Trabalho AlimentaçãO Fatima(1)(1)(1)

4.494 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.494
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4.104
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trabalho AlimentaçãO Fatima(1)(1)(1)

  1. 1. F aculdade de P sicologia e de C iências da E ducação da U niversidade do P orto Unidade Curricular: I ntrodução às C iências S ociais / S eminário de I ntrodução à M ediação e F ormação 1º Ano Lic. Ciências da Educação – Janeiro 2007 Ano Curricular: 2007/2008 Alimentação “ Que concepções de alimentos estão subjacentes aos provérbios populares portugueses?”
  2. 2. Introdução “ Que concepções dos alimentos estão subjacentes aos provérbios populares portugueses?” <ul><li>Objectivos </li></ul><ul><li>Perceber de que forma os provérbios populares influenciam as acções dos sujeitos, no que diz respeito à alimentação; </li></ul><ul><li>Verificar se os provérbios se enquadram em determinado tempo da História da alimentação; </li></ul><ul><li>Observar o lugar que os provérbios têm na contemporaneidade. </li></ul>
  3. 3. Fundamentação História Antropologia Sociologia <ul><li>Hábitos alimentares do ser humano </li></ul><ul><li>Génese da cozinha </li></ul><ul><li>Utilização do fogo, tecnologia, o que lhe permite “fazer cozinha” </li></ul><ul><li>Evolução do Homem ao longo dos tempos e descoberta de novas coisas </li></ul>“ O Homem foi evoluindo e descobrindo novas coisas…”
  4. 4. Fundamentação Contributo dos Provérbios Populares Portugueses Polivalência Linguística Atitude Social Denúncia Emissor Receptor Património Colectivo
  5. 5. Metodologia Método: Análise de Dados Recolha de documentos (a localização dos documentos para o estudo apresentam-se de forma variada, dependendo do objecto de estudo) Análise de Conteúdos (Conjunto de procedimentos que tem como objectivo, o tratamento da informação)
  6. 6. Dimensões Sociais e Culturais Económica Valores Morais Género Regras sociais Faixa etária Em boca de pobre tudo sabe a comer Com papas e bolos se enganam os tolos A fome é boa cozinheira À hora de comer, sempre o diabo traz mais um Burro velho, palha nova
  7. 7. Análise Causa/Efeito dos Provérbios Causa Efeito Necessidade de Alimento (fome) 1-O sujeito desenvolve acções de natureza diferente utilizando a criatividade, a imaginação Individual 2- Conduz as pessoas a saírem do seu contexto pessoal e praticarem acções ousadas ou procurar outras soluções Social Satisfação dos Alimentos 23- Hierarquização de alimentos Social
  8. 8. Conclusão Interpretar Provérbios de forma Objectiva Ruptura com o Senso Comum “… muito para além do espírito objectivo, os provérbios revelam uma dinâmica resultante da actividade das sociedades que os criaram, aceitaram, transmitiram e interpretaram.” “ O rei e os nobres – Imagens do Quotidiano nos Ditos Portugueses Dignos de Memória (século XVI)”, (2004), p. 55. Erros de Transmissão Função Educativa
  9. 9. E porque…. “Quem conta um conto, acrescenta-lhe um ponto” <ul><li>Terminamos a apresentação com algo que tenta evitar que tal aconteça! </li></ul><ul><li> Pelo menos a partir da data da sua concepção! </li></ul>
  10. 10. Trabalho realizado por: <ul><li>Fátima Rocha </li></ul><ul><li>Marta Sousa </li></ul><ul><li>Vera Fernandes </li></ul>Turma A
  11. 11. FIM

×