SlideShare uma empresa Scribd logo


 Passamos pela vida muitas vezes sem
perceber a importância que cada
minuto tem para nós.
 Desperdiçamos nosso tempo e até
vidas inteiras sem demandar nenhum
aprendizado. Quanto tempo perdido,
quantos erros cometidos sem nos
conscientizarmos que os cometemos?
Refletindo

Atualidade
 Imediatismo - mentalidade de curto
prazo sobre as questões da vida
 Impaciência em relação às necessidades
da vida
 Inversão do valor das coisas, inclusive
do tempo;

 Por quais metas estamos lutando?
 Tem valido a pena tanta correria, tanto
cansaço, tanto estresse?
 Nosso trabalho é prazeroso?
 Temos qualidade de vida? O que é isso?
Pessoas não são máquinas
de fazer dinheiro


 Consciência da realidade espiritual da
vida
 Condição de espíritos encarnados
 Objetivos superiores da vida na matéria
 Esforço de renovação interior e
aperfeiçoamento moral – reforma íntima
Como “pilotos” de nosso
tempo importante atentar
Pensar na VIDA
também é pensar na
MORTE

Lei do Progresso - LE Parte III
“Há duas espécies de progresso que se prestam
mútuo apoio e que, todavia não marcham lado a
lado: o progresso intelectual e o progresso moral.”
“Ao mesmo tempo que todos os seres vivos
progridem moralmente, progridem
materialmente os mundos em que eles
habitam...
...marcham assim, paralelamente, o
progresso do homem, o dos animais, seus
auxiliares, o dos vegetais e o da habitação,
porquanto nada na Natureza permanece
estacionário.”

"Nascer, viver, morrer, renascer ainda e
progredir sempre: esta é a Lei”
Allan Kardec

Questão 171 - LE
Fundamentos do princípio da reencarnação
"O homem que tem consciência da sua
inferioridade, haure consoladora
esperança na doutrina da
reencarnação. Se crê na justiça de
Deus, não pode contar que venha a
achar-se, para sempre, em pé de
igualdade com os que mais fizeram do
que ele.”

LE Questão 169 - O número de encarnações
é o mesmo para todos os espíritos?
Não. Aquele que caminha depressa
se poupa das provas. Todavia,
as encarnações sucessivas são
numerosas porque o progresso é quase
infinito”.

Emmanuel - “Roteiro” - caminhada evolutiva do
espírito e o papel da D. Espírita na transformação de
nossa visão da vida e de nós mesmos
"De corpo em corpo, peregrina o Espírito de
existência em existência, buscando aquisições
de amor e sabedoria que lhe constituirão divina
garantia no campo da eternidade."
"O Espiritismo amplia os horizontes do ser. A
visão mais segura do Universo e a mais alta
concepção da justiça dilatam na mente a sede
de libertação, para mais altos vôos do espírito.”

“Acima do poder temporal dos
governantes e da moral duvidosa
dos pregadores das religiões, a ideia
da imortalidade continuamente
prosseguirá, porque significa em si
mesma o luminoso patrimônio da
alma encarnada, como recordação
perene da sua vida no Além.”
Livro "Emmanuel” - Chico Xavier
Ideia da imortalidade sempre esteve presente nos
homens

Cap. XVII ESE
“Maturidade do senso moral”
 "Reconhece-se o verdadeiro espírita
pela sua transformação moral e pelos
esforços que emprega para domar
suas más inclinações. Enquanto um
se contenta com o seu horizonte
limitado, outro, que apreende alguma
coisa de melhor, se esforça por
desligar-se dele e sempre o consegue,
se tem firme a vontade.

O Consolador – Emmanuel
Estado mais profundo de compreensão
220 - Há alguma diferença entre a
crença e a iluminação?
Todos os homens da Terra, ainda os
próprios materialistas, crêem em alguma
coisa. Todavia, são muito poucos os que
se iluminam. O que crê, apenas admite;
mas o que se ilumina vibra e sente.

Joana de Angelis – “O Despertar do Espírito”
Resultados que podem ser experimentados após o despertar para a
verdade e a importância do progresso contínuo do Espírito
A busca do “Self” redundará no encontro com a
verdade, com a Vida no sentido mais profundo,
com a iluminação, a libertação de todos os
atavismos e complexidades perturbadoras.
(Conhece-te a ti mesmo – Sócrates)
O valor moral cresce conforme os esforços
envidados nas etapas anteriores, fortalecendo a
capacidade de luta que se encontrava submersa
no oceano da acomodação física e mental.

Inserir-se no contexto da IMORTALIDADE
possibilita eliminar ilusões que impactam
negativamente a conduta humana ...
 a de que cabe ao Criador nos promover
automaticamente ao "Reino dos Céus" sem
o esforço necessário à iluminação interior e
à subida aos planos mais elevados do
espírito;
 a de que conseguiremos, em uma única
existência, nos desfazer de todas as
limitações evolutivas e desenvolver todos os
potenciais do espírito.

E aprender...
A valorizar os recursos que a reencarnação
oferece para a reestruturação dos nossos
destinos;
A nos elevarmos acima da visão limitada da
matéria e atender ao desafio das aquisições a
fazer para impulsionar a transformação...
A GRANDE “FATALIDADE”
A QUE ESTAMOS SUJEITOS

 Até que ponto o conceito de imortalidade
e outros princípios fundamentais da
Doutrina Espírita já "entraram em nós"?
 Se já compreendemos, até que ponto
estamos respeitando - com os nossos atos
- a imortalidade que com tanta ênfase
afirmamos existir, uma vez que esta nos é
tão bem comprovada pela Doutrina?
Resumindo...



