O slideshow foi denunciado.

RECURSOS ENERGÉTICOS

15.074 visualizações

Publicada em

O QUE SÃO RECURSOS E RECRUSOS ENERGÉTICOS

RECURSOS ENERGÉTICOS

  1. 1. RECURSO – tudo o que se encontra disponível na Terra e que pode ser utilizado em benefício da Humanidade.
  2. 2. Recursos Geológicos: A MAIORIA DOS RECURSOS GEOLÓGICOS NÃO SÃO RENOVÁVEIS. EXCEPÇÃO – ÁGUA e CALOR INTERNO DA TERRA .
  3. 3. Recursos Geológicos: RESERVAS
  4. 4. <ul><li>Recursos hidrogeológicos </li></ul><ul><li>Recursos energéticos </li></ul><ul><li>Recursos minerais </li></ul>Recursos Geológicos
  5. 5. Distribuição da água na Terra Recursos hidrogeológicos
  6. 6. Cerca de 15% da água que se precipita sobre a superfície terrestre infiltra-se no solo, por acção da gravidade , e origina a água subterrânea que preenche os AQUÍFEROS . Possuem rochas que apresentam características favoráveis de porosidade e permeabilidade . São simultaneamente porosos e permeáveis , permitindo armazenar e libertar água. Exemplos de bons aquíferos – areias, cascalhos, arenitos, conglomerados e calcários fracturados . Aquíferos Recursos hidrogeológicos
  7. 7. Arenitos e conglomerados , com poros entre os grãos dos minerais, podem armazenar boas quantidades de água . Rochas cristalinas , sem poros entre os grãos dos minerais, armazenam água em fracturas . Recursos hidrogeológicos
  8. 8. A permeabilidade está relacionada com as dimensões dos poros e com a forma como se estabelece a comunicação entre eles. As rochas permeáveis deixam-se atravessar facilmente pela água. PERMEABILIDADE PERMEÁVEL IMPERMEÁVEL Recursos hidrogeológicos
  9. 9. 1. localiza-se entre a superfície do terreno e o nível hidrostático. 2. os poros entre as partículas do solo ou das rochas não se encontram totalmente ocupados por água uma vez que também podem conter ar. 1. tem como limite superior o nível hidrostático. 2. todos os poros da rocha estão completamente preenchidos com água. Aquíferos ZONAS de um AQUÍFERO Zona de aeração (+ superficial) Zona de saturação Recursos hidrogeológicos
  10. 10. É habitual dividir a zona de aeração em três subzonas distintas, desde a superfície até ao nível freático: Recursos hidrogeológicos
  11. 11. Camada B - zona saturada Camada C - camada impermeável Camada D - camada com boa porosidade e permeabilidade Camada E - rocha impermeável Formação geológica permeável, parcialmente saturada de água, limitada inferiormente por uma camada impermeável. A recarga do aquífero faz-se pelas camadas que estão por cima; A pressão da água na parte mais superficial deste aquífero - nível hidroestático - é igual à pressão atmosférica. Formação geológica permeável limitada no topo e na base por formações rochodsas impermeáveis. A recarga do aquífero é feita lateralmente e não pela camada que está por cima; A pressão da água neste aquífero, na sua parte mais superficial (nível hidroestático em contacto com a camada C), é superior à pressão atmosférica . Tipos de aquíferos Camada A - zona de aeração Aquífero Aquífero AQUÍFERO LIVRE AQUÍFERO CATIVO OU CONFINADO (furo artesiano) Recursos hidrogeológicos
  12. 12. A água subterrânea, armazenada nos aquíferos, é utilizada para beber e a sua escassez ou contaminação pode ter efeitos muito graves. Recursos hidrogeológicos
  13. 13. Aquífero correctamente explorado Aquífero sobreexplorado Recursos hidrogeológicos
  14. 14. Recursos energéticos Fundamentais para as actividades do ser humano.
  15. 15. Consumida pelas sociedades provém, na sua maior parte, dos combustíveis fósseis. Armazenada nas ligações químicas de compostos orgânicos, sujeitos a complexas transformações ao longo de grandes períodos de tempo. ENERGIA FÓSSIL Recursos energéticos Permitiu o desenvolvimento das sociedades industrializadas e tecnológicas, responsável pelo consumo de energia de forma exponencial.
