Especialização Hemisférica                              vf/99

  campo visual                                campo visual
...
Papel dos dois Hemisférios
                                           -

                                   na
           ...
-




O HE só
 detecta
 linhas e
manchas,
   o HD
 integra
 um cão
dálmata
a farejar
o chão...

vf/08           vf/08
Arquitectura das células nas
          áreas T-P do HE
       numa criança normal
     e numa criança disléxica
       (GA...
Perda neuronal
 (“neural pruning”)
   A investigação revela que muitos
disléxicos apresentam défices imunológicos
e canhot...
Teoria do “Iceberg”


                           Leitura
                           Escrita


       Consciência          ...
vf/08                Activação do Cérebro
                      em Bons Leitores e
                          Disléxicos
  ...
Especialização Hemisférica
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Especialização Hemisférica

1.137 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.137
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
11
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
16
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Especialização Hemisférica

  1. 1. Especialização Hemisférica vf/99 campo visual campo visual esquerdo direito mão esquerda mão direita Mão (não dominante) (dominante) imagem cv direito imagem cv esquerdo memória verbal… memória de formas articulação=fala práxia ME discriminação de práxia MD = escrita HE (V) HD (NV) formas audição de sons audição de sons da linguagem (OD) CVD cc CVE envolvimentais (OE) reconhecimento compreensão auditiva espacial (formas, faces, (conversão optemas – imagem do corpo... fonemas = leitura ... vf/08
  2. 2. Papel dos dois Hemisférios - na Leitura vf/08 HE HD HE HD O HD capta globalmente a informação, enquanto o HE a capta em detalhes. O HD, que contém mais substância branca, está mais equipado para extrair dados de HD informação de vários módulos cerebrais ao mesmo tempo, porém processa informação mais vaga e polifacetada (procº simultâneo = imagem < Pré-aptidões). O HE, que contém mais substância cinzenta, é mais denso na distribuição dos seus HE neurónios e nas suas conexões, por isso está mais preparado para processar detalhes e para a focagem concentracional, cooperativa e rápida da informação (procº sucessivo = palavra). vf/02
  3. 3. - O HE só detecta linhas e manchas, o HD integra um cão dálmata a farejar o chão... vf/08 vf/08
  4. 4. Arquitectura das células nas áreas T-P do HE numa criança normal e numa criança disléxica (GALABURDA & KEMPER 79, 05) Em ambas as imagens podemos discriminar não só várias camadas, como também uma organização colunar característica. Normal Na criança normal, o arranjo das células é perfeito quer em termos horizontais, quer verticais (rede). Na criança disléxica, o desarranjo (heterotopias nodulares) é visível e algumas células deslocaram- se (displasias focais) para as camadas superiores, onde normalmente não deveriam ser identificáveis. A desorganização da arquitectura das células parece interferir com o processamento da informação na leitura, a migração ordenada das células foi igualmente afectada, sugerindo Disléxico problemas neuroevolutivos DA... vf/08 vf/99
  5. 5. Perda neuronal (“neural pruning”) A investigação revela que muitos disléxicos apresentam défices imunológicos e canhotismo, provavelmente associados à testosterona, reforçando a maior incidência em rapazes (Geschwind & Behan 82); Galaburda et al. 85, associou a dislexia com simetria ou assimetria reversiva no planum temporal, devido a redução das taxas de morte celular (“neural pruning”) vf/08 na ontogénese durante a corticogénese que ocorre entre o 5º e 7º mês no período fetal; Conjugado com este impacto da hormona sexual masculina, várias investigações (Since 70, Grigorenko et al. 97) sugerem predisposição genética, em crianças cujos pais tiveram também disléxia (loci cromossómicos nos 6 e 15 – transmissão autossómica dominante = 25 % de probabilidade). A dislexia corre nas famílias, apesar de variarem os perfis; Gilger, Pennington & DeFries 91, identificaram um alelo que explicava 54 % da variância fenotípica na leitura;
  6. 6. Teoria do “Iceberg” Leitura Escrita Consciência Nomeação fonológica rápida Reconhecimento de Vocabulário letras Gramática Inteligibilidade da CNV Base de conhecimento vf/08
  7. 7. vf/08 Activação do Cérebro em Bons Leitores e Disléxicos Os BL apresentam uma forte activação de 3 áreas: - occipito-temporal (regis- to de icones visuais - optemas); - parieto-temporal (des- codificação de letras em sons (fonemas) e integração su- cessiva e simultânea de sons para formar, identificar e compreender palavras – dicionário interno); - área de Broca (conversão em articulemas); Os DL mostram uma activação excessiva da região Shaywitz & frontal, em compensação da Shaywitz, fraca conexão das regiões 2005 posteriores...

×