Todo avanço realizado...
• na superação de imperfeições

• No desenvolvimento do amor
• Na ampliação de sentimentos nobres -
paciência, compreensão dos erros
alheios e perdão.

No conhecimento e aceitação de nossas
fragilidades e na incorporação de uma
postura construtiva perante nós e o mundo

“A dádiva chegará, mas depende de
ti, da maneira de procederes na
luta construtiva, persistindo ou não
na confiança, sem a qual o Divino
Poder encontra obstáculos naturais
para exprimir-se em teu caminho.”
XAVIER, Francisco Cândido/Emmanuel
Pão Nosso
... serão componentes fundamentais para
o crescimento em encarnações posteriores.


 KARDEC, A. O Livro dos Espíritos
 XAVIER, Francisco Cândido / Emmanuel Roteiro - FEB
 XAVIER, Francisco Cândido / Emmanuel - FEB
 KARDEC, A. O Evangelho Segundo o Espiritismo
 XAVIER, Francisco Cândido / Emmanuel - O Consolador - FEB
 FRANCO, Divaldo Pereira / Joana de Angelis. O Despertar do
Espírito - Ed. Alvorada
 XAVIER, Francisco Cândido/André Luiz - No Mundo Maior - FEB
 http://www.momento.com.br/
 http://entendendooespiritismo.blogspot.com.br/2009/05/o-valor-
do-tempo.html
 http://bvespirita.com
Fontes de consulta

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A lei do trabalho e do progresso!
A lei do trabalho e do progresso!A lei do trabalho e do progresso!
A lei do trabalho e do progresso!
Leonardo Pereira
 
Evangeliza - Lei de Sociedade
Evangeliza - Lei de SociedadeEvangeliza - Lei de Sociedade
Evangeliza - Lei de Sociedade
Antonino Silva
 
Palestra Espirita - Buscai e Achareis
Palestra Espirita - Buscai e AchareisPalestra Espirita - Buscai e Achareis
Palestra Espirita - Buscai e Achareis
manumino
 
Causas anteriores das aflições
Causas anteriores das afliçõesCausas anteriores das aflições
Causas anteriores das aflições
Marcos Antônio Alves
 
O TEMPO - PRESENTE DO ETERNO
O TEMPO - PRESENTE DO ETERNOO TEMPO - PRESENTE DO ETERNO
O TEMPO - PRESENTE DO ETERNO
Jorge Luiz dos Santos
 
Os espíritas diante da morte
Os espíritas diante da morteOs espíritas diante da morte
Os espíritas diante da morte
home
 
O homem no mundo
O homem no mundoO homem no mundo
O homem no mundo
Denise Tofoli
 
Palestra reforma íntima
Palestra   reforma íntimaPalestra   reforma íntima
Palestra reforma íntima
KATIA MARIA FARAH V DA SILVA
 
A Parábola dos Talentos
A Parábola dos TalentosA Parábola dos Talentos
A Parábola dos Talentos
Isnande Mota Barros
 
AULA 076 EAE DM - LEI DA CAUSA E EFEITO - AÇÃO E REAÇÃO
AULA 076 EAE DM - LEI DA CAUSA E EFEITO - AÇÃO E REAÇÃOAULA 076 EAE DM - LEI DA CAUSA E EFEITO - AÇÃO E REAÇÃO
AULA 076 EAE DM - LEI DA CAUSA E EFEITO - AÇÃO E REAÇÃO
Daniel de Melo
 
O Deus de cada um de nós
O Deus de cada um de nósO Deus de cada um de nós
O Deus de cada um de nós
Ricardo Azevedo
 
ESQUECIMENTO DO PASSADO
ESQUECIMENTO DO PASSADOESQUECIMENTO DO PASSADO
ESQUECIMENTO DO PASSADO
Jorge Luiz dos Santos
 
Vida no mundo espiritual - O fenômeno da morte
Vida no mundo espiritual   - O fenômeno da morteVida no mundo espiritual   - O fenômeno da morte
Vida no mundo espiritual - O fenômeno da morte
Denise Aguiar
 
Relações afetivas e o casamento na visão espírita!
Relações afetivas e o casamento na visão espírita!Relações afetivas e o casamento na visão espírita!
Relações afetivas e o casamento na visão espírita!
Leonardo Pereira
 
Doenças: Uma Visão Espírita
Doenças: Uma Visão EspíritaDoenças: Uma Visão Espírita
Doenças: Uma Visão Espírita
Rivaldo Guedes Corrêa. Jr
 
O Papel do Centro Espírita
O Papel do Centro EspíritaO Papel do Centro Espírita
O Papel do Centro Espírita
Ricardo Azevedo
 
Ensaio teórico das sensações e percepções dos Espíritos.
Ensaio teórico das sensações e percepções dos Espíritos.Ensaio teórico das sensações e percepções dos Espíritos.
Ensaio teórico das sensações e percepções dos Espíritos.
Denise Aguiar
 
Sintonia e vibração
Sintonia e vibraçãoSintonia e vibração
Sintonia e vibração
Louis Oliver
 
O consolador prometido - n. 6
O consolador prometido - n. 6O consolador prometido - n. 6
O consolador prometido - n. 6
Graça Maciel
 
Desencarnação fluido vital e perispírito
Desencarnação    fluido vital e perispíritoDesencarnação    fluido vital e perispírito
Desencarnação fluido vital e perispírito
Jorge Vaz
 

Mais procurados (20)

A lei do trabalho e do progresso!
A lei do trabalho e do progresso!A lei do trabalho e do progresso!
A lei do trabalho e do progresso!
 
