Jornal 1 7 C

268 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
268
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jornal 1 7 C

  1. 1. 1º Período Ano Lectivo 2009/ 2010 Logótipo: André Gaudêncio Jornal de Turma 7º C No passado dia 30 de zados uma exposição, um Outubro celebrou-se o Hallo- concurso de abóboras, ganho ween na sede de agrupamen- pelos alunos João Micael e to E.B. 2,3 Marateca Pocei- Acácio Monteiro e o Magic rão. A comemoração iniciou- Spell. se às 11h da manhã estando A escola estava deco- todas as turmas reunidas, rada com elementos relati- juntamente com os seus pro- vos ao Halloween, estando fessores, no campo CR-BES. logo à entrada da mesma A professora Clarisse uma grande teia de aranha dinamizou a actividade que com a sua “assustadora” incluiu um desfile e concurso habitante. Um dos momentos de máscaras e pequenos altos do dia foi a visita à ! ser números de música e dança. Scary House da qual resulta- A música Thriller de Michael ram muitos sustos. irão Jackson serviu para que A celebração deste dia dos todos pudessem dançar a terminou às 13h com o ista coreografia orientada pelo regresso dos alunos às res- professor Faisal, de Educa- pectivas salas. nqu ção Física. , co Marco Cardoso e Ricardo Nobre Também foram reali- a ler Inauguração do Campo CR-BES rem meça O campo CR-BES foi to). Para celebrar a ocasião foram rea- co inaugurado na nossa lizados jogos de futebol entre as tur- ndo escola no mês de mas do 5º, 6º e 7º anos. Desses jogos Qua Outubro de 2009. Este saíram vencedores as turmas 5º D, 6º campo foi construído B e 7º D. Esta obra foi considerada graças à parceria entre o Cristiano importante por todos os alunos da Ronaldo e o Banco Espírito Santo - escola, uma vez que é mais um espaço daí o seu nome (CR - Cristiano onde podem conviver e praticar des- Ronaldo e BES - Banco Espírito San- porto.
  2. 2. Página 2 Celebração do Dia Nacional das Bibliotecas No dia 26 de Outubro, pelas (Teatro de Animação de uma breve conversa com os actores 10.30, decorreu o Dia Internacio- Setúbal). Seguida de em que os alunos tiveram a oportu- nal das Bibliotecas Escolares. nidade de colocar as suas questões e Quando começarem a ler, conquistados irão ser!! explorar um pouco mais a vida e a As actividades iniciaram-se pelas experiência de se ser actor. 11.00 h com um apontamento musical, em seguida, às 11.10 ÀS 12.15 decorreu novo aponta- houve uma mini- conferência mento musical acompanhado de sobre leituras marcantes pelos alu- leitura de poemas avulsos de auto- nos do 5º e 7º ano: o Diogo, Tia- res portugueses. go, Delfim, Vanessa e Catarina. ÀS 12.30, os professores Luís e Em seguida, o professor Luís e o Emanuel tocaram mais umas melo- professor Emanuel de E.M toca- dias e às 12.35 a professora Salomé ram umas melodias. Raposo leu uma história aos meni- Às 11.35 houve uma leitura dra- nos do 1º Ciclo em seguida e para mática do texto Antes de Começar Leitura dramatizada do Texto finalizar as actividades da manhã, Antes de Começar pelos actores do escritor Almada Negreiros, de teatro TAS. os professores de música tocaram interpretado pelos actores Isabel e mais umas musiquinhas. Miguel, do grupo de teatro TAS Publicidade Obama conquistou o mundo: “Muitas coisas • venceu as eleições e pequenas foram foi o primeiro presi- dente negro dos EUA transformadas em grandes pelo • ganhou o prémio Nobel da Paz tipo certo de publicidade.” Mark Twain O 7º C vai conquistar o cora- ção dos nossos leitores! Magusto Vamos correr! No dia 11 de Novembro celebrou-se o Dia 18 de Novembro foi dia de Magusto ou Dia São Martinho. grandes corridas na nossa escola. Foi o dia A comemoração teve início às 11h e do corta-mato escolar. 45m e terminou às 13h e 15m. Esta prova tem-se realizado todos Foi um dia em cheio com pequenas os anos, a novidade este ano foi a prova peças de teatro sobre a história de São Marti- estar dividida em escalões e os meninos do nho, jogos, muita música e castanhas assadas primeiro ciclo também participarem na para delícia de todos. prova.
