Vapor e Fogo Beto renzo
Depressa pra sair de casa nesse tempo Um boteco discreto e barulhento
Pra hoje eu desafogar o meu peito Defeito seria não me dar daquele jeito  
Fui nessa nossa permuta dar-te meu coração
E no lugar deixaste um contador de tempo Relógio num contratempo das outras coisas do mundo
E ressurgido daquele triste lodo O meu menino limpo brincando de novo  
Depressa pra gargalhar sem medo Uma conversa secreta e escandalosa
Tanto carinho escapou pela janela de nossa casa Que agora nem minha nem sua na semana
E dos dois quando o bom de ontem estraga o sono hoje
E no abrir dos olhos No voltar da farra Na chaleira deitada no fogão vivo
O vapor tem nosso nome Na cortina quase bem fechada A poeira iluminada são agora os fogos
Daquele nosso casamento [email_address]
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

V A P O R E F O G O[ B E T O]

311 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Turismo
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
311
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
26
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

V A P O R E F O G O[ B E T O]

  1. 1.         Vapor e Fogo Beto renzo
  2. 2. Depressa pra sair de casa nesse tempo Um boteco discreto e barulhento
  3. 3. Pra hoje eu desafogar o meu peito Defeito seria não me dar daquele jeito  
  4. 4. Fui nessa nossa permuta dar-te meu coração
  5. 5. E no lugar deixaste um contador de tempo Relógio num contratempo das outras coisas do mundo
  6. 6. E ressurgido daquele triste lodo O meu menino limpo brincando de novo  
  7. 7. Depressa pra gargalhar sem medo Uma conversa secreta e escandalosa
  8. 8. Tanto carinho escapou pela janela de nossa casa Que agora nem minha nem sua na semana
  9. 9. E dos dois quando o bom de ontem estraga o sono hoje
  10. 10. E no abrir dos olhos No voltar da farra Na chaleira deitada no fogão vivo
  11. 11. O vapor tem nosso nome Na cortina quase bem fechada A poeira iluminada são agora os fogos
  12. 12. Daquele nosso casamento [email_address]

×