Palestra IARGS - Marketing Jurídico e Inovações Tecnológicas

1.339 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.339
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
38
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Palestra IARGS - Marketing Jurídico e Inovações Tecnológicas

  1. 1. A Inovações Tecnológicas como Ferramenta de Marketing Jurídico www.gustavorocha.com
  2. 2. <ul><li>Tópicos a serem abordados: </li></ul><ul><li>CRM eletrônico; </li></ul><ul><li>Ferramentas eletrônicas; </li></ul><ul><li>Decisões do Tribunal de Ética da OAB; </li></ul>Inovações Tecnológicas como Ferramenta de Marketing Jurídico www.gustavorocha.com
  3. 3. Inovações Tecnológicas como Ferramenta de Marketing Jurídico www.gustavorocha.com
  4. 4. <ul><li>CRM – Customer Relationship Management </li></ul><ul><li>O que é CRM? </li></ul><ul><li>Conceito compreende mais que simples atendimento ao cliente; </li></ul>www.gustavorocha.com
  5. 5. <ul><li>CRM – Customer Relationship Management </li></ul><ul><li>Compreende: </li></ul><ul><li>Cadastro pormenorizado de dados; </li></ul><ul><li>Acesso a informação; </li></ul><ul><li>Automatização da informação - relatórios; </li></ul><ul><li>Níveis de segurança dos dados; </li></ul>www.gustavorocha.com
  6. 6. <ul><li>Aplicação Prática: </li></ul><ul><li>Cadastro Negócios; </li></ul><ul><li>Cadastro datas importantes; </li></ul><ul><li>Importação de banco de dados; </li></ul>www.gustavorocha.com CRM – Customer Relationship Management
  7. 7. <ul><li>Aplicação Prática: </li></ul><ul><li>Permitir automatização de tarefas; (e-mail/Relatórios) </li></ul><ul><li>Gerenciamento completo dos dados; </li></ul>www.gustavorocha.com CRM – Customer Relationship Management
  8. 8. Inovações Tecnológicas como Ferramenta de Marketing Jurídico Ferramentas Eletrônicas www.gustavorocha.com
  9. 9. <ul><li>Website: </li></ul><ul><li>Apresentação; </li></ul><ul><li>Identidade marca; </li></ul><ul><li>Registro de domínio; </li></ul><ul><li>Hospedagem e correio eletrônico; </li></ul><ul><li>Contato: endereço, correio eletrônico, bairro, mapa, etc; </li></ul>Ferramentas Eletrônicas www.gustavorocha.com
  10. 10. <ul><li>Website: dicas! </li></ul><ul><li>Link para site de mapas; </li></ul><ul><li>Formulário eletrônico; </li></ul><ul><li>Elaborar website em html, preferencialmente; </li></ul><ul><li>Usar Meta-Tags; </li></ul><ul><li>Atualizar periodicamente; </li></ul>Ferramentas Eletrônicas www.gustavorocha.com
  11. 11. <ul><li>Blog - Características </li></ul><ul><li>Comunicação mais direta, menos formal; </li></ul><ul><li>Identidade de assuntos; </li></ul><ul><li>Maior interatividade (permite comentários); </li></ul><ul><li>Maior contato com público alvo permanentemente; </li></ul>Ferramentas Eletrônicas www.gustavorocha.com http://blog.gustavorocha.com/
  12. 12. <ul><li>Blog - Dicas </li></ul><ul><li>Usar o RSS - Really Simple Syndication; </li></ul><ul><li>Posts curtos (usar o recurso <!--more--> ) </li></ul><ul><li>Atualização constante e focada no assunto do Blog; </li></ul>Ferramentas Eletrônicas www.gustavorocha.com
  13. 13. <ul><li>Comunicadores Instantâneos </li></ul><ul><li>MSN </li></ul><ul><li>Skype </li></ul><ul><li>Google Talk – Gtalk </li></ul><ul><li>ICQ </li></ul><ul><li>Yahoo! Messenger </li></ul><ul><li>… </li></ul>Ferramentas Eletrônicas www.gustavorocha.com
  14. 14. <ul><li>Comunicadores Instantâneos </li></ul><ul><li>Atendimento personalizado ao cliente; </li></ul><ul><li>Disponibilidade de horários para reuniões; </li></ul><ul><li>Redução de custos operacionais; </li></ul><ul><li>Acaba com a distância territorial; </li></ul>Ferramentas Eletrônicas www.gustavorocha.com
  15. 15. <ul><li>Comunicadores Instantâneos Dicas e cuidados! </li></ul><ul><li>Programas como Trillian e Pidgin (instalados) ou Meebo – internet; </li></ul><ul><li>Formar canal de atendimento ao cliente; </li></ul><ul><li>Ter horário e planejamento de tempo para atendimento; </li></ul>Ferramentas Eletrônicas www.gustavorocha.com
  16. 16. Redes Sociais Ferramentas Eletrônicas www.gustavorocha.com
