ATIVIDADE AGRÍCOLA
Agricultura
(Conceitos Fundamentais)
A agricultura é uma das atividades humanas mais antigas e
uma das mais importantes pa...
Os sistemas e as técnicas de cultura
Existem no mundo diversos sistemas de cultura. Se os encararmos
quanto ao número de e...
 Policultura – corresponde ao plantio, no mesmo campo, de várias
espécies agrícolas. Frequente na agricultura tradicional...
A agricultura mundial apresenta, também, sistemas contrastantes no
que diz respeitos às técnicas utilizadas:
A agricultura...
A agricultura moderna utiliza máquinas para a
execução dos trabalhos agrícolas, recorre a apoio
científico para estudo do ...
Agricultura tradicional Agricultura moderna
Regimes de produção agrícola
As condições naturais e os próprios objetivos da atividade agrícola
(autoconsumo ou subsistên...
 Culturas de regadio – diz-se quando as
culturas são regadas, seja por necessidade de
sobrevivência das plantas (rega de ...
Agricultura
(Desenvolvimento)
A agricultura praticada nos países
desenvolvidos é, maioritariamente, uma
agricultura modern...
Nos países desenvolvidos o sistema de cultura utilizado é o de
monocultura em que os campos, geralmente de dimensão consid...
No caso dos países em desenvolvimento
domina uma agricultura tradicional de
subsistência, frequentemente pouco produtiva e...
Por vezes, tal situação pode levar os agricultores a abandonarem os campos e a
deslocarem-se para as cidades à procura de ...
Tipos de Agricultura dos países em desenvolvimento
 Agricultura itinerante sobre queimada
É a prática agrícola mais antig...
A: Abate das árvores e queimada.
B: Preparação do terreno para o
cultivo.
C: Prática da policultura durante 2
a 5 anos.
D:...
 Agricultura sedentária de sequeiro
Predomina nas regiões de savana. Faz-se em sistema de policultura
extensivo associado...
Exemplo esquemático de agricultura sedentária de sequeiro.
 Rizicultura
A rizicultura não é mais do que a cultura alagada em arroz,
praticada no Sul e no Sudeste da Ásia, numa regi...
Campos alagados para produção de arroz. Ilha de Luzon, Filipinas.
 Agricultura de plantação
A agricultura de plantação carateriza-se pelo cultivo, em grandes
propriedades, de produtos tro...
Consequências causadas pela agricultura moderna
Nos países desenvolvidos, onde a agricultura é do tipo moderna, a
utilizaç...
 Existência de excedentes que
dificilmente conseguem ser absorvidos nos
mercados, devido à prática de uma
agricultura com...
 Erosão e esgotamento dos solos mais frágeis,
com o consequente aumento da desertificação.
 Contaminação dos solos e das...
O desenvolvimento científico aplicado à
agricultura levou ao aparecimento de novas culturas
com maior resistência às praga...
Fatores Naturais
Os fatores naturais que mais condicionam a agricultura são: o
clima, o relevo e o solo.
O clima é conside...
Cada cultura necessita de condições climatéricas (temperatura e
humidade) específicas para o seu desenvolvimento.
Temperat...
Para combater a secura
recorre-se à irrigação artificial.
Para combater temperaturas
reduzidas e acelerar o
desenvolviment...
O relevo condiciona a atividade
agrícola, uma vez que os terrenos com
declives muito acentuados (áreas
montanhosas) são di...
O solo influencia o desenvolvimento
das culturas agrícolas porque nem todos os
solos são aptos para a agricultura.
Os solo...
Nos países em desenvolvimento os fatores naturais condicionam
significativamente a prática da agricultura porque estes paí...
Agrupamento de Escolas nº1 de Montemor-o-Novo
Escola Secundária de Montemor-o-Novo
Gonçalo Santos Nº 9
9º Ano Turma D
Disc...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Atividade agricola

1.352 visualizações

Publicada em

Geografia - 9ºANO

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.352
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
58
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Atividade agricola