Evangeliza - Lei de Sociedade
Evangeliza - Lei de SociedadeEvangeliza - Lei de Sociedade
Evangeliza - Lei de Sociedade
 
Palestra Espirita - Buscai e Achareis
Palestra Espirita - Buscai e AchareisPalestra Espirita - Buscai e Achareis
Palestra Espirita - Buscai e Achareis
 
Causas anteriores das aflições
Causas anteriores das afliçõesCausas anteriores das aflições
Causas anteriores das aflições
 
O TEMPO - PRESENTE DO ETERNO
O TEMPO - PRESENTE DO ETERNOO TEMPO - PRESENTE DO ETERNO
O TEMPO - PRESENTE DO ETERNO
 
Os espíritas diante da morte
Os espíritas diante da morteOs espíritas diante da morte
Os espíritas diante da morte
 
O homem no mundo
O homem no mundoO homem no mundo
O homem no mundo
 
Palestra reforma íntima
Palestra   reforma íntimaPalestra   reforma íntima
Palestra reforma íntima
 
A Parábola dos Talentos
A Parábola dos TalentosA Parábola dos Talentos
A Parábola dos Talentos
 
AULA 076 EAE DM - LEI DA CAUSA E EFEITO - AÇÃO E REAÇÃO
AULA 076 EAE DM - LEI DA CAUSA E EFEITO - AÇÃO E REAÇÃOAULA 076 EAE DM - LEI DA CAUSA E EFEITO - AÇÃO E REAÇÃO
AULA 076 EAE DM - LEI DA CAUSA E EFEITO - AÇÃO E REAÇÃO
 
O Deus de cada um de nós
O Deus de cada um de nósO Deus de cada um de nós
O Deus de cada um de nós
 
ESQUECIMENTO DO PASSADO
ESQUECIMENTO DO PASSADOESQUECIMENTO DO PASSADO
ESQUECIMENTO DO PASSADO
 
Vida no mundo espiritual - O fenômeno da morte
Vida no mundo espiritual   - O fenômeno da morteVida no mundo espiritual   - O fenômeno da morte
Vida no mundo espiritual - O fenômeno da morte
 
Relações afetivas e o casamento na visão espírita!
Relações afetivas e o casamento na visão espírita!Relações afetivas e o casamento na visão espírita!
Relações afetivas e o casamento na visão espírita!
 
Doenças: Uma Visão Espírita
Doenças: Uma Visão EspíritaDoenças: Uma Visão Espírita
Doenças: Uma Visão Espírita
 
O Papel do Centro Espírita
O Papel do Centro EspíritaO Papel do Centro Espírita
O Papel do Centro Espírita
 
Ensaio teórico das sensações e percepções dos Espíritos.
Ensaio teórico das sensações e percepções dos Espíritos.Ensaio teórico das sensações e percepções dos Espíritos.
Ensaio teórico das sensações e percepções dos Espíritos.
 
Sintonia e vibração
Sintonia e vibraçãoSintonia e vibração
Sintonia e vibração
 
O consolador prometido - n. 6
O consolador prometido - n. 6O consolador prometido - n. 6
O consolador prometido - n. 6
 
Desencarnação fluido vital e perispírito
Desencarnação    fluido vital e perispíritoDesencarnação    fluido vital e perispírito
Desencarnação fluido vital e perispírito
 

Destaque

O significado espiritual das uniões humanas à luz do Espriritismo
O significado espiritual das uniões humanas à luz do EspriritismoO significado espiritual das uniões humanas à luz do Espriritismo
O significado espiritual das uniões humanas à luz do Espriritismo
grupodepaisceb
 
O ESPÍRITO E O TEMPO
O ESPÍRITO E O TEMPOO ESPÍRITO E O TEMPO
O ESPÍRITO E O TEMPO
Jorge Luiz dos Santos
 
Maria - Mãe de Jesus
Maria - Mãe de JesusMaria - Mãe de Jesus
Maria - Mãe de Jesus
grupodepaisceb
 
ESE - Capítulo VII - Bem-aventurados os pobres de espírito
ESE - Capítulo VII - Bem-aventurados os pobres de espíritoESE - Capítulo VII - Bem-aventurados os pobres de espírito
ESE - Capítulo VII - Bem-aventurados os pobres de espírito
grupodepaisceb
 
Chegada do Espiritismo no Brasil
Chegada do Espiritismo no BrasilChegada do Espiritismo no Brasil
Chegada do Espiritismo no Brasil
grupodepaisceb
 
Capítulo VI - O Cristo Consolador
Capítulo VI - O Cristo ConsoladorCapítulo VI - O Cristo Consolador
Capítulo VI - O Cristo Consolador
grupodepaisceb
 
Histórias parábolas fábulas
Histórias parábolas fábulasHistórias parábolas fábulas
Histórias parábolas fábulas
grupodepaisceb
 
Pensamento E Saúde
Pensamento E SaúdePensamento E Saúde
Pensamento E Saúde
Iracema Perin
 
10º Simpovidro Abravidro - Palestra profº Luiz Marins - "Os desafios da execu...
10º Simpovidro Abravidro - Palestra profº Luiz Marins - "Os desafios da execu...10º Simpovidro Abravidro - Palestra profº Luiz Marins - "Os desafios da execu...
10º Simpovidro Abravidro - Palestra profº Luiz Marins - "Os desafios da execu...
Abravidro
 
