SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 8
Desenvolvimento do Ciclo
Brasiliano
CONTEXTO GEOLÓGICO REGIONAL
• A Plataforma Sul-Americana forma o núcleo do continente da
América do Sul, recobrindo uma área de aproximadamente 15
milhões de km2, dos quais 40% estão expostos em três escudos
précambrianos:
• Guiana, Brasil-Central (ou Guaporé) e Atlântico.
• Parte da crosta continental exposta nestes escudos remonta a uma
longa história de evolução crustal, com registros que vão do
Arqueano ao Paleoproterozóico, consolidando-se como núcleos
crustais estáveis ao final do ciclo orogenético Transamazônico
CONTEXTO GEOLÓGICO REGIONAL
• A conformação final dos
escudos pré-cambrianos
delimitados por Almeida et
al. (1976) ocorreu através da
amalgamação de unidades
supracrustais adjacentes aos
blocos litosféricos durante a
orogênese Brasiliana (750-
530Ma).
Figura: Compartimentação geotectônica da Plataforma Sul-
Americana segundo Almeida et al. (1976).
Retirado e modificado de Dardenne & Schobbenhaus
CONTEXTO GEOLÓGICO REGIONAL
• Materiais oceânicos permitem individualizar quatro placas.
• A megaplaca da borda ocidental do Gondwana agrupa os Crátons da
África do Oeste, Amazônico e do Rio de Ia Plata. Este será separado
do Cráton Amazônico apenas no Cambriano Médio, no final do Ciclo
Brasiliano, curto e jovem.
• A Placa do Congo-São Francisco, que trabalho recente a subdivide em
dois (Trompette et al. 1992), é a unidade chave do Gondwana
Ocidental.
A CONSTITUIÇÃO REGIONAL
• Na constituição da região reconhecem-se basicamente três grandes
conjuntos lito-estruturais.
• 1 - Unidades do Arqueano e Paleoproterozóico (>1,8 Ga) geradas nos ciclos
tectônicos Transamazônico, Jequié e possíveis outros mais antigos.
• 2 - Unidades do Paleoproterozóico (<1,8 Ga) e Mesoproterozóico
relacionadas com processos de fragmentação continental, os quais não
chegaram ao estágio de franca abertura oceânica.
• 3 - Unidades que começaram a se formar a partir de 1,0 Ga, no
Neoproterozóico, com a fragmentação do Rodínia, abertura de oceanos e
convergências de continentes e microcontinentes ou maciços.
• Ga = [giga=billhões; a=anni=anos]
Desenvolvimento do ciclo brasiliano

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Conceitos fundamentais da geomorfologia
Conceitos fundamentais da geomorfologiaConceitos fundamentais da geomorfologia
Conceitos fundamentais da geomorfologia
Girlene Virginia
 
Geologia E Geomorfologia
Geologia E GeomorfologiaGeologia E Geomorfologia
Geologia E Geomorfologia
guestd20fb9
 
Slide: Relevo brasileiro, Geografia.
Slide: Relevo brasileiro, Geografia.Slide: Relevo brasileiro, Geografia.
Slide: Relevo brasileiro, Geografia.
agendab
 
Estrutura Geológica do Brasil
Estrutura Geológica do BrasilEstrutura Geológica do Brasil
Estrutura Geológica do Brasil
Marco Santos
 
Conceitos geográficos
Conceitos geográficosConceitos geográficos
Conceitos geográficos
Professor
 
Intemperismo e erosão
Intemperismo e erosãoIntemperismo e erosão
Intemperismo e erosão
karolpoa
 
Classificação geral dos solos e solos do brasil
Classificação geral dos solos e solos do brasilClassificação geral dos solos e solos do brasil
Classificação geral dos solos e solos do brasil
Thamires Bragança
 

Mais procurados (20)