  1. 1. ATIVIDADE AGRÍCOLA
  2. 2. Agricultura (Conceitos Fundamentais) A agricultura é uma das atividades humanas mais antigas e uma das mais importantes para a vida das populações. A alimentação é importante para a sobrevivência dos seres humanos. A produção agrícola é condicionada por fatores naturais e humanos.
  3. 3. Os sistemas e as técnicas de cultura Existem no mundo diversos sistemas de cultura. Se os encararmos quanto ao número de espécies cultivadas nos campos, os sistemas dividem-se em:  Monocultura – os campos, geralmente de dimensão considerável, estão ocupados com uma única espécie. É o típico da agricultura moderna.
  4. 4.  Policultura – corresponde ao plantio, no mesmo campo, de várias espécies agrícolas. Frequente na agricultura tradicional. Policultura tradicional na China. Monocultura moderna do trigo, no Ohio, EUA.
  5. 5. A agricultura mundial apresenta, também, sistemas contrastantes no que diz respeitos às técnicas utilizadas: A agricultura tradicional utiliza técnicas de cultivo rudimentares e faz-se com recurso a muita mão-de-obra e por vezes recorrendo ao auxílio de animais. Os campos são de pequenas dimensões e ocupados por várias culturas. A produtividade e o rendimento são baixos. A agricultura tradicional é uma prática ainda hoje dominante na África, na América Latina e na Ásia.
  6. 6. A agricultura moderna utiliza máquinas para a execução dos trabalhos agrícolas, recorre a apoio científico para estudo do tipo de solos e para fazer seleção de espécies e usa fertilizantes, pesticidas e inseticidas. Pratica-se monocultura em latifúndio. A produtividade e o rendimento são elevados. A agricultura moderna localiza-se, preferencialmente, nos países desenvolvidos (União Europeia, EUA, Canadá, Austrália, Argentina…). Na África, na Ásia e na América Latina, a agricultura moderna ocupa áreas relativamente restritas, embora, nas últimas décadas, tenham sido feitos grandes esforços na modernização agrícola de algumas regiões do mundo intertropical.
  7. 7. Agricultura tradicional Agricultura moderna
  8. 8. Regimes de produção agrícola As condições naturais e os próprios objetivos da atividade agrícola (autoconsumo ou subsistência, e abastecimento do mercado) levam à opção de um determinado regime produtivo:  Culturas de sequeiro – as que recebem apenas a água da chuva e assim sobrevivem. O rendimento obtido é, naturalmente, menor.  Culturas extensivas – no caso de os campos apenas produzirem durante uma parte do ano ou passarem um ou mais anos em pousio.
  9. 9.  Culturas de regadio – diz-se quando as culturas são regadas, seja por necessidade de sobrevivência das plantas (rega de carência) ou para aumentar a produção (rega de abundância).  Culturas intensivas – quando o solo está permanentemente ocupado com culturas, o que permite, em geral, maior rendimento agrícola. Cultura intensiva (batata) com modernas técnicas de rega.
  10. 10. Agricultura (Desenvolvimento) A agricultura praticada nos países desenvolvidos é, maioritariamente, uma agricultura moderna, virada para o mercado. Isto quer dizer que os seus objetivos são obter grandes produções com custos o mais baixos possíveis, para gerar lucros. A mecanização permite uma produtividade e rendimento elevados, originando excedentes. A agricultura moderna é fortemente mecanizada.
  11. 11. Nos países desenvolvidos o sistema de cultura utilizado é o de monocultura em que os campos, geralmente de dimensão considerável, estão ocupados com uma única espécie. Para se obter maior produção e mais lucros, o regime adotado é, sempre que possível, um regime intensivo e de regadio. Contudo, devido a condições naturais, como solos mais pobres ou falta de água para rega, podem originar extensos campos de culturas extensivas, normalmente de sequeiro.
  12. 12. No caso dos países em desenvolvimento domina uma agricultura tradicional de subsistência, frequentemente pouco produtiva e de baixo rendimento, que muitas vezes não é suficiente para a subsistência da família, podendo ocorrer situações de fome (o que faz com que a saúde pior, ficando mais sensíveis a doenças, o que poderá levar à morte). A agricultura tradicional envolve muita mão-de-obra.
  13. 13. Por vezes, tal situação pode levar os agricultores a abandonarem os campos e a deslocarem-se para as cidades à procura de melhores condições de vida. Assim, tipo de agricultura praticada pode influenciar a mortalidade e as migrações. No entanto, pode existe um tipo moderno de agricultura nos países em desenvolvimento – a agricultura de plantação. Trata-se de uma agricultura intensiva e monocultural, para além de mecanizada e científica. Devido ao uso de muita mão-de- obra local não especializada e barata (para diminuir os custos da produção e aumentar os lucros) permite que este tipo de agricultura exista em países em desenvolvimento.
  14. 14. Tipos de Agricultura dos países em desenvolvimento  Agricultura itinerante sobre queimada É a prática agrícola mais antiga do planeta. Consiste na queima de espaços florestados para aí cultivar durante um curto período de tempo. As cinzas da queimada ajudam a fertilizar o solo e, quando este dá indícios de esgotamento e as colheitas diminuem, escolhe-se outra área para queimar.
  15. 15. A: Abate das árvores e queimada. B: Preparação do terreno para o cultivo. C: Prática da policultura durante 2 a 5 anos. D: Abandono do terreno e invasão da floresta. Fases do trabalho na agricultura itinerante sobre queimada.