  17. 17. <ul><li>Redes Sociais </li></ul><ul><li>Prós: </li></ul><ul><li>São bons canais de comunicação, mas o cuidado deve ser redobrado; </li></ul><ul><li>Excelente ferramenta de networking; </li></ul>Ferramentas Eletrônicas www.gustavorocha.com
  18. 18. <ul><li>Redes Sociais </li></ul><ul><li>Contra: </li></ul><ul><li>Podem destruir a marca da empresa; </li></ul><ul><li>Manifestações de funcionários podem macular o ideal e propósito empresarial; </li></ul>Ferramentas Eletrônicas www.gustavorocha.com
  19. 19. <ul><li>Grupos na Internet </li></ul><ul><li>Reúne interesses, pessoas e vontades em prol de um bem comum; </li></ul><ul><li>Permite através de um único correio eletrônico atingir inúmeras pessoas; </li></ul>Ferramentas Eletrônicas www.gustavorocha.com http://br.groups.yahoo.com/group/gustavorochacom/
  20. 20. <ul><li>Grupos na Internet </li></ul><ul><li>Aumenta o ranking nos motores de busca da internet; </li></ul><ul><li>Fortifica a marca, tornando-a referência indicativa; </li></ul>Ferramentas Eletrônicas www.gustavorocha.com http://br.groups.yahoo.com/group/gustavorochacom/
  21. 21. Ferramentas Eletrônicas www.gustavorocha.com
  22. 22. Email x Spam Ferramentas Eletrônicas www.gustavorocha.com
  23. 23. <ul><li>Email x Spam </li></ul><ul><li>Spam = Correio Eletrônico não solicitado; </li></ul><ul><li>Esta mensagem é enviada com a complacência da nova legislação sobre correio eletrônico, Seção 301, Parágrafo (a) (2) (c) Decreto S. 1618, Título Terceiro aprovado pelo &quot;105 Congresso Base das Normativas Internacionais sobre o SPAM&quot;. Este E-mail não poderá ser considerado SPAM quando inclua uma forma de ser removido.“ – Proposta legislativa do Senado Americano – Não está em vigor; </li></ul>Ferramentas Eletrônicas www.gustavorocha.com
  24. 24. <ul><li>Email x Spam </li></ul><ul><li>Qualquer mensagem é SPAM? </li></ul><ul><li>Exemplos de mensagens que NÃO SÃO SPAM: </li></ul><ul><li>Convite para ingresso num grupo de debates; </li></ul><ul><li>Convite através da indicação de alguém conhecido; </li></ul><ul><li>Correios Eletrônicos diretos ao destinatário, como newsletter da página que foi subscrita por ele; </li></ul>Ferramentas Eletrônicas www.gustavorocha.com
  25. 25. <ul><li>Email x Spam </li></ul><ul><li>Quer evitar o SPAM? </li></ul><ul><li>Envie mensagens diretas aos destinatários, sem apelações do tipo “soluções de todos os problemas”, “Não pague nada, nós resolvemos”, etc; </li></ul><ul><li>Utilize mais as ferramentas de networking (contato e indicação); </li></ul>Ferramentas Eletrônicas www.gustavorocha.com
  26. 26. <ul><li>Email x Spam - Curiosidades </li></ul><ul><li>Spam = ( SP iced h AM , em inglês, (presunto picante) de onde surgiu a sigla) um enlatado da Hormel Foods , uma empresa norte-americana que vende o produto desde 1937; </li></ul><ul><li>Na década de 70 o grupo de comediantes britânicos Monty Python encenaram uma cena surreal em um restaurante que servia todos os seus pratos com SPAM. A garçonete descreve para um casal de clientes os pratos repetindo a palavra &quot;spam&quot; para sinalizar a quantidade de presunto que é servida em cada prato; </li></ul>Ferramentas Eletrônicas www.gustavorocha.com
  27. 27. Inovações Tecnológicas como Ferramenta de Marketing Jurídico Decisões Tribunal de Ética da OAB www.gustavorocha.com
  28. 28. Mensagens nos Grupos - A FAVOR EXERCÍCIO PROFISSIONAL – SOLICITAÇÃO DE MODELOS DE PETIÇÕES INICIAIS POR PARTE DE PROFISSIONAIS EM LISTAS DE DISCUSSÕES NA INTERNET ENTRE ADVOGADOS – INEXISTêNCIA DE INFRAÇÃO ÉTICA . Não se vislumbra comportamento antiético a solicitação de modelos de petições iniciais por parte de profissionais em listas de discussões, na internet, entre advogados. A disponibilização de petições iniciais em listas de discussões passa, primeiro, pelo crivo pessoal e pelo bom senso de quem as fornece, e a sua utilização, se boa ou ruim, se certa ou errada, passa igualmente pelo mesmo crivo e bom senso de quem a sutiliza. Os modelos devem ser divulgados com omissão do nome das partes e dados do processo. Trabalhos forenses de advogados, tais como textos legais, pareceres do Ministério Público, sentenças e acórdãos, não são trabalhos literários suscetíveis de proteção jurídica como direito autoral. Proc. E- 2.991/2004 – v.u., em 16/09/2004, do parecer e ementa do Rel. Dr. Luiz Antonio Gambelli – Rev.ª Dr.ª Maria do Carmo Whitaker – Presidente Dr. João Teixeira Grande. Decisões TED OAB www.gustavorocha.com
