Análise do efeito do treinamento e da maturação sexual sobre o somatotipo de jovens futebolistas.

1.897 visualizações

Publicada em

Existe diferença durante o processo maturacional de jovens inseridos em programas sistematizados de exercícios físicos, e os não inseridos? este trabalho buscou analisar as possíveis alterações, que um programa sistematizado de futebol, e a maturação sexual podem ocorrer em jovens na faixa etária de 11 à 13 anos.

Publicada em: Turismo, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.897
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
29
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
27
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Análise do efeito do treinamento e da maturação sexual sobre o somatotipo de jovens futebolistas.

  1. 1. ANÁLISE DO EFEITO DO TREINAMENTO E DA MATURAÇÃO SEXUAL SOBRE O SOMATOTIPO DE JOVENS FUTEBOLISTAS. Graduandos: Davidson Castro, Lúcio Flávio Oliveira, Kelly Braggio, Luciana Cadengo e Gabriel Mello. Centro Univ. Celso Lisboa (UCL)
  2. 2. <ul><li>Aspectos importantes para o crescimento e desenvolvimento humano. </li></ul><ul><li>“ Composição corporal (tecido muscular, tecido ósseo e tecido adiposo).” </li></ul><ul><li>“ Maturação biológica pode ser avaliado, interpretada e classificada a partir da Somatotipologia .” </li></ul>
  3. 3. Somatotipo Ectomorfo Mesomorfo Endomorfo
  4. 4. <ul><li>“ Alterações na composição corporal e nos componentes Somáticos durante o processo de crescimento da criança e do adolescente.” </li></ul><ul><li>“ A atividade física sistemática e sua influência no somatotipo, no processo de crescimento e desenvolvimento.” </li></ul><ul><li>“ A influência da atividade física sistemática para adolescentes (Malina) e dos indivíduos pré-púberes (Ara etal).” </li></ul><ul><li>“ O incremento do conteúdo mineral ósseo (Malina) .” </li></ul>
  5. 5. <ul><li>O efeito do treinamento no somatotipo. </li></ul><ul><li>Alterações na composição corporal dos adolescentes no processo maturacional. </li></ul><ul><li>Determinação do somatotipo de crianças e adolescentes. </li></ul><ul><li>- Analisar as possíveis alterações dos componentes do somatotipo em relação ao treinamento físico e a idade maturacional de jovens. </li></ul>
  6. 6. <ul><li>Os estudos foram constituídos de 39 indivíduos de 11 à 13 anos. </li></ul><ul><li>*Grupo 1 (GT) </li></ul><ul><li>Critérios utilizado </li></ul><ul><li>* Tempo de treinamento </li></ul><ul><li>* Assiduidade </li></ul><ul><li>*Grupo 2 (GNT) </li></ul><ul><li>Critérios utilizados </li></ul><ul><li>* Não praticam atividades sistematizadas. </li></ul>
  7. 7. Métodos Estadiômetro Balança Adipômetro Paquímetro Trema antropométrica
  8. 8. Maturação biológica Maturação biológica
  9. 9. Análise Estatística * Somatotype Determinação dos componentes do somatotipo. * Anova two-way Variáveis da interação entre efeito de treinamento e efeito de maturação. * Pos-hoc de tukey Localiza as diferenças entre as medidas. * Levine Variâncias em cada grupo. Tabela 2 : Componentes do somatotipo / Graus de maturação. Características antropométricas Tabela 3 : Variáveis, sem diferenças significativas. estatura cm peso kg 3
  10. 11. <ul><li>Não houve diferença significativa nas variáveis avaliadas. </li></ul>
  11. 12. COMPONENTE ENDORMORFIA : - O nível de treinamento dos indivíduos avaliados, mesmo intenso não foi suficiente para garantir alterações na sua gordura corporal. Esse resultado pode ter influência do nível de atividade física do GNT, que embora não participassem de um programa sistemático de treinamento, talvez tivessem um nível habitual de atividade física elevada no dia-a-dia.
  12. 13. COMPONENTE MESOMORFIA : <ul><li>Não houve diferenças significativas. Possivelmente se deve a proximidade dos graus de desenvolvimento maturacional , provocando alterações do sistema músculo-esquelético, esperados pelo próprio desenvolvimento de maturação biológica. Os achados estão de acordo com a pesquisa de Guedes e Guedes(1999). </li></ul><ul><li>COMPONENTE ECTOMORFIA </li></ul><ul><li>Os valores achados no resultado estão de acordo com a pesquisa de GUEDES (1999) que encontraram valores constantes dos 12 aos 16 anos, que indicam uma estabilização, mesmo com o avanço da maturação sexual. </li></ul>
  13. 14. <ul><li>Carter (1988), o treinamento sistemático ou a participação em desportos tendem a aumentar o componente mesomorfia e diminuir o componente de endomorfia. </li></ul><ul><li>Malina (2003), cita que as possíveis alterações morfológicas adquiridas com o treinamento são transitórias, (somente enquanto durar o processo de treinamento). </li></ul>
  14. 15. Referência: <ul><li>Extraído da Revista Brasileira de Cineantropometria </li></ul><ul><li>MORTATTI, Arnaldo Luís, ARRUDA, Miguel; ANÁLISE DO EFEITO DO TREINAMENTO E DA MATURAÇÃO SEXUAL SOBRE O SOMATOTIPO DE JOVENS FUTEBOLISTAS ,Artigo, São Paulo, 2007. </li></ul>

×