SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 8
Baixar para ler offline
Jornal

Ano 4
Número 066
Tiragem 25 Mil
2º quinzena
ABRIL/2013

raleste@gmail.com

Tel. 2031-2364

Guaianases, 152 anos
de urbanização e desenvolvimento

Walter Feldman
inaugura “Roda Viva
do Grupo Acontece”

No próximo dia 3 de maio
o bairro de Guaianases comemora 152 anos de fundação
. São mais de um século e
meio de construção de uma
identidade. Inicialmente a
região foi ocupada pelos índios Guaianás que deram o
nome ao bairro. Depois veio
PÁG. 4
a urbanização,

No último sábado o
deputado federal Walter Feldman cumpriu
uma extensa agenda
na Zona Leste de São
Paulo, cujo ápice foi
o encontro com lideranças, blogueiros e

jornais da Zona Leste, na sede do Grupo
Acontece de Jornais e
Revistas. Participaram
deste encontro: Jornal
MB - Mais Brasil, Revista Perfil, aficionados
por redes..
PÁG. 3

“É o momento da Zona Leste aproveitar e crescer”
Entrevista exclusiva do vereador Andrea Matarazzo(PSDB) aos jornais associados da AJORLESTE - Associação de Jornais da Zona Leste
Andrea Matarazzo, atualmente vereador da cidade de São
Paulo, um dos mais
bem votados (117.6
mil votos) recebeu a
diretoria da Ajorleste
- Associação de Jornais da Zona Leste - e,
após uma conversa
informal, sobre vários

Deputado Estadual Alcides
Amazonas inaugura escritório
para receber o povo da Zona Leste

O deputado Alcides
Amazonas (PCdoB)
acaba de inaugurar seu
escritório político na
Rua Irineu Bonardi,
129, em São Miguel
Paulista. No local, a
população poderá levar seus pedidos e receber orientações sobre assuntos diversos.
Para marcar uma visita
ao deputado Alcides
Amazonas em seu escritório, basta entrar
em contato pelos telefones 2037-2900 ou
2037-1106, de segunda
a sexta, em horário comercial e aos sábados
até às 13h.
“É importante termos um espaço democrático para organizarmos nossa atuação
e estarmos abertos ao
povo.Vamos... PÁG. 4

assuntos, com ênfase
para a política, concedeu rápida entrevista
a qual destacamos a
seguir.
Ajorleste - Com a
experiência que tem
como ministro, embaixador, Secretaria
das Subprefeituras e
PÁG. 2
Secretaria

Prática de esportes na praia:
veja como curtir as atividades litorâneas, sem prejudicar a saúde

No verão diversas pessoas migram
para as praias do
litoral brasileiro
em busca de diverPÁG.8
são.

DAEE reforça limpeza do PET
para combate a dengue

O PET (Parque
Ecológico do Tietê)
reiniciou no Núcleo
Engenheiro Goulart,
o programa “Frente
Contra a Dengue” que
ocorre de segunda a
quinta, das 8h às 14h.
Mesmo
PÁG. 8
2

2ª quinzena
ABRIL/2013

“É o momento da Zona Leste aproveitar e crescer”
Entrevista exclusiva do vereador Andrea Matarazzo(PSDB) aos jornais associados da AJORLESTE - Associação de Jornais da Zona Leste
Andrea Matarazzo, atualmente vereador da cidade de São
Paulo, um dos mais bem votados
(117.6 mil votos) recebeu a diretoria da Ajorleste - Associação
de Jornais da Zona Leste - e, após
uma conversa informal, sobre
vários assuntos, com ênfase para
a política, concedeu rápida entrevista a qual destacamos a seguir.
Ajorleste - Com a experiência que tem como ministro,
embaixador, Secretaria das
Subprefeituras e Secretaria da
Cultura, o senhor foi candidato
a vereador com um objetivo
específico, uma proposta maior,
por um projeto de lei excepcional, marcante?
Andrea - Acho que São Paulo
tem leis demais. O que precisa
é as leis serem cumpridas. Eu
tenho alguns projetos interessantes, alguns já protocolados,
como o que você acerta as
calçadas, que passa a responsabilidade para o poder público,
um projeto que facilita a poda
de árvores, por exemplo: quem
já tentou solicitar uma poda de
árvores sabe é uma maratona de
dois anos. Uma lei que facilita
e reduz para no máximo de três
meses. Um projeto que elimina
a cobrança de ISS dos taxi, que
é uma bobagem, que trata de
forma diferenciada cooperativas
e autônomos. É uma série de
projetos de leis e de modernização de leis, inclusive muitas que
existem e que estão obsoletas,
antigas e que não servem mais
para a cidade. O que eu acho que
precisa e é o projeto principal é o
Plano Diretor da Cidade. Esse é o
maior projeto que eu tenho, que
prevê a regularização fundiária
da cidade. Tornar regular todas
essas áreas ocupadas há mais
de 40, 50 anos. Áreas que eram
de mananciais, condomínios,
loteamentos clandestinos, que
você precisa regularizar para
poder proporcionar e estimular a
economia local , gerar empregos
e evitar que as pessoas tenham
que se deslocar todos os dias em
viagens que são um suplício para
todo mundo de duas, duas horas
e meia para ir e mais o mesmo

ao meu ver é a via pública do
pedestre, da mesma forma que a
rua, o asfalto é a via pública dos
automóveis. Portanto quem tem
que ter responsabilidade sobre as
calçadas é a própria prefeitura.
Da mesma forma que ela faz as
ruas, avenidas, corredores de
ônibus e ciclovias, tem de fazer
as calçadas, que é a única forma
de você ter as calçadas com a
mesma especificação técnica,
com a mesma padronização,
que é fundamental para que elas
sejam acessíveis. Por outro lado,
como você vai exigir que imóveis
que são isentos de IPTU façam
as calçadas, como por exemplo
em Cidade Tiradentes, onde 80%
dos imóveis não têm escritura.
Calçada que tem de fazer é a
prefeitura para que a cidade seja
acessível e para que as pessoas
possam pelo menos caminhar.
Essa é a minha posição bastante
clara. Até porque, ninguém sai
na porta de casa quebrando a
própria calçada. Quem quebra
calçada normalmente, ou são as
concessionárias de serviço público ou é o sujeito que estacionou
o carro em cima da calçada ou

incluir esses locais no projeto?
Andrea - Todas as calçadas
seriam de responsabilidade da
prefeitura, inclusive as reformas,
para tornar acessíveis aquelas
que não são. Você vai em muitos lugares onde as ruas que tem
declive, as ruas em descida, por
exemplo. A rua é lisa, mas a calçada tem degrau, o que é um absurdo, porque as pessoas mais velhas, as pessoas com algum tipo
de deficiência não conseguem
andar. Então, todas as calçadas
tem de ser de responsabilidade
da prefeitura, se não é isso, como
atualmente é de responsabilidade
do proprietário do imóvel ele faz
do jeito que quer e normalmente
faz de um jeito que as pessoas
não conseguem caminhar.
Ajorleste - Cem dias de governo Fernando Haddad, como
o senhor avalia essa administração?
Andrea - Eu avalio que são
cem dias sem administração.
Muita propaganda, muito falatório, mas ações concretas na
verdade eu não vi nenhuma.
Não tem nada que fale, uma
obra nova, uma ideia nova,

tempo para voltar ao trabalho. Eu
fiz o trajeto da Cidade Tiradentes,
Parque Dom Pedro, foram duas
horas e meia em um ônibus com
qualidade abaixo da crítica, com
câmbio mecânico, dando solavancos, sem ar condicionado,
andando que nem uma serpentina, dando voltas por todos lados,
72 paradas, permanentemente
lotado. Isso não é humano. As
pessoas esperam o ônibus 45
minutos debaixo de sol e chuva.
Isso não é para uma cidade do
tamanho de São Paulo. Eu critico
não somente esse governo, mas
todos os outros anteriores.
Ajorleste - Recentemente o
senhor promoveu uma audiência
pública sobre calçadas. O senhor
que foi secretário das Subprefeituras em São Paulo discorda dessas mudanças apresentadas em
relação aos passeios públicos?
Andrea - Até concordo, mas
a lei das calçadas o que estão
fazendo é em relação ao problema das multas, essas que foram,
aplicadas no ano passado e a
questão para o futuro é não ter
mais multas, pois as calçadas

é a própria prefeitura quando
planta uma árvore e essa cresce
a raiz e estoura a calçada. Como
o munícipe vai arrumar a calçada
sem tirar a árvore? Só pode tirar
a árvore é a própria prefeitura
e portanto a meu ver quem tem
que fazer e cuidar das calçadas
é a prefeitura.
Ajorleste - Como vereador
o senhor não poderia apresentar
um projeto e criar uma lei para
ter um Disk Calçada, um telefone
especifico para reclamar de passeio público, a exemplo do que
acontece em Belo Horizonte?
Andrea - Isso é uma alternativa que já deveria ter feito. Eu
preferi fazer um Projeto de Lei
que passa a responsabilidade das
calçadas para a Prefeitura, que
está tramitando aqui na Câmara
e aí você resolve definitivamente
esse problema.
Ajorleste - Ainda sobre as
calçadas, existem vários bairros
completamente urbanizados
onde as calçadas são bem irregulares, prejudicando e até
impedindo de forma dramática a
acessibilidade. Você pensou em

uma coisa acontecendo de
positivo. O que tenho visto
é muito falatório, muito blá,
blá, blá e inclusive não tenho
visto o prefeito. Onde estava
o prefeito nos dias de chuva
por exemplo, que São Paulo
estava inteira alagada? Das
730 promessas feitas na campanha foram transformadas
em um plano de metas, de
quase 100 metas, que não são
exatamente metas. O que quero ver é ele fazer, quero ver é
a prefeitura trabalhar, tapar
buraco, retirar árvores em
risco, arrumar asfalto, fazer
pontes que precisa, travessia
de córregos, fazer calçadas,
iluminar as ruas. Isso é tocar
a prefeitura, não ficar fazendo
discursos sociológicos.
Ajorleste - O metro, monotrilho vai chegar em Cidade
Tiradentes?
Andrea - O metro através
do monotrilho vai chegar,
mas você não vai fazer todo
o transporte público em monotrilho. Ônibus já existe.
Temos seis empresas de ôni-

Jornal

Wilson Borges-Presidente AJORLESTE, Adolfo Quintas-ex-vereador, Mauro Borges-Jornal Mais Brasil, Vereador
Andrea Matarazzo-PSDB, Divaldo Rosa-Grupo Acontece e Ricardo Spilla-Jornal José Bonifacio em Noticias
bus em São Paulo. O que tem de
fazer é dar um aperto neles para
melhorar a qualidade do transporte público. Os perueiros também. Hoje, perueiros virou uma
baderna na cidade, no transporte,
eles precisam ser regularizados,
organizados e modernizados. Dar
conforto aos passageiros. Eles
prestam serviço público e deve
ter qualidade mínima. O povo
paga por isso.
Ajorleste - Abrir o mercado
do transporte público não beneficiaria?
Andrea - Tem de disputar
concessão. Isso é assim no
mundo inteiro. Tem de exigir
qualidade, com especificação
mínima de qualidade do serviço,
com pena de perder a concessão.
Ajorleste - Sobre idoso, o que
o senhor como vereador pode fazer de concreto para essa parcela
crescente da população?
Andrea - O que precisa fazer
é uma política pública para a
terceira idade. Eu quando secretário fiz as primeiras academias
para a melhor idade da cidade.
Isso eu aprendi na Itália, quando
morei lá e vi. Aqui a gente está
acostumado com entidades voltadas com programas focados
somente para as crianças, o que
está corretíssimo. Quase que uma
entidade por criança. Estamos
esquecendo que o país está envelhecendo. Na Itália tem um idoso
para cada habitante. No Brasil
a população está envelhecendo,
é fundamental que tenhamos
políticas públicas para os idosos.
Ajorleste - Você continua
a fazer gestões sobre cultura,
em contato com o Governo do
Estado?
Andrea - A Cultura, e aí
vamos falar em relação especificamente da Zona Leste. A
Zona Leste tem uma tradição e
produção cultural muito grande.
Hoje a atividade cultural é uma
grande fonte geradora de renda
para as pessoas. Você precisa
sistematizar aquilo e organizar.

A Fábrica de Cultura tem muito
esse papel. Capacita melhor essas
pessoas dando suporte para a
organização, que a Secretaria de
Cultura tem de dar também e daí
vai criar artistas, iluminadores,
cenógrafos, produtores culturais,
enfim é uma atividade econômica
da chamada economia criativa
que gera renda, gera ocupação
em grande escala e transforma
as pessoas, que a coisa mais
importante.
Ajorleste - Eleição do Diretório Municipal do PSDB. A
nova composição tem uma visão
mais ampla, uma proximidade
maior com o povo, uma proposta
melhor? A pergunta formulada
para Andrea Matarazzo e Adolfo
Quintas que estava também presente à entrevista.
Andrea - Não, ao contrário.
A nova direção é muito parcial.
O PSDB Municipal passou a ser
um partido de três secretários
que têm como objetivo as suas
candidaturas próprias. Hoje presidido por um ex-deputado de
Botucatu, que perdeu eleição
Então eu acredito que o partido
terá grande dificuldade de conseguir dialogar com a cidade, que
é o fundamental e mais ainda e
principalmente de ampliar os
seus diretórios zonais, que isso é
uma ideia do Adolfo Quintas, de
criar dentro dos zonais, postos
avançados, núcleos de bairro,
porque a cidade é muito grande
e o PSDB precisa ter interlocução
em todos os bairros. Eu acredito
que o partido precisaria estar focado exclusivamente nisso, para
se preparar na eleição do Geraldo Alckmin, no ano que vem e
depois sim começar se preparar
para a eleição da prefeitura. A
composição atual, eu não reconheço como a do nosso PSDB.
Eu retirei a minha candidatura
para não ser derrotado. Concorrer
com alguém do partido, seria democrático. Agora para mim seria
óbvio que seria derrotado por três
Secretarias: do Meio Ambiente,

de Planejamento e de Energia que
estavam pressionando a militância
a votar no outro candidato.
O fundamental é que o partido
na Capital tem de ter forte influência dos vereadores, que conhecem
a cidade.
Resposta de Adolfo Quintas Eu sempre defendi que o PSDB
fosse um partido de massa, e até
agora ainda não consegui fazer.
É um absurdo que um membro
do interior venha dirigir o partido
na Capital. Isso com a permissão
e aval de políticos importantes
eleitos aqui na capital. Nós temos
pessoas com vontade política,
com ideais, e altamente capacitados da Capital para dirigir esse
partido e trouxeram pessoa de
fora que não conhece a cidade,
que não tem a menor intenção de
buscar essa qualidade política.
Uma pessoa que foi até derrotado,
que não tem intenção promover
um crescimento do partido. A
história está aí. O PMDB até hoje
é grande por conta disso. As raízes
criadas pelo partido no tempo de
Mário Covas, Franco Montoro,
Orestes Quércia. Mauro Borges,
Avanir Duram Galhardo. Criadas
pela proximidade, pelo contado e
compromisso com o povo.
Aparentemente estão querendo acabar com o PSDB aqui na
Capital, pois são pessoas que não
têm nada a ver, que não tem preocupação de promover benefício
social e as metas do partido.
Ajorleste - Nesse contexto, o
que vocês pretende para fortalecer
o partido?
Andrea - O partido se fortalece através das pessoas. Pode ser
institucionalmente ou não. Quem
tem os votos é o Adolfo Quintas, o
Gilson Barreto, a Patrícia Bezerra,
o Andrea Matarazzo, o Claudinho.
Enfim, os votos são das pessoas,
independente da gestão. A direção
do Júlio Semeghini foi um desastre e a sequência não será diferente. Vamos continuar trabalhando,
avançando, com a proposta de
melhorias das condições de vida
da cidade de São Paulo. Elegemos
uma bancada de nove vereadores.
Ajorleste - Um espaço aberto
para fazer explanação, para falar
o que o senhor quiser.
Andrea - Administrar uma cidade do porte de São Paulo é preciso fazer um governo de milhares
de pequenas obras de interesse
local e algumas grandes obras de
interesse geral. Tenho convicção
de quem conhece o que precisa
em um determinado bairro é quem
mora ou quem trabalha naquele
lugar. Os projetos e propostas
tem de vir originalmente da população. As subprefeituras tem de
ouvir a população. A Zona Leste
tem de aproveitar esse momento.
Pois é o momento dela. É o momento da Zona Leste aproveitar
e crescer. E continuar crescendo.
Tem de cobrar um novo Plano
Diretor e recursos necessários
da prefeitura, para desamarrar os
investimentos que têm previstos
para lá. O zoneamento é um dos
problemas que a Zona Leste tem.