Palestra boa nova o bom servo 20160820 v2
Palestra boa nova   o bom servo 20160820 v2Palestra boa nova   o bom servo 20160820 v2
Palestra boa nova o bom servo 20160820 v2
Tiburcio Santos
 
Disciplina mental
Disciplina mental  Disciplina mental
Disciplina mental
grupodepaisceb
 
2013 06-23-Imortalidade do Espírito-Rosana De Rosa
2013 06-23-Imortalidade do Espírito-Rosana De Rosa2013 06-23-Imortalidade do Espírito-Rosana De Rosa
2013 06-23-Imortalidade do Espírito-Rosana De Rosa
Rosana De Rosa
 
A Imortalidade Da Alma
A Imortalidade Da AlmaA Imortalidade Da Alma
A Imortalidade Da Alma
Emilia Maria Araujo Rios
 
A IMORTALIDADE DA ALMA
A IMORTALIDADE DA ALMAA IMORTALIDADE DA ALMA
A IMORTALIDADE DA ALMA
Vi Meirim
 
Pedi e obtereis - O poder transformador da prece
Pedi e obtereis  - O poder transformador da prece Pedi e obtereis  - O poder transformador da prece
Pedi e obtereis - O poder transformador da prece
grupodepaisceb
 
Imortalidade da alma
Imortalidade da almaImortalidade da alma
Imortalidade da alma
Ceile Bernardo
 
A alma é imortal
A alma é imortalA alma é imortal
A alma é imortal
Leonardo Pereira
 
Corpo, alma e espírito!
Corpo, alma e espírito!Corpo, alma e espírito!
Corpo, alma e espírito!
Leonardo Pereira
 
Gênero Textual: histórias em quadrinhos
Gênero Textual: histórias em quadrinhosGênero Textual: histórias em quadrinhos
Gênero Textual: histórias em quadrinhos
Alice Nogueira
 
What Makes Great Infographics
What Makes Great InfographicsWhat Makes Great Infographics
What Makes Great Infographics
SlideShare
 

Destaque (20)

O significado espiritual das uniões humanas à luz do Espriritismo
O significado espiritual das uniões humanas à luz do EspriritismoO significado espiritual das uniões humanas à luz do Espriritismo
O significado espiritual das uniões humanas à luz do Espriritismo
 
O ESPÍRITO E O TEMPO
O ESPÍRITO E O TEMPOO ESPÍRITO E O TEMPO
O ESPÍRITO E O TEMPO
 
Maria - Mãe de Jesus
Maria - Mãe de JesusMaria - Mãe de Jesus
Maria - Mãe de Jesus
 
ESE - Capítulo VII - Bem-aventurados os pobres de espírito
ESE - Capítulo VII - Bem-aventurados os pobres de espíritoESE - Capítulo VII - Bem-aventurados os pobres de espírito
ESE - Capítulo VII - Bem-aventurados os pobres de espírito
 
Chegada do Espiritismo no Brasil
Chegada do Espiritismo no BrasilChegada do Espiritismo no Brasil
Chegada do Espiritismo no Brasil
 
Capítulo VI - O Cristo Consolador
Capítulo VI - O Cristo ConsoladorCapítulo VI - O Cristo Consolador
Capítulo VI - O Cristo Consolador
 
Histórias parábolas fábulas
Histórias parábolas fábulasHistórias parábolas fábulas
Histórias parábolas fábulas
 
Pensamento E Saúde
Pensamento E SaúdePensamento E Saúde
Pensamento E Saúde
 
10º Simpovidro Abravidro - Palestra profº Luiz Marins - "Os desafios da execu...
10º Simpovidro Abravidro - Palestra profº Luiz Marins - "Os desafios da execu...10º Simpovidro Abravidro - Palestra profº Luiz Marins - "Os desafios da execu...
10º Simpovidro Abravidro - Palestra profº Luiz Marins - "Os desafios da execu...
 
Palestra boa nova o bom servo 20160820 v2
Palestra boa nova   o bom servo 20160820 v2Palestra boa nova   o bom servo 20160820 v2
Palestra boa nova o bom servo 20160820 v2
 
Disciplina mental
Disciplina mental  Disciplina mental
Disciplina mental
 
2013 06-23-Imortalidade do Espírito-Rosana De Rosa
2013 06-23-Imortalidade do Espírito-Rosana De Rosa2013 06-23-Imortalidade do Espírito-Rosana De Rosa
2013 06-23-Imortalidade do Espírito-Rosana De Rosa
 
A Imortalidade Da Alma
A Imortalidade Da AlmaA Imortalidade Da Alma
A Imortalidade Da Alma
 
A IMORTALIDADE DA ALMA
A IMORTALIDADE DA ALMAA IMORTALIDADE DA ALMA
A IMORTALIDADE DA ALMA
 
Pedi e obtereis - O poder transformador da prece
Pedi e obtereis  - O poder transformador da prece Pedi e obtereis  - O poder transformador da prece
Pedi e obtereis - O poder transformador da prece
 
Imortalidade da alma
Imortalidade da almaImortalidade da alma
Imortalidade da alma
 
A alma é imortal
A alma é imortalA alma é imortal
A alma é imortal
 
Corpo, alma e espírito!
Corpo, alma e espírito!Corpo, alma e espírito!
Corpo, alma e espírito!
 
