<ul><li>Concepções Históricas: </li></ul><ul><li>Início do século XVIII: A multiplicação dos jornais na Europa (Desenvolvi...
<ul><li>DIVERGÊNCIAS: O MEIO URBANO E MEIO RURAL : </li></ul><ul><li>Características do campo : Arte e lazer integrados à ...
Cultura de massa :  Relaciona-se a   sociedades de multidões padronizadas, homogêneas, com várias características semelhan...
<ul><li>Shopping </li></ul><ul><li>Papai  noel </li></ul><ul><li>Remedios </li></ul><ul><li>Tenis </li></ul><ul><li>Show M...
<ul><li>Big brother </li></ul><ul><li>Shopping </li></ul><ul><li>Papai  noel </li></ul><ul><li>Remedios </li></ul><ul><li>...
<ul><li>ADORNO e HOKHEIMER: </li></ul><ul><li>“ A Indústria  vende  a imagem do mundo visando exclusivamente o consumo e o...
<ul><li>MARSHALL McLUHAN: </li></ul><ul><li>Visão otimista dos MCM; </li></ul><ul><li>“ A crescente divulgação de notícias...
<ul><li>HUMBERTO ECO: </li></ul><ul><li>Humberto Eco faz crítica tanto à concepção negativista de Adorno e Horkheimer quan...
<ul><li>CRÍTICA DOS  APOCALÍPTICOS  AOS  MCM : </li></ul><ul><li>Veiculação da “cultura homogênea”; </li></ul><ul><li>Dese...
<ul><li>HUMBERTO ECO: </li></ul><ul><li>Eco faz a crítica às duas concepções; para ele, os  Apocalípticos  estariam errado...
<ul><li>HUMBERTO ECO: </li></ul><ul><li>Eco acredita que não se pode pensar a sociedade moderna sem os  MCM ; </li></ul><u...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Sociologia – Industria Cultural 2º Ano

16.996 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
7 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
16.996
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
81
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
440
Comentários
0
Gostaram
7
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sociologia – Industria Cultural 2º Ano

  1. 2. <ul><li>Concepções Históricas: </li></ul><ul><li>Início do século XVIII: A multiplicação dos jornais na Europa (Desenvolvimento do Capital); </li></ul><ul><li>Idade Média: prática da leitura era restrita ao clero e à nobreza; </li></ul><ul><li>Na Europa: Urbanização, modernização e formação do mercado consumidor. Êxodo Rural e mecanização, que barateia os produtos; </li></ul><ul><li>Formação da burguesia hegemônica e aumento da classe média; </li></ul><ul><li>Aumento da circulação do jornal como principal meio informativo. </li></ul>
  2. 3. <ul><li>DIVERGÊNCIAS: O MEIO URBANO E MEIO RURAL : </li></ul><ul><li>Características do campo : Arte e lazer integrados à rotina de vida e de trabalho; festividades, tradições, etc. </li></ul><ul><li>Características das cidades : Arte e lazer se transformam em serviços oferecidos por especialistas; espetáculos, boates, shows, etc . </li></ul>
  3. 4. Cultura de massa : Relaciona-se a sociedades de multidões padronizadas, homogêneas, com várias características semelhantes. O consumo é ditado pela moda; o desejo é temporário e a vida social é orientada pelo dinheiro;
  4. 5. <ul><li>Shopping </li></ul><ul><li>Papai noel </li></ul><ul><li>Remedios </li></ul><ul><li>Tenis </li></ul><ul><li>Show Musical </li></ul><ul><li>Circo </li></ul><ul><li>Tv </li></ul><ul><li>Cinema </li></ul><ul><li>Academia – culto ao corpo. </li></ul>
  5. 6. <ul><li>Big brother </li></ul><ul><li>Shopping </li></ul><ul><li>Papai noel </li></ul><ul><li>Remedios </li></ul><ul><li>Tenis </li></ul><ul><li>Show Musical </li></ul><ul><li>Circo </li></ul><ul><li>Tv </li></ul><ul><li>filme rambo </li></ul><ul><li>culto ao corpo - anabolizantes </li></ul>
  6. 7. <ul><li>ADORNO e HOKHEIMER: </li></ul><ul><li>“ A Indústria vende a imagem do mundo visando exclusivamente o consumo e o lucro”; </li></ul><ul><li>“ Não há a democratização da arte, mas apenas a sua banalização , sem profundidade de conteúdos”; </li></ul><ul><li>“ Os MCM visam a dependência e alienação intelectual dos homens frente à modernidade, pois tudo é ligado ao capital”. </li></ul>
  7. 8. <ul><li>MARSHALL McLUHAN: </li></ul><ul><li>Visão otimista dos MCM; </li></ul><ul><li>“ A crescente divulgação de notícias poderia aproximar os homens, formando o que ele denomina de “ ALDEIA GLOBAL ”, gerando maior aproximação sócio-cultural entre eles”. </li></ul><ul><li>“ ALDEIA GLOBAL ”: Sociedades mundiais, interconectadas através da informação e da tecnologia que a proporciona a todos os indivíduos do planeta. </li></ul><ul><li>Mc luhan </li></ul><ul><li>Planeta interconectado. </li></ul><ul><li>Tokyo new york telão eletronico. </li></ul>
  8. 9. <ul><li>HUMBERTO ECO: </li></ul><ul><li>Humberto Eco faz crítica tanto à concepção negativista de Adorno e Horkheimer quanto ao extremo otimismo de McLuhan; </li></ul><ul><li>Eco determina os dois grupos em questão de duas formas: Aos primeiros denomina de “ Apocalípticos ” e ao segundo de “ Integrado ”; </li></ul><ul><li>Assim temos (segundo Humberto Eco) uma síntese entre Apocalípticos e Integrados: </li></ul><ul><li>Eco. </li></ul><ul><li>Laboratório. </li></ul><ul><li>Modernidade </li></ul>
  9. 10. <ul><li>CRÍTICA DOS APOCALÍPTICOS AOS MCM : </li></ul><ul><li>Veiculação da “cultura homogênea”; </li></ul><ul><li>Desestímulo à sensibilidade; </li></ul><ul><li>Idéia do “simples lazer”; sem conotação reflexiva; </li></ul><ul><li>DEFESA DOS INTEGRADOS AOS MCM : </li></ul><ul><li>Única fonte de informação possível a muitos; </li></ul><ul><li>Informação contribui para formação intelectual do grupo; </li></ul><ul><li>Maior dinamização da informação. </li></ul>
  10. 11. <ul><li>HUMBERTO ECO: </li></ul><ul><li>Eco faz a crítica às duas concepções; para ele, os Apocalípticos estariam errados por criticarem a cultura de massa simplesmente por seu caráter industrial; Já os Integrados “esquecem” que os MCM são controlados por grupos econômicos com fins lucrativos e ideológicos, o que denota a manutenção destes através do MCM . </li></ul>
  11. 12. <ul><li>HUMBERTO ECO: </li></ul><ul><li>Eco acredita que não se pode pensar a sociedade moderna sem os MCM ; </li></ul><ul><li>Dessa forma, e segundo ele, o que deve-se pretender é descobrir que tipos de ações devem ser estimuladas para que os MCM realmente veiculem valores culturais éticos e educativos para a sociedade. Sobre isso, os intelectuais teriam um papel preponderante neste processo. </li></ul>

×