Casos do Beco das Sardinheiras – O Lugar do Gelo Trabalho realizado por: André Florindo  Nº3  8ºA
AI! AI! AI! AI!
Ó Homem, o que é que tu andas a fazer para gritar tanto!
Queimei-me na máquina de costura! Ela está a ferver!
Irra! A máquina está gelada.  De onde é que vieste dizer que está quente? A mulher do Zeca da Carris desce as escadas e to...
Fria? Mas como fria se antes estava a ferver! Que coisa escanifobética!
Em pouco tempo, os vizinhos entraram em sua casa para saberem o que havia acontecido.
Ao saberem das novidades, todos os vizinhos começaram a tocar na máquina. Já tocaram na máquina de costura do Zé? Está gel...
Assim o Zeca começou por delimitar a zona do frio, fazendo experiências com os vizinhos. Olhe, amigo, posso fazer uma expe...
Ao ser autorizado pelo Zeca, o vizinho cospe para a máquina de costura. Perto dela, o cuspo congela e desfaz-se em vários ...
Ai, isto só me acontece a mim! Bem, vou fazer outra experiência. Ó mulher, traz um jarro cheio de água!
O Zeca pega no jarro de água, sobe a uma cadeira e estica-se até o jarro chegar à zona crítica. Aí o jarro racha, partindo...
O Zeca vai ao quarto e veste a roupa mais quente que tinha. Ele desce, pega na máquina e leva-a para o outro lado da sala....
O Zeca voltou a vestir a roupa quente, pegou na máquina e voltou a pô-la no sítio enquanto os vizinhos saíam. Bem, amanhã ...
Nem pensar em tal semelhante! Então não vês que isto nos dispensa de comprar o frigorífico? É o melhor que há!
Não era mal pensado. E assim se fez, porque comprometer a utilidade com a estranheza é ainda mais parvo que confundir géne...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O lugar do gelo 2

773 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
773
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
94
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O lugar do gelo 2

  1. 1. Casos do Beco das Sardinheiras – O Lugar do Gelo Trabalho realizado por: André Florindo Nº3 8ºA
  2. 2. AI! AI! AI! AI!
  3. 3. Ó Homem, o que é que tu andas a fazer para gritar tanto!
  4. 4. Queimei-me na máquina de costura! Ela está a ferver!
  5. 5. Irra! A máquina está gelada. De onde é que vieste dizer que está quente? A mulher do Zeca da Carris desce as escadas e toca vagarosamente na máquina.
  6. 6. Fria? Mas como fria se antes estava a ferver! Que coisa escanifobética!
  7. 7. Em pouco tempo, os vizinhos entraram em sua casa para saberem o que havia acontecido.
  8. 8. Ao saberem das novidades, todos os vizinhos começaram a tocar na máquina. Já tocaram na máquina de costura do Zé? Está gelada Irra! Aquela engenhoca é pior que gelo! Mãe, posso ir tocar?
  9. 9. Assim o Zeca começou por delimitar a zona do frio, fazendo experiências com os vizinhos. Olhe, amigo, posso fazer uma experiência? Não leve a mal.
  10. 10. Ao ser autorizado pelo Zeca, o vizinho cospe para a máquina de costura. Perto dela, o cuspo congela e desfaz-se em vários grãos de saliva que embatem contra ela. Parece que consegui delimitar a zona de frio: é um paralelepípedo com cerca de um metro e meio de espessura por oitenta centímetros de largura e dois metros de altura. O que acha, Zeca?
  11. 11. Ai, isto só me acontece a mim! Bem, vou fazer outra experiência. Ó mulher, traz um jarro cheio de água!
  12. 12. O Zeca pega no jarro de água, sobe a uma cadeira e estica-se até o jarro chegar à zona crítica. Aí o jarro racha, partindo-o ao bocados, e a água congelada cai no chão, estilhaçando-se. Bem, já se percebeu que isto congela mas falta perceber se é o sítio ou se é a máquina.
  13. 13. O Zeca vai ao quarto e veste a roupa mais quente que tinha. Ele desce, pega na máquina e leva-a para o outro lado da sala. Depois volta para o quarto, despe-se e vai ver o resultado. Irra! Quase ia morrendo gelado! Mas não há dúvida, o frio vem desta engenhoca. Bom, vou voltar a pôr a máquina no sítio onde estava. Vá! o espectáculo acabou podem se ir embora!
  14. 14. O Zeca voltou a vestir a roupa quente, pegou na máquina e voltou a pô-la no sítio enquanto os vizinhos saíam. Bem, amanhã vou ver se encontro o vendedor da máquina para a devolver.
  15. 15. Nem pensar em tal semelhante! Então não vês que isto nos dispensa de comprar o frigorífico? É o melhor que há!
  16. 16. Não era mal pensado. E assim se fez, porque comprometer a utilidade com a estranheza é ainda mais parvo que confundir género humano com Manuel Germano.

×