“Portanto, quem der testemunho de mim diante dos homens,
                                                                 ...
•   Oferecer a formação missionária: para os jovens que vão fazer a missão
              no colégio, para os visitadores d...
na parte de manhã – oração na capela do hospital e depois a visita na ala
       infantil;
       na parte da tarde (abrig...
Como atingir?
   •   Escolher uma área para evangelizar (bairro, comunidade);
   •   Aproveitar as festas dos padroeiros d...
Tríduo missionário
           nos condomínios, edifícios e prédios

Objetivo geral:

Evangelizar através do anúncio da Pal...
•   Doentes e idosos;

  •   Crianças e jovens;



Como atingir?

  a. No nível da paróquia:

         •   Escolher uma eq...
•   Visitas e benções das famílias acontecem nos fins de semana um mês
              ou duas semanas antes de começar o Tr...
Sábado

      de manhã – gincana para as crianças (tarefas)

      á tarde – catequese para as crianças (entrega dos prêmi...
de manhã – Oração e café comunitário (acontece dentro do condomínio ou na
     praça no meio dos prédios)

     de manhã a...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Esquemas dos tríduos missionários

5.351 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.351
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
31
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
41
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Esquemas dos tríduos missionários

  1. 1. “Portanto, quem der testemunho de mim diante dos homens, também eu darei testemunho dele diante de meu Pai que estás nos céus”. (Mt 10, 32) Tríduo Missionário no centro da cidade Proposta - O Tríduo Missionário deverá ser realizado num final de semana no centro da cidade tendo como foco os colégios de ensino médio, hospitais, clínicas e abrigos de idosos e famílias afastadas da igreja. Objetivo geral: Anunciar a pessoa de Jesus Cristo que é o “Caminho, Verdade e Vida” provocando um processo de conversão e adesão a Ele promovendo também, a dignidade da pessoa sofrida, idosa e jovem. Desafios da missão: a. no colégio: • Adaptar a linguagem do Evangelho e metodologia ao contexto da escola e do jovem; • Despertar o interesse pela comunidade nos jovens; • Variedade das crenças; • Mobilizar os grupos de jovens para realizar ação missionária; • Atingir os jovens oriundos dos outros bairros e paróquias; b. nos hospitais e abrigos: • Restrito acesso aos hospitais; • Conseguir autorização para entrar no hospital com uma ação evangelizadora; • Saber lidar com desespero dos doentes, desacreditados, enfraquecidos na fé; • Tomar o conhecimento com médiocos e enfermeiras das doenças de cada andar, das reações próprias da psique dos pacientes. c. na evangelização das famílias • As diferentes classes sociais no mesmo bairro; • Escolher uma área para evangelizar; • Falta de disponibilidade e comodismo; • Indiferença religiosa das pessoas; • Variedade das religiões e crenças dentro da família; • Difícil acesso aos edifícios “fechados”; Quem atingir? • Adolescentes e jovens que estudam nas escolas públicas do centro da cidade e também, oriundos de outros bairros; • Pessoas doentes que estão internadas nos hospitais do centro da cidade; • Pessoas idosas que residem nos abrigos do centro da cidade; • Famílias que moram no centro da cidade; Como atingir? a. No nível da paróquia • Criar uma equipe de coordenação do tríduo missionário;