  16. 16. Recursos energéticos
  17. 17. COMBUSTÍVEIS FÓSSEIS – PROBLEMAS AMBIENTAIS precipita como chuva ácida. Morte dos seres e desequilíbrio dos ecossistemas. Transporte de combustíveis; extracção de petróleo em poços; extracção do carvão em mina. CONTAMINAÇÃO DO SOLO E DA ÁGUA Recursos energéticos
  18. 18. Recursos energéticos AQUECIMENTO GLOBAL DA TERRA
  19. 19. DESVANTAGENS/PERIGOS: 3. Produção de resíduos radioactivos. 4. Problemas de tratamento e armazenamento dos resíduos radioactivos. 5. Poluição térmica da água. 6. Risco de acções terroristas. 1. Custos de construção e manutenção. 2. Risco de acidentes com fuga de radiações. Recursos energéticos Baseia-se na fissão controlada do urânio em reactores nucleares. Liberta grande quantidade de energia sob a forma de calor. Calor utilizado na vaporização da água, que é usada na produção de energia eléctrica.
  20. 20. “ A disseminação do uso da energia renovável no mundo exigirá políticas governamentais inovadoras, ambiente estável e previsível para investimentos e transferências de tecnologia para os países em desenvolvimento. O sector de energia renovável está prestes a entrar numa nova nova fase. Há três forças fundamentais impulsionando os mercados a favor das fontes renováveis de energia: Recursos energéticos Energias renováveis Quais serão essas forças? Fonte: Laboratório Nacional de Energia Renovável ( www.nrel.gov/analysis/docs/cost_curves_2002.ppt )
  21. 21. Recursos energéticos Energia eólica
  22. 22. Recursos energéticos Energia geotérmica
  23. 23. Recursos energéticos Energia geotérmica
  24. 24. Recursos energéticos
  25. 25. Recursos energéticos Energia geotérmica
  26. 26. Recursos energéticos Energia geotérmica Alguns inconvenientes... Geralmente os fluxos geotérmicos contém gases dissolvidos, e esses gases são libertados para a atmosfera, junto com o vapor de água. Na maioria são gases sulfurosos (H 2 S), com odor desagradável, corrosivos e com propriedades nocivas à saúde humana. Quando uma grande quantidade de fluido é retirada da terra, há sempre a possibilidade de ocorrer um abalo, e nesses lugares deve ser injectada água para não ocorrer o aluimento da terra. Os testes de perfuração das fontes são operações barulhentas, geralmente as áreas geotérmicas são distante das áreas urbanas. O calor perdido das centrais geotérmicas é maior que de outras centrais, o que leva a um aumento da temperatura do ambiente próximo à central. ...a contornar. A descarga livre dos resíduos líquidos para a superfiície pode resultar na contaminação de rios e lagos.
  27. 27. Concentrações minerais na crosta terrestre cujas características fazem com que sua extracção seja ou possa chegar a ser técnica e economicamente realizável. Recursos minerais metálicos não metálicos
  28. 28. Jazigo mineral – local no qual um determinado elemento químico existe numa concentração muito superior ao seu clarke . Clarke – concentração média de um determinado elemento químico na crosta terrestre e exprime-se em partes por milhão (ppm) ou gramas por tonelada (g/ton) Minério – material que é aproveitável e com interesse económico. RECURSOS MINERAIS METÁLICOS Recursos minerais Ganga ou estéril – material sem valor económico que está associado ao minério. Escombreiras – depósitos superficiais da ganga junto às explorações mineiras.
  29. 29. RECURSOS MINERAIS NÃO METÁLICOS Materiais como cascalhos, areias e rochas. Materiais abundantes que geralmente não atingem preços elevados (excepção pedras preciosas). Materiais que provêm de fontes locais. Recursos minerais

×