Guaianas 074

133 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
133
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Guaianas 074

  1. 1. Jornal Ano 6 Número 074 Tiragem 25 Mil 2º quinzena SETEMBRO/2013 raleste@gmail.com Tel. 2031-2364 Noite de Gala homenageia principais veículos de comunicação da Zona Leste Virada Esportiva mantém média de público e “continua” na semana que vem Mais de 3,6 milhões de pessoas participaram da sétima edição do evento; E pela primeira vez, 70% dos centros... PÁG. 02 Na última terça-feira (24), aconteceu a entrega do Prêmio Gutenberg aos melhores jornais e revistas da Zona Leste. A solenidade foi realizada no auditório do Sesc Belenzinho, localizado no Belém. PÁG. 03 Alckmin e Haddad assina convênio para obras de controle de enchente na Vila Itaim Na quinta-feira (12), o governador Geraldo Al- ckmin juntamente com o prefeito Fernando Haddad Mude seu visual use e abuse da franja Mudar de visual não é uma escolha fácil, e, para quem não quer mudanças radicais, a franja pode ser a salvação. Entre os looks mais adotados pelas famosas neste ano, a franja é uma das tendências mais fortes do momento e proPÁG. 07 mete durar... estiveram na região da Vila PÁG. 04 E 05 Itaim... Subprefeitura Guaianases realiza segundo #PapoRetoSP na região A Subprefeitura Guaianases em parceria com a Subprefeitura prestigia posse dos novos conselheiros de Saúde de Guaianases Na tarde sexta-feira, (20) no auditório do CEU Jambeiro, aconteceu a cerimônia de posse dos novos conselheiros do Conselho de Saúde de Guaianases. O chefe de Gabinete da Subprefeitura da região também esteve PÁG. 03 Coordenação Municipal de Juventude, da Secreta- ria Municipal de Direitos PÁG. 02 Humanos,... Moradores ganham mudas e sementes durante o dia da Árvore O evento contribuiu para mostrar a preocupação com as áreas verdes na região A Subprefeitura de Guaianases realizou a doação de mudas e sementes para a população do bairro. Ao todo, foram distribuídas cerca... PÁG. 02
  2. 2. 2 2º quinzena SETEMBRO/2013 Subprefeitura prestigia posse Moradores ganham dos novos conselheiros de mudas e sementes Guaianases durante o dia da Árvore Evento Saúde deauditório do CEU Jambeiro aconteceu no O evento contribuiu para mostrar a preocupação com as áreas verdes na região A Subprefeitura de Guaianases realizou a doação de mudas e sementes para a população do bairro. Ao todo, foram distribuídas cerca de 150 mudas de plantas ornamentais, além de 150 sementes, de cacto, camomila, couve, brócolis, alface e rúcula, entre outras. Ao fim do evento, os representantes do CADES, de Guaianases realizaram o plantio de um ipê em frente à praça de eventos. Surgimento do Dia da Árvore Comemoramos no Brasil o dia da árvore em 21 de setembro. No principio, esse dia foi eleito por marcar o início da primavera. Porém, antes mesmo de ser escolhida essa data, acontecia no país na última semana de março, a festa Anual das Árvores, idealizada pelo presidente Castelo Branco, no ano de 1965. Assim, alguns anos depois a árvore acabou ganhando de fato um dia especial por ser de suma importância para a vida humana, sem falar que ela é símbolo da primavera, época mais colorida e encantadora do ano. Mesmo assim, atualmente alguns lugares como a região do Norte e Nordeste ainda comemoram a data na última semana de março, já outras como Sul e Sudeste celebram em 21 de setembro. Muitos continuam pensando que a árvore simbolo do Brasil é o pau-brasil, em razão de seu nome, mas a verdade é que esse título cabe mais ao ipê amarelo, uma das cores que representam nosso país. Na tarde sexta-feira, (20) no auditório do CEU Jambeiro, aconteceu a cerimônia de posse dos novos conselheiros do Conselho de Saúde de Guaianases. O chefe de Gabinete da Subprefeitura da região também esteve presente na atividade e salientou a importância do trabalho de todos os conselheiros. A Conferência Municipal oficial será realizada entre os dias 2 e 5 de outubro de 2013, no Palácio de Convenções do Anhembi. O objetivo principal do evento é im- pulsionar os princípios e diretrizes do SUS, além de definir diretrizes