Bacia Hidrográfica
Bacia HidrográficaBacia Hidrográfica
Bacia Hidrográfica
 
Hidrografia
HidrografiaHidrografia
Hidrografia
 
Geografia física
Geografia físicaGeografia física
Geografia física
 
Estruturas geológicas
Estruturas geológicasEstruturas geológicas
Estruturas geológicas
 
Conceitos fundamentais da geomorfologia
Conceitos fundamentais da geomorfologiaConceitos fundamentais da geomorfologia
Conceitos fundamentais da geomorfologia
 
Estrutura geológica e formas de relevo terrestre - atualizado
Estrutura geológica e formas de relevo terrestre - atualizadoEstrutura geológica e formas de relevo terrestre - atualizado
Estrutura geológica e formas de relevo terrestre - atualizado
 
Aula 1 solos
Aula 1 solosAula 1 solos
Aula 1 solos
 
Geologia E Geomorfologia
Geologia E GeomorfologiaGeologia E Geomorfologia
Geologia E Geomorfologia
 
AGENTES INTERNOS DO RELEVO
AGENTES INTERNOS DO RELEVOAGENTES INTERNOS DO RELEVO
AGENTES INTERNOS DO RELEVO
 
Slide: Relevo brasileiro, Geografia.
Slide: Relevo brasileiro, Geografia.Slide: Relevo brasileiro, Geografia.
Slide: Relevo brasileiro, Geografia.
 
Estrutura geológica
Estrutura geológicaEstrutura geológica
Estrutura geológica
 
Geografia do Ceará
Geografia do CearáGeografia do Ceará
Geografia do Ceará
 
Geologia
GeologiaGeologia
Geologia
 
Noções de Geomorfologia
Noções de GeomorfologiaNoções de Geomorfologia
Noções de Geomorfologia
 
Estrutura Geológica do Brasil
Estrutura Geológica do BrasilEstrutura Geológica do Brasil
Estrutura Geológica do Brasil
 
ESTRUTURA GEOLÓGICA DO BRASIL
ESTRUTURA GEOLÓGICA DO BRASILESTRUTURA GEOLÓGICA DO BRASIL
ESTRUTURA GEOLÓGICA DO BRASIL
 
Conceitos geográficos
Conceitos geográficosConceitos geográficos
Conceitos geográficos
 
Intemperismo e erosão
Intemperismo e erosãoIntemperismo e erosão
Intemperismo e erosão
 
Classificação geral dos solos e solos do brasil
Classificação geral dos solos e solos do brasilClassificação geral dos solos e solos do brasil
Classificação geral dos solos e solos do brasil
 
Continentes
ContinentesContinentes
Continentes
 

Destaque (9)

Chinese birthday custom
Chinese birthday customChinese birthday custom
Chinese birthday custom
 
RELATÓRIO GEOLÓGICO DE GRADUAÇÃO REGIÃO DO BAIRRO DOM JOAQUIM-BRUSQUE,SC
RELATÓRIO GEOLÓGICO DE GRADUAÇÃO REGIÃO DO BAIRRO DOM JOAQUIM-BRUSQUE,SCRELATÓRIO GEOLÓGICO DE GRADUAÇÃO REGIÃO DO BAIRRO DOM JOAQUIM-BRUSQUE,SC
RELATÓRIO GEOLÓGICO DE GRADUAÇÃO REGIÃO DO BAIRRO DOM JOAQUIM-BRUSQUE,SC
 
Estrutura geológica do brasil
Estrutura geológica do brasilEstrutura geológica do brasil
Estrutura geológica do brasil
 
CARACTERIZAÇÃO DA BACIA HIDROGRÁFICA DO PARNAÍBA
CARACTERIZAÇÃO DA BACIA HIDROGRÁFICA DO PARNAÍBACARACTERIZAÇÃO DA BACIA HIDROGRÁFICA DO PARNAÍBA
CARACTERIZAÇÃO DA BACIA HIDROGRÁFICA DO PARNAÍBA
 
Urbanização
UrbanizaçãoUrbanização
Urbanização
 
Terra estrutura geológica i
Terra   estrutura geológica iTerra   estrutura geológica i
Terra estrutura geológica i
 