Andrea Matarazzo e Adolfo Quintas

Diretor e Chefe de Redação: Divaldo Rosa MTb: 42.488 • Jornalista (fl): Silmara Galvão Nunes • Representantes Comerciais:
Divaldo Rosa • Diretor de Arte: Sérgio Avante • Designer: Ademir Rodrigues • Revisora: Prof. Suseli Corumba • Administração
Financeira: Ademir Rodrigues • Distribuição: Mart Press Distrib.de Jornais • Redação e Publicidade • Fone/Fax: 2031-2364 /
2513-0928 • Av. Guachos, 166 • Cep: 08030-360 • Vila Curuçá - SP - E-mail: raleste@gmail.com (fl = Freelancer)

Uma publicação do Grupo
As matérias publicadas são de exclusiva responsabilidade dos colaboradores e não representam necessariamente a opinião do
Acontece de Jornais e Revista Jornal. Os nomes dos colaboradores e representantes comerciais não mantém vínculo empregatício com a empresa.
3

2ª quinzena
ABRIL/2013

Walter Feldman inaugura “Roda Viva do Grupo Acontece”
No último sábado o deputado federal Walter Feldman
cumpriu uma extensa agenda
na Zona Leste de São Paulo,
cujo ápice foi o encontro com
lideranças, blogueiros e jornais
da Zona Leste, na sede do
Grupo Acontece de Jornais e
Revistas. Participaram deste
encontro: Jornal MB - Mais
Brasil, Revista Perfil, aficionados por redes sociais como
Jornalista Genivaldo Barbosa,
Blog Linguarudo da Zona
Leste, Toninho Novais (Rádio
Cumbica) e grandes lideranças
comunitárias (Geraldo Malta,
Cida Costa, Valdemiro Junior,
Dr. Luiz Carlos Silva, Val,
Prof. Marcelo, Prof. Isabel,
Cazuza, Johny, Fernando, Roque Fernandes, Luiz Ferreira e
muitos outros.
Feldman foi recebido por
Divaldo, diretor-fundador do
Grupo Acontece, que logo deu
início a uma nova modalidade
de entrevista, que foi apelidado
pelo deputado como “Roda
Vida do Grupo Acontece”. E
ficou claro para os convidados
que a sede Grupo Acontece
se tornou definitivamente um
“point”, por onde passam
gestores públicos, artistas e
políticos. “Esta é a casa mais
democrática da Zona Leste.
Aqui receberemos pessoas de
todas as linhas de pensamento
e de todos os partidos”, diz
Divaldo Rosa.
Divaldo Rosa, diretor do
Grupo Acontece - Você que
acompanhou os casuísmos dos
militantes contra o MDB no
governo Figueiredo e Geisel
em 1974 contra o PMDB, como
você vê a tentativa do Governo
Dilma de impedir a formação de
novos partidos no Brasil?
Walter Feldman - Há uma
articulação e conspiração que
vem direto do palácio do planalto para que na próxima

e há um cuidado permanente.
Só para se ter uma ideia, eu já
fui procurado por mais de 80
cidades, por prefeitos, viceprefeitos, deputados federais e
estaduais, secretários, vereadores que querem vir para a Rede.
Quando a conversa começa
“olha quero ir para a Rede para
disputar a eleição para meu
município, portanto eu quero
o partido na minha mão”, tá
fora. E olha que nós precisamos
de gente, precisamos coletar
assinaturas, mas se este é o
discurso, tá fora.
Edilson vice-presidente da
União Brasil Gigante - Questiona se a Rede será um partido
de oposição e dará a cara para
bater assim como o PT?
Walter Feldman - A Rede é a
proposta de fazer a nova políti-

eleição de 2014 a Dilma possa
se consagrar reeleita no primeiro turno. A possibilidade
da candidatura da Marina Silva
leva a disputa para o 2º. turno.
Nós perdemos na Câmara sob
o comando do PT e do PMDB,
eles que armaram a maioria
para massacrar. Vão ao Senado
pretendendo fazer uma nova
resistência e, se lá perdermos,
vamos ao Supremo Tribunal
Federal para que a Rede seja
criada.
Roque Fernandes diretor de

ONG - Você é um nome bastante citado para ser candidato a
prefeito de São Paulo. Você tem
esta vontade de ser representante em nosso Estado?
Walter Feldman - Nós teremos candidaturas e nomes
a deputados federal, estadual,
senador, governador, prefeito e
a vereadores. Porém se a Rede
me chamar para cumprir qualquer tarefa eu farei.
Professor Marcelo Miranda
- Quando houve a fundação
do PSDB nós fomos a Brasília

com todas as esperanças que
estamos vendo na Rede. Como
explicar a perda de expectativa
com o PSDB? E qual a preocupação com a elaboração do
Estatuto?
Walter Feldman - Quando
a Marina coloca a necessidade
de criarmos um partido que
tome todos os cuidados éticos,
programáticos, não deixar vir
gente apenas com interesses
eleitorais, porque daqui a pouco, se não tomar cuidado, estará
contaminado da mesma forma
que os outros, então a ideia
é ajudar na reforma política
do Brasil outra vez, porque a
democracia que nós conquistamos a duríssimas penas pode
estar comprometida. O PT hoje
tem o projeto de hegemonia,
projeto a longo prazo que, na
verdade, é muito semelhante ao
de Hugo Chaves na Venezuela,
claro, é mais disfarçado, não
é tão aberto como o de Hugo
Chavez, mas é perigoso, pois a
Dilma usa os instrumentos de
comunicação de uma maneira
descarada, ela coloca benefícios
sociais para encantar o povo
mais pobre comprometendo
o equilíbrio da economia dos
estados dificilmente em condições de sustentação para o
futuro, isto só para ganhar as
eleições, isto atenta contra a
democracia do Brasil, porque
minhas preocupações políticas
são as futuras gerações, não é a
próxima eleição.
Já em relação ao estatuto,
ele foi altamente discutido em
Brasília e pode ser acessado por
todos pelo site Brasil em Rede

ca, uma política com princípios
e valores, que não se vende a
nenhuma troca de interesses e
vem para reunir as forças mais
progressistas do Brasil, aquelas
que tenham um comprometimento com a História Brasileira.
Sandro, funcionário do Tide
Setubal, frisou sobre o caos da
saúde pública - Participei de
duas reuniões com o Ministro
da Saúde Padilha, ele faz a
apresentação e a impressão que
se tem é que nós temos a melhor
saúde do mundo, você sai da
reunião e os que estão assistindo perguntam o seguinte: Ele
é Ministro da Saúde da onde?
(risos) porque o que ele diz não
corresponde à verdade. Nunca
esteve tão ruim nos últimos 20
anos.
Professora Isabel fez uma
bela homenagem ao amigo de
longa data Walter Feldman.
Relembrou fatos marcantes
da história de vida do Walter
e agradeceu por ele se ajuntar
à Mariana Silva para salvar o
Brasil e trazer esperança para
os paulistanos.
Val liderança de Ermelino
Matarazzo abordou o tema da
segurança pública e citou a falta
de ronda escolar, citou o tráfico
de drogas e o crescimento de
crimes onde envolve menores
infratores e perguntou quais
são os projetos que a Rede tem
para inibir este tipo de conduta.
Walter Feldman - Uma série
de práticas demonstram que
atrás do crime tem a droga - o
Crack , e tem infelizmente
envolvido o adolescente. Junto
com esta primeira política an-

tidroga, o Governador Geraldo
Alckmin levou esta semana
ao congresso uma proposta de
projeto que deve ser tratado
como regime de urgência aqui
no tratamento aos menores
ou aos adolescentes infratores
com muito mais rigor do que
este que existe hoje pela Lei
do ECA.
Toninho do Mercado falou
sobre a importância da ética na
política e pediu para que Walter,
junto ao futuro partido Rede,
voltasse sempre à região, para
que o político tenha contato
direto com a militância e com
a população.
O Advogado e diretor da
OAB de São Miguel, Dr. Luiz
Carlos Silva, aproveitou o embalo da conversa para afirmar
seu interesse em sair candidato
para as eleições de 2014 como
deputado estadual, e afirmou
ainda que a região não está órfã
de bons pré-candidatos, apenas
é preciso haver mudança no
quadro da política.
Morador de Ermelino Matarazzo, Junior se manifestou
indignado com o momento
da política: “Estou broxa politicamente”, porém declarou
que a Rede tem se mostrado
muito atraente. E fez a seguinte
pergunta: A Rede segundo o
estatuto dela será construída de
que forma: diretório nacional,
estadual, municipal e diretório
zonais?
Walter Feldman - Gostaria
de dizer que a Rede pode ser
todos nós, não me dêem esta
carga de eu ser a Rede (risos). A
Rede será um sistema para que
a sociedade em geral participe
de uma forma muito ampla e
horizontal, caso contrário será
igual aos outros partidos. É
importante que todos devam
influenciar nas decisões a serem
tomadas, e faço um convite,
venham todos para a Rede.
Eu na última eleição do diretório municipal do PSDB defendi a decisão de um militante,
não de um parlamentar, porque
o parlamentar que quiser dirigir
um partido, ou não vai ser bom
parlamentar, ou não vai ser bom
dirigente partidário, porque
não há tempo. Quem quer ser
um bom deputado tem que se
dedicar muito no mandato, é
muito trabalho e não terá tempo
de dirigir o partido. Eu propus
isto no estatuto da Rede, falei
que não aceitava a Rede com
direção de parlamentar, sou
contra, pois tem que ser um
militante se possível profissionalizado, dedicado a isto, e que
abra um sistema para todos participarem. A Marina participa
de nossas reuniões como mais
uma lá, eu também sou um lá,
e se eu achar que eu sou mais,
pau em cima de mim (risos)...
lá militante fala e é ouvido, e
se tiver argumento bom, será
a conduta do partido naquele
instante.
4

2ª quinzena
ABRIL/2013

Guaianases, 152 anos de urbanização e desenvolvimento

No próximo dia 3 de maio
o bairro de Guaianases comemora 152 anos de fundação
. São mais de um século e
meio de construção de uma

identidade. Inicialmente a
região foi ocupada pelos índios Guaianás que deram o
nome ao bairro. Depois veio
a urbanização, onde o mar-

co maior foi a implantação
da linha de trem com uma
estação ferroviária no bairro.
Hoje o bairro de Guaianases
e composto pelos distritos de

Guaianases e Lajeado, que
juntos formam a subprefeitura de Guaianases.
Para comemorar esta data
marcante, a subprefeitura

em parceria com a Diretoria
Regional de Ensino, policia Militar, GCM, escolas
e entidades comunitárias e
esportivas terão uma extensa

programação que transcorrerá durante todo o mês de
maio, cuja íntegra publicamos abaixo:

PROGRAMAÇÃO DA FESTA DE
ANIVERSÁRIO DE 152 ANOS DE GUAIANASES
03 de maio (sexta-feira) – 19h – CEU Jambeiro – Cerimônia de abertura dos festejos
de aniversário de 152 anos de Guaianases
04 de maio (sábado) – 9h – Mercado Municipal “Leonor Quadros” – Festa de aniversário
de 25 anos do Mercadão
05 de maio (domingo) – 14h – CEU Lajeado – GuaiaSamba
10 de maio (sexta-feira) –19h – CEU Jambeiro – Show de MPB
11 de maio (sábado) – 9h às 17h – Praça do Mercado Municipal – Homenagem às Mães
17 de maio (sexta-feira) – 18h – CEU Lajeado – Baile com a equipe “The Sound of
Power” (com a presença de membros fundadores)
18 de maio (sábado) – 8h às 12h – CEU Jambeiro – Seminário “De Volta para o Futuro”
(em defesa dos direitos da criança e do adolescente)
18 de maio (sábado) – 15h – Paróquia Santa Quitéria – Tarde de Louvor (com várias
bandas católicas do bairro)
19 de maio (domingo) – 9h às 15h – CEU Jambeiro – Atividades esportivas (futebol de
campo, futsal, skate, capoeira)
24 de maio (sexta-feira) – 19h – CEU Jambeiro – Show Sertanejo
25 de maio (sábado) – 9h – CEU Jambeiro – Ato Inter-Religioso
25 de maio (sábado) – 15h – Igreja do Evangelho Quadrangular (Guaianases I) – Louvorzão (com várias bandas gospel do bairro)
26 de maio (domingo) – 9h – Av. Salvador Gianetti – Desfile cívico
26 de maio (domingo) – 12h – Praça de Eventos – Show Transconexão “A Rádio Show”
30 de maio (quinta-feira) – 9h – CEU Jambeiro – Festival de aniversário do Botafogo
F.C. (com presença das categorias de base do São Paulo F.C.)

Deputado Estadual Alcides Amazonas inaugura
escritório para receber o povo da Zona Leste

O deputado Alcides
Amazonas (PCdoB) acaba
de inaugurar seu escritório
político na Rua Irineu Bonardi, 129, em São Miguel
Paulista. No local, a população poderá levar seus pedidos e receber orientações
sobre assuntos diversos.
Para marcar uma visita ao
deputado Alcides Amazonas em seu escritório, basta
entrar em contato pelos
telefones 2037-2900 ou
2037-1106, de segunda a
sexta, em horário comercial
e aos sábados até às 13h.

“É importante termos
um espaço democrático
para organizarmos nossa
atuação e estarmos abertos
ao povo.Vamos desenvolver um trabalho pesado
aqui, região onde vivo há
mais de 40 anos”, disse
Amazonas.
No dia da inauguração,
que reuniu mais de 300
pessoas, o vereador Orlando
Silva, presidente do PCdoBSP, enfatizou: “estamos no
coração da ZL, que Amazonas conhece muito bem,
como poucos em nosso

estado, e tenho certeza de
que ele será um grande companheiro para o progresso da
região”.
Ações concretas
para a Zona Leste
Em apenas três meses
de mandato, Amazonas
já fez uma série de ações
relacionadas à Zona Leste.
“Participei das plenárias
e opinei sobre o plano de
metas e o plano diretor da
cidade, apresentados pela
prefeitura. Também tenho
visitado todos os subpre-

feitos e chefes de gabinete
para colocar nosso mandato
à disposição da região”,
explicou.
Amazonas também já
recebeu e encaminhou uma
série de solicitações da
população e está estudando
maneiras de ajudar a região
por meio de indicações e
emendas ao governo estadual. Recentemente, ele

esteve com o comandante
da PM, coronel Benedito
Meira, levando pedidos dos
moradores relativos à falta
de segurança.
Um deles diz respeito
à instalação de uma base
da PM na Praça Enedina
de Souza, localizada nas
proximidades da Avenida
São Lázaro de Jerusalém,
no Jardim Célia, Guaiana-

zes. Outro pedido foi feito
pelos moradores do entorno
e funcionários da Escola
Estadual Luiz Umberto
D’Urso, no Itaim Paulista,
que tem sido alvo de depredações e vandalismo, além
de seus professores já terem
sofrido ameaças na saída da
escola.
Os moradores também
pediram ao deputado a instalação de uma base da PM
e intensificação do policiamento nas imediações da
Praça José Felix Lisboa, no
Conjunto José Bonifácio,
Itaquera, onde tem havido
casos de furto.
Amazonas também esteve no Itaquerão fiscalizando as obras do estádio
e do entorno juntamente
com o ministro do Esporte,
Aldo Rebelo, o governador
Geraldo Alckmin e o prefeito Fernando Haddad. “A
arena está 70% concluída.
Também visitamos as obras
da alça de acesso entre a
Radial e a Jacu-Pêssego e
estamos apoiando a implantação da Unifesp na Zona
Leste. Enfim, estamos participando de várias lutas e
queremos atuar ainda mais
pelo desenvolvimento desta
região”.
5

2ª quinzena
ABRIL/2013

Sentir raiva demais pode
prejudicar a sua saúde
Em pequenas doses, a raiva
pode servir de impulso
para ações ou motivação para mudanças, segundo
Armando Ribeiro
das Neves Neto, psicólogo e coordenador
do programa de avaliação
do estresse do hospital da Beneficência Portuguesa de São
Paulo. “As medicinas antigas
defendiam que todas as emoções são positivas se estiverem
equilibradas em nossas vidas.
A raiva pode ser um gatilho
para nos mobilizar para a ação.
É uma emoção muito poderosa
e que, quando bem canalizada,
nos faz ter energia para enfrentar as dificuldades”, diz ele.
O problema todo começa
quando o sentimento extrapola
o bom-senso e passa a prejudicar a saúde e o convívio social.
“Ela é ruim quando chega a
causar sintomas mentais e físicos prejudiciais, como depressão”, aponta Carvalho.
Sentir raiva excessiva e de
forma constante pode trazer
diversos males ao indivíduo ao
longo do tempo. “Podem surgir
problemas como cansaço físico
excessivo, falta de memória e
problemas gastrointestinais”,
cita a psicóloga.
A raiva provoca uma descarga de adrenalina muito grande
no organismo, e leva a alterações fisiológicas como aumento
da pressão e dos batimentos
cardíacos, tonturas, vertigens,
tremores, sudorese, pelos arrepiados, inquietação e até
insônia. É como se o corpo,
literalmente, se preparasse para
o ataque.
Ao longo do tempo, essas

“descargas” de raiva podem
acarretar doenças mais graves,
caso ocorram com muita frequência e intensidade além do
aceitável. “Os hormônios por
trás da raiva podem se transformar em gatilhos para um infarto
cardíaco ou acidente vascular
cerebral (AVC)”, alerta Neves
Filho.
A raiva também pode levar
à obesidade, já que está por trás
do transtorno do comer compulsivo, que leva indivíduos
a ingerirem desenfreadamente
comida.
Isso sem contar os prejuízos
no convívio social e o isolamento que o sentimento pode
acarretar, uma vez que alguém
constantemente raivoso se
torna desagradável, afastando
as pessoas que ama de perto de
si. “Raiva excessiva maltrata o
corpo, a mente e principalmente
as relações. É responsável por
destruir casamentos, impedir a
comunicação afetiva e a escuta
atenta. Literalmente, ela cega”,
fala Neves Neto.
Explosões: A raiva pode
começar com uma simples irritação e se transformar em fúria,
se não for controlada ou canalizada corretamente. O maior ou
menor potencial para se ter este

sentimento tem bastante ligação
com a personalidade de
cada pessoa e com
a maneira como ela
encara a vida. “A
forma de se encarar
os problemas e adversidade na vida tem
relação com o sentir raiva”,
diz Carvalho.
Atitudes como inflexibilidade, perfeccionismo, exigência e
impaciência transformam o indivíduo em alguém mais raivoso que os demais. Como quase
sempre as coisas não saem da
forma como a pessoa gostaria,
ela se sente frustrada, insegura
e ameaçada, e se torna alvo fácil
da raiva. “É necessário fazer
uma reestruturação cognitiva
para que seus pensamentos e
crenças de vida possam ser
trabalhados e assim ter uma
melhora”, explica a psicóloga.
Junto com o estresse do dia
a dia, essa raiva pode ser potencializada e transformar a pessoa
em uma bomba-relógio prestes
a explodir. “O estresse aumenta
ainda mais a irritabilidade e
os ataques de raiva podem ser
mais intensos”, diz a médica.
“O problema normalmente se
dá quando a pessoa perde controle desse estado emocional e
começa a reagir intensamente
ao sentimento”, continua ela.
Daí para agressões físicas
ou verbais é um passo. Expressar a raiva de forma violenta, no
entanto, não é considerado um
comportamento normal, ainda
que todo dia vejamos na TV e
no noticiário exemplos desse
tipo. “O ‘explodir’ geralmente
ocorre com pessoas agressivas e
muitas vezes com transtorno de
personalidade”, fala Carvalho.

