Os Cordados
<ul><li>Os  cordados  ( Chordata , do latim  chorda , corda) constituem um filo dentro do reino Animalia, que inclue os ve...
<ul><li>Os cordados, juntamente com dois outros filos, o Hemicordata e o Echinodermata, formam o grupo dos deuterostômios ...
Características Gerais <ul><li>Notocorda  dorsal, presente durante pelo menos parte do ciclo vital. </li></ul><ul><li>Tubo...
    <ul><li>Celoma de origem enterocélica, e bem desenvolvido (exceto em UROCHORDATA) </li></ul><ul><li>O esqueleto, quand...
<ul><li>Celoma bem desenvolvido; </li></ul><ul><li>Tubo nervoso dorsal  único (porção anterior do tubo nervoso, em geral a...
Origem filogenética dos cordados <ul><li>Das teorias propostas para a origem filogenética dos cordados, duas merecem desta...
<ul><li>Teoria dos equinodermes  – esta teoria baseia-se principalmente nos padrões de desenvolvimento embrionário    seme...
Classificação simplificada dos Chordata atuais   Filo Chordata Subfilo Urochordata (= Tunicata) Subfilo Cephalochordata (a...
Protocordados - Cordados Primitivos <ul><li>Dividem-se didaticamente em: </li></ul><ul><li>Urocordados - apresentam notoco...
Urocordados - Ascídias
Urocordados
Cefalocordados
Cefalocordados
Tradicionalmente, os cefalocordados são considerados como os parentes vivos mais próximos dos vertebrados, com os tunicado...
Entretanto, análises cladísticas combinando RNAr e dados morfológicos demonstraram um novo clado, o  Olfactores , formado ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Os Cordados- professora Rejane Cardoso

20.869 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Tecnologia
0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
20.869
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
39
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
392
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Os Cordados- professora Rejane Cardoso