Gênero Textual: histórias em quadrinhos
Gênero Textual: histórias em quadrinhosGênero Textual: histórias em quadrinhos
Gênero Textual: histórias em quadrinhos
 
What Makes Great Infographics
What Makes Great InfographicsWhat Makes Great Infographics
What Makes Great Infographics
 

Semelhante a O valor do tempo

Altruismo Ferramenta de Progresso do Ser
Altruismo Ferramenta de Progresso do SerAltruismo Ferramenta de Progresso do Ser
Altruismo Ferramenta de Progresso do Ser
Alexandre Rudalov
 
Estudo do livro Roteiro Lição 10
Estudo do livro Roteiro Lição 10Estudo do livro Roteiro Lição 10
Estudo do livro Roteiro Lição 10
Candice Gunther
 
5ª oficina dos sentimentos
5ª oficina dos sentimentos 5ª oficina dos sentimentos
5ª oficina dos sentimentos
Leonardo Pereira
 
7ª Oficina dos sentimentos
7ª Oficina dos sentimentos 7ª Oficina dos sentimentos
7ª Oficina dos sentimentos
Leonardo Pereira
 
4ª Oficina dos sentimentos
4ª  Oficina dos sentimentos 4ª  Oficina dos sentimentos
4ª Oficina dos sentimentos
Leonardo Pereira
 
6 ª Oficina dos sentimentos
6 ª Oficina dos sentimentos 6 ª Oficina dos sentimentos
6 ª Oficina dos sentimentos
Leonardo Pereira
 
3ª Oficina dos sentimentos
3ª Oficina dos sentimentos 3ª Oficina dos sentimentos
3ª Oficina dos sentimentos
Leonardo Pereira
 
Eae 91 NORMAS DA VIDA ESPIRITUAL
Eae 91 NORMAS DA VIDA ESPIRITUALEae 91 NORMAS DA VIDA ESPIRITUAL
Eae 91 NORMAS DA VIDA ESPIRITUAL
PatiSousa1
 
Estudo junho reforma íntima www forumespirita net
Estudo junho  reforma íntima www forumespirita netEstudo junho  reforma íntima www forumespirita net
Estudo junho reforma íntima www forumespirita net
Fórum Espírita
 
A Felicidade, As Leis Divinas e A Reforma Íntima.ppt
A Felicidade, As Leis Divinas e A Reforma Íntima.pptA Felicidade, As Leis Divinas e A Reforma Íntima.ppt
A Felicidade, As Leis Divinas e A Reforma Íntima.ppt
EdsonAguiar30
 
Reforma íntima: uma abordagem espírita
Reforma íntima:   uma abordagem espíritaReforma íntima:   uma abordagem espírita
Reforma íntima: uma abordagem espírita
EmmanuelSales4
 
O despertar da consciência mirtzi
O despertar da consciência   mirtziO despertar da consciência   mirtzi
O despertar da consciência mirtzi
crismchmg
 
Universalismo crstico apostila - 009 - 2011 - lar
Universalismo crstico   apostila - 009 - 2011 - larUniversalismo crstico   apostila - 009 - 2011 - lar
Universalismo crstico apostila - 009 - 2011 - lar
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
Roteiro lição 31
Roteiro lição 31Roteiro lição 31
Roteiro lição 31
Candice Gunther
 
Responsabilidade de consciência
Responsabilidade de consciênciaResponsabilidade de consciência
Responsabilidade de consciência
Dalila Melo
 
O homem e a vida espiritual
O homem e a vida espiritualO homem e a vida espiritual
O homem e a vida espiritual
Helio Cruz
 
( Espiritismo) # - adesio a machado - ser, crer e crescer
( Espiritismo)   # - adesio a machado - ser, crer e crescer( Espiritismo)   # - adesio a machado - ser, crer e crescer
( Espiritismo) # - adesio a machado - ser, crer e crescer
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
Estudo do livro Roteiro lição 40
Estudo do livro Roteiro lição 40Estudo do livro Roteiro lição 40
Estudo do livro Roteiro lição 40
Candice Gunther
 
O homem e a vida espiritual
O homem e a vida espiritualO homem e a vida espiritual
O homem e a vida espiritual
Helio Cruz
 
A natureza humana e o sentido da vida
A natureza humana e o sentido da vidaA natureza humana e o sentido da vida
A natureza humana e o sentido da vida
Sandra Teixeira
 

Semelhante a O valor do tempo (20)

Altruismo Ferramenta de Progresso do Ser
Altruismo Ferramenta de Progresso do SerAltruismo Ferramenta de Progresso do Ser
Altruismo Ferramenta de Progresso do Ser
 
Estudo do livro Roteiro Lição 10
Estudo do livro Roteiro Lição 10Estudo do livro Roteiro Lição 10
Estudo do livro Roteiro Lição 10
 
5ª oficina dos sentimentos
5ª oficina dos sentimentos 5ª oficina dos sentimentos
5ª oficina dos sentimentos
 
7ª Oficina dos sentimentos
7ª Oficina dos sentimentos 7ª Oficina dos sentimentos
7ª Oficina dos sentimentos
 
4ª Oficina dos sentimentos
4ª  Oficina dos sentimentos 4ª  Oficina dos sentimentos
4ª Oficina dos sentimentos
 
6 ª Oficina dos sentimentos
6 ª Oficina dos sentimentos 6 ª Oficina dos sentimentos
6 ª Oficina dos sentimentos
 
3ª Oficina dos sentimentos
3ª Oficina dos sentimentos 3ª Oficina dos sentimentos
3ª Oficina dos sentimentos
 
Eae 91 NORMAS DA VIDA ESPIRITUAL
Eae 91 NORMAS DA VIDA ESPIRITUALEae 91 NORMAS DA VIDA ESPIRITUAL
Eae 91 NORMAS DA VIDA ESPIRITUAL
 
