Fernando Pessoa Escola Secundária D. Sancho I Língua  Portuguesa
Breve Introdução: Fernando Pessoa, nasce em Lisboa a 13 de Junho de 1888. Ser que desde criança, possui uma grande capacid...
D. Magdalena Xavier Pinheiro  Conselheiro António Luís Nogueira D. Dionisia Estrela Seabra General Joaquim António de Araú...
“ Um dia talvez compreendam que cumpri, como nenhum outro, o meu dever nato de intérprete de uma parte do nosso século; e ...
Fernando Pessoa retrata-se num escritor multifacetado, interpretando o mundo de forma invulgarmente excepcional. Logo, em ...
Perante a actualidade, nós elementos do grupo descrevemos Fernando Pessoa, como escritor único, transcendental e modernist...
“ Não sei, mas meu ser Tornou-se-me estranho.” Fernando Pessoa , Cancioneiro
Bibliografia Santillana Constância, Dimensões da Palavra 12.ano; Pimenta Hilário e Moreira Vasco;  Motor de busca: Google,...
Trabalho Realizado Por: Bruno Santos Nº 1 Carina Barros Nº 3 Óscar Oliveira Nº 17 Vera Castro Nº 21
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Trabalho De Grupo "Fernando Pessoa"

16.009 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Saúde e medicina
1 comentário
1 gostou
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
16.009
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
99
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
204
Comentários
1
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trabalho De Grupo "Fernando Pessoa"

  1. 1. Fernando Pessoa Escola Secundária D. Sancho I Língua Portuguesa
  2. 2. Breve Introdução: Fernando Pessoa, nasce em Lisboa a 13 de Junho de 1888. Ser que desde criança, possui uma grande capacidade de aprendizagem. Toda a sua personalidade “literária” se inicia então desde muito gaiato, após perdas dolorosas (morte) de seu pai e irmão. Factos estes que o deixam completamente reservado e solitário, conduzindo-o à criação de diversos amigos imaginários «exactamente humanos». Pessoa segue assim um longo e exaustivo percurso criativo…
  3. 3. D. Magdalena Xavier Pinheiro Conselheiro António Luís Nogueira D. Dionisia Estrela Seabra General Joaquim António de Araújo Pessoa D. Maria Madalena Pinheiro Nogueira Joaquim de Seabra Pessoa Fernando António Nogueira Pessoa
  4. 4. “ Um dia talvez compreendam que cumpri, como nenhum outro, o meu dever nato de intérprete de uma parte do nosso século; e quando o compreendam, hão-de escrever que na minha época fui incompreendido.” Fernando Pessoa , O Livro do Desassossego de Bernardo Soares
  5. 5. Fernando Pessoa retrata-se num escritor multifacetado, interpretando o mundo de forma invulgarmente excepcional. Logo, em tal época torna-se um incompreendido pelos críticos, visto que uma só pessoa se auto desdobra em várias personalidades com sentimentos, emoções e pensamentos próprios.
  6. 6. Perante a actualidade, nós elementos do grupo descrevemos Fernando Pessoa, como escritor único, transcendental e modernista, embora um pouco confuso, dotado de grande complexidade, transcrevendo o seu inconsciente. Do ponto de vista de muitas pessoas, ele é encarado como um doente de “esquizofrenia” por criar a sua própria humanidade com diversas figuras, afastando-se do seu “Eu”.
  7. 7. “ Não sei, mas meu ser Tornou-se-me estranho.” Fernando Pessoa , Cancioneiro
  8. 8. Bibliografia Santillana Constância, Dimensões da Palavra 12.ano; Pimenta Hilário e Moreira Vasco; Motor de busca: Google, pesquisa: imagens de Fernando Pessoa.
  9. 9. Trabalho Realizado Por: Bruno Santos Nº 1 Carina Barros Nº 3 Óscar Oliveira Nº 17 Vera Castro Nº 21

×