Saiba como evitar
baratas, pernilongos e
outros insetos em casa

Não tem jeito, é só o verão
começar que baratas, pernilongos e formigas invadem
todos os cantos da casa. O
fenômeno acontece graças ao
aumento do calor, que facilita
o desenvolvimento dos insetos
(cuja temperatura preferida
é em torno de 25ºC e 35ºC),
pois encontram mais água e
alimento no ambiente. Para diminuir essa presença incômoda,
o ideal é preparar a casa com
telas, aplicação de inseticidas
e, principalmente, manter a
limpeza dos ambientes em dia.
Deixar migalhas de alimentos
pelo chão, panelas abertas com
comida e lixo acumulado na
cozinha são atitudes que permitem a proliferação de baratas,
formigas e moscas.
Baratas: no Brasil, as espécies de baratas Blattella germanica e Periplaneta americana
são as mais comuns. A primeira,
tipicamente doméstica, possui
15 milímetros de comprimento e pode ser encontrada nas
cores marrom ou amarela. Sua
presença é comum em locais
como depósitos de alimentos,
bancadas de pia e frestas na
alvenaria.
Já a barata americana é
maior, voadora, escura e busca
comida geralmente durante
a noite. Gosta de criadouros
úmidos e quentes, além de caixas d’água, canos de esgotos,
jardins e cisternas. Ocombate
a estas criaturas , de maneira
geral, é feito com a retirada
de caixas de papelão (pois
costumam servir de abrigo) e o
fechamento de portas e janelas
no final da tarde.
“Outra saída é o uso de

‘iscas’, como as de gel, para
colocar no caminho das baratas,
fazendo o veneno chegar até o
ninho”, diz Osmar Malaspina,
professor do Instituto de Biociências da Unesp. Caso os
insetos entrem na casa pelo ralo
é sinal de que esgotos, fossas
e caixas de gordura precisam
ser limpos. Aplicar um bom
inseticida também ajuda no
combate, entretanto, a medida
é eficaz somente para a espécie
doméstica.
Mosquitos e pernilongos:
afastar os mosquitos e pernilongos de dentro de casa é outra tarefa complicada, pois um extermínio realmente eficaz é aquele
que destrói o criadouro. A tática
para afastá-los, ainda que temporariamente, é usar repelentes
(elétricos, aerossóis ou de citronela) e renovar a aplicação do
produto a cada duas horas. O
efeito será paliativo porque a
substância interferirá somente
no odor exalado pela pele, mas
não matará os insetos voadores.
Recorrer ao uso de telas em portas e janelas, na perspectiva de

criar uma barreira física, e ligar
o ar-condicionado são outras
possibilidades de repeli-los.
Formigas: quem sofre com
a infestação de formigas deve
ter consciência de que o mal
será resolvido apenas com a
destruição do ninho. O professor Malaspina lembra que
receitas caseiras como deixar
cravo-da-índia nas proximidades do formigueiro amenizam
a situação, mas não a resolvem.
O uso de inseticidas , por outro
lado, é eficaz e permite espalhar
na colônia o veneno instalado
nos insetos contaminados. O
produto deve ser aplicado em
móveis, eletrodomésticos e nos
cantos dos cômodos. “Combater formigas caseiras, baratas e
moscas é importante porque tais
pragas são vetores mecânicos
de doenças. Elas carregam patógenos e contaminam alimentos
e utensílios pelos quais transitam”, afirma Marcos Roberto
Potenza, engenheiro Agrônomo
especialista em Entomologia
Urbana.

Proteção solar é a melhor companhia para o verão
Tão importante quanto escolher os melhores períodos para se expor ao sol é optar por produtos que protejam contra
os raios UVA e UVB e que sejam capazes de tratar a pele contra os efeitos nocivos da radiação solar
Proteção solar é um assunto sério que exige cuidados o
ano inteiro, mas não há como
negar que essa preocupação
se intensifica com a chegada
do verão, quando a exposição
ao sol é mais frequente. E a
melhor companhia para a estação mais quente do ano são
os protetores solares de amplo
espectro que oferecem proteção química, física e biológica
reunidas em um único produto,
ou seja, além da defesa contra
os raios UVA e UVB ainda
são capazes de tratar os danos
causados pelo sol, uma das
especialidades da Buona Vita
Cosméticos.
Seja para uso após procedimentos estéticos com profissional ou pelo consumidor

final, os protetores solares da
Buona Vita agem de forma
sinérgica ao proteger a pele
contra absorção dos raios UVA
e UVB transformando-os em
radiações inofensivas. Também oferecem defesa contra
os raios infravermelhos e ainda
contêm propriedades antioxidantes fundamentais para
evitar a formação dos radicais
livres responsáveis pelo fotoenvelhecimento.
E para quem quer fotoproteção diária, cobertura de
imperfeições, hidratação e redução de rugas com resultado
natural e uniforme e a possibilidade de dispensar o uso da
base e primer ao se maquiar, há
a opção dos protetores com o
conceito BB Cream (Blemish

peratura durante a exposição
solar influencia vários tipos de
radiações, o que faz com que
produtos que contenham esses
conservantes liberem formol e
tornem a pele mais propensa a
queimaduras solares.
E justamente por ter uma
posição de vanguarda, a empresa não precisará se adaptar
às novas normas estabelecidas
este ano pela ANVISA no
que se refere às informações
presentes no rótulo e nem
sobre a exigência de que os
protetores solares devem ter
proteção contra raios UVA de,
no mínimo, um terço do FPS
declarado, pois tudo isso já
fazia parte da linha da Buona
Vita antes mesmo de se tornar
uma exigência.

Balm ou Beauty Balms). O seu
sistema adapt color permite o
uso por pessoas de qualquer
fototipo de pele. É ideal para
o profissional de estética que,
pode contar com um único
produto para ser aplicado em
clientes de diferentes tonalidades de pele, e para a consumidora final, que não terá a
preocupação de encontrar a cor
certa para o seu fototipo.
Vale lembrar que a Buona
Vita é a única no mercado a
oferecer produtos com bases biocompatíveis livres de
óleos minerais, propilenoglicol, parafina e conservantes
parabenos e liberadores de
formol. O que torna sua linha
de protetores solares mais segura, já que a alteração de tem-

Problemas para dormir? Veja dicas que podem ajudar a pegar no sono
Não tomar muita água antes de dormir, deixar o quarto
escuro e se livrar das preocupações com o dia seguinte
são uma das principais dicas
Dormir bem e na quantidade
adequada é importante, no
entanto, para alguns, ter uma
noite de descanso às vezes é
um pesadelo. De acordo com
o Instituto Nacional da Saúde, “pelo menos 40 milhões
de norte-americanos experimentam distúrbios crônicos
do sono a longo prazo e 20
milhões enfrentam problemas
ocasionais. A pesquisa fez
uma lista de dicas que podem
ajudar a melhorar a qualidade
do sono; veja a seguir: Água: é
importante se manter hidratado
o dia inteiro, mas beber muito
líquido antes de dormir pode
perturbar seu sono. Levantar no
meio da noite para ir ao banheiro interrompe o ciclo noturno,
por isso, deixe para se hidratar

ao acordar.
Tecnologia: televisão, smartphones e computadores costumam manter a pessoa acordada.
A exposição à luz artificial antes
de dormir suprime a liberação
do hormônio melatonina, que
promove o sono. Uma hora
antes de dormir, evite o uso
destes aparelhos. Leitura: uma
das melhores formas de relaxar
sua mente antes de dormir é ler.
Ficção é melhor, pois é menos
desgastante para o cérebro.
Mas, o ideal é um livro de papel
e não gravado no iPad.
Luz: ela provoca a liberação
de hormônios e substâncias
químicas que nos mantêm
acordados ou que nos levam a
acordar. Desligue as luzes, feche as cortinas ou compre uma
máscara para os olhos. Reduzir
a quantidade de luz ambiente
no seu quarto pode ser uma
solução rápida para problemas
com o sono.

Cafeína: basta não beber nas
duas horas anteriores ao sono.
Na parte da manhã, a bebida
traz benefícios e ajuda há começar o dia com mais energia,
no entanto, antes de dormir só
prejudica o sono.
Ansiedade: pensar nos compromissos do dia seguinte,
por vezes, não deixa a pessoa
adormecer. Trabalho, dinheiro
e problemas pessoas - tudo isso
pode impedir de cair no sono.
Planeje o “amanhã” antes do
jantar, pelos menos duas horas
antes de dormir, para limpar a
mente e aliviar o estresse.
Ruídos: tráfego, vizinhos,
sirenes, roncos de seu parceiro
ou terrores noturnos - todas
estas coisas podem tornar difícil permanecer dormindo. Um
pequeno ventilador funciona
muito bem para cancelar os
barulhos no exterior e substituílos por um zumbido que acalma
o cérebro.
6

2ª quinzena
ABRIL/2013

Aprenda a namorar como um homem

Acredite ou não, existem
algumas coisas que as mulheres
podem aprender com nossos
colegas do sexo oposto em
matéria de relacionamento. Se
homens são de marte e mulheres de vênus é preciso um
esforço para que se encontrem
no meio do caminho. Por isso, a
consultora Marla Marteson, do
site YourTango, listou 6 lições
para você aprender a namorar
como um homem.
Homens não tendem a ser
dramáticos: eles mantém os
assuntos pessoais para eles
mesmos ao invés de tentarem
chamar atenção. Eles se esforçam para serem corajosos
e não demonstrarem fraqueza,
apenas força. Então, é comum
ouvir mulheres dizendo que é
muito difícil fazer seus companheiros falarem sobre seus problemas. Por natureza homens
tendem a ser controladores e
competitivos, e não costumam
compartilhar suas emoções. Já
as mulheres normalmente são
mais propensas a falar e desabafar sobre seus sentimentos,
o que pode ser uma das razões
pelas quais vivem mais. Nós
não guardamos coisas, mas podemos aprender a controlar um
pouco essa tendência. Se você
realmente precisa se expressar

tente escrever um diário, falar
com um terapeuta, conselheiro
espiritual ou uma amiga. No
livro Enchanted Love, Marianne Williamson defende: “Não
há nada mais poderoso do que
uma mulher que sabe como
conter seu poder, sem deixá-lo
escapar, mantendo seu mistério
e silêncio. Uma mulher que fala
demais perde seu fascínio”.
Homens se colocam em primeiro lugar: os homens não estão prontos para cuidar de todos
os seus problemas e entender
suas mensagens após o primeiro encontro. Eles geralmente
cuidam se si mesmos primeiro.
Para um homem escutar os problemas de uma mulher é muito
trabalhoso porque ele sente
como se não tivesse outra escolha além de resolvê-los para
ela. As mulheres geralmente
são mais cuidadores. Cuidar e
amar são coisas maravilhosas,
mas não tenha medo de ser
um pouco egoísta, pensar em
si mesma em primeiro lugar e
deixá-lo cuidar de si mesmo um
pouco. As mulheres, no entanto,
parecem acreditar que o quanto
mais elas fazem por um homem
mais ele irá gostar dela e querer
ficar ao seu lado. Porém, não é
assim que funciona. Ele provavelmente será grato, mas não

irá respeitá-la e vai esperar que
você cuide de todos os detalhes
o tempo todo. Nos estágios
iniciais do namoro, nunca faça
por um homem o que ele pode
fazer por si mesmo ou contratar
alguém que faça. Você não é
sua empregada doméstica, um
serviço de bufê, mensageira
ou lavanderia. Você tem sua
própria vida e carreira para
gerenciar; É claro que é ótimo
retribuir se ele é atencioso com
você. Seja uma pessoa carinhosa, mas não aja como se fosse
mãe dele, tomando tudo para si
e resolvendo qualquer questão.
Homens pegam leve com

relacionamento: homens dificilmente consideram tratar de
exclusividade com uma mulher
após apenas dois encontros,
preferindo deixar suas opções
em aberto. É comum uma mulher achar que está com o homem de sua vida, mesmo que o
conheça há apenas uma semana,
enquanto os homens costumam
deixar a porta aberta para o
mundo lá fora por mais tempo.
Experimente não se fechar na
relação tão rapidamente, assim,
se a relação não der certo, não
se sentirá tão isolada do mundo.
Você também irá se sentir tão
desapontada e ferida se souber

que há outras possibilidades.
Homens não discutem tudo:
os homens não falam sobre seus
relacionamentos ou para onde a
coisa está indo. Eles são mais
de ação do que de palavras.
Dificilmente há amor a primeira
vista, mas desejo sim. Apenas
veja como as coisas vão, deixe
de que ele prove quem é a você,
certifique-se que ele tenha as
qualidades que procura em
uma pessoa. E se você tem que
ficar perguntando para onde
o relacionamento está indo é
porque provavelmente não vai
a lugar nenhum. Até que você
esteja saindo exclusivamente
com um homem por pelo menos
alguns meses você não está em
um relacionamento sério, está
conhecendo o cara.
Homens não analisam tudo:
as mulheres vão tentar descobrir o que o cara quis dizer
quando falou isso ou aquilo
ou o que queria quando ligou
em um determinado momento.
Já os homens simplesmente
seguem seu rumo, saindo com
alguém, se divertindo enquanto as mulheres enlouquecem
tentando bancar a psiquiatra,
psíquica, ou leitora de mentes
para tentar entender cada mínima coisa que ele diz ou fala.
Eles não esperam que outros

homens falem disso quando se
encontram, não perguntam aos
amigos como foi o dia deles, o
que fizeram no trabalho e quem
está namorando quem. Eles
geralmente só querem relaxar e
se distrair falando de assuntos
descontraídos como carros,
esportes etc.
Homens se acham: eles
normalmente não têm nenhum
problema com a expectativa
de sair com uma modelo mesmo quando estão precisando
perder uns 10 quilos. Não
seria fabuloso ter esse nível
de autoestima? As mulheres
geralmente se olham no espelho
mil vezes antes de sair de casa
checando e rechecando se não
parecem gordas, como está o
cabelo, a maquiagem e atrás
de qualquer detalhe que possa
não estar perfeito o suficiente.
Os homens não se questionam
outras pessoas para saber se
eles estão gordos ou se o corte
de cabelo está bom. Eles são
assim e isso não os intimida
a buscar o tipo de mulher que
desejam. Enquanto isso, as
mulheres baixam seu nível de
exigência por medo de ficarem
sozinhas. Então, comece a agir
como homem, mantenha a calma e espere por alguém que seja
como você procura.

