Prof. Albano Novaes
Prof. Albano Novaes
Os Parâmetros Curriculares
      Nacionais, reconhecem a
complexidade da prática educativa,
  e tentam auxiliar o professo...
Conforme a abrangência dos
  assuntos abordados e a forma
    como estão organizados, os
     Parâmetros Curriculares
  Na...
Os Parâmetros Curriculares
Nacionais auxiliam o professor na
 tarefa de reflexão e discussão do
cotidiano da prática pedag...
rever objetivos, conteúdos,
formas de encaminhamento das
   atividades, expectativas de
  aprendizagem e maneiras de
     ...
preparar um planejamento que
possa de fato orientar o trabalho
        em sala de aula;
     discutir com a equipe de
trab...
identificar, produzir ou
  solicitar novos materiais que
   possibilitem contextos mais
significativos de aprendizagens;
 ...
Os Parâmetros Curriculares
Nacionais podem funcionar como
 elemento catalisador de ações na
    busca de uma melhoria da
 ...
A busca da qualidade impõe a
 necessidade de investimentos em
     diferentes frentes, como a
 formação inicial e continua...
Os parâmetros tem como função
orientar e garantir a coerência dos
     investimentos no sistema
    educacional, socializa...
O conjunto das proposições
 expressas nos parâmetros
responde à necessidade de
  referenciais a partir dos
      quais o s...
A fim de garantir que, respeitadas as
  diversidades culturais, regionais,
  étnicas, religiosas e políticas que
atravessa...
A Lei de Diretrizes e Bases da
Educação Nacional (LDBEN) -
 Lei Federal nº 9394, aprovada
  em 20/12/1996, consolida e
amp...
Observa-se no art. 22 dessa lei que
    a educação básica, da qual o
     ensino fundamental é parte
 integrante, deve ass...
O ensino proposto pela LDB ou
   LDBEN - 9394/96, está em
  função do objetivo maior do
ensino fundamental, que é o de
   ...
I - o desenvolvimento da
 capacidade de aprender, tendo
  como meios básicos o pleno
domínio da leitura, da escrita e do
 ...
III - o desenvolvimento da
capacidade de aprendizagem, tendo
      em vista a aquisição de
 conhecimentos e habilidades e ...
O professor deve ter propostas
 claras sobre o que, quando e
como ensinar e avaliar, a fim
de possibilitar o planejamento
...
É a partir dessas
determinações que o professor
elabora a programação diária
de sala de aula e organiza sua
   intervenção...
Resumidamente, não é a
aprendizagem que deve se
ajustar ao ensino, mas sim
    o ensino que deve
      potencializar a
   ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

A.Apres.Pcn.Ppoint

844 visualizações

Publicada em

Resumo sobre os parãmetros curriculares nacionais.

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
844
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
24
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A.Apres.Pcn.Ppoint

