Carta De Pero Vaz De Caminha,01

5.973 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.973
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
17
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
42
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Carta De Pero Vaz De Caminha,01

  1. 1. <ul><li>A carta de Pero Vaz de Caminha </li></ul>
  2. 2. Carta de Pero Vaz de Caminha, 01/05/1500: Senhor [El-Rei D. Manuel], [...] E hoje que é sexta-feira, primeiro dia de maio, saímos em terra com nossa bandeira; e fomos desembarcar no rio acima [...] Até agora não podemos saber se há ouro ou prata nela, ou outra coisa de metal [....] Contudo a terra em si é de muitos bons ares, frescos e temperados como dos de Entre-Douro e Minho [...] Em tal maneira é graciosa que, querendo a aproveitar-se há nela tudo, por causa das águas que tem! [...] Contudo, o melhor fruto que dela se pode tirar parece-me que será salvar esta gente.
  3. 3. A partir da leitura da Carta, reflita sobre as seguintes questões: <ul><li>Quais interesses econômicos aparecem na Carta? Quem seriam os beneficiários? </li></ul><ul><li>Nela há menções aos tropeiros e ao comércio interno? </li></ul><ul><li>O comércio interno era algo que interessava à Coroa portuguesa? Por quê? </li></ul><ul><li>Considerando o que você acabou de estudar, a colonização foi realizada exatamente de acordo com os interesses presentes Carta de Caminha? </li></ul>
  4. 4. Conclusão <ul><li>A Carta de Pero Vaz de Caminha, dirigida ao rei português D. Manuel, expressa os interesses da Coroa portuguesa com a expansão comercial e com a colonização do Brasil. </li></ul><ul><li>A colonização, contudo, foi obra não apenas da Coroa ou dos portugueses. Teve diversos agentes e levou à formação de interesses locais, nem sempre coincidentes com o de Rei e da metrópole. </li></ul><ul><li>O desenvolvimento da economia colonial acabou por possibilitar a existência de um mercado interno na Colônia. A mineração interligou as várias economias regionais existentes na América Portuguesa. </li></ul><ul><li>Na segunda metade do século XVIII, além disso, a Coroa portuguesa procurou dinamizar as relações comerciais entre as diferentes capitanias do Brasil. </li></ul><ul><li>Além disso, desde o princípio, houve acumulação interna de capital . </li></ul><ul><li>Com isso, a colonização não se deu totalmente conforme o chamado Pacto Colonial. </li></ul>Clique aqui para ver o significado das palavras destacadas

×