Saiba como controlar o seu ciúme
O ciúme faz parte de todo
relacionamento amoroso. No
entanto, quando esse sentimento vira obsessivo, pode se
transformar em uma doença.
Saiba que apesar do ciúme
parecer um grande problema,
na dose certa, pode ser algo
positivo para o casal. Pequenas
pitadas são normais para uma
relação, já que quem ama cuida
de seu parceiro.
Mas, o ciúme pode deixar
de ser benéfico quando a mulher exagera na dose. A maior

prova do excesso de ciúme
é quando aponta para algo
que não vai bem à relação
amorosa. O estado patológico
associa uma diversidade de
emoções, como depressão,
ansiedade, raiva, vergonha,
insegurança, culpa e até vingança. A mulher começa a
perseguir o seu amado para
verificar aonde vai, além de
mexer no celular para ver
quem telefonou. Ou seja, o
ciúme torna se algo doentio
e pode até prejudicar o rela-

cionamento.
Conselhos para mulheres ciumentas
•	 Converse com o seu parceiro e o escute. Exponha
os seus pensamentos sem
receio de demonstrar suas
inseguranças;
•	 Mantenha-se calma e tranqüila. Para isso, pratique
alguma atividade relaxante ou até uma meditação;
•	 Saia mais com suas amigas
e entretenha-se com outras pessoas além de seu

•	
•	
•	

amado;
Permita que o seu companheiro tenha uma vida
social saudável;
Procure fazer uma nova
atividade, seja um esporte,
curso, trabalho manual ou
voluntário;
Aumente a sua baixa estima com roupas sensuais e
discretas ao mesmo tempo,
maquiagem e muita atitude! Quando a mulher se
sente bem, ela fica menos
insegura.
7

2ª quinzena
ABRIL/2013

Áries
Um benéfico triângulo de energia no
elemento ar envolve
seus relacionamentos, tanto os pessoais quanto os
profissionais, melhorando
a comunicação e dando um
novo fôlego para seus planos
e projetos.

Libra
Um benéfico triângulo de energias no
elemento ar beneficia diretamente seu signo, especialmente o setor amoroso,
aumentando seu otimismo e
fé na vida. O momento também é ótimo para as viagens
longas e os estudos

Touro
U m t r i â n g u l o de
energia no elemento ar coloca em andamento
os acordos e novos projetos
de trabalho. O momento é
ótimo também para as finanças e os projetos de médio
e longo prazo que envolve
viagens.

Sagitário
Um benéfico triângulo de energias no
elemento terra melhora a
comunicação, especialmente na apresentação de projetos e palestras. Um ótimo
contato com uma grande
empresa, clube ou instituição pode ser firmado.

Câncer
Um triângulo de
energia no elemento ar melhora sensivelmente suas emoções, desde as
mais superficiais às mais
profundas. É hora de deixar
o passado para trás. Reflita
e avalie escolhas feitas anteriormente.

Capricórnio
Um benéfico triângulo de energias no
elemento ar beneficia diretamente suas finanças e seus
projetos de trabalho. Um
acordo ou um novo contrato
pode ser firmado no dia de
hoje. Os relacionamentos
melhoram.

Leão
Um benéfico triângulo de energia no
elemento ar movimenta suas
amizades mais próximas,
possibilitando boas conversas, reuniões e viagens rápidas. O momento também é
ótimo para a comunicação e
as reuniões de negócios.

Aquário
Um triângulo de
energia no elemento ar beneficia diretamente
seu signo, sensibilizando
seu coração e trazendo
oportunidades de viagens
e estudos. O momento é
ótimo para rever sua fé e
filosofia de vida.

Virgem
Seu regente é envolvido em um benéfico triângulo de energias no
elemento ar, abrindo portas
e trazendo novas oportunidades em projetos e acordos
que certamente beneficiarão
suas finanças. Fique atento às
oportunidades.

Peixes
Um benéfico triângulo de energia no
elemento ar beneficia suas
emoções, tanto as do passado quanto as vividas no
presente. É um ótimo momento para rever escolhas e
deixar o que não serve mais
para trás.

veja como curtir as atividades
litorâneas, sem prejudicar a saúde

Escorpião
Um benéfico triângulo de energia no
elemento terra suaviza suas
emoções e mostra a necessidade de deixar para trás
sentimentos que já não fazem mais nenhum sentido
em sua vida. Dia ótimo para
meditar.

Gêmeos
Um triângulo de
energia bastante favorável envolve diretamente
seu signo, abrindo portas e
expandindo seus planos. Os
romances e os projetos que
envolvem negócios e pessoas
de outros países também
ganham com ele.

Prática de esportes na praia:

Quer uma promoção?
Sua mesa de trabalho pode ajudar; veja

Hospital do Coração alerta sobre a importância da hidratação
e da prática moderada de esportes na praia

No verão diversas pessoas migram para as praias do
litoral brasileiro em busca de
diversão. Muitos aproveitam
os feriados e as férias coletivas para curtir a estação
praticando esportes aquáticos
e de areia. É nessa época
que os cuidados com a pele,
corpo e alimentação devem
ser redobrados, pois com o
aumento da população nas
cidades litorâneas, surgem
às viroses, infecções alimentares, insolações e desgastes
físicos por conta do calor.
No que diz respeito à prática de esportes e atividades
físicas nas praias, as recomendações mais importantes
estão associadas à hidratação
do organismo, com o consumo abundante de líquidos, no
tempo da prática esportiva,
que deve ser na média de 45
minutos diários, quatro vezes
por semana e o horário da prática esportiva, que deve ser

antes das 10hs e após as 17hs.
De acordo com o cardiologista e médico do esporte
e responsável pelo Sport
Check-up do HCor - Hospital do Coração, em São
Paulo, Dr. Nabil Ghorayeb,
a prática de esportes é bem
vinda, desde que realizada de
forma correta sem sacrificar
o organismo. “Recomendamos as atividades de cunho
aeróbico como caminhadas,
corridas, bike, lazer na água,
frescobol, futebol, vôlei de
praia, entre outros. Essas
atividades devem ser praticadas moderadamente e nos
horários em que o sol está
menos agressivo. Outro fator
determinante é a condição
ambiental. O excesso de calor
com a alta sensação térmica
e a poluição das praias (areia
e água) também devem ser
levadas em conta”, afirma
o cardiologista e médico do
esporte.

Hidratação: De acordo com
Ghorayeb, os exercícios praticados na praia exigem mais do
organismo devido a um maior
grau de dificuldade que o exercício na areia proporciona. “A
intensidade dos movimentos é
mais elevada e demandam mais
esforço físico do esportista, que
gastará mais energia, num clima
mais quente e, consequentemente perderá mais líquido,
necessitando de uma hidratação
abundante constante”, afirma.
No caso das bebidas alcoólicas as mesmas não são consideradas hidratantes naturais
do organismo. “A hidratação
deve ser feita com água natural ou de coco e líquidos
isotônicos com as restrições
conhecidas aos hipertensos
e diabéticos, crianças e gestantes. As bebidas alcoólicas
destiladas devem ser evitadas
porque provocam um aumento
exagerado da diurese”, explica
Ghorayeb.

Dicas para a prática de esportes na praia
•	 Consumo de líquidos abundantemente, cuidados no
uso de isotônicos por hipertensos e diabéticos, nem
pensar pelas crianças e gestantes;
•	 Uso de Protetor Solar (15 a
30) no corpo e rosto a cada
2hs ou caso se molhe;
•	 Uso de boné, óculos e viseiras para a proteção dos olhos
e cabeça;
•	 Uso de roupas leves;
•	 Ingerir alimentos leves,
como frutas, água de coco,
lanches naturais, entre outros;
•	 Praticar as atividades por 45
minutos em média (quatro
vezes por semana), antes das
10hs e após as 17hs (horário
de verão);
•	 Realizar as atividades de
forma moderada e respeitar
os limites do organismo.

DAEE reforça limpeza do PET
para combate a dengue
Funcionários intensificam serviços para prevenir focos do mosquito, em mutirão
coordenado pelo DAEE (Departamento de Águas e Energia Elétrica)
Aposte no verde: estudos
mostram que as flores ajudam
as pessoas a ficarem de bom
humor. Clawson descobriu que
gurus fashion como têm sua
produtividade impulsionada a
partir do frescor da flora.
Tenha um ambiente bem
humorado: ter imagens inspiradoras aonde à vista alcança
é uma das apostas de estilista.
Seja na lateral ou na frente do
computador, o importante é ver
fotos que lembrem algo motivador como “eu quero férias
na praia”.
Exponha frases motivadoras: ”É interessante manter lembretes e cartões para lembrar
você de grandes realizações”,
sugere a pesquisa. Uma boa
dica é reunir cartas, desenhos
ou registros motivadores sobre
a própria carreira.
Sinta-se em casa: se você
trabalha duro, provavelmente
deve gastar mais tempo no
trabalho do que em casa. Por
isso, é importante sentir-se confortável. Impressione clientes
com um ambiente acolhedor,

como por exemplo com um sofá
aconchegante com almofadas
coloridas. Essa é uma tática
utilizada nos escritórios em
Nova York.
Preencha o espaço com livros: “pessoas bem-sucedidas
estão sempre trabalhando por
seus objetivos e tentando aprender algo novo em sua área”,
Preencha o espaço vago em seu
escritório com livros sobre a sua
profissão.
Mantenha o ambiente limpo:
de acordo com a pesquisa uma
estação de trabalho bagunçada
não inspira o fechamento de
novos negócios ou promoções.
Por isso, mantenha seu espaço
limpo e organizado, uma estratégia utilizada por diretores
criativos da unidade da Saks,
na 5ª Avenida, em Nova York.
Abuse da criatividade: não é
porque sua estação de trabalho
é arrumada que não pode ser
criativa. Os estilistas instiga a
própria imaginação mantendo
muitos lápis e canetas coloridas
em recipientes sobre a mesa.

O PET (Parque Ecológico
do Tietê) reiniciou no Núcleo
Engenheiro Goulart, o programa “Frente Contra a Dengue” que ocorre de segunda a
quinta, das 8h às 14h. Mesmo
nunca tendo existido casos no
parque, o objetivo da ação,
segundo seu diretor, Edison
Candido, é eliminar todos os
possíveis focos do mosquito.
Durante os quatro dias da
semana cerca de 60 trabalhadores se dividem nas tarefas
de coleta de lixo, eliminação
de poças - com o auxílio de
areia e cascalho - poda de
plantas e roça da grama.
O programa “Frente Contra
a Dengue” está previsto para
todo o verão, época chuvosa em
que o mosquito da dengue se
prolifera com maior facilidade.
O Parque: O PET (Parque
Ecológico do Tietê), administrado pelo DAEE (Departamento de Águas e Energia Elétrica)
possui uma área total com cerca
de 15,6 milhões de m²: 14 milhões de m² do Núcleo Engenheiro Goulart, 171 mil m² do
Núcleo Vila Jacuí e cerca de 1,5

milhões de m² do Núcleo Ilha
do Tamboré. Serviços: Horário
de funcionamento do núcleo:
8h às 17h - Entrada gratuita
Estacionamento: 50 vagas no
interior, próximo à administração do parque. Telefone: 29581477. Endereço: Rua Guira

Acangatara, 70. Atividades e
equipamentos que precisam
ser agendados: Programa de
Educação Ambiental, quiosques grandes. Como chegar:
O acesso fica na Av. Dr. Assis
Ribeiro, altura do nº 3.000. Indo
de carro, entre no km 17 da

rodovia Ayrton Senna, sentido
SP/Rio; de Metrô, desembarque
na estação Penha, pegue o ônibus Jardim Keralux e desça na
entrada do parque; pelo trem da
CPTM, desembarque na estação Engenheiro Goulart, e siga
até a entrada do parque.
8

2ª quinzena
ABRIL/2013

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Alberto Informa 3
Alberto Informa 3  Alberto Informa 3
Alberto Informa 3 Ailson Lima
 
Ata 2014 02 04
Ata 2014 02 04Ata 2014 02 04
Ata 2014 02 04macoesapo
 
Apresentação Projeto Calçada Segura Taubaté
Apresentação Projeto Calçada Segura TaubatéApresentação Projeto Calçada Segura Taubaté
Apresentação Projeto Calçada Segura TaubatéRECLAMA TAUBATÉ
 
Jornal do Paulo Malerba
Jornal do Paulo Malerba Jornal do Paulo Malerba
Jornal do Paulo Malerba Paulo Malerba
 
Campanha Calçada Segura - Taubaté
Campanha Calçada Segura - TaubatéCampanha Calçada Segura - Taubaté
Campanha Calçada Segura - TaubatéRECLAMA TAUBATÉ
 
Jornal Cidade - Ano I - Nº 05
Jornal Cidade - Ano I - Nº 05Jornal Cidade - Ano I - Nº 05
Jornal Cidade - Ano I - Nº 05Jornal Cidade
 
Jornal opção 201 colorido
Jornal opção 201 coloridoJornal opção 201 colorido
Jornal opção 201 coloridoAlair Arruda
 
JORNAL - INFORMATIVO DO VEREADOR PASTOR MARCELO GOUVEIA
JORNAL - INFORMATIVO DO VEREADOR PASTOR MARCELO GOUVEIAJORNAL - INFORMATIVO DO VEREADOR PASTOR MARCELO GOUVEIA
JORNAL - INFORMATIVO DO VEREADOR PASTOR MARCELO GOUVEIAMarcelo Gouveia
 
Boletim final psd_gaviao
Boletim final psd_gaviaoBoletim final psd_gaviao
Boletim final psd_gaviaoPaulo Matos
 
Jornal opção 190 online
Jornal opção 190 onlineJornal opção 190 online
Jornal opção 190 onlineAlair Arruda
 

Mais procurados (17)

Alberto Informa 3
Alberto Informa 3  Alberto Informa 3
Alberto Informa 3
 
Ata 2014 02 04
Ata 2014 02 04Ata 2014 02 04
Ata 2014 02 04
 
Jornal digital 11-04-17
Jornal digital 11-04-17Jornal digital 11-04-17
Jornal digital 11-04-17
 
Apresentação Projeto Calçada Segura Taubaté
Apresentação Projeto Calçada Segura TaubatéApresentação Projeto Calçada Segura Taubaté
Apresentação Projeto Calçada Segura Taubaté
 
Jornal do Paulo Malerba
Jornal do Paulo Malerba Jornal do Paulo Malerba
Jornal do Paulo Malerba
 
Campanha Calçada Segura - Taubaté
Campanha Calçada Segura - TaubatéCampanha Calçada Segura - Taubaté
Campanha Calçada Segura - Taubaté
 
Jornal Cidade - Ano I - Nº 05
Jornal Cidade - Ano I - Nº 05Jornal Cidade - Ano I - Nº 05
Jornal Cidade - Ano I - Nº 05
 
Tribuna Regional 99
Tribuna Regional 99Tribuna Regional 99
Tribuna Regional 99
 
Edição 206
Edição 206Edição 206
Edição 206
 
Jornal opção 201 colorido
Jornal opção 201 coloridoJornal opção 201 colorido
Jornal opção 201 colorido
 
JORNAL - INFORMATIVO DO VEREADOR PASTOR MARCELO GOUVEIA
JORNAL - INFORMATIVO DO VEREADOR PASTOR MARCELO GOUVEIAJORNAL - INFORMATIVO DO VEREADOR PASTOR MARCELO GOUVEIA
JORNAL - INFORMATIVO DO VEREADOR PASTOR MARCELO GOUVEIA
 
Jornal estradas rurais
Jornal estradas ruraisJornal estradas rurais
Jornal estradas rurais
 
Edição 215
Edição 215 Edição 215
Edição 215
 
Boletim final psd_gaviao
Boletim final psd_gaviaoBoletim final psd_gaviao
Boletim final psd_gaviao
 
Pg 2
Pg 2Pg 2
Pg 2
 
Jornal opção 190 online
Jornal opção 190 onlineJornal opção 190 online
Jornal opção 190 online
 
Edição 209
Edição 209Edição 209
Edição 209
 

Destaque

Gerenciando seu empreendimento e8
Gerenciando seu empreendimento   e8Gerenciando seu empreendimento   e8
Gerenciando seu empreendimento e8silviofsouza
 
Open écht leren
Open écht lerenOpen écht leren
Open écht lerenErik Duval
 
Gerenciando seu empreendimento e7
Gerenciando seu empreendimento   e7Gerenciando seu empreendimento   e7
Gerenciando seu empreendimento e7silviofsouza
 
Ehd271215 dg
Ehd271215 dgEhd271215 dg
Ehd271215 dgdgorter
 
Actividad 18
Actividad 18Actividad 18
Actividad 18maryfer97
 
Р.М. Рільке і Україна.
Р.М. Рільке і Україна.Р.М. Рільке і Україна.
Р.М. Рільке і Україна.gimnasia-kiev-ua
 

Destaque (10)

Guaianas 065
Guaianas 065Guaianas 065
Guaianas 065
 
Gerenciando seu empreendimento e8
Gerenciando seu empreendimento   e8Gerenciando seu empreendimento   e8
Gerenciando seu empreendimento e8
 
Spirol Brazil 2012
Spirol Brazil 2012Spirol Brazil 2012
Spirol Brazil 2012
 
ENGLISH
ENGLISHENGLISH
ENGLISH
 
Open écht leren
Open écht lerenOpen écht leren
Open écht leren
 
Gerenciando seu empreendimento e7
Gerenciando seu empreendimento   e7Gerenciando seu empreendimento   e7
Gerenciando seu empreendimento e7
 
Ehd271215 dg
Ehd271215 dgEhd271215 dg
Ehd271215 dg
 
Draft script 1
Draft script 1Draft script 1
Draft script 1
 
Actividad 18
Actividad 18Actividad 18
Actividad 18
 
Р.М. Рільке і Україна.
Р.М. Рільке і Україна.Р.М. Рільке і Україна.
Р.М. Рільке і Україна.
 