  29. 29. <ul><li>Publicidade em internet - A FAVOR </li></ul><ul><li>Tribunal de Ética e Disciplina do Rio de Janeiro reconhece a legitimidade da publicidade do advogado na internet desde que obedeça os preceitos do TED; </li></ul>Decisões TED OAB www.gustavorocha.com
  30. 30. <ul><li>Atendimento pela internet – CONTRA </li></ul><ul><li>Julgados do Tribunal de Ética do Paraná entendem proibidas pelo TED o atendimento pela internet, por tenderem a mercantilização e captação de clientes além de infringir frontalmente o artigo 33 I do TED que proíbe o advogado de &quot; responder com habitualidade consulta sobre matéria jurídica, nos meios de comunicação social, com intuito de promover-se profissionalmente “. </li></ul>Decisões TED OAB www.gustavorocha.com
  31. 31. <ul><li>Atendimento pela internet – CONTRA </li></ul><ul><li>DECISÃO TED SP: </li></ul><ul><li>É antiética a conduta do advogado que pretende proceder a consultas via internet. Tal procedimento fere o Código de Ética e o Estatuto da Advocacia, pois contrário aos princípios da pessoalidade, confidencialidade e sigilosidade, que devem envolver a relação cliente-advogado. Precedentes: processos E-2437/01, 2.3093/01, 2218/00, 2188/00, 2241/00, 2266/00 e outros. Proc. E-3.576/2008 - v.u., em 27/03/2008, do parecer da Relatora Dra. BEATRIZ MESQUITA DE ARRUDA CAMARGO KESTENER – Rev. Dr. ARMANDO LUIZ ROVAI – Presidente Dr. CARLOS ROBERTO F. MATEUCCI. </li></ul>Decisões TED OAB www.gustavorocha.com
  32. 32. <ul><li>Atendimento pela internet – CONTRA </li></ul><ul><li>OUTRA DECISÃO TED SP: </li></ul><ul><li>INTERNET – CONSULTA VIA INTERNET – PÚBLICO NÃO IDENTIFICADO – “POOL” DE ADVOGADOS – ANTIETICIDADE. Torna-se antiética a conduta do advogado que pretende constituir um “pool” de advogados para proceder a consultas trabalhistas via internet. Tal procedimento fere o Código de Ética e o Estatuto da Advocacia, pois contrário aos princípios da pessoalidade, confidencialidade e sigilosidade, que devem envolver a relação cliente-advogado. Precedentes: processos E-2437/01, 2.3093/01, 2218/00, 2188/00, 2241/00, 2266/00 e outros. Proc. E-3.345/2006 – v.u., em 20/07/2006, do parecer e ementa do Rel. Dr. CLÁUDIO FELIPPE ZALAF – Revª. Dra. MARIA DO CARMO WHITAKER – Presidente Dr. JOÃO TEIXEIRA GRANDE. </li></ul>Decisões TED OAB www.gustavorocha.com
  33. 33. <ul><li>Pagamento honorários pela internet – CONTRA </li></ul><ul><li>Tribunal de Ética e Disciplina da OAB Minas Gerais foi acionado para se posicionar sobre a questão da prestação de consultas on-line com cobrança por cartão de crédito ou boleto bancário e propaganda via mala direta que foram consideradas como infrações graves ao Código de Ética evidenciando que a OAB está atenta para intervir em sites que revestem-se de escritórios virtuais sendo uma forma de captação abusiva de clientela além de vislumbrar a questão do patrocínio infiel uma vez que a pessoa que esta contratando seus serviços poderá ser a parte contrária no processo em que o advogado consulente patrocina. </li></ul>Decisões TED OAB www.gustavorocha.com
  34. 34. <ul><li>Tribunal de Ética OAB ≠ Realidade do Mercado; </li></ul><ul><li>Mercado = Networking; </li></ul><ul><li>Mercado = Sobrevivência; </li></ul><ul><li>Evolução do TED é lenta; </li></ul><ul><li>Então o que fazer? </li></ul>Decisões TED OAB www.gustavorocha.com
  35. 35. “ Faça o que puder, com o que você tiver, onde você estiver” Theodore Roosevelt Decisões TED OAB www.gustavorocha.com
  36. 36. Dúvidas? Inovações Tecnológicas como Ferramenta de Marketing Jurídico www.gustavorocha.com
  37. 37. Acesse os slides desta palestra www.gustavorocha.com www.myliusemarodin.com.br Inovações Tecnológicas como Ferramenta de Marketing Jurídico
  38. 38. Realização Patrocínio Inovações Tecnológicas como Ferramenta de Marketing Jurídico

×