Sumário Executivo
Caracterização dos empreendimentos
hidrelétricos nas bacias dos rios
Tapajós, Teles Pires e Juruena
Fases de implantação de Empreendimentos
Hidrelétricos* n
1. Estimativa
do Potencial
Hidrelétrico
2. Estudos
de Inventário
...
Bacia do Tapajós
• Potencial de geração estimado em até 29.990
MW, em 3 complexos hidrelétricos:
– Tapajós, potência estim...
Prioridades governamentais* nos rios
Tapajós e Jamanxim
Empreendimento Fase UCs e Tis impactadas
Outros 5 empreendimentos ...
Empreendimento Fase UCs e Tis impactadas
Outros 4 empreendimentos previstos:
• 1 na fase de estudos de inventário;
• 3 na ...
Prioridades governamentais nos rios
Juruena, Juína e Papagaio
Há 13 empreendimentos previstos para os rios Juruena, Juína ...
Hidrelétricas incluídas no PAC:
Região Norte
6.133 MW
802 MW
2.338 MW
881 MW
3.336 MW
528 MW
227 MW
Hidrelétricas incluídas no PAC:
Região Centro Oeste
750 MW
1.820 MW
300 MW
400 MW
275 MW
Previsão de conclusão
2014 2015 2016 2017 2018 2019 2020
Teles Pires
Colíder
Foz do Apiacás
Magessi
São Manoel
Sinop
Cacho...
*Apenas empreendimentos com previsão de conclusão
2015 2016 2017 2019 2020
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Sumário Executivo - Caracterização Hidrelétricas do Tapajós

227 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sumário Executivo - Caracterização Hidrelétricas do Tapajós

  1. 1. Sumário Executivo Caracterização dos empreendimentos hidrelétricos nas bacias dos rios Tapajós, Teles Pires e Juruena
  2. 2. Fases de implantação de Empreendimentos Hidrelétricos* n 1. Estimativa do Potencial Hidrelétrico 2. Estudos de Inventário 3. Estudos de Viabilidade técnica, econômica e ambiental 4. Leilão da usina 5. Projetos básicos 6. Licença de instalação 8. Operação 7. Construção *Modificado de Novo Modelo do Setor Energético (Lei 10.848/04); Lei 6.938/81 e Resoluções CONAMA no 001/86 e no 237/97. Chacorão Jardim de Ouro Magessi Foz do Sacre Salto Utiariti Pocilga Jacaré Juruena Cachoeirão São Luiz do Tapajós Jatobá Jamanxim Cachoeira do Caí Cachoeira dos Patos São Manoel Sinop Foz do Apiacás São Simão Alto Escondido Salto Augusto Baixo Tucumã Erikbatsa Castanheira Foz Formiga Baixo Teles Pires Colíder
  3. 3. Bacia do Tapajós • Potencial de geração estimado em até 29.990 MW, em 3 complexos hidrelétricos: – Tapajós, potência estimada de 10.682 MW; – Teles Pires, potência estimada de 3.598 MW; – Juruena, potência estimada de 10.000 MW. • As PCHs planejadas e as já instaladas na bacia não foram consideradas na análise.
  4. 4. Prioridades governamentais* nos rios Tapajós e Jamanxim Empreendimento Fase UCs e Tis impactadas Outros 5 empreendimentos previstos: • 2 na fase de estudos de inventário; • 3 na fase de estudos de viablidade técnica, econômica e ambiental. Potencial de geração destes 5 empreendimentos estimado em 5.774 MW São Luiz do Tapajós: - 6.133 MW - 18,1 bilhões de reais Jatobá: - 2.338 MW - 5,1 bilhões de reais Flona Itaituba I e II; Parna da Amazônia; Tis Andirá-Maraú, Pimentel, São Luiz do Tapajós, Praia do Mangue, Praia do Índio Flona Itaituba I; Tis Munduruku e Saí-Cinza 3. Estudos de Viabilidade técnica, econômica e ambiental 3. Estudos de Viabilidade técnica, econômica e ambiental * Definição de prioridade definida pelo PAC e PAC2.
  5. 5. Empreendimento Fase UCs e Tis impactadas Outros 4 empreendimentos previstos: • 1 na fase de estudos de inventário; • 3 na fase de estudos de viablidade técnica, econômica e ambiental. Potencial de geração destes 4 empreendimentos estimado em 1.478 MW Teles Pires: - 1.820 MW - 4 bilhões de reais Colíder: - 300 MW - 1,3 bilhões de reais n/d informação sobre UCs impactadas; Tis Kayabi, Apiaka do Pontal e índios isolados, Munduruku Parna Juruena; APA Cabeceiras do Rio Cuiabá e Salto Magessi; RESEC Apiacás; 2 parques estaduais; Diversas RPPNs; Tis Bakaiari, Kayabi, Munduruku, Santana e Paraná 7. Construção 7. Construção Prioridades governamentais nos rios Teles Pires e Apiacás * Definição de prioridade definida pelo PAC e PAC2.
  6. 6. Prioridades governamentais nos rios Juruena, Juína e Papagaio Há 13 empreendimentos previstos para os rios Juruena, Juína e Papagaio: • 6 na fase de estudos de inventário; • 7 na fase de estudos de viabilidade técnica, econômica e ambiental. Potencial de geração destes 13 empreendimentos estimado em 7.832 MW. * Definição de prioridade definida pelo PAC e PAC2. > 1.000 MW São Simão Alto 3.509 MW Escondido 1.248 MW Salto Augusto Baixo 1.461 MW < 1.000 MW > 100 MW Tucumã 510 MW Erikbatsa 415 MW Castanheira 192 MW Foz Formiga Baixo 107 MW Foz do Sacre 117 MW < 100 MW > 30 MW Salto Utiariti 76 MW Pocilga 53 MW Jacaré 34 MW Juruena 46 MW Cachoeirão 64 MW
  7. 7. Hidrelétricas incluídas no PAC: Região Norte 6.133 MW 802 MW 2.338 MW 881 MW 3.336 MW 528 MW 227 MW
  8. 8. Hidrelétricas incluídas no PAC: Região Centro Oeste 750 MW 1.820 MW 300 MW 400 MW 275 MW
  9. 9. Previsão de conclusão 2014 2015 2016 2017 2018 2019 2020 Teles Pires Colíder Foz do Apiacás Magessi São Manoel Sinop Cachoeira dos Patos São Luiz do Tapajós Jatobá Jamanxim Cachoeira do Caí Chacorão Jardim de Ouro São Simão Alto Escondido Salto Augusto Baixo Tucumã Erikbatsa Castanheira Foz Formiga Baixo Fos do Sacre Salto Utiariti Pocilga Jacaré Juruena Cachoeirão UHEs sem ano previsto de conclusão
  10. 10. *Apenas empreendimentos com previsão de conclusão 2015 2016 2017 2019 2020

×