Semelhante a Guaianases 152 anos de história e desenvolvimento da Zona Leste

Jornal Cidade - Ano II - Nº 32
Jornal Cidade - Ano II - Nº 32Jornal Cidade - Ano II - Nº 32
Jornal Cidade - Ano II - Nº 32Jornal Cidade
 
Jornal Cidade - Ano I - Nº 18
Jornal Cidade - Ano I - Nº 18Jornal Cidade - Ano I - Nº 18
Jornal Cidade - Ano I - Nº 18Jornal Cidade
 
Atas da Câmara Municipal de Lima Duarte do ano de 2011
Atas da Câmara Municipal de Lima Duarte do ano de 2011Atas da Câmara Municipal de Lima Duarte do ano de 2011
Atas da Câmara Municipal de Lima Duarte do ano de 2011ademirnogueira
 
Psicomundo coisas que a cidade deve saber
Psicomundo   coisas que a cidade deve saberPsicomundo   coisas que a cidade deve saber
Psicomundo coisas que a cidade deve saberRoberto Rabat Chame
 
Artigos e Discursos de Chico Macena
Artigos e Discursos de Chico MacenaArtigos e Discursos de Chico Macena
Artigos e Discursos de Chico MacenaChico Macena
 
Chico Macena - Discursos e Artigos - Registros de um Mandato Participativo
Chico Macena - Discursos e Artigos - Registros de um Mandato ParticipativoChico Macena - Discursos e Artigos - Registros de um Mandato Participativo
Chico Macena - Discursos e Artigos - Registros de um Mandato ParticipativoChico Macena
 
Resumo de História - 2º Bimestre
Resumo de História - 2º BimestreResumo de História - 2º Bimestre
Resumo de História - 2º Bimestrealpisveredas
 
Discurso ferreirinha 1jan2013
Discurso ferreirinha 1jan2013Discurso ferreirinha 1jan2013
Discurso ferreirinha 1jan2013BlogdoFerreirinha
 
Jornal Cidade - Ano I - Nº 02
Jornal Cidade - Ano I - Nº 02Jornal Cidade - Ano I - Nº 02
Jornal Cidade - Ano I - Nº 02Jornal Cidade
 
Campanha CALÇADA SEGURA - RECLAMA TAUBATÉ
Campanha CALÇADA SEGURA -  RECLAMA TAUBATÉCampanha CALÇADA SEGURA -  RECLAMA TAUBATÉ
Campanha CALÇADA SEGURA - RECLAMA TAUBATÉRECLAMA TAUBATÉ
 
Relatório do Debate Sobre a Construção do ANFITEATRO NATURAL em Chapada dos G...
Relatório do Debate Sobre a Construção do ANFITEATRO NATURAL em Chapada dos G...Relatório do Debate Sobre a Construção do ANFITEATRO NATURAL em Chapada dos G...
Relatório do Debate Sobre a Construção do ANFITEATRO NATURAL em Chapada dos G...VOLUNTÁRIA CAUSA SOCIAL
 
Barão de Inohan 106 - 1º de outubro de 2014
Barão de Inohan 106 - 1º de outubro de 2014Barão de Inohan 106 - 1º de outubro de 2014
Barão de Inohan 106 - 1º de outubro de 2014Pery Salgado
 

Semelhante a Guaianases 152 anos de história e desenvolvimento da Zona Leste (20)

Guaianas 126
Guaianas 126Guaianas 126
Guaianas 126
 
Folha 195
Folha 195Folha 195
Folha 195
 
Folha 195
Folha 195Folha 195
Folha 195
 
Jornal Cidade - Ano II - Nº 32
Jornal Cidade - Ano II - Nº 32Jornal Cidade - Ano II - Nº 32
Jornal Cidade - Ano II - Nº 32
 
Jornal Cidade - Ano I - Nº 18
Jornal Cidade - Ano I - Nº 18Jornal Cidade - Ano I - Nº 18
Jornal Cidade - Ano I - Nº 18
 
Atas da Câmara Municipal de Lima Duarte do ano de 2011
Atas da Câmara Municipal de Lima Duarte do ano de 2011Atas da Câmara Municipal de Lima Duarte do ano de 2011
Atas da Câmara Municipal de Lima Duarte do ano de 2011
 
Psicomundo coisas que a cidade deve saber
Psicomundo   coisas que a cidade deve saberPsicomundo   coisas que a cidade deve saber
Psicomundo coisas que a cidade deve saber
 
Ilhéus começa a descer a ladeira
Ilhéus começa a descer a ladeiraIlhéus começa a descer a ladeira
Ilhéus começa a descer a ladeira
 
Pontal esqueceram você
Pontal  esqueceram vocêPontal  esqueceram você
Pontal esqueceram você
 
Artigos e Discursos de Chico Macena
Artigos e Discursos de Chico MacenaArtigos e Discursos de Chico Macena
Artigos e Discursos de Chico Macena
 
Diz Jornal - 243
Diz Jornal - 243Diz Jornal - 243
Diz Jornal - 243
 
Chico Macena - Discursos e Artigos - Registros de um Mandato Participativo
Chico Macena - Discursos e Artigos - Registros de um Mandato ParticipativoChico Macena - Discursos e Artigos - Registros de um Mandato Participativo
Chico Macena - Discursos e Artigos - Registros de um Mandato Participativo
 
Pagina 04
Pagina 04Pagina 04
Pagina 04
 
Resumo de História - 2º Bimestre
Resumo de História - 2º BimestreResumo de História - 2º Bimestre
Resumo de História - 2º Bimestre
 
Discurso ferreirinha 1jan2013
Discurso ferreirinha 1jan2013Discurso ferreirinha 1jan2013
Discurso ferreirinha 1jan2013
 
Jornal Cidade - Ano I - Nº 02
Jornal Cidade - Ano I - Nº 02Jornal Cidade - Ano I - Nº 02
Jornal Cidade - Ano I - Nº 02
 
Campanha CALÇADA SEGURA - RECLAMA TAUBATÉ
Campanha CALÇADA SEGURA -  RECLAMA TAUBATÉCampanha CALÇADA SEGURA -  RECLAMA TAUBATÉ
Campanha CALÇADA SEGURA - RECLAMA TAUBATÉ
 
Relatório do Debate Sobre a Construção do ANFITEATRO NATURAL em Chapada dos G...
Relatório do Debate Sobre a Construção do ANFITEATRO NATURAL em Chapada dos G...Relatório do Debate Sobre a Construção do ANFITEATRO NATURAL em Chapada dos G...
Relatório do Debate Sobre a Construção do ANFITEATRO NATURAL em Chapada dos G...
 
Ermelino 171
Ermelino 171Ermelino 171
Ermelino 171
 
Barão de Inohan 106 - 1º de outubro de 2014
Barão de Inohan 106 - 1º de outubro de 2014Barão de Inohan 106 - 1º de outubro de 2014
Barão de Inohan 106 - 1º de outubro de 2014
 

Mais de Divaldo Rosa

Mais de Divaldo Rosa (20)

Guaianas 077
Guaianas 077Guaianas 077
Guaianas 077
 
Guaianas 076
Guaianas 076Guaianas 076
Guaianas 076
 
Guaianas 075
Guaianas 075Guaianas 075
Guaianas 075
 
Guaianas 074
Guaianas 074Guaianas 074
Guaianas 074
 
Guaianas 071
Guaianas 071Guaianas 071
Guaianas 071
 
Guaianas 069
Guaianas 069Guaianas 069
Guaianas 069
 
Guaianas 068
Guaianas 068Guaianas 068
Guaianas 068
 
Guaianas 067
Guaianas 067Guaianas 067
Guaianas 067
 
Guaianas 064
Guaianas 064Guaianas 064
Guaianas 064
 
Guaianas 063
Guaianas 063Guaianas 063
Guaianas 063
 
Guaianas 078
Guaianas 078Guaianas 078
Guaianas 078
 
Acontece agora ed340
Acontece agora ed340Acontece agora ed340
Acontece agora ed340
 
Acontece agora ed339
Acontece agora ed339Acontece agora ed339
Acontece agora ed339
 
Acontece agora ed338
Acontece agora ed338Acontece agora ed338
Acontece agora ed338
 
Acontece agora ed337
Acontece agora ed337Acontece agora ed337
Acontece agora ed337
 
Acontece agora ed336_especial
Acontece agora ed336_especialAcontece agora ed336_especial
Acontece agora ed336_especial
 
Acontece agora ed335
Acontece agora ed335Acontece agora ed335
Acontece agora ed335
 
Acontece agora ed334
Acontece agora ed334Acontece agora ed334
Acontece agora ed334
 
Acontece agora ed333
Acontece agora ed333Acontece agora ed333
Acontece agora ed333
 
Acontece agora ed332
Acontece agora ed332Acontece agora ed332
Acontece agora ed332
 