e prioridades para as políticas de Saúde, não esquecendo de fortalecer o controle social do Sistema. Virada Esportiva mantém média de público e “continua” na semana que vem Mais de 3,6 milhões de pessoas participaram da sétima edição do evento; E pela primeira vez, 70% dos centros esportivos municipais tiveram programação durante toda a madrugada; As atividades continuam a todo vapor com o Revirando A Virada que começa dia 28 de setembro. Mais de 3,6 milhões de pessoas participaram da Virada Esportiva 2013, sétima edição do evento na capital paulista. Com mais de duas mil atividades, a Virada teve 95% de eventos participativos e mesmo com quase 30% a menos de investimento (R$ 5,5 milhões contra R$ 7,5 milhões da edição 2012), manteve sua média de público. Além das grandes arenas, a Virada Esportiva ocupou além dos centros esportivos e parques municipais, os CEU’s (Centros Educacionais Unificados), as Unidades do SESC localizadas na capital e Clubes da Comunidade (CDC’s), sem falar nas Praças e Ruas de Lazer. A Ciclofaixa de Lazer também funcionou durante a Virada, cuja edição 2013 aconteceu simultaneamente com outras iniciativas de difusão da prática de atividade física: dentre eles o Dia Mundial sem Carro, Semana Move Brasil e Semana da Mobilidade Urbana. A iniciativa também já é Jornal Uma publicação do Grupo Acontece de Jornais e Revista um ensaio para o Revirando A Virada, programa que terá início no próximo dia 28 de setembro, onde dez clubes e o Parque do Ibirapuera ficarão abertos ininterruptamente, das 8h da manhã de sábado às 18h de domingo. Até o final de 2016, serão 32 pontos que ficarão abertos em horários alternativos na cidade, um na região de cada subprefeitura de São Paulo. Em Guaianases A Virada Esportiva em Guaianases foi comemorada no CEU Jambeiro, com diversas atrações para o público, como Gincanas Infantis, Futsal, Handebol, Xadrez e Futebol Diretor e Chefe de Redação: Divaldo Rosa MTb: 42.488 • Jornalista (fl): Silmara Galvão Nunes • Representantes Comerciais: Divaldo Rosa • Diretor de Arte: Sérgio Avante • Designer: Ademir Rodrigues • Revisora: Prof. Suseli Corumba • Administração Financeira: Ademir Rodrigues • Distribuição: Mart Press Distrib.de Jornais • Redação e Publicidade • Fone/Fax: 2031-2364 / 25130928 • Av. Guachos, 166 • Cep: 08030-360 • Vila Curuçá - SP - E-mail: raleste@gmail.com (fl = Freelancer) As matérias publicadas são de exclusiva responsabilidade dos colaboradores e não representam necessariamente a opinião do Jornal. Os nomes dos colaboradores e representantes comerciais não mantém vínculo empregatício com a empresa.
  3. 3. 3 2º quinzena SETEMBRO/2013 Noite de Gala homenageia principais veículos de comunicação da Zona Leste Na última terça-feira (24), aconteceu a entrega do Prêmio Gutenberg aos melhores jornais e revistas da Zona Leste. A solenidade foi realizada no auditório do Sesc Belenzinho, localizado no Belém. Esta foi a 6ª edição desse prêmio que foi criado pela Associação Comercial de São Paulo para destacar os melhores trabalhos no âmbito da comunicação regional. A cidade de São Paulo possui cerca de 200 jornais regionais e aproximadamente umas 100 revistas, que juntos distribuem cerca de 2 milhões de exemplares por quinzena, segundo aponta o Sindicato de Jornais e Revista de Bairros de São Paulo. Ainda segundo o sindicato, a mídia regional da cidade de São Paulo é a segunda maior do mundo, só sendo superada pela de Nova Iorque. Grupo Acontece recebe orgulhosamente o prêmio Gutenberg Grupo Acontece de Jornais e Revistas, Divaldo Rosa, reconhece que o mérito é de toda sua equipe e ressalta: “Agradeço a Deus em primeiro lugar e a todos da minha equipe. Esta premiação é o fruto de um reconhecimento sério e profissional, dedico este prêmio a todos que O Grupo Acontece de Jornais e Revista, o jornal que nasceu em São Miguel e atua nos bairros mais periféricos da região, teve 4 veículos homenageados: JORNAL ACONTECE AGORA, FOLHA DO ITAIM & CURUÇÁ, JORNAL ERMELINO & PONTE RASA e a REVISTA ACONTECE LESTE. O prêmio tem como objetivo destacar os jornais e revistas regionais de São Paulo. O