Adriana E Alessandra

300 visualizações

Publicada em

Publicada em: Turismo, Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
300
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
27
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Adriana E Alessandra

  1. 1. Voltando a escrever no papel
  2. 2. Dialogando com Ana Amélia Erthal Oficina de ExperimentaçãoTextual Adriana Gomes Alessandra Maria Boa Nova
  3. 3. <ul><li>“ O que quero é falar sobre a visão romântica da folha de papel em branco esperando para ser preenchida por idéias ou conceitos, palavras de consolo e amizade, ou simplesmente notas. Quando sacamos uma caneta – un stylo - e começamos a escrever, um pouco de nós fica no papel”. </li></ul>
  4. 4. <ul><li>Bem, escrever, deixar que as palavras fluam de nós para o papel a nossa frente faz com que consigamos deixar transparecer o que parece ser até mesmo para nós desconhecido. </li></ul>
  5. 5. <ul><li>“Eu escrevo tanto, em tantas condições que me surpreendo com minhas próprias palavras”. </li></ul>
  6. 6. <ul><li>Muitas vezes, as pessoas não se dão conta do que dizem e parecem se esquecer que temos alguém que registra nossos dizeres, e, ainda, o que é pior, nos cobram por algo que nem teve tanta importância para nós. </li></ul>
  7. 7. <ul><li>“Faça o mesmo. Deixe um pouco de você numa folha de papel e deixe alguém decifrar”. </li></ul>
  8. 8. <ul><li>Experimente, ouse, mostre-se e escreva. </li></ul>
  9. 9. <ul><li>Essa era digital é fantástica, mas não podemos nos esquecer do mundo maravilhoso da escrita. É ela que faz as coisas permanecerem. Quem não escreveu ou não recebeu uma cartinha de amor um dia na vida? Concordo planamente com Ana Amélia quando diz “um pouco de nós fica no papel” seja de idéias, sentimentos, suor, lágrimas, etc. </li></ul>

×