  1. 1. Os Cordados
  2. 2. <ul><li>Os cordados ( Chordata , do latim chorda , corda) constituem um filo dentro do reino Animalia, que inclue os vertebrados, os anfioxos e os tunicados. Estes animais são caracterizados pela presença de uma notocorda, um tubo nervoso dorsal, fendas branquiais e uma cauda pós-anal, em pelo menos uma fase de sua vida. </li></ul><ul><li>Os cordados compartilham características com muitos animais invertebrados sem notocorda, quanto ao plano estrutural, tais como simetria bilateral , eixo ântero-posterior,celoma, metamerismo e cefalização. </li></ul>
  3. 3. <ul><li>Os cordados, juntamente com dois outros filos, o Hemicordata e o Echinodermata, formam o grupo dos deuterostômios (Deuterostomia), ligados por diversos aspectos embrionários peculiares, na forma de suas larvas, pelo desenvolvimentos das aberturas embrionárias e do celoma. Internamente os cordados são divididos em três subfilos:Urochordata, Cephalochordata e Vertebrata, principalmente com base nas características da notocoda. </li></ul>
  4. 4. Características Gerais <ul><li>Notocorda dorsal, presente durante pelo menos parte do ciclo vital. </li></ul><ul><li>Tubo nervoso dorsal oco presente em algum momento do ciclo vital </li></ul><ul><li>Fendas branquiais presentes na região faríngea durante algum estágio do ciclo vital </li></ul><ul><li>Cauda projetando-se atrás do ânus </li></ul><ul><li>Simetria bilateral, com três folhetos germinativos e um corpo segmentado </li></ul>
  5. 5.   <ul><li>Celoma de origem enterocélica, e bem desenvolvido (exceto em UROCHORDATA) </li></ul><ul><li>O esqueleto, quando presente, é um endoesqueleto formado no mesoderma </li></ul><ul><li>Sistema circulatório fechado com um coração ventral (exceto em UROCHORDATA) </li></ul><ul><li>Sexos geralmente separados (alguns hermafroditos ou proterândricos); ovíparos ou vivíparos </li></ul>
  6. 6. <ul><li>Celoma bem desenvolvido; </li></ul><ul><li>Tubo nervoso dorsal único (porção anterior do tubo nervoso, em geral alargada para formar um encéfalo); </li></ul><ul><li>Cauda pós-anal normalmente projetando-se além do ânus em algum estágio, mas pode ou não persistir; </li></ul><ul><li>Músculos segmentares dispostos em um tronco não-segmentado; </li></ul><ul><li>Coração ventral, com vasos sanguíneos, dorsais e ventrais; sistema circulatório fechado; </li></ul><ul><li>Sistema digestivo completo; </li></ul><ul><li>Endoesqueleto cartilaginoso ou ósseo presente na maioria dos membros (vertebrados). </li></ul>
  7. 7. Origem filogenética dos cordados <ul><li>Das teorias propostas para a origem filogenética dos cordados, duas merecem destaque: </li></ul><ul><li>Teoria dos anelídeos – esta teoria considera que os cordados e os anelídeos apresentam simetria bilateral e segmentação, órgãos excretores segmentados, cordão nervoso e vasos sanguíneos longitudinais. Invertendo o anelídeo, o seu cordão nervoso passaria a dorsal em relação ao tubo digestivo e a circulação do sangue seria semelhante à do cordado. Este fato provocaria, entre outros problemas, uma boca dorsal, fato que os cordados não apresentam. Além disso, os anelídeos não apresentam nada semelhante a uma notocorda ou a fendas branquiais, sendo protstômios e não deuterostômios. Por este conjunto de argumentos esta teoria tem sido desacreditada;   </li></ul>
  8. 8. <ul><li>Teoria dos equinodermes – esta teoria baseia-se principalmente nos padrões de desenvolvimento embrionário    semelhantes. As larvas de alguns cordados inferiores e dos equinodermes são extremamente semelhantes morfologicamente, a ponto de terem inicialmente sido confundidas. No entanto, devido á falta de fósseis, esta teoria não pode ser comprovada.   </li></ul><ul><li>Dos cordados fazem parte, na realidade, dois grupos importantes de animais, os cordados inferiores, todos marinhos, pequenos e sem vértebras, e os vertebrados– peixes, anfíbios, répteis, aves e mamíferos -, o grupo maior e o verdadeiro responsável pelo sucesso evolutivo deste filo. </li></ul>
  9. 9. Classificação simplificada dos Chordata atuais Filo Chordata Subfilo Urochordata (= Tunicata) Subfilo Cephalochordata (anfioxos) Subfilo Vertebrata (= Craniata) Superclasse Agnatha Superclasse Gnathostomata Classe Chondrichthyes Classe Ostheichthyes Superclasse Tetrapoda Classe Amphibia Classe Reptilia Classe Aves Classe Mammalia
  10. 10. Protocordados - Cordados Primitivos <ul><li>Dividem-se didaticamente em: </li></ul><ul><li>Urocordados - apresentam notocorda na região caudal durante a fase larval </li></ul><ul><li>Cefalocordados - apresentam notocorda até a fase adulta </li></ul><ul><li>*Os Hemicordados não possuem notocorda verdadeira </li></ul>
  11. 11. Urocordados - Ascídias
  12. 12. Urocordados
  13. 13. Cefalocordados
  14. 14. Cefalocordados
  15. 15. Tradicionalmente, os cefalocordados são considerados como os parentes vivos mais próximos dos vertebrados, com os tunicados representando a linhagem primitiva dos cordados (Quadro 1). Esta visão, é principalmente suportada por similaridades morfológicas e pelo aumento aparente de complexidade nos cefalocordados e vertebrados em relação aos tunicados. Quadro 1 - Visão tradicional dos cordados: Chordata Urochordata Cephalochordata Vertebrata
  16. 16. Entretanto, análises cladísticas combinando RNAr e dados morfológicos demonstraram um novo clado, o Olfactores , formado por tunicados e vertebrados (Quadro 2).    

×