Grupo Acontece de Jornais e Revistas continua sendo o maior vencedor, obtendo até agora 14 premiações. O diretor executivo do Paciente sofre com falta de atendimento adequado em hospital da Cidade Tiradentes A moradora do Jardim Robrú, Grace Queli da Silva Santana, esteve na redação do Grupo Acontece para expor a situação de calamidade em que o irmão, José Wellington da Silva de 18 anos se encontra. A auxiliar de limpeza afirma que o irmão internado no hospital da Cidade Tiradentes na Cidade Tiradentes por cerca de sete meses tem sofrido maus tratos com a falta de atendimento hospitalar. Segundo Grace a situação é de desespero, pois em apenas 07 meses, seu irmão sofreu 03 paradas cardíacas, “Eles não podiam fazer o que fizeram. Nem cachorro é tratado assim”, lamenta a irmã. O drama de Wellington começou há 01 ano com a perda da mãe, segundo Grace, ele entrou em um quadro profundo de depressão, chegou até mesmo pensar em tirar a vida por diversas vezes, porém em dezembro de 2012 o rapaz sofreu a primeira parada e foi levado ao hospital Tide Setúbal onde ficou 02 meses, dos quais 19 dias na UTI e mesmo com febre de 40 graus teve alta. Porém, Grace afirma que ele teve todos os cuidados recomendados pelos médicos, mas não foi o suficiente para ele se manter em boas condições, posteriormente foi socorrido pelo SAMU e levado ao Hospital da Cidade Tiradentes com suspeita de Meningite. Após uma bateria de exames foi diagnosticada uma forte bactéria no cérebro, e com as sequelas das três paradas cardíacas, Wellington não respondeu ao tratamento e consequentemente perdeu a consciência. Com a situação e o tempo de internação o estado de saúde do paciente se agravou, fotos comprovam que o paciente está totalmente debilitado com vá- rias escaras e definhando muito. Grace afirmou na entrevista que mesmo o irmão tendo que ser acompanhado por fisioterapeutas e fonoaudiólogos, Wellington nunca teve este tipo de consulta sendo que já faz 07 meses que está internado. “Toda vez que vou visitá-lo encontro ele sujo, sozinho, em estado de abandono e descaso, chegando a ter mau cheiro, com unhas e barbas enormes...choro muito e não acho isto digno sa, mas me informaram que não, porém onde ele se encontra agora é uma sala com total falta de estrutura, a lixeira sempre está superlotada, mosca por todo canto, mau cheiro, toda vez que venho embora de lá, (CHORO) me parte o coração por saber que meu irmão está naquele lugar em completo abandono”,explica ela soluçando de tanto chorar e teme que se ele entrar em óbito ninguém veja. “Sei que o quadro dele é com um ser humano, já nem sei mais o que fazer, não tenho condições nenhuma de cuidar dele em casa”. Grace mora de aluguel em uma pequena casa, com seus três filhos e o esposo, que também sofre com graves problemas de saúde, tem epilepsia, por conta disto, não consegue arrumar emprego. “Minha situação é bem complicada, vivemos somente do que eu ganho o que já é bastante difícil”, lamenta ela. Grace diz que o irmão está internado em uma Ala de isolamento e que em junho deste ano, a administração do hospital ficou de arrumar uma vaga para a área de enfermaria, mas nada foi feito até o momento. “Cheguei a pensar que ele tivesse uma doença contagio- bastante complicado agora, mas só peço a Deus que ao menos, se permanecer lá, que tenha enquanto vida um tratamento digno como todo cidadão enfermo deveria ter pelo atendimento público de saúde”. Em nota a OSS Santa Marcelina, que administra o Hospital Cidade Tiradentes, informou que desde sua chegada o paciente J.W. foi atendido por equipe multidisciplinar e instalado em colchão piramidal por conta das lesões já instaladas e pelo seu estado nutricional. Ele recebe visitas dos diferentes profissionais e dieta com suplemento. O paciente utilizou uma série de antibióticos e apresenta estabilização do quadro clínico. Atualmente é necessário que surja uma vaga para um hospital de retaguarda de pacientes colaboram com o conteúdo de cada reportagem”. O bairro de São Miguel teve mais dois veículos homenageados na noite de gala. O jornal Folha de São Miguel e a revista Perfil. Após