Guaianases 152 anos de história e desenvolvimento da Zona Leste

  • 1. Jornal Ano 4 Número 066 Tiragem 25 Mil 2º quinzena ABRIL/2013 raleste@gmail.com Tel. 2031-2364 Guaianases, 152 anos de urbanização e desenvolvimento Walter Feldman inaugura “Roda Viva do Grupo Acontece” No próximo dia 3 de maio o bairro de Guaianases comemora 152 anos de fundação . São mais de um século e meio de construção de uma identidade. Inicialmente a região foi ocupada pelos índios Guaianás que deram o nome ao bairro. Depois veio PÁG. 4 a urbanização, No último sábado o deputado federal Walter Feldman cumpriu uma extensa agenda na Zona Leste de São Paulo, cujo ápice foi o encontro com lideranças, blogueiros e jornais da Zona Leste, na sede do Grupo Acontece de Jornais e Revistas. Participaram deste encontro: Jornal MB - Mais Brasil, Revista Perfil, aficionados por redes.. PÁG. 3 “É o momento da Zona Leste aproveitar e crescer” Entrevista exclusiva do vereador Andrea Matarazzo(PSDB) aos jornais associados da AJORLESTE - Associação de Jornais da Zona Leste Andrea Matarazzo, atualmente vereador da cidade de São Paulo, um dos mais bem votados (117.6 mil votos) recebeu a diretoria da Ajorleste - Associação de Jornais da Zona Leste - e, após uma conversa informal, sobre vários Deputado Estadual Alcides Amazonas inaugura escritório para receber o povo da Zona Leste O deputado Alcides Amazonas (PCdoB) acaba de inaugurar seu escritório político na Rua Irineu Bonardi, 129, em São Miguel Paulista. No local, a população poderá levar seus pedidos e receber orientações sobre assuntos diversos. Para marcar uma visita ao deputado Alcides Amazonas em seu escritório, basta entrar em contato pelos telefones 2037-2900 ou 2037-1106, de segunda a sexta, em horário comercial e aos sábados até às 13h. “É importante termos um espaço democrático para organizarmos nossa atuação e estarmos abertos ao povo.Vamos... PÁG. 4 assuntos, com ênfase para a política, concedeu rápida entrevista a qual destacamos a seguir. Ajorleste - Com a experiência que tem como ministro, embaixador, Secretaria das Subprefeituras e PÁG. 2 Secretaria Prática de esportes na praia: veja como curtir as atividades litorâneas, sem prejudicar a saúde No verão diversas pessoas migram para as praias do litoral brasileiro em busca de diverPÁG.8 são. DAEE reforça limpeza do PET para combate a dengue O PET (Parque Ecológico do Tietê) reiniciou no Núcleo Engenheiro Goulart, o programa “Frente Contra a Dengue” que ocorre de segunda a quinta, das 8h às 14h. Mesmo PÁG. 8
  • 2. 2 2ª quinzena ABRIL/2013 “É o momento da Zona Leste aproveitar e crescer” Entrevista exclusiva do vereador Andrea Matarazzo(PSDB) aos jornais associados da AJORLESTE - Associação de Jornais da Zona Leste Andrea Matarazzo, atualmente vereador da cidade de São Paulo, um dos mais bem votados (117.6 mil votos) recebeu a diretoria da Ajorleste - Associação de Jornais da Zona Leste - e, após uma conversa informal, sobre vários assuntos, com ênfase para a política, concedeu rápida entrevista a qual destacamos a seguir. Ajorleste - Com a experiência que tem como ministro, embaixador, Secretaria das Subprefeituras e Secretaria da Cultura, o senhor foi candidato a vereador com um objetivo específico, uma proposta maior, por um projeto de lei excepcional, marcante? Andrea - Acho que São Paulo tem leis demais. O que precisa é as leis serem cumpridas. Eu tenho alguns projetos interessantes, alguns já protocolados, como o que você acerta as calçadas, que passa a responsabilidade para o poder público, um projeto que facilita a poda de árvores, por exemplo: quem já tentou solicitar uma poda de árvores sabe é uma maratona de dois anos. Uma lei que facilita e reduz para no máximo de três meses. Um projeto que elimina a cobrança de ISS dos taxi, que é uma bobagem, que trata de forma diferenciada cooperativas e autônomos. É uma série de projetos de leis e de modernização de leis, inclusive muitas que existem e que estão obsoletas, antigas e que não servem mais para a cidade. O que eu acho que precisa e é o projeto principal é o Plano Diretor da Cidade. Esse é o maior projeto que eu tenho, que prevê a regularização fundiária da cidade. Tornar regular todas essas áreas ocupadas há mais de 40, 50 anos. Áreas que eram de mananciais, condomínios, loteamentos clandestinos, que você precisa regularizar para poder proporcionar e estimular a economia local , gerar empregos e evitar que as pessoas tenham que se deslocar todos os dias em viagens que são um suplício para todo mundo de duas, duas horas e meia para ir e mais o mesmo ao meu ver é a via pública do pedestre, da mesma forma que a rua, o asfalto é a via pública dos automóveis. Portanto quem tem que ter responsabilidade sobre as calçadas é a própria prefeitura. Da mesma forma que ela faz as ruas, avenidas, corredores de ônibus e ciclovias, tem de fazer as calçadas, que é a única forma de você ter as calçadas com a mesma especificação técnica, com a mesma padronização, que é fundamental para que elas sejam acessíveis. Por outro lado, como você vai exigir que imóveis que são isentos de IPTU façam as calçadas, como por exemplo em Cidade Tiradentes, onde 80% dos imóveis não têm escritura. Calçada que tem de fazer é a prefeitura para que a cidade seja acessível e para que as pessoas possam pelo menos caminhar. Essa é a minha posição bastante clara. Até porque, ninguém sai na porta de casa quebrando a própria calçada. Quem quebra calçada normalmente, ou são as concessionárias de serviço público ou é o sujeito que estacionou o carro em cima da calçada ou incluir esses locais no projeto? Andrea - Todas as calçadas seriam de responsabilidade da prefeitura, inclusive as reformas, para tornar acessíveis aquelas que não são. Você vai em muitos lugares onde as ruas que tem declive, as ruas em descida, por exemplo. A rua é lisa, mas a calçada tem degrau, o que é um absurdo, porque as pessoas mais velhas, as pessoas com algum tipo de deficiência não conseguem andar. Então, todas as calçadas tem de ser de responsabilidade da prefeitura, se não é isso, como atualmente é de responsabilidade do proprietário do imóvel ele faz do jeito que quer e normalmente faz de um jeito que as pessoas não conseguem caminhar. Ajorleste - Cem dias de governo Fernando Haddad, como o senhor avalia essa administração? Andrea - Eu avalio que são cem dias sem administração. Muita propaganda, muito falatório, mas ações concretas na verdade eu não vi nenhuma. Não tem nada que fale, uma obra nova, uma ideia nova, tempo para voltar ao trabalho. Eu fiz o trajeto da Cidade Tiradentes, Parque Dom Pedro, foram duas horas e meia em um ônibus com qualidade abaixo da crítica, com câmbio mecânico, dando solavancos, sem ar condicionado, andando que nem uma serpentina, dando voltas por todos lados, 72 paradas, permanentemente lotado. Isso não é humano. As pessoas esperam o ônibus 45 minutos debaixo de sol e chuva. Isso não é para uma cidade do tamanho de São Paulo. Eu critico não somente esse governo, mas todos os outros anteriores. Ajorleste - Recentemente o senhor promoveu uma audiência pública sobre calçadas. O senhor que foi secretário das Subprefeituras em São Paulo discorda dessas mudanças apresentadas em relação aos passeios públicos? Andrea - Até concordo, mas a lei das calçadas o que estão fazendo é em relação ao problema das multas, essas que foram, aplicadas no ano passado e a questão para o futuro é não ter mais multas, pois as calçadas é a própria prefeitura quando planta uma árvore e essa cresce a raiz e estoura a calçada. Como o munícipe vai arrumar a calçada sem tirar a árvore? Só pode tirar a árvore é a própria prefeitura e portanto a meu ver quem tem que fazer e cuidar das calçadas é a prefeitura. Ajorleste - Como vereador o senhor não poderia apresentar um projeto e criar uma lei para ter um Disk Calçada, um telefone especifico para reclamar de passeio público, a exemplo do que acontece em Belo Horizonte? Andrea - Isso é uma alternativa que já deveria ter feito. Eu preferi fazer um Projeto de Lei que passa a responsabilidade das calçadas para a Prefeitura, que está tramitando aqui na Câmara e aí você resolve definitivamente esse problema. Ajorleste - Ainda sobre as calçadas, existem vários bairros completamente urbanizados onde as calçadas são bem irregulares, prejudicando e até impedindo de forma dramática a acessibilidade. Você pensou em uma coisa acontecendo de positivo. O que tenho visto é muito falatório, muito blá, blá, blá e inclusive não tenho visto o prefeito. Onde estava o prefeito nos dias de chuva por exemplo, que São Paulo estava inteira alagada? Das 730 promessas feitas na campanha foram transformadas em um plano de metas, de quase 100 metas, que não são exatamente metas. O que quero ver é ele fazer, quero ver é a prefeitura trabalhar, tapar buraco, retirar árvores em risco, arrumar asfalto, fazer pontes que precisa, travessia de córregos, fazer calçadas, iluminar as ruas. Isso é tocar a prefeitura, não ficar fazendo discursos sociológicos. Ajorleste - O metro, monotrilho vai chegar em Cidade Tiradentes? Andrea - O metro através do monotrilho vai chegar, mas você não vai fazer todo o transporte público em monotrilho. Ônibus já existe. Temos seis empresas de ôni- Jornal Wilson Borges-Presidente AJORLESTE, Adolfo Quintas-ex-vereador, Mauro Borges-Jornal Mais Brasil, Vereador Andrea Matarazzo-PSDB, Divaldo Rosa-Grupo Acontece e Ricardo Spilla-Jornal José Bonifacio em Noticias bus em São Paulo. O que tem de fazer é dar um aperto neles para melhorar a qualidade do transporte público. Os perueiros também. Hoje, perueiros virou uma baderna na cidade, no transporte, eles precisam ser regularizados, organizados e modernizados. Dar conforto aos passageiros. Eles prestam serviço público e deve ter qualidade mínima. O povo paga por isso. Ajorleste - Abrir o mercado do transporte público não beneficiaria? Andrea - Tem de disputar concessão. Isso é assim no mundo inteiro. Tem de exigir qualidade, com especificação mínima de qualidade do serviço, com pena de perder a concessão. Ajorleste - Sobre idoso, o que o senhor como vereador pode fazer de concreto para essa parcela crescente da população? Andrea - O que precisa fazer é uma política pública para a terceira idade. Eu quando secretário fiz as primeiras academias para a melhor idade da cidade. Isso eu aprendi na Itália, quando morei lá e vi. Aqui a gente está acostumado com entidades voltadas com programas focados somente para as crianças, o que está corretíssimo. Quase que uma entidade por criança. Estamos esquecendo que o país está envelhecendo. Na Itália tem um idoso para cada habitante. No Brasil a população está envelhecendo, é fundamental que tenhamos políticas públicas para os idosos. Ajorleste - Você continua a fazer gestões sobre cultura, em contato com o Governo do Estado? Andrea - A Cultura, e aí vamos falar em relação especificamente da Zona Leste. A Zona Leste tem uma tradição e produção cultural muito grande. Hoje a atividade cultural é uma grande fonte geradora de renda para as pessoas. Você precisa sistematizar aquilo e organizar. A Fábrica de Cultura tem muito esse papel. Capacita melhor essas pessoas dando suporte para a organização, que a Secretaria de Cultura tem de dar também e daí vai criar artistas, iluminadores, cenógrafos, produtores culturais, enfim é uma atividade econômica da chamada economia criativa que gera renda, gera ocupação em grande escala e transforma as pessoas, que a coisa mais importante. Ajorleste - Eleição do Diretório Municipal do PSDB. A nova composição tem uma visão mais ampla, uma proximidade maior com o povo, uma proposta melhor? A pergunta formulada para Andrea Matarazzo e Adolfo Quintas que estava também presente à entrevista. Andrea - Não, ao contrário. A nova direção é muito parcial. O PSDB Municipal passou a ser um partido de três secretários que têm como objetivo as suas candidaturas próprias. Hoje presidido por um ex-deputado de Botucatu, que perdeu eleição Então eu acredito que o partido terá grande dificuldade de conseguir dialogar com a cidade, que é o fundamental e mais ainda e principalmente de ampliar os seus diretórios zonais, que isso é uma ideia do Adolfo Quintas, de criar dentro dos zonais, postos avançados, núcleos de bairro, porque a cidade é muito grande e o PSDB precisa ter interlocução em todos os bairros. Eu acredito que o partido precisaria estar focado exclusivamente nisso, para se preparar na eleição do Geraldo Alckmin, no ano que vem e depois sim começar se preparar para a eleição da prefeitura. A composição atual, eu não reconheço como a do nosso PSDB. Eu retirei a minha candidatura para não ser derrotado. Concorrer com alguém do partido, seria democrático. Agora para mim seria óbvio que seria derrotado por três Secretarias: do Meio Ambiente, de Planejamento e de Energia que estavam pressionando a militância a votar no outro candidato. O fundamental é que o partido na Capital tem de ter forte influência dos vereadores, que conhecem a cidade. Resposta de Adolfo Quintas Eu sempre defendi que o PSDB fosse um partido de massa, e até agora ainda não consegui fazer. É um absurdo que um membro do interior venha dirigir o partido na Capital. Isso com a permissão e aval de políticos importantes eleitos aqui na capital. Nós temos pessoas com vontade política, com ideais, e altamente capacitados da Capital para dirigir esse partido e trouxeram pessoa de fora que não conhece a cidade, que não tem a menor intenção de buscar essa qualidade política. Uma pessoa que foi até derrotado, que não tem intenção promover um crescimento do partido. A história está aí. O PMDB até hoje é grande por conta disso. As raízes criadas pelo partido no tempo de Mário Covas, Franco Montoro, Orestes Quércia. Mauro Borges, Avanir Duram Galhardo. Criadas pela proximidade, pelo contado e compromisso com o povo. Aparentemente estão querendo acabar com o PSDB aqui na Capital, pois são pessoas que não têm nada a ver, que não tem preocupação de promover benefício social e as metas do partido. Ajorleste - Nesse contexto, o que vocês pretende para fortalecer o partido? Andrea - O partido se fortalece através das pessoas. Pode ser institucionalmente ou não. Quem tem os votos é o Adolfo Quintas, o Gilson Barreto, a Patrícia Bezerra, o Andrea Matarazzo, o Claudinho. Enfim, os votos são das pessoas, independente da gestão. A direção do Júlio Semeghini foi um desastre e a sequência não será diferente. Vamos continuar trabalhando, avançando, com a proposta de melhorias das condições de vida da cidade de São Paulo. Elegemos uma bancada de nove vereadores. Ajorleste - Um espaço aberto para fazer explanação, para falar o que o senhor quiser. Andrea - Administrar uma cidade do porte de São Paulo é preciso fazer um governo de milhares de pequenas obras de interesse local e algumas grandes obras de interesse geral. Tenho convicção de quem conhece o que precisa em um determinado bairro é quem mora ou quem trabalha naquele lugar. Os projetos e propostas tem de vir originalmente da população. As subprefeituras tem de ouvir a população. A Zona Leste tem de aproveitar esse momento. Pois é o momento dela. É o momento da Zona Leste aproveitar e crescer. E continuar crescendo. Tem de cobrar um novo Plano Diretor e recursos necessários da prefeitura, para desamarrar os investimentos que têm previstos para lá. O zoneamento é um dos problemas que a Zona Leste tem. Andrea Matarazzo e Adolfo Quintas Diretor e Chefe de Redação: Divaldo Rosa MTb: 42.488 • Jornalista (fl): Silmara Galvão Nunes • Representantes Comerciais: Divaldo Rosa • Diretor de Arte: Sérgio Avante • Designer: Ademir Rodrigues • Revisora: Prof. Suseli Corumba • Administração Financeira: Ademir Rodrigues • Distribuição: Mart Press Distrib.de Jornais • Redação e Publicidade • Fone/Fax: 2031-2364 / 2513-0928 • Av. Guachos, 166 • Cep: 08030-360 • Vila Curuçá - SP - E-mail: raleste@gmail.com (fl = Freelancer) Uma publicação do Grupo As matérias publicadas são de exclusiva responsabilidade dos colaboradores e não representam necessariamente a opinião do Acontece de Jornais e Revista Jornal. Os nomes dos colaboradores e representantes comerciais não mantém vínculo empregatício com a empresa.
  • 3. 3 2ª quinzena ABRIL/2013 Walter Feldman inaugura “Roda Viva do Grupo Acontece” No último sábado o deputado federal Walter Feldman cumpriu uma extensa agenda na Zona Leste de São Paulo, cujo ápice foi o encontro com lideranças, blogueiros e jornais da Zona Leste, na sede do Grupo Acontece de Jornais e Revistas. Participaram deste encontro: Jornal MB - Mais Brasil, Revista Perfil, aficionados por redes sociais como Jornalista Genivaldo Barbosa, Blog Linguarudo da Zona Leste, Toninho Novais (Rádio Cumbica) e grandes lideranças comunitárias (Geraldo Malta, Cida Costa, Valdemiro Junior, Dr. Luiz Carlos Silva, Val, Prof. Marcelo, Prof. Isabel, Cazuza, Johny, Fernando, Roque Fernandes, Luiz Ferreira e muitos outros. Feldman foi recebido por Divaldo, diretor-fundador do Grupo Acontece, que logo deu início a uma nova modalidade de entrevista, que foi apelidado pelo deputado como “Roda Vida do Grupo Acontece”. E ficou claro para os convidados que a sede Grupo Acontece se tornou definitivamente um “point”, por onde passam gestores públicos, artistas e políticos. “Esta é a casa mais democrática da Zona Leste. Aqui receberemos pessoas de todas as linhas de pensamento e de todos os partidos”, diz Divaldo Rosa. Divaldo Rosa, diretor do Grupo Acontece - Você que acompanhou os casuísmos dos militantes contra o MDB no governo Figueiredo e Geisel em 1974 contra o PMDB, como você vê a tentativa do Governo Dilma de impedir a formação de novos partidos no Brasil? Walter Feldman - Há uma articulação e conspiração que vem direto do palácio do planalto para que na próxima e há um cuidado permanente. Só para se ter uma ideia, eu já fui procurado por mais de 80 cidades, por prefeitos, viceprefeitos, deputados federais e estaduais, secretários, vereadores que querem vir para a Rede. Quando a conversa começa “olha quero ir para a Rede para disputar a eleição para meu município, portanto eu quero o partido na minha mão”, tá fora. E olha que nós precisamos de gente, precisamos coletar assinaturas, mas se este é o discurso, tá fora. Edilson vice-presidente da União Brasil Gigante - Questiona se a Rede será um partido de oposição e dará a cara para bater assim como o PT? Walter Feldman - A Rede é a proposta de fazer a nova políti- eleição de 2014 a Dilma possa se consagrar reeleita no primeiro turno. A possibilidade da candidatura da Marina Silva leva a disputa para o 2º. turno. Nós perdemos na Câmara sob o comando do PT e do PMDB, eles que armaram a maioria para massacrar. Vão ao Senado pretendendo fazer uma nova resistência e, se lá perdermos, vamos ao Supremo Tribunal Federal para que a Rede seja criada. Roque Fernandes diretor de ONG - Você é um nome bastante citado para ser candidato a prefeito de São Paulo. Você tem esta vontade de ser representante em nosso Estado? Walter Feldman - Nós teremos candidaturas e nomes a deputados federal, estadual, senador, governador, prefeito e a vereadores. Porém se a Rede me chamar para cumprir qualquer tarefa eu farei. Professor Marcelo Miranda - Quando houve