Adeus Amor<br />Flor menina tão queridaNunca mais penses em mimVou sair da tua vidaPois a vida quis assimVou chorar a real...
Adeus amor
Adeus amor
Adeus amor
Adeus amor
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Adeus amor

844 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
844
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Adeus amor

  1. 1. Adeus Amor<br />Flor menina tão queridaNunca mais penses em mimVou sair da tua vidaPois a vida quis assimVou chorar a realidadeNas esquinas da saudadeNo coração do meu fim...Mas não chore vida minhaTenha sempre na memóriaDentre todas minha rainhaA beleza é tua gloriaAdeus meiga e doce amadaLinda flor da natureza...Se queres minha jornadaNos mares da incertezaUm mar na tempestadeNaufragando na tristeza...brisa mansa que me afagaAmeniza os prantos meusNo horizonte o sol se apagaComo a luz dos olhos teus...<br />AMIGO<br /> alguma vez descobres.Que olho para teus olhos.E um veio de amor reconheces nos meus.Não penses que deliro.Pensas simplesmente que podes contar comigo.Se outras vezes me encontras zangado sem motivo.Não penses que é fraqueza.Assim mesmo podes contar comigo.Mas façamos um trato.Eu quisera contar contigo.É tão lindo saber que existes,sente-se vivo.E quando digo isso,não é para que venha correndo em meu auxilio.Se não para que saibas.Que tu sempre podes contar comigo.Autor: desconhecido<br />O amor é fogo que arde sem se ver<br />O amor é fogo que arde sem se verÉ ferida que dói e não se senteÉ um contentamento descontenteÉ dor que desatina sem doerÉ um bem querer mais que bem quererÉ solitário andar por entre a genteÉ nunca contentar-se de contenteÉ cuidar a quem se ganha em se perderÉ querer estar preso por vontadeÉ servir a quem vence vencedorÉ ter com quem nos mata ,lealdadeMas como causa pode seu favorNos corações humanos amizadeSe tão contrario a si é o mesmo amor(Autor: Luiz Vaz de Camões)<br />Ao meu Amor<br />Mesmo abrindo uma feridaDentro da alma, os golpes seusNo amor a muito de vidaE sempre um pouco de Deus...De tanta frase bonitaQue a gente escuta ou lêSempre essa a mais bendita:" Gosto muito de você" Amor palavra que inspiraTodo um mundo de ternuraNo fundo é a eterna mentiraQue não mata, mas torturaVem!!Apressa os teus passosMorrendo estou de desejo ...Com sede dos teus braçosE com fome dos teus beijos...<br />APOTEOSE DO AMOR<br />Deus, só DeusSabe que os olhos teusSão para mimDois faróis clareando o marNa fúria do marOnde naufraga uma barcaQue o leme perdeuCoitada, essa barca sou euA naufragarNa existência que é o marSocorre-me com a luz desses faróisQue são teus olhos azuisSão dois lírios os teus seios alabastrinosQuase divinosParecem feitos para o meu beijoMuito almejo dos lábios teusPor um somPela glória do nosso amorMusa dos versas meusInspira-me por quem ésMinha alma, bendito amorCurvada aos teus pésRosa opulentaQue o meu jardim ostentaA queima em dorInspiração do meu amorEu nem sei por que foi que te ameiPois tudo em ti é formosura e singularAmei teu perfilAmei teus olhos azuisEu amei teu olharPor fim nem tens pena de mimQue sofro e choroNa ânsia de te amarAh, triste de quemVive a chorar por alguém<br />

×