Estudo junho reforma íntima www forumespirita net
Estudo junho  reforma íntima www forumespirita netEstudo junho  reforma íntima www forumespirita net
Estudo junho reforma íntima www forumespirita net
 
A Felicidade, As Leis Divinas e A Reforma Íntima.ppt
A Felicidade, As Leis Divinas e A Reforma Íntima.pptA Felicidade, As Leis Divinas e A Reforma Íntima.ppt
A Felicidade, As Leis Divinas e A Reforma Íntima.ppt
 
Reforma íntima: uma abordagem espírita
Reforma íntima:   uma abordagem espíritaReforma íntima:   uma abordagem espírita
Reforma íntima: uma abordagem espírita
 
O despertar da consciência mirtzi
O despertar da consciência   mirtziO despertar da consciência   mirtzi
O despertar da consciência mirtzi
 
Universalismo crstico apostila - 009 - 2011 - lar
Universalismo crstico   apostila - 009 - 2011 - larUniversalismo crstico   apostila - 009 - 2011 - lar
Universalismo crstico apostila - 009 - 2011 - lar
 
Roteiro lição 31
Roteiro lição 31Roteiro lição 31
Roteiro lição 31
 
Responsabilidade de consciência
Responsabilidade de consciênciaResponsabilidade de consciência
Responsabilidade de consciência
 
O homem e a vida espiritual
O homem e a vida espiritualO homem e a vida espiritual
O homem e a vida espiritual
 
( Espiritismo) # - adesio a machado - ser, crer e crescer
( Espiritismo)   # - adesio a machado - ser, crer e crescer( Espiritismo)   # - adesio a machado - ser, crer e crescer
( Espiritismo) # - adesio a machado - ser, crer e crescer
 
Estudo do livro Roteiro lição 40
Estudo do livro Roteiro lição 40Estudo do livro Roteiro lição 40
Estudo do livro Roteiro lição 40
 
O homem e a vida espiritual
O homem e a vida espiritualO homem e a vida espiritual
O homem e a vida espiritual
 
A natureza humana e o sentido da vida
A natureza humana e o sentido da vidaA natureza humana e o sentido da vida
A natureza humana e o sentido da vida
 

Mais de grupodepaisceb

Depressão na visão espírita
Depressão na visão espíritaDepressão na visão espírita
Depressão na visão espírita
grupodepaisceb
 
Educação no lar_9abr16
Educação no lar_9abr16Educação no lar_9abr16
Educação no lar_9abr16
grupodepaisceb
 
Grupo Auta de Souza - Acompanhamento das Famílias 2015.2016
Grupo Auta de Souza - Acompanhamento das Famílias 2015.2016Grupo Auta de Souza - Acompanhamento das Famílias 2015.2016
Grupo Auta de Souza - Acompanhamento das Famílias 2015.2016
grupodepaisceb
 
Atividades da comunhão espírita de brasília 2016
Atividades da comunhão espírita de brasília 2016Atividades da comunhão espírita de brasília 2016
Atividades da comunhão espírita de brasília 2016
grupodepaisceb
 
Ideias sociais espíritas
Ideias sociais espíritas Ideias sociais espíritas
Ideias sociais espíritas
grupodepaisceb
 
Francisco de Assis
Francisco de AssisFrancisco de Assis
Francisco de Assis
grupodepaisceb
 
Minha mãe não faz nada (texto)
Minha mãe não faz nada (texto)Minha mãe não faz nada (texto)
Minha mãe não faz nada (texto)
grupodepaisceb
 
Afeição
AfeiçãoAfeição
Afeição
grupodepaisceb
 
Leis morais (geral e trabalho, reprodução)
Leis morais  (geral e trabalho, reprodução)Leis morais  (geral e trabalho, reprodução)
Leis morais (geral e trabalho, reprodução)
grupodepaisceb
 
Buscai e achareis
Buscai e achareisBuscai e achareis
Buscai e achareis
grupodepaisceb
 
Emoção e razão
Emoção e razãoEmoção e razão
Emoção e razão
grupodepaisceb
 
Eficácia da prece
Eficácia da prece Eficácia da prece
Eficácia da prece
grupodepaisceb
 
Reforma íntima sem martírio
Reforma íntima sem martírioReforma íntima sem martírio
Reforma íntima sem martírio
grupodepaisceb
 
Evangelho Capítulo XXIV - Não por a candeia debaixo do alqueire
Evangelho Capítulo XXIV - Não por a candeia debaixo do alqueireEvangelho Capítulo XXIV - Não por a candeia debaixo do alqueire
Evangelho Capítulo XXIV - Não por a candeia debaixo do alqueire
grupodepaisceb
 
Apresentação do grupo Auta de Souza - Famílias ajudadas
Apresentação do grupo Auta de Souza - Famílias ajudadasApresentação do grupo Auta de Souza - Famílias ajudadas
Apresentação do grupo Auta de Souza - Famílias ajudadas
grupodepaisceb
 
Estranha moral ESE Cap XXIII
Estranha moral ESE Cap XXIIIEstranha moral ESE Cap XXIII
Estranha moral ESE Cap XXIII
grupodepaisceb
 
Comportamento do próximo
Comportamento do próximoComportamento do próximo
Comportamento do próximo
grupodepaisceb
 
Não separeis o que Deus juntou - ESE - Cap XXII
Não separeis o que Deus juntou - ESE - Cap XXII   Não separeis o que Deus juntou - ESE - Cap XXII
Não separeis o que Deus juntou - ESE - Cap XXII
grupodepaisceb
 