a fundação do PSDB nós fomos a Brasília com todas as esperanças que estamos vendo na Rede. Como explicar a perda de expectativa com o PSDB? E qual a preocupação com a elaboração do Estatuto? Walter Feldman - Quando a Marina coloca a necessidade de criarmos um partido que tome todos os cuidados éticos, programáticos, não deixar vir gente apenas com interesses eleitorais, porque daqui a pouco, se não tomar cuidado, estará contaminado da mesma forma que os outros, então a ideia é ajudar na reforma política do Brasil outra vez, porque a democracia que nós conquistamos a duríssimas penas pode estar comprometida. O PT hoje tem o projeto de hegemonia, projeto a longo prazo que, na verdade, é muito semelhante ao de Hugo Chaves na Venezuela, claro, é mais disfarçado, não é tão aberto como o de Hugo Chavez, mas é perigoso, pois a Dilma usa os instrumentos de comunicação de uma maneira descarada, ela coloca benefícios sociais para encantar o povo mais pobre comprometendo o equilíbrio da economia dos estados dificilmente em condições de sustentação para o futuro, isto só para ganhar as eleições, isto atenta contra a democracia do Brasil, porque minhas preocupações políticas são as futuras gerações, não é a próxima eleição. Já em relação ao estatuto, ele foi altamente discutido em Brasília e pode ser acessado por todos pelo site Brasil em Rede ca, uma política com princípios e valores, que não se vende a nenhuma troca de interesses e vem para reunir as forças mais progressistas do Brasil, aquelas que tenham um comprometimento com a História Brasileira. Sandro, funcionário do Tide Setubal, frisou sobre o caos da saúde pública - Participei de duas reuniões com o Ministro da Saúde Padilha, ele faz a apresentação e a impressão que se tem é que nós temos a melhor saúde do mundo, você sai da reunião e os que estão assistindo perguntam o seguinte: Ele é Ministro da Saúde da onde? (risos) porque o que ele diz não corresponde à verdade. Nunca esteve tão ruim nos últimos 20 anos. Professora Isabel fez uma bela homenagem ao amigo de longa data Walter Feldman. Relembrou fatos marcantes da história de vida do Walter e agradeceu por ele se ajuntar à Mariana Silva para salvar o Brasil e trazer esperança para os paulistanos. Val liderança de Ermelino Matarazzo abordou o tema da segurança pública e citou a falta de ronda escolar, citou o tráfico de drogas e o crescimento de crimes onde envolve menores infratores e perguntou quais são os projetos que a Rede tem para inibir este tipo de conduta. Walter Feldman - Uma série de práticas demonstram que atrás do crime tem a droga - o Crack , e tem infelizmente envolvido o adolescente. Junto com esta primeira política an- tidroga, o Governador Geraldo Alckmin levou esta semana ao congresso uma proposta de projeto que deve ser tratado como regime de urgência aqui no tratamento aos menores ou aos adolescentes infratores com muito mais rigor do que este que existe hoje pela Lei do ECA. Toninho do Mercado falou sobre a importância da ética na política e pediu para que Walter, junto ao futuro partido Rede, voltasse sempre à região, para que o político tenha contato direto com a militância e com a população. O Advogado e diretor da OAB de São Miguel, Dr. Luiz Carlos Silva, aproveitou o embalo da conversa para afirmar seu interesse em sair candidato para as eleições de 2014 como deputado estadual, e afirmou ainda que a região não está órfã de bons pré-candidatos, apenas é preciso haver mudança no quadro da política. Morador de Ermelino Matarazzo, Junior se manifestou indignado com o momento da política: “Estou broxa politicamente”, porém declarou que a Rede tem se mostrado muito atraente. E fez a seguinte pergunta: A Rede segundo o estatuto dela será construída de que forma: diretório nacional, estadual, municipal e diretório zonais? Walter Feldman - Gostaria de dizer que a Rede pode ser todos nós, não me dêem esta carga de eu ser a Rede (risos). A Rede será um sistema para que a sociedade em geral participe de uma forma muito ampla e horizontal, caso contrário será igual aos outros partidos. É importante que todos devam influenciar nas decisões a serem tomadas, e faço um convite, venham todos para a Rede. Eu na última eleição do diretório municipal do PSDB defendi a decisão de um militante, não de um parlamentar, porque o parlamentar que quiser dirigir um partido, ou não vai ser bom parlamentar, ou não vai ser bom dirigente partidário, porque não há tempo. Quem quer ser um bom deputado tem que se dedicar muito no mandato, é muito trabalho e não terá tempo de dirigir o partido. Eu propus isto no estatuto da Rede, falei que não aceitava a Rede com direção de parlamentar, sou contra, pois tem que ser um militante se possível profissionalizado, dedicado a isto, e que abra um sistema para todos participarem. A Marina participa de nossas reuniões como mais uma lá, eu também sou um lá, e se eu achar que eu sou mais, pau em cima de mim (risos)... lá militante fala e é ouvido, e se tiver argumento bom, será a conduta do partido naquele instante.
  • 4. 4 2ª quinzena ABRIL/2013 Guaianases, 152 anos de urbanização e desenvolvimento No próximo dia 3 de maio o bairro de Guaianases comemora 152 anos de fundação . São mais de um século e meio de construção de uma identidade. Inicialmente a região foi ocupada pelos índios Guaianás que deram o nome ao bairro. Depois veio a urbanização, onde o mar- co maior foi a implantação da linha de trem com uma estação ferroviária no bairro. Hoje o bairro de Guaianases e composto pelos distritos de Guaianases e Lajeado, que juntos formam a subprefeitura de Guaianases. Para comemorar esta data marcante, a subprefeitura em parceria com a Diretoria Regional de Ensino, policia Militar, GCM, escolas e entidades comunitárias e esportivas terão uma extensa programação que transcorrerá durante todo o mês de maio, cuja íntegra publicamos abaixo: PROGRAMAÇÃO DA FESTA DE ANIVERSÁRIO DE 152 ANOS DE GUAIANASES 03 de maio (sexta-feira) – 19h – CEU Jambeiro – Cerimônia de abertura dos festejos de aniversário de 152 anos de Guaianases 04 de maio (sábado) – 9h – Mercado Municipal “Leonor Quadros” – Festa de aniversário de 25 anos do Mercadão 05 de maio (domingo) – 14h – CEU Lajeado – GuaiaSamba 10 de maio (sexta-feira) –19h – CEU Jambeiro – Show de MPB 11 de maio (sábado) – 9h às 17h – Praça do Mercado Municipal – Homenagem às Mães 17 de maio (sexta-feira) – 18h – CEU Lajeado – Baile com a equipe “The Sound of Power” (com a presença de membros fundadores) 18 de maio (sábado) – 8h às 12h – CEU Jambeiro – Seminário “De Volta para o Futuro” (em defesa dos direitos da criança e do adolescente) 18 de maio (sábado) – 15h – Paróquia Santa Quitéria – Tarde de Louvor (com várias bandas católicas do bairro) 19 de maio (domingo) – 9h às 15h – CEU Jambeiro – Atividades esportivas (futebol de campo, futsal, skate, capoeira) 24 de maio (sexta-feira) – 19h – CEU Jambeiro – Show Sertanejo 25 de maio (sábado) – 9h – CEU Jambeiro – Ato Inter-Religioso 25 de maio (sábado) – 15h – Igreja do Evangelho Quadrangular (Guaianases I) – Louvorzão (com várias bandas gospel do bairro) 26 de maio (domingo) – 9h – Av. Salvador Gianetti – Desfile cívico 26 de maio (domingo) – 12h – Praça de Eventos – Show Transconexão “A Rádio Show” 30 de maio (quinta-feira) – 9h – CEU Jambeiro – Festival de aniversário do Botafogo F.C. (com presença das categorias de base do São Paulo F.C.) Deputado Estadual Alcides Amazonas inaugura escritório para receber o povo da Zona Leste O deputado Alcides Amazonas (PCdoB) acaba de inaugurar seu escritório político na Rua Irineu Bonardi, 129, em São Miguel Paulista. No local, a população poderá levar seus pedidos e receber orientações sobre assuntos diversos. Para marcar uma visita ao deputado Alcides Amazonas em seu escritório, basta entrar em contato pelos telefones 2037-2900 ou 2037-1106, de segunda a sexta, em horário comercial e aos sábados até às 13h. “É importante termos um espaço democrático para organizarmos nossa atuação e estarmos abertos ao povo.Vamos desenvolver um trabalho pesado aqui, região onde vivo há mais de 40 anos”, disse Amazonas. No dia da inauguração, que reuniu mais de 300 pessoas, o vereador Orlando Silva, presidente do PCdoBSP, enfatizou: “estamos no coração da ZL, que Amazonas conhece muito bem, como poucos em nosso estado, e tenho certeza de que ele será um grande companheiro para o progresso da região”. Ações concretas para a Zona Leste Em apenas três meses de mandato, Amazonas já fez uma série de ações relacionadas à Zona Leste. “Participei das plenárias e opinei sobre o plano de metas e o plano diretor da cidade, apresentados pela prefeitura. Também tenho visitado todos os subpre- feitos e chefes de gabinete para colocar nosso mandato à disposição da região”, explicou. Amazonas também já recebeu e encaminhou uma série de solicitações da população e está estudando maneiras de ajudar a região por meio de indicações e emendas ao governo estadual. Recentemente, ele esteve com o comandante da PM, coronel Benedito Meira, levando pedidos dos moradores relativos à falta de segurança. Um deles diz respeito à instalação de uma base da PM na Praça Enedina de Souza, localizada nas proximidades da Avenida São Lázaro de Jerusalém, no Jardim Célia, Guaiana- zes. Outro pedido foi feito pelos moradores do entorno e funcionários da Escola Estadual Luiz Umberto D’Urso, no Itaim Paulista, que tem sido alvo de depredações e vandalismo, além de seus professores já terem sofrido ameaças na saída da escola. Os moradores também pediram ao deputado a instalação de uma base da PM e intensificação do policiamento nas imediações da Praça José Felix Lisboa, no Conjunto José Bonifácio, Itaquera, onde tem havido casos de furto. Amazonas também esteve no Itaquerão fiscalizando as obras do estádio e do entorno juntamente com o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, o governador Geraldo Alckmin e o prefeito Fernando Haddad. “A arena está 70% concluída. Também visitamos as obras da alça de acesso entre a Radial e a Jacu-Pêssego e estamos apoiando a implantação da Unifesp na Zona Leste. Enfim, estamos participando de várias lutas e queremos atuar ainda mais pelo desenvolvimento desta região”.
  • 5. 5 2ª quinzena ABRIL/2013 Sentir raiva demais pode prejudicar a sua saúde Em pequenas doses, a raiva pode servir de impulso para ações ou motivação para mudanças, segundo Armando Ribeiro das Neves Neto, psicólogo e coordenador do programa de avaliação do estresse do hospital da Beneficência Portuguesa de São Paulo. “As medicinas antigas defendiam que todas as emoções são positivas se estiverem equilibradas em nossas vidas. A raiva pode ser um gatilho para nos mobilizar para a ação. É uma emoção muito poderosa e que, quando bem canalizada, nos faz ter energia para enfrentar as dificuldades”, diz ele. O problema todo começa quando o sentimento extrapola o bom-senso e passa a prejudicar a saúde e o convívio social. “Ela é ruim quando chega a causar sintomas mentais e físicos prejudiciais, como depressão”, aponta Carvalho. Sentir raiva excessiva e de forma constante pode trazer diversos males ao indivíduo ao longo do tempo. “Podem surgir problemas como cansaço físico excessivo, falta de memória e problemas gastrointestinais”, cita a psicóloga. A raiva provoca uma descarga de adrenalina muito grande no organismo, e leva a alterações fisiológicas como aumento da pressão e dos batimentos cardíacos, tonturas, vertigens, tremores, sudorese, pelos arrepiados, inquietação e até insônia. É como se o corpo, literalmente, se preparasse para o ataque. Ao longo do tempo, essas “descargas” de raiva podem acarretar doenças mais graves, caso ocorram com muita frequência e intensidade além do aceitável. “Os hormônios por trás da raiva podem se transformar em gatilhos para um infarto cardíaco ou acidente vascular cerebral (AVC)”, alerta Neves Filho. A raiva também pode levar à obesidade, já que está por trás do transtorno do comer compulsivo, que leva indivíduos a ingerirem desenfreadamente comida. Isso sem contar os prejuízos no convívio social e o isolamento que o sentimento pode acarretar, uma vez que alguém constantemente raivoso se torna desagradável, afastando as pessoas que ama de perto de si. “Raiva excessiva maltrata o corpo, a mente e principalmente as relações. É responsável por destruir casamentos, impedir a comunicação afetiva e a escuta atenta. Literalmente, ela cega”, fala Neves Neto. Explosões: A raiva pode começar com uma simples irritação e se transformar em fúria, se não for controlada ou canalizada corretamente. O maior ou menor potencial para se ter este sentimento tem bastante ligação com a personalidade de cada pessoa e com a maneira como ela encara a vida. “A forma de se encarar os problemas e adversidade na vida tem relação com o sentir raiva”, diz Carvalho. Atitudes como inflexibilidade, perfeccionismo, exigência e impaciência transformam o indivíduo em alguém mais raivoso que os demais. Como quase sempre as coisas não saem da forma como a pessoa gostaria, ela se sente frustrada, insegura e ameaçada, e se torna alvo fácil da raiva. “É necessário fazer uma reestruturação cognitiva para que seus pensamentos e crenças de vida possam ser trabalhados e assim ter uma melhora”, explica a psicóloga. Junto com o estresse do dia a dia, essa raiva pode ser potencializada e transformar a pessoa em uma bomba-relógio prestes a explodir. “O estresse aumenta ainda mais a irritabilidade e os ataques de raiva podem ser mais intensos”, diz a médica. “O problema normalmente se dá quando a pessoa perde controle desse estado emocional e começa a reagir intensamente ao sentimento”, continua ela. Daí para agressões físicas ou verbais é um passo. Expressar a raiva de forma violenta, no entanto, não é considerado um comportamento normal, ainda que todo dia vejamos na TV e no noticiário exemplos desse tipo. “O ‘explodir’ geralmente ocorre com pessoas agressivas e muitas vezes com transtorno de personalidade”, fala Carvalho. Saiba como evitar baratas, pernilongos e outros insetos em casa Não tem jeito, é só o verão começar que baratas, pernilongos e formigas invadem todos os cantos da casa. O fenômeno acontece graças ao aumento do calor, que facilita o desenvolvimento dos insetos (cuja temperatura preferida é em torno de 25ºC e 35ºC), pois encontram mais água e alimento no ambiente. Para diminuir essa presença incômoda, o ideal é preparar a casa com telas, aplicação de inseticidas e, principalmente, manter a limpeza dos ambientes em dia. Deixar migalhas de alimentos pelo chão, panelas abertas com comida e lixo acumulado na cozinha são atitudes que permitem a proliferação de baratas, formigas e moscas. Baratas: no Brasil, as espécies de baratas Blattella germanica e Periplaneta americana são as mais comuns. A primeira, tipicamente doméstica, possui 15 milímetros de comprimento e pode ser encontrada nas cores marrom ou amarela. Sua presença é comum em locais como depósitos de alimentos, bancadas de pia e frestas na alvenaria. Já a barata americana é maior, voadora, escura e busca comida geralmente durante a noite. Gosta de criadouros úmidos e quentes, além de caixas d’água, canos de esgotos, jardins e cisternas. Ocombate a estas criaturas , de maneira geral, é feito com a retirada de caixas de papelão (pois costumam servir de abrigo) e o fechamento de portas e janelas no final da tarde. “Outra saída é o uso de ‘iscas’, como as de gel, para colocar no caminho das baratas, fazendo o veneno chegar até o ninho”, diz Osmar Malaspina, professor do Instituto de Biociências da Unesp. Caso os insetos entrem na casa pelo ralo é sinal de que esgotos, fossas e caixas de gordura precisam ser limpos. Aplicar um bom inseticida também ajuda no combate, entretanto, a medida é eficaz somente para a espécie doméstica. Mosquitos e pernilongos: afastar os mosquitos e pernilongos de dentro de casa é outra tarefa complicada, pois um extermínio realmente eficaz é aquele que destrói o criadouro. A tática para afastá-los, ainda que temporariamente, é usar repelentes (elétricos, aerossóis ou de citronela) e renovar a aplicação do produto a cada duas horas. O efeito será paliativo porque a substância interferirá somente no odor exalado pela pele, mas não matará os insetos voadores. Recorrer ao uso de telas em portas e janelas, na perspectiva de criar uma barreira física, e ligar o ar-condicionado são outras possibilidades de repeli-los. Formigas: quem sofre com a infestação de formigas deve ter consciência de que o mal será resolvido apenas com a destruição do ninho. O professor Malaspina lembra que receitas caseiras como deixar cravo-da-índia nas proximidades do formigueiro amenizam a situação, mas não a resolvem. O uso de inseticidas , por outro lado, é eficaz e permite espalhar na colônia o veneno instalado nos insetos contaminados. O produto deve ser aplicado em móveis, eletrodomésticos e nos cantos dos cômodos. “Combater formigas caseiras, baratas e moscas é importante porque tais pragas são vetores mecânicos de doenças. Elas carregam patógenos e contaminam alimentos e utensílios pelos quais transitam”, afirma Marcos Roberto Potenza, engenheiro Agrônomo especialista em Entomologia Urbana. Proteção solar é a melhor companhia para o verão Tão importante quanto escolher os melhores períodos para se expor ao sol é optar por produtos que protejam contra os raios UVA e UVB e que sejam capazes de tratar a pele contra os efeitos nocivos da radiação solar Proteção solar é um assunto sério que exige cuidados o ano inteiro, mas não há como negar que essa preocupação se intensifica com a chegada do verão, quando a exposição ao sol é mais frequente. E a melhor companhia para a estação mais quente do ano são os protetores solares de amplo espectro que oferecem proteção química, física e biológica reunidas em um único produto, ou seja, além da defesa contra os raios UVA e UVB ainda são capazes de tratar os danos causados pelo sol, uma das especialidades da Buona Vita Cosméticos. Seja para uso após procedimentos estéticos com profissional ou pelo consumidor final, os protetores solares da Buona Vita agem de forma sinérgica ao proteger a pele contra absorção dos raios UVA e UVB transformando-os em radiações inofensivas. Também oferecem defesa contra os raios infravermelhos e ainda contêm propriedades antioxidantes fundamentais para evitar a formação dos radicais livres responsáveis pelo fotoenvelhecimento. E para quem quer fotoproteção diária, cobertura de imperfeições, hidratação e redução de rugas com resultado natural e uniforme e a possibilidade de dispensar o uso da base e primer ao se maquiar, há a opção dos protetores com o conceito BB Cream (Blemish peratura durante a exposição solar influencia vários tipos de radiações, o que faz com que produtos que contenham esses conservantes liberem formol e tornem a pele mais propensa a queimaduras solares. E justamente por ter uma posição de vanguarda, a empresa não precisará se adaptar às novas normas estabelecidas este ano pela ANVISA no que se refere às informações presentes no rótulo e nem sobre a exigência de que os protetores solares devem ter proteção contra raios UVA de, no mínimo, um terço do FPS declarado, pois tudo isso já fazia parte da linha da Buona