a solenidade todos foram convidados para saborear um delicioso coquetel. crônicos. Quanto às condições do ambiente de internação, trata-se de um isolamento com antecâmara e de acordo com as normas vigentes preconizadas pelo Serviço de Controle de Infecção Hospitalar, que monitoriza e orienta condutas para o caso. J.W. recebe diariamente visita médica e continua sendo assistido por uma equipe multidisciplinar. Quanto às eliminações fisiológicas e limpeza do leito, informamos que o paciente segue o protocolo institucional. A rotina de limpeza concorrente (diária) é realizada no período diurno, vespertino e noturno, sendo feita por colaboradores fixos na unidade. Na limpeza o colaborador recolhe o resíduo, higieniza o mobiliário e lava o banheiro. Além disso, também é realizada nos leitos com pacientes de longa permanência a limpeza terminal, realizada a cada 15 dias. Nela, o colaborador recolhe o resíduo, lava as lixeiras, higieniza o mobiliário, a régua de gases, luminárias, televisão, paredes, janelas e lava o banheiro. O que contradiz a irmã do paciente, que na última quinta-feira (24) acionou o serviço da Policia Militar e foi orientada a abrir um boletim de ocorrência. Subprefeitura Guaianases realiza segundo #PapoRetoSP na região A Subprefeitura Guaianases em parceria com a Coordenação Municipal de Juventude, da Secretaria Municipal de Direitos Humanos, realizará no Parque Lajeado, o 2º Diálogo da Juventude na região, mas conhecido como #PapoRetoSP. A meta é ampliar o debate com os jovens da região sobre diversos temas, identificar as demandas locais, construir parcerias para a realização de projetos, além de recolher idéias dos jovens e buscar soluções práticas, democráticas e acolhedoras para seus anseios. Essa mobilização quer intensificar o interesse dos jovens na participação e construção colaborativa de políticas públicas, onde sejam incluídas as prioridades da comunidade, a fim de buscar um olhar mais jovem sobre essas questões. Ao mesmo tempo visa entender as necessidades Estatuto da Juventude Foi aprovado no Congresso Nacional o Estatuto da Juventude em benefício dos cerca de 51 milhões de brasileiros que têm entre 15 e 29 anos de idade. Os jovens receberão uma declaração de direitos, onde estarão contidos aqueles já garantidos pela lei - como educação, trabalho, saúde, cultura, segurança pública, esporte e lazer - e novidades como o direito à participação social, à diversidade, ao território e à sustentabilidade. Vamos ocupar o Parque Lajeado. Contribuir com a reunião trazendo suas ideias e amigos. Evento: #PAPORETO – 2º Diálogo das Juventudes Local: Parque Lajeado – Rua Antônio Thadeo, 74 Data: 03 de outubro de 2013 Horário: à partir das 14h Telefone: 2961-7278
  4. 4. 4 2º quinzena SETEMBRO/2013 Governador Geraldo Alckmin concede e Educação, saúde, segurança, transporte, manifestações, CDHU, Fatec, Etec, Metro denuncias em licitações do Metro, o go Geraldo Alckmin recebeu para entrevista exclusiva as entidades representativas dos jornais de bairro AJORLESTE, AJORB e SINDJORB e 31 jornais e revistas da Zona Leste para falar de suas realizações para a cidade de São Paulo e em especial para a Zona Leste da capital. A entrevista durou cerca de 2h45min. e foi marcada pela descontração dos jornalistas presentes, governador e assessores da SECOM. Cada representante de jornal fez uma pergunta. Segue abaixo o conteúdo da entrevista. Ao completar, em 1º de setembro, 118 anos de existência, os jornais de bairro da Cidade de São Paulo, a segunda maior grande imprensa regional do mundo, tem um papel imprescindível no desenvolvimento e no futuro da maior metrópole da América do Sul. Após uma pequena explanação sobre os jornais feita por Antonio Carlos Cimino presidente do Sindjorb e apresentação dos diretores dos jornais presentes, deu início a entrevista, uma iniciativa da Ajorleste, que contou também com a presença de assessores diretos da Secom e do secretário adjunto de Comunicação Márcio Aith. Entrevista Jornais - As obras do sistema viário de Itaquera, que abrigará a abertura da Copa do Mundo da Fifa de 2014 estão dentro do