  2. 2. • Oferecer a formação missionária: para os jovens que vão fazer a missão no colégio, para os visitadores do hospital e abrigo e para visitadores das famílias; • Incluir na visita dos doentes nos hospitais e abrigos, os Ministros Extraordinários da Eucaristia e na visita das famílias o Pastoral da Família, ECC; • Escolher a área que vai ser evangelizada: o colégio, hospital, e abrigo que pretendemos de atingir, bairro ou comunidade; • Preparar show musical para os jovens; b. Escola: • Fazer primeiro contato com a direção para entrega de ofícios e apresentação da proposta de trabalho missionário; • Encontro com jovens no auditório ou no pátio; • Evangelizar através da música, meios áudios-visuais, testemunhos de fé e conversão, dramatizações ou teatros; • Entrega algum lembrete, adesivo, panfleto com as mensagens sobre a vida; c. Hospital e abrigo: • Fazer primeiro contato com a direção para entrega de ofícios e apresentação da proposta de trabalho missionário; • Preparar os cartazes e santinhos com a mensagem de fé; • Formar uma Pastoral da Saúde na paróquia; • Fazer o trabalho missionário em duplas ou grupinhos de três pessoas; • Realizar as visitas e encontros com doentes e idosos apresentando Jesus que cura; • Realizar os momentos oracionais e celebrações. d. Evangelização das famílias: • Pesquisar a realidade do bairro ou da área (levantamento religioso) onde vai acontecer a evangelização; • Formar Ministério da Visitação; • Nos edifícios fechados procurar as pessoas de contato, entrar em contato com síndico; • Elaborar os panfletos com conteúdo da missão ou com programação da paróquia; Programação da missão (nos colégios, hospitais e abrigos): Quinta-feira á noite – Vigília com a bênção do Santíssimo Sacramento e envio missionário; (proposta dos textos: Jo 3,35-49; Mc 10,17-33; Mt 8,14-17; Jo 5,1-9; Sexta-feira - Colégio na parte de manhã, á tarde e á noite – Encontro com jovens no auditório, pátio ou quadra de esporte. Tema do encontro: “Vida – sim! morte – não! – ‘Vós sois o sal da terra e a luz do mundo’ (Mt 5,13-16)”. Sábado - Hospital na parte de manhã – oração na capela do hospital e depois a visita aos doentes dos quartos e apartamentos do hospital; na parte da tarde – visita para os doentes das enfermarias masculinas e femininas; á noite – Celebração da Eucaristia e show musical para os jovens; Domingo – Hospital e abrigo
  3. 3. na parte de manhã – oração na capela do hospital e depois a visita na ala infantil; na parte da tarde (abrigo) – momento de oração e visita os idosos e doentes depois celebração da Palavra e unção aos enfermos; á noite – Festiva celebração da Eucaristia; Programação da missão (evangelização das famílias): Quinta-feira á noite – Vigília com a bênção do Santíssimo Sacramento e envio missionário; Sexta-feira na parte de manhã e á tarde – visita dos doentes e idosos; á noite – Caminhada da luz com a renovação dos compromissos do batismo; Sábado na parte de manhã e da tarde –visita e bênção das famílias; á noite – Celebração da Eucaristia e depois show musical para os jovens; Domingo na parte de manhã e á tarde –visita e bênção das famílias; á noite – Festiva celebração da Eucaristia; Tríduo Missionário na periferia da cidade Objetivo geral: Evangelizar testemunhando a nossa fé e despertando nas pessoas pelo anúncio do Evangelho a necessidade de buscar adesão a Deus e participação na comunidade da Igreja. Desafios da missão: • Vencer o medo – muitas vezes a periferia só é compreendida como área da violência, droga e prostituição; • Baixa condição social dos moradores da periferia; • Desemprego; • Muitos bares com som alto; • Falta de interesse pelas coisas religiosas, indiferença religiosa; • Tem muitos batizados, mas não participam na vida da Igreja; • Falta de capacitação, treinamento dos evangelizadores; • Falta disposição e comodismo dos paroquianos, desânimo; • Procurar os recursos para adquirir o material missionário; Quem atingir? • As famílias afastadas da Igreja; • As pessoas que ficam na rua; • Jovens; • Doentes e idosos;