  3. 3. Página 3 A nossa entrevista à D.Ana da Cantina Procurámos conhecer melhor o tra- e passear. balho e responsabilidades de quem dirige o 7— Como é ser cozinheira de tantas crianças? nosso refeitório. Assim desafiámos a D. Ana a Muito difícil, mas ao mesmo tempo divertido. aceitar ser entrevistada por nós. Desde já 8—Qual a sua maior dificuldade no seu traba- agradecemos a disponibilidade e simpatia. lho? É fazer com que as crianças comam o que se 1— Como se chama? cozinha. Ana Veríssimo 9—Gosta do que faz ou faz porque precisa? 2—Que idade tem? As duas coisas. ( risos) Gosto do que faço, mas Tenho 32 anos. também faço porque preciso. 3—Onde vive? 10—Gostava de mudar de profissão? Se sim, o No Poceirão. que gostaria de fazer? 4—Tem filhos? Quantos? O que deseja para o Sim, se pudesse seria arquitecta. futuro deles? 11—Como faz para lidar com as crianças? Sim, tenho dois. Gostaria que eles estudas- Tento sempre brincar e respeitá-las para que sem e fossem para a universidade. elas também me respeitem. 5—O que pensa fazer no futuro? Porquê? 12—Gosta de lidar no seu dia-a-dia com as Penso continuar a trabalhar. crianças? 6—O que gosta de fazer nos seus tempos Sim, gosto muito. livres? Helena, Daniela e Frederico Gosto muito de ler, ver filmes (series policiais) Opiniões... Opiniões... No dia 29 de Outubro pois não foi tomado conheci- de 2009, comemorou-se o dia mento que alunas do 7ºC parti- de Halloween, com muitas e cipariam na actividade, o que divertidas actividades, tais acabou por não acontecer. como: concurso de abóboras, a Apesar disso, toda a escola casa assombrada, o desfile de participou de alguma forma na máscaras. No entanto, suce- actividade, divertindo-se quer deu o seguinte problema: no pelas máscaras quer pelos programa do desfile de másca- sustos. ras, houve alguma confusão, O caldeirão das poções mágicas nun- ca se apagou no Halloween. Cantinho da Leitura “Muitos homens Este livro con- e a fada ia-se esquecendo das atrás dela para a salvar. ta a história de pessoas que precisavam da No meio do abismo, apareceu iniciaram uma uma fada que sua ajuda. Um dia, ela faltou a Rainha das Fadas que lhe vivia numa à sua promessa que era cuidar deu as asas e a varinha de nova era na sua floresta. das pessoas que precisavam condão, porque a fada teve vida a partir da da sua ajuda e a Rainha das coragem e deixou de pensar Esta fada ajudava as pessoas Fadas tirou-lhe as asas e a só nela. leitura de um que viviam ao pé de si e que sua varinha de condão. eram mais necessitadas. Eis um conto cuja leitura livro.” Um dia, uma velha, que não certamente agradará aos nos- Henry Thoreau Um dia, a fada conheceu um via nem ouvia, enganou-se no sos leitores. peixe que lhe disse que ela caminho para a cidade e a era linda. O peixe ensinou-a a fada correu para a ajudar. arranjar-se. Ela e o animal Mas, a um passo do abismo, Ana Caeiro e Marisa Oliveira passavam dias inteiros juntos a velha caiu e a fada caiu
  4. 4. Passatempos S M C A A G M U E I L A O L G A R O A R Dia de São Martinho A V R T G O R I L A C A O A U V A V A Z Dia 11 de Novembro acendemos as fogueiras A L T R A E T O G O Comemos castanhas e bebemos C O S P N L O T A R água-pé Podemos festejar de todas as O O O S A H B A R C maneiras A C G T N A R B T A O dia de São Martinho é que é! E V M U C F H D O I Adivinhas A G U R A A R A T A T I G R E S A P O G Qual é a coisa qual é ela que depois de morta continua a dar voltas? N V C L E A O L P T CAVALO CAMELO GAIVOTA ORCA RATO Qual é a coisa qual é ela que tem dentes mas não morde? LAGARTO IGUANA RÃ MACACO GATO Quando começarem a ler, conquistados irão ser!! ROLA TARTARUGA OVELHA SAPO LEÃO o alho Soluções: o porco no espeto; ÁGUIA URSO CÃO TIGRE GORILA Desafio de Escrita me logo ir experimentar um novo creme. O dia em que morri Num dia chuvoso e triste acordei Espalhei-o na minha cara e não para ir trabalhar mas sentia-me aconteceu nada, iam pô-lo à venda. cansadíssima. Não me apetecia ser mais cobaia daquela porcaria de Cheguei a casa, num dia duro de empresa de cosméticos. trabalho e só tinha leite no frigorífi- co, foi o que jantei. Despachei-me, pus-me no carro, Porque é que as loiras mandam mas ele não trabalhava, avariou. Sabia que aquilo era efeito dos cre- Tive que ir a pé, sem guarda- mes, não poderia ser de outra coisa. água para cima do PC? chuva, porque ele se tinha partido. Fui dormir mas estava a ver tudo à Para navegar na internet. roda, levantei-me, sentei-me no sofá Raios, o dia estava a correr-me bas- tante mal. e fantasmas apoderaram-se de mim. Transformei-me num deles. Cheguei à empresa e mandaram- Este foi o dia em que morri... O que diz o garfo para a gelatina? - Não tremas cobarde! Completa este pequeno conto (máximo uma página A4) e entrega-o às editoras Ana Caeiro ou Marisa. O melhor conto será publicado na próxima edição deste jornal. ☻

×