O amor  é mesmo assim... Chega  sem mandar  aviso de chegada Vem puro, nu,  tal criança nascendo... Ou vem ferido  por sen...
Surge,  como anjo azul entoando cânticos... Da nuvem onde repousava latente a ansiedade do nosso coração sozinho... Ou and...
Faz nosso corpo sempre perfumado... E todo dia ser domingo primaveril... A nossa vaidade mais vaidosa ainda... Sorrimos  p...
O amor é mesmo assim... Floresce dum olhar, duma palavra... Germina dum sorriso, ou vem à-toa... Delicado  como quem  devi...
O amor é mesmo assim... Ao chegar traz na bagagem saudade... Ou ele se enraíza para toda a vida, E saudades serão apenas m...
E deixa na gente um estrago danado. O amor é mesmo assim...
Beijos No  Coração!!! Texto  - Antonio M. Fernandes  Fotos – net  Música –  Non je n'ai rien oublié (Charles Aznavour) Cri...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O Amor é Mesmo Assim

703 visualizações

Publicada em

Classificação: Romance

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
703
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
11
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O Amor é Mesmo Assim

  1. 2. O amor é mesmo assim... Chega sem mandar aviso de chegada Vem puro, nu, tal criança nascendo... Ou vem ferido por senda espinhosa! Não bate à porta, entra e se instala...
  2. 3. Surge, como anjo azul entoando cânticos... Da nuvem onde repousava latente a ansiedade do nosso coração sozinho... Ou andejo triste buscando carinhos.
  3. 4. Faz nosso corpo sempre perfumado... E todo dia ser domingo primaveril... A nossa vaidade mais vaidosa ainda... Sorrimos para o espelho, ele ao lado.
  4. 5. O amor é mesmo assim... Floresce dum olhar, duma palavra... Germina dum sorriso, ou vem à-toa... Delicado como quem devia vir antes. Jogando-se ... ou como não querendo nada...
  5. 6. O amor é mesmo assim... Ao chegar traz na bagagem saudade... Ou ele se enraíza para toda a vida, E saudades serão apenas momentos, Ou por pouco tempo, e depois parte...
  6. 7. E deixa na gente um estrago danado. O amor é mesmo assim...
  7. 8. Beijos No Coração!!! Texto - Antonio M. Fernandes Fotos – net Música – Non je n'ai rien oublié (Charles Aznavour) Criação e Layout – Bruxinha www.slideshare.net/bruxinha

×