  4. 4. Como atingir? • Escolher uma área para evangelizar (bairro, comunidade); • Aproveitar as festas dos padroeiros das comunidades para evangelizar; • Formar um grupo missionário para Ministério da Visitação; • Dar a formação prática e espiritual para os evangelizadores; • Evangelização porta – a - porta, comunidade por comunidade, visitando as famílias; • Fazer amizade com as pessoas, evangelização afetiva; • Fazer levantamento religioso das famílias da área de evangelização; • Fazer publicidade usando: faixas, som, convites, cartazes na porta depois da visita, folhetos com a programação e atividades da Igreja, camisas; • Realizar para jovens shows (com bandas do bairro e não necessariamente ligadas a Igreja mas com mensagem cristã) ou noites de louvor com as apresentações culturais; • Fazer a vigília e adoração em prol da missão; • Preparar para missão os temas adequados e chamativos; • Partilhas depois das celebrações; • Preparar bem bonito o ambiente da celebração, fazer o lugar aconchegante; • Realizar a unção dos enfermos; Programação da missão: Quinta-feira á noite – Vigília, adoração com envio missionário e a bênção do Santíssimo Sacramento ou celebração da Eucaristia do envio missionário; Sexta-feira de manhã até meio dia e á tarde – oração e evangelização das pessoas que estão na rua; ou oração visitas dos doentes e idosos; á noite – Celebração da Eucaristia na área visitada e depois apresentações culturais (capoeira, danças de rua, hip-hop); ou Caminhada (Via-Sacra; da Ressurreição, da Esperança); Sábado de manhã até meio dia e á tarde – visita e bênção das famílias; e, também na parte da tarde – catequese para as crianças na praça; á noite – Eucaristia na praça e depois encontro com as famílias; ou show para os jovens com bandas do bairro e pequenas mensagens religiosas; Domingo de manhã – café comunitário de manhã até meio dia e á tarde – visita e bênção das famílias; e também na parte da tarde – catequese para as crianças na praça; á noite – Celebração da Eucaristia com sorteios e confraternização;
  5. 5. Tríduo missionário nos condomínios, edifícios e prédios Objetivo geral: Evangelizar através do anúncio da Palavra e testemunho cristão as famílias que habitam nos condomínios, edifícios e prédios visando tornar Jesus Cristo mais conhecido e amado e despertando nas pessoas o desejo de se encontrar com Ele como Caminho, Verdade e Vida. Objetivos específicos: • Reconhecer e respeitar a diversidade cultural e religiosa dos condôminos; • Promover as atividades de integração entre as famílias visando fortalecimento dos vínculos comunitários; Desafios da missão: • Difícil acesso para prédios e condomínios “fechados”; • Indiferença religiosa dos moradores; • Indisponibilidade para evangelização por parte das pastorais da paróquia e dos moradores do condomínio; • Comodismo, individualismo e subjetivismo; • Variedade das crenças e religiões nas famílias; • O medo e desconfiança dos moradores dos condomínios e edifícios “fechados”; • Conseguir a permissão de uso do espaço do condomínio; • Encontrar o tempo e os horários adequados para realizar a evangelização nas famílias e no condomínio; • Descobrir os pessoas disponíveis para evangelizar ou ajudar na realização do Tríduo Missionário, preferencialmente do próprio ambiente; Quem atingir? • Todos os moradores, especialmente os católicos batizados não-praticantes; • Pessoas indiferentes na fé;
  6. 6. • Doentes e idosos; • Crianças e jovens; Como atingir? a. No nível da paróquia: • Escolher uma equipe coordenadora paroquial (mínimo 04 pessoas) para organizar junto com pároco a organização do tríduo; • Escolher e conhecer bem a área que vai ser atingida; • Entrar em contato com o síndico, presidente do local ou associação dos moradores; • Procurar no meio dos moradores do condomínio, prédio as pessoas que vão ajudar na evangelização. Aproveitar avisos nas celebrações, reuniões das pastorais, distribuição dos convites e panfletos com a propaganda da missão; • Preparar o material missionário (cantos, roteiro para a benção das famílias, santinhos, crachás ou outros distintivos, folder das atividades da paróquia, etc...) • Adquirir