  1. 1. Prof. Albano Novaes
  2. 2. Prof. Albano Novaes
  3. 3. Os Parâmetros Curriculares Nacionais, reconhecem a complexidade da prática educativa, e tentam auxiliar o professor na sua tarefa de assumir, como profissional, o lugar que lhe cabe pela responsabilidade e importância no processo de formação do povo brasileiro. Prof. Albano Novaes
  4. 4. Conforme a abrangência dos assuntos abordados e a forma como estão organizados, os Parâmetros Curriculares Nacionais podem ser aplicados com objetivos diferentes, de acordo com a necessidade de cada realidade e de cada momento. Prof. Albano Novaes
  5. 5. Os Parâmetros Curriculares Nacionais auxiliam o professor na tarefa de reflexão e discussão do cotidiano da prática pedagógica, a serem transformados continuamente pelo professor. As possibilidades para a sua aplicação são: Prof. Albano Novaes
  6. 6. rever objetivos, conteúdos, formas de encaminhamento das atividades, expectativas de aprendizagem e maneiras de avaliar; refletir sobre a prática pedagógica, tendo em vista uma coerência com os objetivos propostos; Prof. Albano Novaes
  7. 7. preparar um planejamento que possa de fato orientar o trabalho em sala de aula; discutir com a equipe de trabalho as razões que levam os alunos a terem maior ou menor participação nas atividades escolares; Prof. Albano Novaes
  8. 8. identificar, produzir ou solicitar novos materiais que possibilitem contextos mais significativos de aprendizagens; subsidiar (facilitar) as discussões de temas educacionais com os pais e responsáveis; Prof. Albano Novaes
  9. 9. Os Parâmetros Curriculares Nacionais podem funcionar como elemento catalisador de ações na busca de uma melhoria da qualidade da educação brasileira, de modo algum pretendem resolver todos os problemas que afetam a qualidade do ensino e da aprendizagem no País. Prof. Albano Novaes
  10. 10. A busca da qualidade impõe a necessidade de investimentos em diferentes frentes, como a formação inicial e continuada de professores, uma política de salários dignos, um plano de carreira, a qualidade do livro didático, de recursos televisivos e de multimídia, a disponibilidade de materiais didáticos. Prof. Albano Novaes
  11. 11. Os parâmetros tem como função orientar e garantir a coerência dos investimentos no sistema educacional, socializando discussões, pesquisas e recomendações, subsidiando (facilitando) a participação de técnicos e professores. Prof. Albano Novaes
  12. 12. O conjunto das proposições expressas nos parâmetros responde à necessidade de referenciais a partir dos quais o sistema educacional do País se organize. Prof. Albano Novaes
  13. 13. A fim de garantir que, respeitadas as diversidades culturais, regionais, étnicas, religiosas e políticas que atravessam uma sociedade múltipla, estratificada e complexa, a educação possa atuar, decisivamente, no processo de construção da cidadania, tendo como meta o ideal de uma crescente igualdade de direitos entre os cidadãos, baseado nos princípios democráticos. Prof. Albano Novaes
  14. 14. A Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDBEN) - Lei Federal nº 9394, aprovada em 20/12/1996, consolida e amplia o dever público para com a educação em geral e em particular para com o ensino fundamental. Prof. Albano Novaes
  15. 15. Observa-se no art. 22 dessa lei que a educação básica, da qual o ensino fundamental é parte integrante, deve assegurar a todos “a formação comum indispensável para o exercício da cidadania e fornecer-lhes meios para progredir no trabalho e em estudos posteriores”. Prof. Albano Novaes
  16. 16. O ensino proposto pela LDB ou LDBEN - 9394/96, está em função do objetivo maior do ensino fundamental, que é o de propiciar a todos formação básica para a cidadania, a partir da criação na escola de condições de aprendizagem para: Prof. Albano Novaes
  17. 17. I - o desenvolvimento da capacidade de aprender, tendo como meios básicos o pleno domínio da leitura, da escrita e do cálculo; II - a compreensão do ambiente natural e social, do sistema político, da tecnologia, das artes e dos valores em que se fundamenta a sociedade. Prof. Albano Novaes
  18. 18. III - o desenvolvimento da capacidade de aprendizagem, tendo em vista a aquisição de conhecimentos e habilidades e a formação de atitudes e valores; IV - o fortalecimento dos vínculos de família, dos laços de solidariedade humana e de tolerância recíproca em que se assenta a vida social. Prof. Albano Novaes
  19. 19. O professor deve ter propostas claras sobre o que, quando e como ensinar e avaliar, a fim de possibilitar o planejamento de atividades de ensino para a aprendizagem de maneira adequada e coerente com seus objetivos. Prof. Albano Novaes
  20. 20. É a partir dessas determinações que o professor elabora a programação diária de sala de aula e organiza sua intervenção de maneira a propor situações de aprendizagem ajustadas às capacidades cognitivas dos alunos. Prof. Albano Novaes
  21. 21. Resumidamente, não é a aprendizagem que deve se ajustar ao ensino, mas sim o ensino que deve potencializar a aprendizagem. Prof. Albano Novaes

×