Projectos da CRIE

907 visualizações

Publicada em

Projectos da CRIE

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
907
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
37
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Projectos da CRIE

  1. 2. CRIE (Computadores, Rede e Internet na Escola)  Análise de alguns projectos
  2. 3. Nome : Competências Básicas em TIC nas EB1 (CBTIC@EB1)
  3. 4. Período de duração : <ul><li>Implementado em 2002 </li></ul><ul><li>(pelo então MCT e posteriormente, pelo FCCN) </li></ul>
  4. 5. Objectivos : <ul><li>Consolidar junto das escolas, dos alunos, dos professores e da comunidade educativa em geral, o desenvolvimento de competências básicas em TIC; </li></ul><ul><li>Desenvolver competências gerais expressas no currículo nacional do Ensino Básico referentes a saberes culturais científicos e tecnológicos; </li></ul><ul><li>Desenvolver junto dos alunos e professores a capacidade de publicação na web, construção de portfólios como forma de partilhar, socializar os trabalhos ou projectos. </li></ul>
  5. 6. Forma de organização : <ul><li>O desenvolvimento do currículo de TIC nos Ensinos Básico e Secundário e respectiva formação de professores; </li></ul><ul><li>Promoção e dinamização do uso dos computadores, de redes e da Internet das escolas; </li></ul><ul><li>O apetrechamento e manutenção de equipamentos de TIC nas escolas. </li></ul>
  6. 7. Resultados/impactos pretendidos : <ul><li>Fazer da sociedade da informação e do conhecimento uma alavanca para a coesão social e modernização económica do país; </li></ul>
  7. 8. Nome : moodle-edu-pt
  8. 9. Período de duração : <ul><li>Julho de 2005 – Junho 2007 </li></ul>(criado por Martin Dougiamas e é actualmente desenvolvido em modelo de comunidade de voluntários)
  9. 10. Objectivos : <ul><li>Tornar o ensino mais dinâmico para todos os intervenientes do Ensino Básico e Secundário através da apropriação generalizada da plataforma moodle, plataforma de gestão ensino-aprendizagem; </li></ul>
  10. 11. Características do moodle : <ul><li>Comparação favorável com outros sistemas LMS; </li></ul><ul><li>Plataforma de código aberto/open source e constituir software livre, com custo de partida nulo; </li></ul><ul><li>Possui muitos interessados ( utilizadores, programadores, educadores) que continuamente contribuem para a sua melhoria e desenvolvimento. </li></ul>
  11. 12. A plataforma moodle destina-se a : <ul><li>disponibilizar um espaço on-line/em-linha de apoio ao desenvolvimento de acções da equipa de missão CRIE, designadamente na área de formação de professores TIC, de projectos educativos em TIC e outras desenvolvidas pela equipa de missão ou pelos seus parceiros; </li></ul><ul><li>criar a &quot;pedra fundadora&quot; do projecto moodle - edu - pt. </li></ul>
  12. 13. Forma de organização : <ul><li>Este projecto apresenta 4 fases: </li></ul><ul><li>Fundação (Julho 2005) - instituída com a criação do moodle.crie, apresentará este sistema aos parceiros e à comunidade educativa, apoiará o desenvolvimento de formação, de projectos e de grupos de trabalho ou de espaços de comunidade educativa. </li></ul><ul><li>Divulgação (Janeiro 2006) - através da criação de moodles nos Centros de Competência que podem ser utilizados como espaços de apoio e formação no âmbito das actividades dos Centros de Competência, e como nascimentos de espaços moodle dos centros de formação de professores no âmbito; </li></ul>
  13. 14. Forma de organização : <ul><li>Disseminação (previsto 2º e 3º período 2005/2006) - pela criação voluntária de sistemas por dinamizadores do uso das TIC; </li></ul><ul><li>Generalização (previsto 2º e 3º período 2006/2007) - com a disponibilização de um serviço moodle para cada escola interessada, a cargo da FCCN - Fundação para a Computação Científica Nacional </li></ul>
  14. 15. Resultados : <ul><li>espera-se que a crescente comunidade de utilizadores educativos portugueses cresça de forma a atingir a massa crítica necessária a que o seu uso possa ser explorado colaborativamente e usado de forma rotineira o moodle como enriquecedor das situações de ensino e de aprendizagem </li></ul>
  15. 16. Nome : Seguranet
  16. 17. Período de duração : <ul><ul><ul><li>Este projecto surge na continuidade de um outro que decorreu entre 2004 e 2006; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>No sentido de não existirem interrupções na transição de um projecto para o outro foram programadas para 2007 um conjunto de novas actividades. </li></ul></ul></ul>
  17. 18. Objectivos : <ul><ul><ul><li>Promover uma utilização esclarecida, crítica e segura da Internet, quer pelas crianças e jovens, quer pelas famílias, trabalhadores e cidadãos no geral; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Alargar as acções de sensibilização e promoção de uma utilização segura da Internet a outros sectores da sociedade, bem como criando uma linha de atendimento (hotline) para denúncia de conteúdos ilegais ou lesivos dos utilizadores. </li></ul></ul></ul>
  18. 19. Formas de Organização : <ul><ul><ul><li>A Agência para a Sociedade do Conhecimento, IP (UMIC), a Direcção Geral de Inovação e Desenvolvimento Curricular/ Equipa de Missão Computadores, Redes e Internet na Escolas (DGIDC/CRIE), a Fundação para a Computação Científica Nacional (FCCN) e a Microsoft (MSFT – Software para Microcomputadores Lda), submeteram no âmbito do programa Europeu Safer Internet Plus, uma candidatura para promoção e consciencialização pública da utilização segura da Internet. </li></ul></ul></ul>
  19. 20. Formas de Organização : <ul><ul><ul><li>Os mais jovens podem encontrar no novo sítio da Internet divertidos jogos sobre o tema “diverte-te e aprende&quot;, os encarregados de educação podem encontrar um interessante “guia para pais&quot;, os professores podem encontrar um “guia para professores&quot; e os responsáveis pelas salas de informática nas escolas encontram informações e sugestões para “gestão em segurança&quot;. </li></ul></ul></ul>
  20. 21. Nome : Sacausef
  21. 22. Objectivos : <ul><ul><ul><li>Alargar o processo de avaliação e de certificação a “sítios virtuais” de natureza pedagógica; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Contribuir para promover a utilização de “software livre”; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Estimular a utilização de ferramentas de e-learning; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Contribuir para a qualidade dos processos de educação à distância através da internet. </li></ul></ul></ul>
  22. 23. <ul><li>Trabalho elaborado por: </li></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>Filipa Monteiro </li></ul></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>Elisabete Pinto </li></ul></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>Patrícia Duarte </li></ul></ul></ul></ul></ul>

×