os recursos para Tríduo (bingos, rifas, festivais, etc...) • Divulgação do Tríduo (faixas, panfletos, convites, cartazes, camisas, etc...) • Mobilizar os ministros extraordinários para as visitas dos doentes. Agendar com antecedência a visita dos doentes e idosos; • Criar o “Ministério da Visitação” convocar missionários para realização das visitas e benções nas casas; • Possibilitar uma formação dos missionários, através dos encontros e retiros sobre as temas: “Kērygma Missionário” e “Ministério da Visitação” criando a consciência que vão à missão para escutar e evangelizar e não para moralizar; • Organizar a confraternização comunitária; • Celebrações da Eucaristia ou da Palavra acontecem dentro do condomínio ou na praça no meio dos prédios; • Celebração do envio missionário; b. MODELO 1
  7. 7. • Visitas e benções das famílias acontecem nos fins de semana um mês ou duas semanas antes de começar o Tríduo Missionário; • Catequese para as crianças (resgatando também as brincadeiras e costumes tradicionais); • Depois das celebrações a noite realizar o encontro com as famílias com especialistas abordando os temas atuais da família; c. Modelo 2 • Aproveitar os nomes dos padroeiros dos condomínios, prédios para a realização do Tríduo; • Realizar o Tríduo Missionário aproveitando as festas religiosas como: N.S da Aparecida, N.S da Imaculada Conceição, Santo Antônio, São Francisco Xavier, etc. • A realização do tríduo acontece num condomínio, edifício ou no meios de alguns prédios; • Realizar o levantamento religioso; MODELO 1 - Programação da missão: (Toda programação acontece dentro do condomínio) Tema: “Seguindo a Jesus, Caminho, Verdade e Vida edificamos a família” As visitas e benções das famílias acontecem nos fins de semana um mês ou duas semanas antes de começar o Tríduo Missionário. As visitas devem começar com a celebração do envio missionário. Sexta-feira de manhã – visita dos doentes e idosos; á tarde – visita dos doentes e idosos; á noite – catequese com as crianças; - celebração da Eucaristia “Escolhamos Jesus como Caminho para família” e depois encontro com as famílias (convidar algum especialista, terapeuta, psicopedagogo)
  8. 8. Sábado de manhã – gincana para as crianças (tarefas) á tarde – catequese para as crianças (entrega dos prêmios) á noite – Celebração da Eucaristia “Escolhamos Jesus como Verdade para família” e depois encontro com famílias (convidar algum especialista, terapeuta, psicopedagogo) Domingo de manhã – oração e café comunitário dos moradores do condomínio ou prédio; até o meio dia – catequese com as crianças; á tarde – Oficina de fortalecer os vínculos comunitários das famílias (convidar algum especialista, terapeuta, psicopedagogo) á noite – Celebração da Eucaristia “Escolhamos Jesus como Vida da família”. MODELO 2 - Programação da missão: Quinta-feira á noite – celebração do envio dos missionários na Igreja Matriz com a festiva entrega da imagem do padroeiro da paróquia; Sexta-feira de manhã até meio dia - Visita dos doentes e idosos; á tarde – Visita dos doentes e idosos; á noite – Celebração da Eucaristia (ou da Palavra) e depois o Encontro com Famílias com tema: “Diálogo na família”. (acontece dentro do condomínio ou na praça no meio dos prédios) Sábado
  9. 9. de manhã – Oração e café comunitário (acontece dentro do condomínio ou na praça no meio dos prédios) de manhã até meio dia - Visita e benção às famílias; á tarde – Visita e bênção às famílias e uma catequese para as crianças; á noite - Celebração da Eucaristia (ou da Palavra) e depois o encontro com Jovens. (acontece dentro do condomínio ou na praça no meio dos prédios). Domingo de manhã – Oração e visita e bênção das famílias á tarde – Confraternização comunitária com brincadeiras, música, dinâmicas, sorteios etc. á noite – Celebração da Eucaristia e depois uma procissão com a imagem do padroeiro.

×