Crian ças Filosofando no Ciberespa ço
      Relato de experi ência realizado na 2 ª s érie da
     Escola Marista de Ensin...
Neste trabalho utilizamos o blog como ambiente
virtual   de   aprendizagem,    sendo    este    uma
ferramenta complementa...
As crianças estão assumindo responsabilidades cada
vez   mais   cedo,   apresentando   dificuldades   de
atenção nas aulas...
É   necessário   e    fundamental    o   aluno   ter   a
oportunidade     de    se   manifestar   com     opinião
própria ...
Educação para o Pensar




           
As   aulas   de Educação   para o   Pensar   acontecem
uma vez por semana, mas não se limitam somente
a este tempo.




  ...
O trabalho da Filosofia para as Crianças é possível,
quando    os   alunos    e   os    educadores    se
comprometem.
    ...
Metodologia



          
O trabalho tem início com uma atividade de leitura de
um texto problematizador uma vez por semana, esse
texto é apresentad...
     
     
Ap ós     a     discuss ão   filos ófica     é   feito   o
registro        pelos   alunos,   esse     registro   pode
ser ...
Depois que é realizado
        o trabalho em sala de
        aula    é       postado        no
        blog      da       ...
Podemos observar os comentários dos alunos no Blog
Nossa Turma na Internet (2008)
 Ontem quando nós chegamos na aula a pro...
     
Ao observar os comentários dos alunos podemos afirmar que
o blog é usado como ambiente virtual de aprendizagem que
oferece...
Destacamos que a utilização de um ambiente virtual de
aprendizagem   não   é     garantia   de   uma   aprendizagem
signif...
DISCUSS ÕES E CONCLUS ÕES




                  
Para realizar um trabalho de qualidade é preciso transformar
a sala de aula num palco de debates, onde os educandos
deverã...
Nessa perspectiva o professor deve se apropriar das
diversas possibilidades disponibilizadas pela tecnologia, a
fim de ofe...
Esse trabalho nos mostra que a utilização de ambientes virtuais
de       aprendizagem   para   desenvolver   comunidades  ...
REFER ÊNCIAS


[1] FÁVERO, A . RAUBER, J.; KOHAN, W. Um olhar sobre o ensino de
Filosofia. Ijuí: Editora Unijuí, 2002.
[2]...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Crianças filosofando no ciberespaço

1.324 visualizações

Publicada em

Crianças filosofando no ciberespaço

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Crianças filosofando no ciberespaço

