Kanban
Engenharia de Software - Seminário 1
Aluno: Glaucio Scheibel
Orientador: prof. Fabiano Baldo
UNIVERSIDADE DO ESTADO...
Kanban
• Kan = visual, ban = cartão ou quadro
• Sinalização visual
• Baseado no Lean (enxuto)
– Kanban é as vezes consider...
Princípios
• Inicie com o que você faz agora
• Concorde em perseguir mudanças
incrementais e evolucionarias
• Respeitar os...
6 Propriedades principais
1. Visualize o Workflow
2. Limite o WIP (Work-in-Progress)
3. Administre o fluxo (lead time)
4. ...
Prescritivo a Adaptável
•Visualize o workflow
•Limite o WIP
•Avalie e otimize o Leap Time
Kniberg (2010)
Visualize o workflow
(Anderson, Linden-Reed, 2010)
Limite o WIP
(Anderson, Linden-Reed, 2010)
Lead Time
(Kniberg 2010)
Kanban na prática
Kanban na prática
Kanban na prática
Kanban na prática
Kanban na prática
Kanban na prática
Kanban na prática
Kanban na prática
Kanban na prática
Kanban na prática
Kanban na prática
Kanban na prática
Referências
• FOWLER, Martin; HIGHSMITH, Jim. The agile manifesto.
Software Development, v. 9, n. 8, p. 28-35, 2001.
• AND...
Comparativo
(Silva, 2012)
Kanban
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Kanban

313 visualizações

Publicada em

Seminário apresentado na cadeira de Engenharia de Software

Publicada em: Tecnologia
  • Seja o primeiro a comentar

Kanban

  1. 1. Kanban Engenharia de Software - Seminário 1 Aluno: Glaucio Scheibel Orientador: prof. Fabiano Baldo UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA-UDESC CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS-CCT
  2. 2. Kanban • Kan = visual, ban = cartão ou quadro • Sinalização visual • Baseado no Lean (enxuto) – Kanban é as vezes considerado como sinônimo de implementação dos princípios Lean. • TPS – Toyota Production System • Formulado por David J. Anderson
  3. 3. Princípios • Inicie com o que você faz agora • Concorde em perseguir mudanças incrementais e evolucionarias • Respeitar os atuais processos, funções, responsabilidades e títulos • Liderança em todos os níveis
  4. 4. 6 Propriedades principais 1. Visualize o Workflow 2. Limite o WIP (Work-in-Progress) 3. Administre o fluxo (lead time) 4. Deixe explícito as políticas do processo 5. Implemente loops de Feedback 6. Melhorar de forma colaborativa e evoluir experimentalmente
  5. 5. Prescritivo a Adaptável •Visualize o workflow •Limite o WIP •Avalie e otimize o Leap Time Kniberg (2010)
  6. 6. Visualize o workflow (Anderson, Linden-Reed, 2010)
  7. 7. Limite o WIP (Anderson, Linden-Reed, 2010)
  8. 8. Lead Time (Kniberg 2010)
  9. 9. Kanban na prática
  10. 10. Kanban na prática
  11. 11. Kanban na prática
  12. 12. Kanban na prática
  13. 13. Kanban na prática
  14. 14. Kanban na prática
  15. 15. Kanban na prática
  16. 16. Kanban na prática
  17. 17. Kanban na prática
  18. 18. Kanban na prática
  19. 19. Kanban na prática
  20. 20. Kanban na prática
  21. 21. Referências • FOWLER, Martin; HIGHSMITH, Jim. The agile manifesto. Software Development, v. 9, n. 8, p. 28-35, 2001. • ANDERSON, David J. Kanban. Blue Hole Press, 2010. • ANDERSON, David J.;LINDEN-REED, Janice. Getting Started with Kanban for Software Development. DZone, Inc 2010. • KNIBERG, Henrik. Kanban and Scrum-making the most of both. Lulu.com, 2010. • SILVA, Diogo Vinícius de S.; SANTOS, F. Alan de O.; NETO, Pedro Santos. Os benefícios do uso de Kanban na gerência de projetos de manutenção de software, 2012.
  22. 22. Comparativo (Silva, 2012)

×