Sexualidade à luz do Espiritismo_30ago2014
Sexualidade à luz do Espiritismo_30ago2014Sexualidade à luz do Espiritismo_30ago2014
Sexualidade à luz do Espiritismo_30ago2014
grupodepaisceb
 
A bíblia e o espiritismo
A bíblia e o espiritismoA bíblia e o espiritismo
A bíblia e o espiritismo
grupodepaisceb
 

Mais de grupodepaisceb (20)

Depressão na visão espírita
Depressão na visão espíritaDepressão na visão espírita
Depressão na visão espírita
 
Educação no lar_9abr16
Educação no lar_9abr16Educação no lar_9abr16
Educação no lar_9abr16
 
Grupo Auta de Souza - Acompanhamento das Famílias 2015.2016
Grupo Auta de Souza - Acompanhamento das Famílias 2015.2016Grupo Auta de Souza - Acompanhamento das Famílias 2015.2016
Grupo Auta de Souza - Acompanhamento das Famílias 2015.2016
 
Atividades da comunhão espírita de brasília 2016
Atividades da comunhão espírita de brasília 2016Atividades da comunhão espírita de brasília 2016
Atividades da comunhão espírita de brasília 2016
 
Ideias sociais espíritas
Ideias sociais espíritas Ideias sociais espíritas
Ideias sociais espíritas
 
Francisco de Assis
Francisco de AssisFrancisco de Assis
Francisco de Assis
 
Minha mãe não faz nada (texto)
Minha mãe não faz nada (texto)Minha mãe não faz nada (texto)
Minha mãe não faz nada (texto)
 
Afeição
AfeiçãoAfeição
Afeição
 
Leis morais (geral e trabalho, reprodução)
Leis morais  (geral e trabalho, reprodução)Leis morais  (geral e trabalho, reprodução)
Leis morais (geral e trabalho, reprodução)
 
Buscai e achareis
Buscai e achareisBuscai e achareis
Buscai e achareis
 
Emoção e razão
Emoção e razãoEmoção e razão
Emoção e razão
 
Eficácia da prece
Eficácia da prece Eficácia da prece
Eficácia da prece
 
Reforma íntima sem martírio
Reforma íntima sem martírioReforma íntima sem martírio
Reforma íntima sem martírio
 
Evangelho Capítulo XXIV - Não por a candeia debaixo do alqueire
Evangelho Capítulo XXIV - Não por a candeia debaixo do alqueireEvangelho Capítulo XXIV - Não por a candeia debaixo do alqueire
Evangelho Capítulo XXIV - Não por a candeia debaixo do alqueire
 
Apresentação do grupo Auta de Souza - Famílias ajudadas
Apresentação do grupo Auta de Souza - Famílias ajudadasApresentação do grupo Auta de Souza - Famílias ajudadas
Apresentação do grupo Auta de Souza - Famílias ajudadas
 
Estranha moral ESE Cap XXIII
Estranha moral ESE Cap XXIIIEstranha moral ESE Cap XXIII
Estranha moral ESE Cap XXIII
 
Comportamento do próximo
Comportamento do próximoComportamento do próximo
Comportamento do próximo
 
Não separeis o que Deus juntou - ESE - Cap XXII
Não separeis o que Deus juntou - ESE - Cap XXII   Não separeis o que Deus juntou - ESE - Cap XXII
Não separeis o que Deus juntou - ESE - Cap XXII
 
Sexualidade à luz do Espiritismo_30ago2014
Sexualidade à luz do Espiritismo_30ago2014Sexualidade à luz do Espiritismo_30ago2014
Sexualidade à luz do Espiritismo_30ago2014
 
A bíblia e o espiritismo
A bíblia e o espiritismoA bíblia e o espiritismo
A bíblia e o espiritismo
 

Último

347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
djincognito
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
enpfilosofiaufu
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
cmeioctaciliabetesch
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
DeuzinhaAzevedo
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
NatySousa3
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
MessiasMarianoG
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
edivirgesribeiro1
 
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptxForças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
Danielle Fernandes Amaro dos Santos
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 

Último (20)

347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
 
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptxForças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 