  1. 1. Crian ças Filosofando no Ciberespa ço Relato de experi ência realizado na 2 ª s érie da Escola Marista de Ensino Fundamental Santa Marta C omunidades de I nvestiga ção em A mbientes V irtuais de A prendizagem Daniele da Silva Martins dani.silva.martins@gmail.com Licenciada em Pedagogia, Especializanda em Gestão Educacional(UFSM) Vanessa dos Santos Nogueira snvanessa@gmail.com Licenciada em Pedagogia, Especializanda em Gestão Educacional (UFSM)     http://nossaturmanainternet.blogspot.com/
  2. 2. Neste trabalho utilizamos o blog como ambiente virtual de aprendizagem, sendo este uma ferramenta complementar nas aulas de Educação para o Pensar na turma 122 da 2ª série do Ensino Fundamental da Escola Marista Santa Marta em Santa Maria/RS.    
  3. 3. As crianças estão assumindo responsabilidades cada vez mais cedo, apresentando dificuldades de atenção nas aulas, de saber ouvir e saber falar em momentos adequados, de expor e formular opinião crítica dos fatos que lhes são apresentado.    
  4. 4. É necessário e fundamental o aluno ter a oportunidade de se manifestar com opinião própria e formada, favorecendo a aprendizagem na sala de aula e nas decisões da escola.    
  5. 5. Educação para o Pensar    
  6. 6. As aulas de Educação para o Pensar acontecem uma vez por semana, mas não se limitam somente a este tempo.    
  7. 7. O trabalho da Filosofia para as Crianças é possível, quando os alunos e os educadores se comprometem.    
  8. 8. Metodologia    
  9. 9. O trabalho tem início com uma atividade de leitura de um texto problematizador uma vez por semana, esse texto é apresentado as crianças sempre utilizando um recurso visual como cartazes, fantoches, reportagens, caixa surpresa, histórias em quadrinhos...a partir disto é realizada   a compreensão e problematização   do texto com uma discussão filosófica.
  10. 10.    
  11. 11.    
  12. 12. Ap ós a discuss ão filos ófica é feito o registro pelos alunos, esse registro pode ser feito com desenhos, poesias, teatro, produ ção de texto coletivo ou individual.    
  13. 13. Depois que é realizado o trabalho em sala de aula é postado no blog da turma o registo da atividade com fotos e imagens que possibilitem a visualização dos alunos, permitindo que eles expressem sua opinião crítica e se posicionem sobre o pensamento dos colegas.    
  14. 14. Podemos observar os comentários dos alunos no Blog Nossa Turma na Internet (2008) Ontem quando nós chegamos na aula a professora Daniele disse que ia contar uma história que era o segredo da lagartixa e também eu e o meu colega gostamos da história e agora o meu colega vai contar um pouco da história. Foi muito legal a história o segredo da lagartixa e também aprendemos que nós devemos repartir o amor. ( Comentário A) Nós gostamos muito da aula de educação para o pensar... O nome da história era o segredo da lagartixa e nós gostamos da aula, porque ela ensinou a não ser egoísta e não ser ruim para as pessoas. ( Comentário B) Nós concordamos com você e também aprendemos a não ser egoístas. ( Comentário C)    
  15. 15.    
  16. 16. Ao observar os comentários dos alunos podemos afirmar que o blog é usado como ambiente virtual de aprendizagem que oferece aos alunos a possibilidade de expressar seus pensamentos livremente, podendo visualizar as produções de toda a turma e interagir com seus colegas.  Willian disse... Eu Willian comesei a ler na pre escola no meio do ano com os colegas, e os pais, quando aprendi foi muito legal ai eu já sabia ler as tarefas, e as folhas de aulas, ai eu ajudei os meus colegas. foi legal, e divertido ai nos outros anos aprendi muito e ajudei os outros colegas. Josiane Soares disse... Olá turma 122. Adorei ver os comentários de vocês.E gostaria de dizer que aprendi a ler na 1ª série, com minha professora Isabel. Eu queria muito aprender a ler. Meu irmão mais velho, já sabia e eu não. Então ele podia ler as historinhas em quadrinhos e os livros infantis. Quando eu aprendi a ler, foi uma maravilha, por que eu também podia fazer tudo isso. E até hoje eu AMO LER!!!   LEIAM SEMPRE!!LEIAM MUITO!! QUEM   LÊ DESCOBRE O MUNDO! Um beijo à todos e à querida professora Daniele
  17. 17. Destacamos que a utilização de um ambiente virtual de aprendizagem não é garantia de uma aprendizagem significativa, esse trabalho deve estar entrelaçado com os conhecimentos e competências que são desenvolvidas pelo professor.    
  18. 18. DISCUSS ÕES E CONCLUS ÕES    
  19. 19. Para realizar um trabalho de qualidade é preciso transformar a sala de aula num palco de debates, onde os educandos deverão ser estimulados a investigar, buscar e construir os seus próprios conceitos, formular hipóteses e realizar análises acerca de acontecimentos. O essencial para que isto ocorra é o diálogo, pois depende dos objetivos, motivos, interesses     da comunidade de investigação
  20. 20. Nessa perspectiva o professor deve se apropriar das diversas possibilidades disponibilizadas pela tecnologia, a fim de oferecer ao aluno um trabalho diversificado. As atividades desenvolvidas em um ambiente virtual de aprendizagem direciona a utilização da internet para a transformação de informações em conhecimento, onde o     professor passa a mediar esse processo.
  21. 21. Esse trabalho nos mostra que a utilização de ambientes virtuais de aprendizagem para desenvolver comunidades de investigação contribuindo para a concentração, atenção, bem como para respeitar a opinião do outro. Abandonando o saber individual, desvelando a Filosofia para crianças como algo a ser partilhado por todos, favorecendo o processo de ensino-     aprendizagem significativo em rede.
  22. 22. REFER ÊNCIAS [1] FÁVERO, A . RAUBER, J.; KOHAN, W. Um olhar sobre o ensino de Filosofia. Ijuí: Editora Unijuí, 2002. [2] LIBÂNEO, J. C. Organização e gestão da escola: teoria e prática. Goiânia: Editora Alternativa, 2004. [3] LUFT, C. P. Minidicionário Luft. São Paulo: Ática, 2000. [4] LIPMAN, M. A Filosofia vai à escola. São Paulo: Summus, 1990 [5] LIBÂNEO, J. C. Reflexividade e formação de professores: outra oscilação do pensamento lógico? In: Pimenta, S. G. (org.) Professor reflexivo no Brasil: gênese e crítica de um conselho. SP: Cortez, 2002. [6] NOSSA TURMA NA INTERNET. Educação para o Pensar. Disponível em <http://nossaturmanainternet.blogspot.com/2008/09/educao-para- o-pensar.html>. Acesso em 29 de setembro de 2008. [7] VIEIRA, Martha Barcellos & LUCIANO, Naura Andrade. Construção e Reconstrução de um Ambiente de Aprendizagem para Educação à Distância. Disponível em <http://www2.abed.org.br/visualizaDocumento.asp?Documento_ID=28>. Acesso em 17 de julho de 2008.    

×