Estrutura geologica e relevo do brasil
Estrutura geologica e relevo do brasilEstrutura geologica e relevo do brasil
Estrutura geologica e relevo do brasil
 
Estrutura geológica e relevo brasileiro
Estrutura geológica e relevo brasileiroEstrutura geológica e relevo brasileiro
Estrutura geológica e relevo brasileiro
 
Estrutura Geológica
Estrutura GeológicaEstrutura Geológica
Estrutura Geológica
 

Semelhante a Desenvolvimento do ciclo brasiliano

Estrutura geológica do Brasil
Estrutura geológica do BrasilEstrutura geológica do Brasil
Estrutura geológica do Brasil
Kamila Joyce
 
Tectonica de placas
Tectonica de placasTectonica de placas
Tectonica de placas
J R Messias
 
Estrutura geológica 2010
Estrutura geológica 2010Estrutura geológica 2010
Estrutura geológica 2010
landipaula
 
Cap2 7ºano (1ºbi – 2ºts)
Cap2 7ºano (1ºbi – 2ºts)Cap2 7ºano (1ºbi – 2ºts)
Cap2 7ºano (1ºbi – 2ºts)
Alexandre Alves
 
Geografia do brasil relevo, clima, vegetação, hidrografia e fusos horários-pm ba
Geografia do brasil relevo, clima, vegetação, hidrografia e fusos horários-pm baGeografia do brasil relevo, clima, vegetação, hidrografia e fusos horários-pm ba
Geografia do brasil relevo, clima, vegetação, hidrografia e fusos horários-pm ba
Nilberte
 
Megageomorfologia do território brasileiro
Megageomorfologia do território brasileiroMegageomorfologia do território brasileiro
Megageomorfologia do território brasileiro
Victoria Dias
 

Semelhante a Desenvolvimento do ciclo brasiliano (20)

Cráton são francisco 2011
Cráton são francisco 2011Cráton são francisco 2011
Cráton são francisco 2011
 
Estrutura geológica do Brasil
Estrutura geológica do BrasilEstrutura geológica do Brasil
Estrutura geológica do Brasil
 
Geologia Histórica
Geologia HistóricaGeologia Histórica
Geologia Histórica
 
Pré Câmbrico E Paleozóico
Pré Câmbrico E PaleozóicoPré Câmbrico E Paleozóico
Pré Câmbrico E Paleozóico
 
A estrutura da terra
A estrutura da terraA estrutura da terra
A estrutura da terra
 
Bacia sedimentar
Bacia sedimentarBacia sedimentar
Bacia sedimentar
 
Tokashiki saes-08
Tokashiki saes-08Tokashiki saes-08
Tokashiki saes-08
 
A GRANDE COLISÃO PRÉ-CAMBRIANA DO SUDESTE BRASILEIRO E A ESTRUTURAÇÃO REGIONAL
A GRANDE COLISÃO PRÉ-CAMBRIANA DO SUDESTE BRASILEIRO E A ESTRUTURAÇÃO REGIONALA GRANDE COLISÃO PRÉ-CAMBRIANA DO SUDESTE BRASILEIRO E A ESTRUTURAÇÃO REGIONAL
A GRANDE COLISÃO PRÉ-CAMBRIANA DO SUDESTE BRASILEIRO E A ESTRUTURAÇÃO REGIONAL
 
Tectônica global
Tectônica globalTectônica global
Tectônica global
 
Tectonica de placas
Tectonica de placasTectonica de placas
Tectonica de placas
 
Estrutura geológica 2010
Estrutura geológica 2010Estrutura geológica 2010
Estrutura geológica 2010
 
Aula1 - Megaestruturas
Aula1 - MegaestruturasAula1 - Megaestruturas
Aula1 - Megaestruturas
 
O Tocantins e o homem - natureza de uma realidade.pdf
 O Tocantins e o homem - natureza de uma realidade.pdf O Tocantins e o homem - natureza de uma realidade.pdf
O Tocantins e o homem - natureza de uma realidade.pdf
 