Vita antes mesmo de se tornar uma exigência. Balm ou Beauty Balms). O seu sistema adapt color permite o uso por pessoas de qualquer fototipo de pele. É ideal para o profissional de estética que, pode contar com um único produto para ser aplicado em clientes de diferentes tonalidades de pele, e para a consumidora final, que não terá a preocupação de encontrar a cor certa para o seu fototipo. Vale lembrar que a Buona Vita é a única no mercado a oferecer produtos com bases biocompatíveis livres de óleos minerais, propilenoglicol, parafina e conservantes parabenos e liberadores de formol. O que torna sua linha de protetores solares mais segura, já que a alteração de tem- Problemas para dormir? Veja dicas que podem ajudar a pegar no sono Não tomar muita água antes de dormir, deixar o quarto escuro e se livrar das preocupações com o dia seguinte são uma das principais dicas Dormir bem e na quantidade adequada é importante, no entanto, para alguns, ter uma noite de descanso às vezes é um pesadelo. De acordo com o Instituto Nacional da Saúde, “pelo menos 40 milhões de norte-americanos experimentam distúrbios crônicos do sono a longo prazo e 20 milhões enfrentam problemas ocasionais. A pesquisa fez uma lista de dicas que podem ajudar a melhorar a qualidade do sono; veja a seguir: Água: é importante se manter hidratado o dia inteiro, mas beber muito líquido antes de dormir pode perturbar seu sono. Levantar no meio da noite para ir ao banheiro interrompe o ciclo noturno, por isso, deixe para se hidratar ao acordar. Tecnologia: televisão, smartphones e computadores costumam manter a pessoa acordada. A exposição à luz artificial antes de dormir suprime a liberação do hormônio melatonina, que promove o sono. Uma hora antes de dormir, evite o uso destes aparelhos. Leitura: uma das melhores formas de relaxar sua mente antes de dormir é ler. Ficção é melhor, pois é menos desgastante para o cérebro. Mas, o ideal é um livro de papel e não gravado no iPad. Luz: ela provoca a liberação de hormônios e substâncias químicas que nos mantêm acordados ou que nos levam a acordar. Desligue as luzes, feche as cortinas ou compre uma máscara para os olhos. Reduzir a quantidade de luz ambiente no seu quarto pode ser uma solução rápida para problemas com o sono. Cafeína: basta não beber nas duas horas anteriores ao sono. Na parte da manhã, a bebida traz benefícios e ajuda há começar o dia com mais energia, no entanto, antes de dormir só prejudica o sono. Ansiedade: pensar nos compromissos do dia seguinte, por vezes, não deixa a pessoa adormecer. Trabalho, dinheiro e problemas pessoas - tudo isso pode impedir de cair no sono. Planeje o “amanhã” antes do jantar, pelos menos duas horas antes de dormir, para limpar a mente e aliviar o estresse. Ruídos: tráfego, vizinhos, sirenes, roncos de seu parceiro ou terrores noturnos - todas estas coisas podem tornar difícil permanecer dormindo. Um pequeno ventilador funciona muito bem para cancelar os barulhos no exterior e substituílos por um zumbido que acalma o cérebro.
  • 6. 6 2ª quinzena ABRIL/2013 Aprenda a namorar como um homem Acredite ou não, existem algumas coisas que as mulheres podem aprender com nossos colegas do sexo oposto em matéria de relacionamento. Se homens são de marte e mulheres de vênus é preciso um esforço para que se encontrem no meio do caminho. Por isso, a consultora Marla Marteson, do site YourTango, listou 6 lições para você aprender a namorar como um homem. Homens não tendem a ser dramáticos: eles mantém os assuntos pessoais para eles mesmos ao invés de tentarem chamar atenção. Eles se esforçam para serem corajosos e não demonstrarem fraqueza, apenas força. Então, é comum ouvir mulheres dizendo que é muito difícil fazer seus companheiros falarem sobre seus problemas. Por natureza homens tendem a ser controladores e competitivos, e não costumam compartilhar suas emoções. Já as mulheres normalmente são mais propensas a falar e desabafar sobre seus sentimentos, o que pode ser uma das razões pelas quais vivem mais. Nós não guardamos coisas, mas podemos aprender a controlar um pouco essa tendência. Se você realmente precisa se expressar tente escrever um diário, falar com um terapeuta, conselheiro espiritual ou uma amiga. No livro Enchanted Love, Marianne Williamson defende: “Não há nada mais poderoso do que uma mulher que sabe como conter seu poder, sem deixá-lo escapar, mantendo seu mistério e silêncio. Uma mulher que fala demais perde seu fascínio”. Homens se colocam em primeiro lugar: os homens não estão prontos para cuidar de todos os seus problemas e entender suas mensagens após o primeiro encontro. Eles geralmente cuidam se si mesmos primeiro. Para um homem escutar os problemas de uma mulher é muito trabalhoso porque ele sente como se não tivesse outra escolha além de resolvê-los para ela. As mulheres geralmente são mais cuidadores. Cuidar e amar são coisas maravilhosas, mas não tenha medo de ser um pouco egoísta, pensar em si mesma em primeiro lugar e deixá-lo cuidar de si mesmo um pouco. As mulheres, no entanto, parecem acreditar que o quanto mais elas fazem por um homem mais ele irá gostar dela e querer ficar ao seu lado. Porém, não é assim que funciona. Ele provavelmente será grato, mas não irá respeitá-la e vai esperar que você cuide de todos os detalhes o tempo todo. Nos estágios iniciais do namoro, nunca faça por um homem o que ele pode fazer por si mesmo ou contratar alguém que faça. Você não é sua empregada doméstica, um serviço de bufê, mensageira ou lavanderia. Você tem sua própria vida e carreira para gerenciar; É claro que é ótimo retribuir se ele é atencioso com você. Seja uma pessoa carinhosa, mas não aja como se fosse mãe dele, tomando tudo para si e resolvendo qualquer questão. Homens pegam leve com relacionamento: homens dificilmente consideram tratar de exclusividade com uma mulher após apenas dois encontros, preferindo deixar suas opções em aberto. É comum uma mulher achar que está com o homem de sua vida, mesmo que o conheça há apenas uma semana, enquanto os homens costumam deixar a porta aberta para o mundo lá fora por mais tempo. Experimente não se fechar na relação tão rapidamente, assim, se a relação não der certo, não se sentirá tão isolada do mundo. Você também irá se sentir tão desapontada e ferida se souber que há outras possibilidades. Homens não discutem tudo: os homens não falam sobre seus relacionamentos ou para onde a coisa está indo. Eles são mais de ação do que de palavras. Dificilmente há amor a primeira vista, mas desejo sim. Apenas veja como as coisas vão, deixe de que ele prove quem é a você, certifique-se que ele tenha as qualidades que procura em uma pessoa. E se você tem que ficar perguntando para onde o relacionamento está indo é porque provavelmente não vai a lugar nenhum. Até que você esteja saindo exclusivamente com um homem por pelo menos alguns meses você não está em um relacionamento sério, está conhecendo o cara. Homens não analisam tudo: as mulheres vão tentar descobrir o que o cara quis dizer quando falou isso ou aquilo ou o que queria quando ligou em um determinado momento. Já os homens simplesmente seguem seu rumo, saindo com alguém, se divertindo enquanto as mulheres enlouquecem tentando bancar a psiquiatra, psíquica, ou leitora de mentes para tentar entender cada mínima coisa que ele diz ou fala. Eles não esperam que outros homens falem disso quando se encontram, não perguntam aos amigos como foi o dia deles, o que fizeram no trabalho e quem está namorando quem. Eles geralmente só querem relaxar e se distrair falando de assuntos descontraídos como carros, esportes etc. Homens se acham: eles normalmente não têm nenhum problema com a expectativa de sair com uma modelo mesmo quando estão precisando perder uns 10 quilos. Não seria fabuloso ter esse nível de autoestima? As mulheres geralmente se olham no espelho mil vezes antes de sair de casa checando e rechecando se não parecem gordas, como está o cabelo, a maquiagem e atrás de qualquer detalhe que possa não estar perfeito o suficiente. Os homens não se questionam outras pessoas para saber se eles estão gordos ou se o corte de cabelo está bom. Eles são assim e isso não os intimida a buscar o tipo de mulher que desejam. Enquanto isso, as mulheres baixam seu nível de exigência por medo de ficarem sozinhas. Então, comece a agir como homem, mantenha a calma e espere por alguém que seja como você procura. Saiba como controlar o seu ciúme O ciúme faz parte de todo relacionamento amoroso. No entanto, quando esse sentimento vira obsessivo, pode se transformar em uma doença. Saiba que apesar do ciúme parecer um grande problema, na dose certa, pode ser algo positivo para o casal. Pequenas pitadas são normais para uma relação, já que quem ama cuida de seu parceiro. Mas, o ciúme pode deixar de ser benéfico quando a mulher exagera na dose. A maior prova do excesso de ciúme é quando aponta para algo que não vai bem à relação amorosa. O estado patológico associa uma diversidade de emoções, como depressão, ansiedade, raiva, vergonha, insegurança, culpa e até vingança. A mulher começa a perseguir o seu amado para verificar aonde vai, além de mexer no celular para ver quem telefonou. Ou seja, o ciúme torna se algo doentio e pode até prejudicar o rela- cionamento. Conselhos para mulheres ciumentas • Converse com o seu parceiro e o escute. Exponha os seus pensamentos sem receio de demonstrar suas inseguranças; • Mantenha-se calma e tranqüila. Para isso, pratique alguma atividade relaxante ou até uma meditação; • Saia mais com suas amigas e entretenha-se com outras pessoas além de seu • • • amado; Permita que o seu companheiro tenha uma vida social saudável; Procure fazer uma nova atividade, seja um esporte, curso, trabalho manual ou voluntário; Aumente a sua baixa estima com roupas sensuais e discretas ao mesmo tempo, maquiagem e muita atitude! Quando a mulher se sente bem, ela fica menos insegura.
  • 7. 7 2ª quinzena ABRIL/2013 Áries Um benéfico triângulo de energia no elemento ar envolve seus relacionamentos, tanto os pessoais quanto os profissionais, melhorando a comunicação e dando um novo fôlego para seus planos e projetos. Libra Um benéfico triângulo de energias no elemento ar beneficia diretamente seu signo, especialmente o setor amoroso, aumentando seu otimismo e fé na vida. O momento também é ótimo para as viagens longas e os estudos Touro U m t r i â n g u l o de energia no elemento ar coloca em andamento os acordos e novos projetos de trabalho. O momento é ótimo também para as finanças e os projetos de médio e longo prazo que envolve viagens. Sagitário Um benéfico triângulo de energias no elemento terra melhora a comunicação, especialmente na apresentação de projetos e palestras. Um ótimo contato com uma grande empresa, clube ou instituição pode ser firmado. Câncer Um triângulo de energia no elemento ar melhora sensivelmente suas emoções, desde as mais superficiais às mais profundas. É hora de deixar o passado para trás. Reflita e avalie escolhas feitas anteriormente. Capricórnio Um benéfico triângulo de energias no elemento ar beneficia diretamente suas finanças e seus projetos de trabalho. Um acordo ou um novo contrato pode ser firmado no dia de hoje. Os relacionamentos melhoram. Leão Um benéfico triângulo de energia no elemento ar movimenta suas amizades mais próximas, possibilitando boas conversas, reuniões e viagens rápidas. O momento também é ótimo para a comunicação e as reuniões de negócios. Aquário Um triângulo de energia no elemento ar beneficia diretamente seu signo, sensibilizando seu coração e trazendo oportunidades de viagens e estudos. O momento é ótimo para rever sua fé e filosofia de vida. Virgem Seu regente é envolvido em um benéfico triângulo de energias no elemento ar, abrindo portas e trazendo novas oportunidades em projetos e acordos que certamente beneficiarão suas finanças. Fique atento às oportunidades. Peixes Um benéfico triângulo de energia no elemento ar beneficia suas emoções, tanto as do passado quanto as vividas no presente. É um ótimo momento para rever escolhas e deixar o que não serve mais para trás. veja como curtir as atividades litorâneas, sem prejudicar a saúde Escorpião Um benéfico triângulo de energia no elemento terra suaviza suas emoções e mostra a necessidade de deixar para trás sentimentos que já não fazem mais nenhum sentido em sua vida. Dia ótimo para meditar. Gêmeos Um triângulo de energia bastante favorável envolve diretamente seu signo, abrindo portas e expandindo seus planos. Os romances e os projetos que envolvem negócios e pessoas de outros países também ganham com ele. Prática de esportes na praia: Quer uma promoção? Sua mesa de trabalho pode ajudar; veja Hospital do Coração alerta sobre a importância da hidratação e da prática moderada de esportes na praia No verão diversas pessoas migram para as praias do litoral brasileiro em busca de diversão. Muitos aproveitam os feriados e as férias coletivas para curtir a estação praticando esportes aquáticos e de areia. É nessa época que os cuidados com a pele, corpo e alimentação devem ser redobrados, pois com o aumento da população nas cidades litorâneas, surgem às viroses, infecções alimentares, insolações e desgastes físicos por conta do calor. No que diz respeito à prática de esportes e atividades físicas nas praias, as recomendações mais importantes estão associadas à hidratação do organismo, com o consumo abundante de líquidos, no tempo da prática esportiva, que deve ser na média de 45 minutos diários, quatro vezes por semana e o horário da prática esportiva, que deve ser antes das 10hs e após as 17hs. De acordo com o cardiologista e médico do esporte e responsável pelo Sport Check-up do HCor - Hospital do Coração, em São Paulo, Dr. Nabil Ghorayeb, a prática de esportes é bem vinda, desde que realizada de forma correta sem sacrificar o organismo. “Recomendamos as atividades de cunho aeróbico como caminhadas, corridas, bike, lazer na água, frescobol, futebol, vôlei de praia, entre outros. Essas atividades devem ser praticadas moderadamente e nos horários em que o sol está menos agressivo. Outro fator determinante é a condição ambiental. O excesso de calor com a alta sensação térmica e a poluição das praias (areia e água) também devem ser levadas em conta”, afirma o cardiologista e médico do esporte. Hidratação: De acordo com Ghorayeb, os exercícios praticados na praia exigem mais do organismo devido a um maior grau de dificuldade que o exercício na areia proporciona. “A intensidade dos movimentos é mais elevada e demandam mais esforço físico do esportista, que gastará mais energia, num clima mais quente e, consequentemente perderá mais líquido, necessitando de uma hidratação abundante constante”, afirma. No caso das bebidas alcoólicas as mesmas não são consideradas hidratantes naturais do organismo. “A hidratação deve ser feita com água natural ou de coco e líquidos isotônicos com as restrições conhecidas aos hipertensos e diabéticos, crianças e gestantes. As bebidas alcoólicas destiladas devem ser evitadas porque provocam um aumento exagerado da diurese”, explica Ghorayeb. Dicas para a prática de esportes na praia • Consumo de líquidos abundantemente, cuidados no uso de isotônicos por hipertensos e diabéticos, nem pensar pelas crianças e gestantes; • Uso de Protetor Solar (15 a 30) no corpo e rosto a cada 2hs ou caso se molhe; • Uso de boné, óculos e viseiras para a proteção dos olhos e cabeça; • Uso de roupas leves; • Ingerir alimentos leves, como frutas, água de coco, lanches naturais, entre outros; • Praticar as atividades por 45 minutos em média (quatro vezes por semana), antes das 10hs e após as 17hs (horário de verão); • Realizar as atividades de forma moderada e respeitar os limites do organismo. DAEE reforça limpeza do PET para combate a dengue Funcionários intensificam serviços para prevenir focos do mosquito, em mutirão coordenado pelo DAEE (Departamento de Águas e Energia Elétrica) Aposte no verde: estudos mostram que as flores ajudam as pessoas a ficarem de bom humor. Clawson descobriu que gurus fashion como têm sua produtividade impulsionada a partir do frescor da flora. Tenha um ambiente bem humorado: ter imagens inspiradoras aonde à vista alcança é uma das apostas de estilista. Seja na lateral ou na frente do computador, o importante é ver fotos que lembrem algo motivador como “eu quero férias na praia”. Exponha frases motivadoras: ”É interessante manter lembretes e cartões para lembrar você de grandes realizações”, sugere a pesquisa. Uma boa dica é reunir cartas, desenhos ou registros motivadores sobre a própria carreira. Sinta-se em casa: se você trabalha duro, provavelmente deve gastar mais tempo no trabalho do que em casa. Por isso, é importante sentir-se confortável. Impressione clientes com um ambiente acolhedor, como por exemplo com um sofá aconchegante com almofadas coloridas. Essa é uma tática utilizada nos escritórios em Nova York. Preencha o espaço com livros: “pessoas bem-sucedidas estão sempre trabalhando por seus objetivos e tentando aprender algo novo em sua área”, Preencha o espaço vago em seu escritório com livros sobre a sua profissão. Mantenha o ambiente limpo: de acordo com a pesquisa uma estação de trabalho bagunçada não inspira o fechamento de novos negócios ou promoções. Por isso, mantenha seu espaço limpo e organizado, uma estratégia utilizada por diretores criativos da unidade da Saks, na 5ª Avenida, em Nova York. Abuse da criatividade: não é porque sua estação de trabalho é arrumada que não pode ser criativa. Os estilistas instiga a própria imaginação mantendo muitos lápis e canetas coloridas em recipientes sobre a mesa. O PET (Parque Ecológico do Tietê) reiniciou no Núcleo Engenheiro Goulart, o programa “Frente Contra a Dengue” que ocorre de segunda a quinta, das 8h às 14h. Mesmo nunca tendo existido casos no parque, o objetivo da ação, segundo seu diretor, Edison Candido, é eliminar todos os possíveis focos do mosquito. Durante os quatro dias da semana cerca de 60 trabalhadores se dividem nas tarefas de coleta de lixo, eliminação de poças - com o auxílio de areia e cascalho - poda de plantas e roça da grama. O programa “Frente Contra a Dengue” está previsto para todo o verão, época chuvosa em que o mosquito da dengue se prolifera com maior facilidade. O Parque: O PET (Parque Ecológico do Tietê), administrado pelo DAEE (Departamento de Águas e Energia Elétrica) possui uma área total com cerca de 15,6 milhões de m²: 14 milhões de m² do Núcleo Engenheiro Goulart, 171 mil m² do Núcleo Vila Jacuí e cerca de 1,5 milhões de m² do Núcleo Ilha do Tamboré. Serviços: Horário de funcionamento do núcleo: 8h às 17h - Entrada gratuita Estacionamento: 50 vagas no interior, próximo à administração do parque. Telefone: 29581477. Endereço: Rua Guira Acangatara, 70. Atividades e equipamentos que precisam ser agendados: Programa de Educação Ambiental, quiosques grandes. Como chegar: O acesso fica na Av. Dr. Assis Ribeiro, altura do nº 3.000. Indo de carro, entre no km 17 da rodovia Ayrton Senna, sentido SP/Rio; de Metrô, desembarque na estação Penha, pegue o ônibus Jardim Keralux e desça na entrada do parque; pelo trem da CPTM, desembarque na estação Engenheiro Goulart, e siga até a entrada do parque.