1. Distinga a método da história Positivista do Método da nova História. O método da história Positivista era o modelo dom...
2.Define Fonte Histórica Fonte Histórica é um vestígio do passado ou um facto histórico que serve como testemunho da activ...
4.Indique as principais Fontes Histórias que conhece. As principais Fontes Historias dividem-se em 4 categorias e que são:...
6 – Indique quais as principais obras de referências na História dos Surdos. São várias as obras de referências na Históri...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Actividade 3 hist

646 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Actividade 3 hist

  1. 1. 1. Distinga a método da história Positivista do Método da nova História. O método da história Positivista era o modelo dominante no final do século XIX. Este Método consista numa historia politica e individualizada, mas tratava-se de um modelo em que não fazia associação politica com outros temas (económica, social, religioso, etc). Por causa destas limitações, surgiu um novo conceito metódico, nos anos 20 do século XX. Este novo método denomina-se por Nova História, e também se pode chamar como a escola dos Annales e surgiu para aprofundar o estudo e obter uma visão global sobre os homens em sociedade ao longo do tempo. Assim, este método difere do método da História Positivista por estudar as pessoas em sociedade e não os indivíduos em si; estudar a sociedade numa perspectiva económica, religiosa, cultural, cientifica, técnica e psicológica. Devido à evolução dos novos conhecimentos científicos, surgiram novos campos de análise relativos a ciências humanas e sociais o que obrigou aos historiadores a procederem a novos conteúdos específicos da História, e a uma nova definição da sua função. Com este novo método, e com o auxílio de outras ciências, a história torna-se global, profunda e total com uma narrativa descritiva e literária. História da Educação de Surdos Actividade 3
  2. 2. 2.Define Fonte Histórica Fonte Histórica é um vestígio do passado ou um facto histórico que serve como testemunho da actividade humana ou que sirva para conhecer outro facto histórico do passado, em múltiplas áreas diferentes: económicas sociais, politicas, cultural e mental qualquer que seja o seu tipo de fonte. 3.Distinga fontes Primárias de fontes Secundarias e dê exemplos. Os testemunhos ou vestígios (podem ser um documento ou um objecto ou qualquer outro artigo) elaborados por pessoas, onde é descrito opiniões ou é relatado, numa perspectiva pessoal, as condições económicas, sociais, culturais ou que revelam as mentalidades dominantes numa determinada época. Estes testemunhos são identificados como Fonte Primária. A Fonte Secundária consiste na pesquisa, documentação e verificação de múltiplas Fontes Primárias, com o objectivo de realizar novos livros, novos manuais, novos documentários que retratam determinados temas onde se pretende privilegiar o acesso à informação específica, ordenada e relevante (para o ensino ou consulta ou investigação, etc). Exemplos de fontes primárias são os artefactos ou objectos feitos por pessoas ou manuscritos antigos escritos por pessoas eruditas (médicos, cientistas, professores, artistas, etc) ou por monges e outras individualidades que se dedicavam à investigação, à transcrição (para preservação da informação antiga), observação e elaboravam ensaios, estudos, relatos, contos. Estes testemunhos são muito importantes pois revelam os hábitos ou pensamentos dominantes na época que foram feitos. Um exemplo de uma fonte secundária é o manual distribuído na disciplina “História da Educação de Surdos I”, que contem diversos temas relacionados sobre as pessoas surdas e o seu modo de viver ao longo das diferentes e diversa épocas temporais. A elaboração deste manual foi realizada a partir de outras fontes secundárias ou de fontes primárias.
  3. 3. 4.Indique as principais Fontes Histórias que conhece. As principais Fontes Historias dividem-se em 4 categorias e que são: fontes materiais ou arqueológicas, fontes escritas, fontes orais/gestuais e fontes audiovisuais. 5.Indique e caracterize as ciências auxiliares da história que estudou na aula. São diversas as ciências auxiliares que sustentam o método Nova História - existe o arqueologia que estuda os vestígios da actividade humana onde é demonstrado o modo de viver, de trabalhar e de pensar numa determinada época histórica; - existe a cronologia que baseia na periodização temporal para distinguir e datar os factos históricos; - existe a filologia que consiste no estudo das línguas para conhecer a transmissão e conversação dos textos ao longo do tempo; - existe a genealogia que estuda a filiação e sucessão das gerações humanas; - há a numismática que investiga as moedas para conhecer aspectos económicos, sociais, políticos e culturais; - existe a onomástica que estuda os nomes próprios e engloba outros conteúdos científicos; - há a sigiologia ou esfragisticos que estuda os selos que eram usados como sinal pessoal de autoridade e de propriedade; - há a paleografia que se interesse pelos manuscritos (escritos antigos por sinais convencionais códigos); - a interdisciplinaridade engloba diversos temas como por exemplo a geografia (estudo do espaço e do tempo), a sociologia (estudo a historia social), a antropologia ( estuda novos conteúdos históricos), a demografia (estudo das famílias), económica ( estudo dos ciclos económicos) a psicologia (estudo das historias das mentalidades ), biologia ( estudo da genética), a matemática (estatística) e informática ( estudo historia quantidade serial)
  4. 4. 6 – Indique quais as principais obras de referências na História dos Surdos. São várias as obras de referências na História dos Surdos, pelo que vou identificar algumas obras importantes: -“Crying Hands” que descreve sobre o ambiente que as pessoas surdas viveram durante o regime nazi; - “The Deaf Experience” que aborda o tema da educação e do ensino; - “Deaf President Now” que fala sobre as lutas da comunidade surda para eleger um presidente surdo; -“Gaillard in Deaf America” que retrata sobre a comunidade surda e a sua cultura. 7 – Elabore uma reflexão sobre a importância dos conhecimentos adquiridos nesta unidade para efectuar uma boa investigação. Com os conhecimentos obtidos nesta unidade, fiquei com noção da abordagem necessária para a realização de uma boa investigação histórica. Com o novo método (escola de Annales . que se trata de uma importante revista francesa), é possível adoptar uma perspectiva diferente e novas atitudes críticas que privilegiam um conhecimento histórico global. Neste método, a ciência passou a estar mais presente, passou a ter maior relevância, contribuindo e permitindo ao historiador, o acesso a uma maior diversidade de factos históricos.

×