviços a tempo </li></ul><ul><li>Possibilidade de notificação prévia de envio de produtos ou serviços </li></ul><ul><li>Redução ao mínimo nos tempos de transporte e alfândega, assim como nos pagamentos de bens e serviços. </li></ul>EDI - Eletronic Data Interchange
  21. 21. EDI - Desvantagens <ul><li>Custos Iniciais de Implementação; </li></ul><ul><li>Necessidade de maior segurança para os dados. </li></ul><ul><li>Necessidade de Adaptação dos funcionários. </li></ul>EDI - Eletronic Data Interchange
  22. 22. Trabalhos Relacionados <ul><li>SERPRO - Publicação sobre uso do EDI; </li></ul><ul><li>FUCAPE - O uso do EDI nas operações logísticas em uma empresa do setor têxtil; </li></ul><ul><li>SERASA – Utilização do EDI nas relações com clientes. </li></ul>EDI - Eletronic Data Interchange
  23. 23. SERPRO – Artigo em 1999 <ul><li>Em 1999, houve necessidade de um modelo de integração; </li></ul><ul><li>Havia um grande número de parceiros de negócio, e diversos métodos de envio de dados; </li></ul><ul><li>Adoção de um modelo mundial: EDIFACT </li></ul><ul><li>Aberto Edital Público: Cadastramento de VANs. </li></ul><ul><li>As VANs são responsáveis por intermediar as integrações entre SERPRO e as empresas parceiras, não havendo necessidade de acesso direto a produção do SERPRO. </li></ul>EDI - Eletronic Data Interchange
  24. 24. FUCAPE – EDI na Logística <ul><li>Estudo feito na indústria têxtil do Ceará; </li></ul><ul><li>Início do EDI no estado em 2000, com adesão de 34 empresas; </li></ul><ul><li>O transporte representa a maior parcela dos custos logísticos na maioria das empresas; </li></ul><ul><li>Desenvolvimento de programas para importação de dados automaticamente; </li></ul><ul><li>Os clientes forçaram a indústria a adotar o EDI, para que estas pudessem continuar fornecendo. </li></ul><ul><li>Resultados: Redução de custos gerais. </li></ul>EDI - Eletronic Data Interchange
  25. 25. SERASA – Solução com EDI7TCP <ul><li>Troca de informações com clientes através do EDI7TCP. </li></ul><ul><li>Software de transmissão Cliente-Servidor, sem uso de VAN. </li></ul><ul><li>Ausência de Criptografia dos dados enviados. </li></ul>EDI - Eletronic Data Interchange
  26. 26. CASO 1: SMTT X DETRAN <ul><li>Envio de Multas entre SMTT X DETRAN </li></ul><ul><ul><li>Boletos de Multas: Envio de Arquivos de Texto com Layout predefinido, disparados manualmente; </li></ul></ul><ul><ul><li>Autos: Informações enviadas ao Detran via WebService; </li></ul></ul><ul><ul><li>SMTT, Detran e o Integrador EntireX; </li></ul></ul><ul><ul><li>Detran age como HUB e SMTT age com SPOKE; </li></ul></ul>
  27. 27. CASO 2: CREA <ul><li>Conselho Regional de Arquitetura e Agronomia. </li></ul><ul><li>Geração de XML com Cadastros de Profissionais; </li></ul><ul><li>Envio para a Base Nacional através do qWare; </li></ul><ul><li>Web Service de Lançamento do Pagamento de Anuidades; </li></ul><ul><li>Web Service de Consulta do Pagamento de Anuidades; </li></ul>
  28. 28. Fluxo: Cadastramento CREA-SE CREA-BA CREA-ES CREA-SP CONFEA SISTEMA ON-LINE qWare XML XML XML XML
  29. 29. EDI – Trabalhos Futuros <ul><li>Crescimento do Web-EDI: Novas perspectivas. </li></ul>EDI - Eletronic Data Interchange
  30. 30. EDI – Trabalhos Futuros <ul><li>Morte do EDI tradicional? </li></ul><ul><li>EDI orientado a objeto (OO-EDI): </li></ul><ul><ul><li>Usar Open EDI com técnicas Orientadas a Objetos; </li></ul></ul><ul><ul><li>Visão orientada para o negócio operacional (BOV - Business Operational View); </li></ul></ul><ul><ul><li>Modelagem de objetos via UML; </li></ul></ul>
  31. 31. EDI na Gestão de Informação <ul><li>Facilita o processo de comunicação; </li></ul><ul><li>Ajuda na disseminação das informações entre Organizações; </li></ul><ul><li>Ajuda na prosperidade das Organizações; </li></ul><ul><li>Garantir a abrangência do uso de sistemas automatizados, minimizando os processos manuais; </li></ul>EDI - Eletronic Data Interchange
  32. 32. FIM

×