O tempo geológico
O tempo geológicoO tempo geológico
O tempo geológico
 
slide-geologia-501860.pdf
slide-geologia-501860.pdfslide-geologia-501860.pdf
slide-geologia-501860.pdf
 
Cap2 7ºano (1ºbi – 2ºts)
Cap2 7ºano (1ºbi – 2ºts)Cap2 7ºano (1ºbi – 2ºts)
Cap2 7ºano (1ºbi – 2ºts)
 
Geografia do brasil relevo, clima, vegetação, hidrografia e fusos horários-pm ba
Geografia do brasil relevo, clima, vegetação, hidrografia e fusos horários-pm baGeografia do brasil relevo, clima, vegetação, hidrografia e fusos horários-pm ba
Geografia do brasil relevo, clima, vegetação, hidrografia e fusos horários-pm ba
 
Estrutura geológica
Estrutura geológicaEstrutura geológica
Estrutura geológica
 
Megageomorfologia do território brasileiro
Megageomorfologia do território brasileiroMegageomorfologia do território brasileiro
Megageomorfologia do território brasileiro
 
As paisagens e o relevo
As paisagens e o relevoAs paisagens e o relevo
As paisagens e o relevo
 

Último

História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
GisellySobral
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
aulasgege
 

Último (20)

Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialFUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
 
transcrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de línguatranscrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de língua
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
 
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 

Desenvolvimento do ciclo brasiliano

  • 2. CONTEXTO GEOLÓGICO REGIONAL • A Plataforma Sul-Americana forma o núcleo do continente da América do Sul, recobrindo uma área de aproximadamente 15 milhões de km2, dos quais 40% estão expostos em três escudos précambrianos: • Guiana, Brasil-Central (ou Guaporé) e Atlântico. • Parte da crosta continental exposta nestes escudos remonta a uma longa história de evolução crustal, com registros que vão do Arqueano ao Paleoproterozóico, consolidando-se como núcleos crustais estáveis ao final do ciclo orogenético Transamazônico
  • 3. CONTEXTO GEOLÓGICO REGIONAL • A conformação final dos escudos pré-cambrianos delimitados por Almeida et al. (1976) ocorreu através da amalgamação de unidades supracrustais adjacentes aos blocos litosféricos durante a orogênese Brasiliana (750- 530Ma). Figura: Compartimentação geotectônica da Plataforma Sul- Americana segundo Almeida et al. (1976). Retirado e modificado de Dardenne & Schobbenhaus
  • 4. CONTEXTO GEOLÓGICO REGIONAL • Materiais oceânicos permitem individualizar quatro placas. • A megaplaca da borda ocidental do Gondwana agrupa os Crátons da África do Oeste, Amazônico e do Rio de Ia Plata. Este será separado do Cráton Amazônico apenas no Cambriano Médio, no final do Ciclo Brasiliano, curto e jovem. • A Placa do Congo-São Francisco, que trabalho recente a subdivide em dois (Trompette et al. 1992), é a unidade chave do Gondwana Ocidental.
  • 5.
  • 6.
  • 7. A CONSTITUIÇÃO REGIONAL • Na constituição da região reconhecem-se basicamente três grandes conjuntos lito-estruturais. • 1 - Unidades do Arqueano e Paleoproterozóico (>1,8 Ga) geradas nos ciclos tectônicos Transamazônico, Jequié e possíveis outros mais antigos. • 2 - Unidades do Paleoproterozóico (<1,8 Ga) e Mesoproterozóico relacionadas com processos de fragmentação continental, os quais não chegaram ao estágio de franca abertura oceânica. • 3 - Unidades que começaram a se formar a partir de 1,0 Ga, no Neoproterozóico, com a fragmentação do Rodínia, abertura de oceanos e convergências de continentes e microcontinentes ou maciços. • Ga = [giga=billhões; a=anni=anos]