MéTodos Contraceptios

1.630 visualizações

Publicada em

metodos

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.630
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
81
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

MéTodos Contraceptios

  1. 1. Introdução
  2. 2. O que é a contracepção?  A contracepção é qualquer processo que evite a fertilização do óvulo ou a implantação do ovo.
  3. 3. História da contracepção  Desde sempre que existem métodos de evitar a contracepção, no entanto estes eram muito rudimentares e pouco eficazes.  A descoberta do HIV popularizou o preservativo, no entanto foi no século XVI que a propagação da sífilis deu origem a este método anti-concepcional.
  4. 4. História da contracepção  A pílula apareceu mais tarde entre os contraceptivos causando uma verdadeira revolução sexual.  Com o passar dos anos outros contraceptivos apareceram, tais como o DIU e as injecções hormonais.
  5. 5. Aquecimento global  A contracepção é defendida por alguns grupos como modo de controlo do aquecimento global e superpopulação.  Um destes grupos afirma que é muito mais barato e rápido distribuir preservativos do que tentar controlar a emissão de CO2 através das estratégias actuais.
  6. 6. Curva da temperatura corporal basal  Monitorização da temperatura corporal de modo a prever em que fase menstrual a mulher se encontra.  Eficácia: 0,3-3,1%
  7. 7. Método do calendário  Datação da ovulação de modo a evitar contacto sexual durante o período fértil da mulher.  Eficácia: 20-25%
  8. 8. Coito interrompido  Interrupção da actividade sexual antes de o homem ejacular.  Eficácia: 15-28%
  9. 9. Pílula  Contém hormonas que evitam a fecundação do óvulo.  Também reduz os problemas menstruais, protege contra algumas doenças ginecológicas.  Eficácia: 97%-99,9%
  10. 10. Preservativo  É uma fina capa de látex, usado no pénis ou na vagina, onde os espermatozóides ficam retidos.  Também protege contra DST’s, previne doenças do colo uterino.  Eficácia: 82%-97%
  11. 11. Diafragma  É um anel flexível coberto por uma membrana de borracha fina, impedindo a entrada dos espermatozóides.  Também protege contra doenças do cérvix.  Eficácia (com espermicida): 82%-97%
  12. 12. Espermicida  Este método mata ou imobiliza os espermatozóides impedindo a entrada destes no colo uterino.  Também protege contra algumas doenças ginecológicas.  Eficácia (aumenta quando usado com outro método contraceptivo): 58%-90%
  13. 13. DIU (dispositivo intra-uterino)  Pequeno dispositivo de metal ou plástico, de formas variadas, inserido no útero por um médico.  Eficácia: 99,2-99,4%
  14. 14. Cirúrgicos
  15. 15. Laqueação  Cirurgia que bloqueia as trompas de falópio, desse modo o espermatozóide é impedido de chegar ao óvulo.  Eficácia: 99-99,9%
  16. 16. Vasectomia  Método contraceptivo através do bloqueio dos canais deferentes, desse modo os espermatozóides não se juntam ao esperma.  Eficácia: 99,85-99,9%
  17. 17. Eficácia de alguns métodos contraceptivos Pílula Preservativo Diafragma Espermicida DIU Laqueação Vasectomia temperatura corporal Método do calendário 99% 100% 99% 98% 89% 89% 74% 23% 2% Média
  18. 18. Bibliografia  http://www.mulherportuguesa.com/index2.php?optio n=content&do_pdf=1&id=1652  Wikipédia

×