O valor do tempo

  • 1.
  • 2.   Passamos pela vida muitas vezes sem perceber a importância que cada minuto tem para nós.  Desperdiçamos nosso tempo e até vidas inteiras sem demandar nenhum aprendizado. Quanto tempo perdido, quantos erros cometidos sem nos conscientizarmos que os cometemos? Refletindo
  • 3.  Atualidade  Imediatismo - mentalidade de curto prazo sobre as questões da vida  Impaciência em relação às necessidades da vida  Inversão do valor das coisas, inclusive do tempo;
  • 4.   Por quais metas estamos lutando?  Tem valido a pena tanta correria, tanto cansaço, tanto estresse?  Nosso trabalho é prazeroso?  Temos qualidade de vida? O que é isso? Pessoas não são máquinas de fazer dinheiro
  • 5.
  • 6.   Consciência da realidade espiritual da vida  Condição de espíritos encarnados  Objetivos superiores da vida na matéria  Esforço de renovação interior e aperfeiçoamento moral – reforma íntima Como “pilotos” de nosso tempo importante atentar
  • 7. Pensar na VIDA também é pensar na MORTE
  • 8.  Lei do Progresso - LE Parte III “Há duas espécies de progresso que se prestam mútuo apoio e que, todavia não marcham lado a lado: o progresso intelectual e o progresso moral.” “Ao mesmo tempo que todos os seres vivos progridem moralmente, progridem materialmente os mundos em que eles habitam... ...marcham assim, paralelamente, o progresso do homem, o dos animais, seus auxiliares, o dos vegetais e o da habitação, porquanto nada na Natureza permanece estacionário.”
  • 9.  "Nascer, viver, morrer, renascer ainda e progredir sempre: esta é a Lei” Allan Kardec
  • 10.  Questão 171 - LE Fundamentos do princípio da reencarnação "O homem que tem consciência da sua inferioridade, haure consoladora esperança na doutrina da reencarnação. Se crê na justiça de Deus, não pode contar que venha a achar-se, para sempre, em pé de igualdade com os que mais fizeram do que ele.”
  • 11.  LE Questão 169 - O número de encarnações é o mesmo para todos os espíritos? Não. Aquele que caminha depressa se poupa das provas. Todavia, as encarnações sucessivas são numerosas porque o progresso é quase infinito”.
  • 12.  Emmanuel - “Roteiro” - caminhada evolutiva do espírito e o papel da D. Espírita na transformação de nossa visão da vida e de nós mesmos "De corpo em corpo, peregrina o Espírito de existência em existência, buscando aquisições de amor e sabedoria que lhe constituirão divina garantia no campo da eternidade." "O Espiritismo amplia os horizontes do ser. A visão mais segura do Universo e a mais alta concepção da justiça dilatam na mente a sede de libertação, para mais altos vôos do espírito.”
  • 13.  “Acima do poder temporal dos governantes e da moral duvidosa dos pregadores das religiões, a ideia da imortalidade continuamente prosseguirá, porque significa em si mesma o luminoso patrimônio da alma encarnada, como recordação perene da sua vida no Além.” Livro "Emmanuel” - Chico Xavier Ideia da imortalidade sempre esteve presente nos homens
  • 14.  Cap. XVII ESE “Maturidade do senso moral”  "Reconhece-se o verdadeiro espírita pela sua transformação moral e pelos esforços que emprega para domar suas más inclinações. Enquanto um se contenta com o seu horizonte limitado, outro, que apreende alguma coisa de melhor, se esforça por desligar-se dele e sempre o consegue, se tem firme a vontade.
  • 15.  O Consolador – Emmanuel Estado mais profundo de compreensão 220 - Há alguma diferença entre a crença e a iluminação? Todos os homens da Terra, ainda os próprios materialistas, crêem em alguma coisa. Todavia, são muito poucos os que se iluminam. O que crê, apenas admite; mas o que se ilumina vibra e sente.
  • 16.  Joana de Angelis – “O Despertar do Espírito” Resultados que podem ser experimentados após o despertar para a verdade e a importância do progresso contínuo do Espírito A busca do “Self” redundará no encontro com a verdade, com a Vida no sentido mais profundo, com a iluminação, a libertação de todos os atavismos e complexidades perturbadoras. (Conhece-te a ti mesmo – Sócrates) O valor moral cresce conforme os esforços envidados nas etapas anteriores, fortalecendo a capacidade de luta que se encontrava submersa no oceano da acomodação física e mental.
  • 17.  Inserir-se no contexto da IMORTALIDADE possibilita eliminar ilusões que impactam negativamente a conduta humana ...  a de que cabe ao Criador nos promover automaticamente ao "Reino dos Céus" sem o esforço necessário à iluminação interior e à subida aos planos mais elevados do espírito;  a de que conseguiremos, em uma única existência, nos desfazer de todas as limitações evolutivas e desenvolver todos os potenciais do espírito.
  • 18.  E aprender... A valorizar os recursos que a reencarnação oferece para a reestruturação dos nossos destinos; A nos elevarmos acima da visão limitada da matéria e atender ao desafio das aquisições a fazer para impulsionar a transformação... A GRANDE “FATALIDADE” A QUE ESTAMOS SUJEITOS
  • 19.   Até que ponto o conceito de imortalidade e outros princípios fundamentais da Doutrina Espírita já "entraram em nós"?  Se já compreendemos, até que ponto estamos respeitando - com os nossos atos - a imortalidade que com tanta ênfase afirmamos existir, uma vez que esta nos é tão bem comprovada pela Doutrina? Resumindo...
  • 20.
  • 21.
  • 22.  Todo avanço realizado... • na superação de imperfeições
  • 24. • Na ampliação de sentimentos nobres - paciência, compreensão dos erros alheios e perdão.
  • 25.
  • 26.  No conhecimento e aceitação de nossas fragilidades e na incorporação de uma postura construtiva perante nós e o mundo
  • 27.  “A dádiva chegará, mas depende de ti, da maneira de procederes na luta construtiva, persistindo ou não na confiança, sem a qual o Divino Poder encontra obstáculos naturais para exprimir-se em teu caminho.” XAVIER, Francisco Cândido/Emmanuel Pão Nosso ... serão componentes fundamentais para o crescimento em encarnações posteriores.
  • 28.
  • 29.
  • 30.   KARDEC, A. O Livro dos Espíritos  XAVIER, Francisco Cândido / Emmanuel Roteiro - FEB  XAVIER, Francisco Cândido / Emmanuel - FEB  KARDEC, A. O Evangelho Segundo o Espiritismo  XAVIER, Francisco Cândido / Emmanuel - O Consolador - FEB  FRANCO, Divaldo Pereira / Joana de Angelis. O Despertar do Espírito - Ed. Alvorada  XAVIER, Francisco Cândido/André Luiz - No Mundo Maior - FEB  http://www.momento.com.br/  http://entendendooespiritismo.blogspot.com.br/2009/05/o-valor- do-tempo.html  http://bvespirita.com Fontes de consulta