  16. 16.  Agricultura sedentária de sequeiro Predomina nas regiões de savana. Faz-se em sistema de policultura extensivo associado à criação de gado. A população concentra-se em pequenas povoações, rodeadas por campos que são propriedade da comunidade. O campo é dividido em parcelas, ocupadas com diferentes produtos. Pratica-se o sistema de rotação de culturas para evitar o esgotamento dos solos.
  17. 17. Exemplo esquemático de agricultura sedentária de sequeiro.
  18. 18.  Rizicultura A rizicultura não é mais do que a cultura alagada em arroz, praticada no Sul e no Sudeste da Ásia, numa região que, pelas suas caraterísticas climáticas é conhecida por “Ásia das Monções”. Trata-se de um agricultura praticada de forma intensiva, em campos de pequena dimensão, frequentemente em socalcos ou terraços talhados nas vertentes das colinas ou montanhas.
  19. 19. Campos alagados para produção de arroz. Ilha de Luzon, Filipinas.
  20. 20.  Agricultura de plantação A agricultura de plantação carateriza-se pelo cultivo, em grandes propriedades, de produtos tropicais destinados à exportação, como: cacau, café, etc. Trata-se de uma agricultura intensiva e monocultural. Utiliza técnicas modernas com recurso a mão-de-obra barata.
  21. 21. Consequências causadas pela agricultura moderna Nos países desenvolvidos, onde a agricultura é do tipo moderna, a utilização intensiva de técnicas e de tecnologias modernas nos campos originou um aumento da produção agrícola mas simultaneamente o aparecimento de vários problemas, tais como:  Perda de qualidade de alguns produtos agrícolas devido à utilização, em grande escala, de fertilizantes ou à manipulação genética de sementes.
  22. 22.  Existência de excedentes que dificilmente conseguem ser absorvidos nos mercados, devido à prática de uma agricultura com produções em grande quantidade.  Riscos para a saúde humana devido à combinação de fertilizantes e pesticidas na agricultura ou à utilização de rações inadequadas à alimentação do gado. Existência de excedentes (os produtores não conseguem escoar os seus produtos)
  23. 23.  Erosão e esgotamento dos solos mais frágeis, com o consequente aumento da desertificação.  Contaminação dos solos e das águas subterrâneas e superficiais, pela ação das máquinas e pelo uso abusivo de pesticidas e fertilizantes.  Desaparecimento de muitas espécies naturais, quer de origem animal, quer vegetal, devido à aplicação excessiva de produtos químicos na agricultura. Uso de pesticidas na agricultura A fertilização do solo com produtos químicos provoca a sua contaminação
  24. 24. O desenvolvimento científico aplicado à agricultura levou ao aparecimento de novas culturas com maior resistência às pragas, às tempestades e, consequentemente, com maiores rendimentos. Em alguns casos, as experiências laboratoriais levaram ao aparecimento de produtos geneticamente modificados, ou seja, produtos transgénicos (alimentos geneticamente transformados, isto é, produtos que recebem genes de outra espécie diferente da sua). Ultimamente, tem-se discutido muito sobre as implicações que os produtos transgénicos têm para a saúde e para a preservação da biodiversidade. O produto transgénico recebe genes de outras espécies
  25. 25. Fatores Naturais Os fatores naturais que mais condicionam a agricultura são: o clima, o relevo e o solo. O clima é considerado o fator natural mais importante na produção agrícola porque condiciona a distribuição geográfica das espécies vegetais e as variedades cultivadas.
  26. 26. Cada cultura necessita de condições climatéricas (temperatura e humidade) específicas para o seu desenvolvimento. Temperaturas excessivamente baixas ou elevadas e a escassez de precipitação dificultam ou impedem o desenvolvimento das culturas agrícolas. Assim, os climas temperados são os mais propícios para a prática da agricultura.
  27. 27. Para combater a secura recorre-se à irrigação artificial. Para combater temperaturas reduzidas e acelerar o desenvolvimento das plantas recorre-se às estufas.
  28. 28. O relevo condiciona a atividade agrícola, uma vez que os terrenos com declives muito acentuados (áreas montanhosas) são difíceis de cultivar e impedem o uso de máquinas. Assim, as regiões mais apropriadas para a agricultura são as planícies, os planaltos de baixa altitude e os vales. Normalmente, para cultivar os terrenos em vertentes, o agricultor constrói socalcos
  29. 29. O solo influencia o desenvolvimento das culturas agrícolas porque nem todos os solos são aptos para a agricultura. Os solos mais ricos em nutrientes são os melhores para as produções. Os solos arenosos, argilosos, ou então muito finos e pedregosos, são solos pobres. A: camada superior rica em matéria orgânica (húmus). B: camada intermédia rica em argila. C: camada de rocha fragmentada. D: camada constituída por rocha-mãe.
  30. 30. Nos países em desenvolvimento os fatores naturais condicionam significativamente a prática da agricultura porque estes países não dispõem de meios económicos e técnicos para controlar situações de seca ou de chuva torrenciais. Os países desenvolvidos superam alguns condicionalismos naturais através da aplicação de técnicas de irrigação, do cultivo em estufas e de estudos dos solos.
  31. 31. Agrupamento de Escolas nº1 de Montemor-o-Novo Escola Secundária de Montemor-o-Novo Gonçalo Santos Nº 9 9º Ano Turma D Disciplina de Geografia Ano Letivo 2013-2014 Organização

×