infertilidade masculina

10.252 visualizações

Publicada em

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
10.252
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
435
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
282
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

infertilidade masculina

  1. 1. Escola Secundária de Viriato Biologia 12º 2008/2009 Infertilidade Porque não chegas, cegonha?
  2. 2. CAUSAS DE INFERTILIDADE ESTERILIDADE = INFERTILIDADE Incapacidade de conceber dada a inexistência de células reprodutoras Incapacidade de conceber após um ano de relações sexuais sem contracepção
  3. 3. I nfertilidade M asculina
  4. 4. I nfertilidade A procura do culpado… I nfertilidade M asculina 30%-40% dos casos A infertilidade há muito que deixou de ser um problema exclusivo da mulher, para antes ser um problema do casal. M uitas vezes este fenómeno é sazonal ou corrigível, principalmente através de tratamentos clínicos ou técnicas de reprodução assistida.
  5. 5. “ A diferença entre um homem fértil e um homem infértil vê-se ao microscópio.” A NÍVEL DOS ESPERMATOZÓIDES… C ausas de I nfertilidade M asculina TERATOSPERMIA ASTENOSPERMIA OLIGOSPERMIA AZOOSPERMIA Causas
  6. 6. … I ncapacidade de produzir espermatozóides suficientes e saudáveis está relacionada com: <ul><li>Quantidade de esperma ejaculado; </li></ul><ul><li>Nº de espermatozóides viáveis; </li></ul><ul><li>Morfologia dos espermatozóides; </li></ul><ul><li>Mobilidade/ Progressão para a frente dos espermatozóides. </li></ul><ul><li>Factor fulcral para um espermatozóide conseguir atingir e fecundar um oócito II. </li></ul><ul><li>Homens que segregam gâmetas de alta qualidade apesar de em pequena quantidade, podem ser muito férteis! </li></ul>
  7. 7. A ZOOSPERMIA Ausência de espermatozóides no sémen devido a: I NSUFICIÊNCIA TESTICULAR PRIMÁRIA O BSTRUÇÃO Malformações congénitas; não descida dos testículos; lesão física nas gónadas; ocorrência de papeira na puberdade. DST que bloqueiam definitivamente as vias genitais; inexistência de epidídimos e/ ou canais deferentes. Uso de medicação; defeitos ocorridos durante o período fetal. Na maioria dos casos os factores idiopáticos dominam e os tubos seminíferos são providos apenas de células de Sertoli. A USÊNCIA DE CÉLULAS GERMINATIVAS
  8. 8. O ligospermia Quantidade insuficiente de gâmetas no esperma devido a: OBSTRUÇÃO TUBULAR PROBLEMAS HORMONAIS MEDICAÇÃO TABAGISMO ÁLCOOL INFECÇÕES SÉMEN ALCALINO BANHOS DE ÁGUA QUENTE/ ROUPA INTERIOR APERTADA HIPERTERMIA INFECÇÕES VIRAIS ocasionada por: induz: A stenospermia Baixa ou nula mobilidade dos gâmetas No esperma irregular, menos de 50% dos espermatozóides se move de forma ineficaz.
  9. 9. T eratospermia Configuração anormal dos espermatozóides REACÇÕES ALÉRGICAS RAIOS X AGENTES ANTIESPERMÁTICOS devido a: O sémen é considerado anormal quando mais de 15% dos espermatozóides são disformes e não permitem fusão espermatozóide-oócito II. A NTI-ESPERMATOZÓIDES Os gâmetas conseguem ultrapassar a “barreira imunológica”, onde são produzidos, activando a produção de anticorpos que atacam os espermatozóides. A NÍVEL DO COITO… I MPOTÊNCIA Incapacidade de atingir uma erecção A NÍVEL IMUNOLÓGICO…
  10. 10. Os cromossomas sexuais podem surgir em número anómalo, devido a anomalias no aparelho reprodutor. Estes induzem a azoospermia. S ÍNDROMA DE KLINEFELTER Com cromossoma X extra T RISSOMIA XYY Com cromossoma Y extra A NÍVEL HORMONAL… H ipogonadismo Doenças nas gónadas; Alterações na hipófise Anormal produção de GnRH Testículos não respondem à estimulação Hipogonadismo Hipergonatrópico Testículos não são estimulados Hipogonadismo Hipotrópico causado por: resultando: A NÍVEL CROMOSSÓMICO…
  11. 11. A NÍVEL ANATÓMICO… EJACULAÇÃO RETRÓGADA VARICOCELO CRIPTORQUIDISMO CANCRO TESTICULAR EFEITOS DA IDADE DISFUNÇÃO ERÉCTIL SÍNDROMA DE KARTAGENER Esperma bombeado para trás (interior da bexiga) Testículo(s) não descem para o escroto Espermatogénese anormal Qualidade do sémen e actividade sexual reduzidas Incapacidade de secreção de gâmetas móveis Dilatação de uma veia do cordão espermático que faz a ligação ao testículo Perturbações do fluxo sanguíneo, dos influxos nervosos e respostas hormonais
  12. 12. LOCAL DE TRABALHO Presença de pesticidas, substâncias químicas (tintas), metais, além do esforço e stress que o emprego acarreta, afectam função reprodutora. São usados para facilitar o coito, mas prejudicam a viabilidade dos espermatozóides. LUBRIFICANTES MEDICAÇÃO Reduzem contagem de espermatozóides e a líbido. TABACO ÁLCOOL/ CAFÉ DROGAS Substâncias como a nicotina e a cafeína podem desencadear irregularidades na espermatogénese. Substâncias ilícitas provocam oligospermia, anterospermia, teratospermia e baixa no teor de testosterona. A NÍVEL DO ESTILO DE VIDA…

×