O terramoto de 1755<br />
O sismo de 1755, também conhecido por Terramotode1755 ou Terramotode Lisboa, ocorreu no dia 1 de Novembro de 1755, resulta...
Lisboa não foi a única cidade portuguesa afectada pela catástrofe. Todo o sul de Portugal, sobretudo o Algarve, foi atingi...
A família real escapou ilesa à catástrofe. O Rei D. José I e a corte tinham deixado a cidade depois de assistir a uma miss...
O terramoto de Lisboa abalou muito mais que a cidade e os seus edifícios. Lisboa era a capital de um país católico, com gr...
Vitor Hugo  Nº24  6ºE<br />Horácio Sousa  Nº9  6ºE<br />Henrique Sousa  Nº8  6ºE<br />Trabalho realizado por:<br />
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O Terramoto de 1755

658 visualizações

Publicada em

Publicada em: Turismo, Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
658
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
23
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
19
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O Terramoto de 1755

  1. 1. O terramoto de 1755<br />
  2. 2. O sismo de 1755, também conhecido por Terramotode1755 ou Terramotode Lisboa, ocorreu no dia 1 de Novembro de 1755, resultando na destruição quase completa da cidade de Lisboa, e atingindo ainda grande parte do litoral do Algarve.<br />O sismo de 1775<br />
  3. 3. Lisboa não foi a única cidade portuguesa afectada pela catástrofe. Todo o sul de Portugal, sobretudo o Algarve, foi atingido e a destruição foi generalizada. Além da destruição causada pelo sismo, o tsunami que se seguiu destruiu no Algarve fortalezas costeiras e habitações, registando-se ondas com até 30 metros de altura.As ondas de choque do sismo foram sentidas por toda a Europa e norte da África.<br />O tsunami<br />
  4. 4. A família real escapou ilesa à catástrofe. O Rei D. José I e a corte tinham deixado a cidade depois de assistir a uma missa ao amanhecer, encontrando-se em Santa Maria de Belém, nos arredores de Lisboa, na altura do sismo. A ausência do rei na capital deveu-se à vontade das princesas de passar o feriado fora da cidade. Depois da catástrofe, D. José I ganhou um medo a recintos fechados e viveu o resto da sua vida num complexo luxuoso de tendas no Alto da Ajuda, denominado como Real Barraca da Ajuda, em Lisboa.<br />O dia seguinte<br />
  5. 5. O terramoto de Lisboa abalou muito mais que a cidade e os seus edifícios. Lisboa era a capital de um país católico, com grande tradição de edificação de conventos e igrejas e empenhado na evangelização das suas colónias. O fato de o terramoto ocorrer num dia santo e destruir várias igrejas importantes levantou muitas questões religiosas por toda a Europa. Para a mentalidade religiosa do século XVIII , foi uma manifestação da ira divina de difícil explicação.<br />Impacto na sociedade<br />
  6. 6. Vitor Hugo Nº24 6ºE<br />Horácio Sousa Nº9 6ºE<br />Henrique Sousa Nº8 6ºE<br />Trabalho realizado por:<br />

×