Entendendo A Farsa Dos Balancos Da Oabsc 2003 Web

276 visualizações

Publicada em

Publicada em: Notícias e política
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
276
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • ____________________________________________________
  • Entendendo A Farsa Dos Balancos Da Oabsc 2003 Web

    1. 1. www.novaordemsc.adv.br/transparencia
    2. 2. <ul><li>A diferença entre os balanços apresentados </li></ul>www.novaordemsc.adv.br/transparencia Balanço do Folder de Campanha Balanço do Website
    3. 3. www.novaordemsc.adv.br/transparencia Primeiramente, vamos ver o balanço publicado no site da OAB/SC, no setor “ Tesouraria ” às vésperas das eleições Observe, como, dentro da guia RECEITAS , encontra-se o item Aquisição de Bens e Amortização Repare nos valores relativos aos exercícios 2008 e até maio de 2009 E veja, ainda dentro da guia Receitas , que o item Transferências Correntes está vazio nestes mesmos anos Agora, vamos ao balanço do Material de Campanha...
    4. 4. www.novaordemsc.adv.br/transparencia Vamos, então, analisar o balanço publicado dentro do material de campanha da chapa de situação Dessa vez, quando checamos o item AQUISIÇÃO DE BENS E AMORTIZAÇÃO , OS VALORES DE 2008 E ATÉ MAIO DE 2009 DESAPARECERAM ! Na verdade, os valores foram “realocados” para o item TRANSFERÊNCIAS CORRENTES Será mesmo ..? O FATO: Os Balanços Orçamentários SÃO DIFERENTES. A DÚVIDA: O que isso significa...? A CERTEZA: Vamos descobrir nos próximos slides.
    5. 5. www.novaordemsc.adv.br/transparencia Para entender o que está acontecendo, vamos voltar ao balanço do site Observe que o item AQUISIÇÃO DE BENS E AMORTIZAÇÃO está equivocadamente integrando o grupo das RECEITAS. Pois, na verdade, a AQUISIÇÃO DE BENS E AMORTIZAÇÃO é uma DESPESA DE CAPITAL , não podendo assim, integrar o grupo das RECEITAS. Desde já, melhor deixar claro o que são as RECEITAS e o que são as DESPESAS . São EXATAMENTE OS MESMOS VALORES: é por que são a mesma coisa! A duplicação deste valor e sua recolocação disfarçada, fazendo-o parecer uma receita, é um artifício para maquiar o balanço. Este erro gera um resultado equivocado, pois o valor acaba por anular matematicamente uma Despesa Real Existente.
    6. 6. <ul><li>“ TRANSFERÊNCIAS CORRENTES” são RECEITAS . Foram usadas para recolocar indevidamente os valores criados no item “AQUISIÇÃO DE BENS E AMORTIZAÇÃO” </li></ul>www.novaordemsc.adv.br/transparencia “ AQUISIÇÃO DE BENS E AMORTIZAÇÃO” são DESPESAS DE CAPITAL e não devem integrar o grupo de RECEITAS.
    7. 7. <ul><li>Classificar “ Aquisição de Bens E Amortização (Despesa) ” como Receita faz com que se CRIE um crédito que não existe na realidade, OCULTANDO o verdadeiro saldo do balanço . </li></ul>www.novaordemsc.adv.br/transparencia
    8. 8. www.novaordemsc.adv.br/transparencia Para se saber, portanto, o verdadeiro saldo do balanço de maio de 2009, devemos simplesmente subtrair esta receita irreal – AQUISIÇÃO DE BENS E AMORTIZAÇÃO – do saldo que está na tabela – o SUPERÁVIT DO EXERCÍCIO. SUPERÁVIT DO EXERCÍCIO 465.175, 08 1.101.016, 60 VERDADEIRO SALDO DA SECCIONAL
    9. 9. <ul><li>Sobre a diferença entre os balanços: </li></ul><ul><ul><li>Importante apontar que o mesmo contador – Tarcísio Zonta – assina as duas planilhas que estão comprovadamente diferentes; </li></ul></ul><ul><ul><li>As discrepâncias não se resumem àquelas aqui apresentadas: os dois Balanços Orçamentários são diferentes dos enviados ao Conselho Federal nos Processos de Prestação de Contas ( para mais informações consulte o site abaixo ); </li></ul></ul>www.novaordemsc.adv.br/transparencia
    10. 10. <ul><li>Sobre a maquiagem das contas: </li></ul><ul><ul><li>É difícil afirmar se tal alteração se deveu a erro, sendo mais provável se tratar de um recurso para esconder o déficit do balanço ; </li></ul></ul><ul><ul><li>Justamente por repudiar este tipo de expediente, a Chapa Nova Ordem defende a TRANSPARÊNCIA ABSOLUTA DA GESTÃO; </li></ul></ul>www.novaordemsc.adv.br/transparencia
    11. 11. <ul><li>Sobre o déficit apurado: </li></ul><ul><ul><li>Com muito pesar, registramos que, segundo o balancete de maio de 2009, a Seccional Catarinense da OAB registra déficit de R$ 635.841, 11. </li></ul></ul><ul><ul><li>Advogados e advogadas, não se deixem enganar. </li></ul></ul>www.novaordemsc.adv.br/transparencia

    ×