cronograma previsto e a Prefeitura está cumprindo com a parte que ficou definida junto ao Governo? Alckmin - “Antes de responder a sua pergunta, gostaria de revelar a importância da posse do professor David Uip na Secretaria Estadual de Saúde e que trouxemos também para o Governo o Professor Ronaldo Laranjeira da UNIFESP. Nós vamos priorizar o tratamento das pessoas com dependência química, seja álcool, seja drogas. Na região da Nova Luz vamos ter um mini hospital, na Rua Helvetia, onde havia um prédio abandonado, na antiga Cracolândia, vamos ampliar o número de leitos e atendimento para dar mais oportunidade de tratamento. Também o Cartão Recomeço que é preciso esclarecer que ele não é para o dependente e sim para as entidades terapêuticas que promovem o tratamento. O Governo paga pelo período que o paciente fica em tratamento, refazer a vida. O Brasil é o maior consumidor de crack do mundo e o segundo maior consumidor de cocaína. O problema da droga tem caráter epidêmico, é preciso uma mobilização de toda a sociedade, das famílias, das igrejas e das escolas para ajudar. Em relação à Zona Leste, queria dizer do nosso entusiasmo, nós temos investimentos históricos, expressivos. Não temos dinheiro público no estádio pois ele é privado. Nós temos investimentos públicos na região, mais especificamente no sistema viário. Obras no polo de Itaquera, no chamado mergulhão para tirar cruzamento na Radial, a ligação leste/oeste que passa por cima da Radial, do Trem e do Metrô. Um grande viaduto e uma grande passarela. O entroncamento da Radial Leste com a Jacu-Pêssego, com viadutos. O entorno do estádio, com novas avenidas, novo sistema viário ao custo de R$ 257 milhões. Todas obras dentro do cronograma. Já em dezembro entregaremos parte e o restante até março. Mais R$ 61,4 milhões da ligação JacuPêssego, com alças de acesso e R$ 14,6 milhões da grande passarela. Um total de R$ 333 milhões só do Estado. Recursos Integralmente do Estado de São Paulo melhorando o sistema viário na região.” Jornais - Quando será inaugurada em FATEC em Itaquera? Alckmin - “Em Itaquera, ao lado do estádio nós temos um complexo de ensino técnico e tecnológico. A FATEC não foi inaugurada, mas já está pronta e funcionando. A ETEC vai estar pronta em três meses, mais somente vai funcionar em agosto de 2014. O prédio da Etec será utilizado como apoio à abertura Copa do Mundo, ao Comitê Paulista. Os cursos da FATEC de Itaquera são: Mecânica Industrial, Processo de Soldagem, Automação Industrial, Fabricação de Peças e Projeto de Mecânica que ainda será implantado. Quatro faculdades com curso de 3 anos. A ETEC vai ter ensino médio integrado aos cursos técnicos. Projeto de Mecânica, Soldagem, Desenho de Construção Civil, Edificações, Projeto de Instalação Elétrica Predial, Tecnologia da Informação, Informática, Segurança no Trabalho e Enfermagem. Jornais - As Fábricas de Cultura. Qual a previsão de expansão na Cidade de São Paulo e outros municípios do interior? Alckmin - “Nós já temos inauguradas quatro Fábricas de Cultura na Zona Leste: Vila Curuçá, Sapopemba, Itaim Paulista e Belém. Funcionando com escola, teatro, música, balé, circo, biblioteca, internet, dança, instrumentos musicais. Um trabalho muito bonito. A quinta que em breve vamos inaugurar vai ser na Cidade Tiradentes. Já está pronta. Com isso teremos somente na Zona Leste cinco Fábricas de Cultura, sem contar as outras nas regiões Norte e Sul”. Jornais - A saúde tem sido o calcanhar de Aquiles em todas as administrações. Como médico, o que o senhor tem a dizer sobre o Programa Mais Médicos do Governo Federal? Alckmin - “ Em relação à Saúde nós temos na Zona Leste um conjunto de obras programadas. Primeiro, o novo Pronto Socorro do Hospital Santa Marcelina que vai estar pronto e funcionando em abril. R$ 7,5 milhões de investimentos do Governo do Estado. Reforma do Hospital Geral de São Mateus que vai estar pronto agora em novembro, R$ 8,7 milhões. Despachei como o Professor David Uip e pedi para que o primeiro hospital que ele vai visitar será o de São Mateus. Nós vamos fazer uma grande contratação de médicos. Os hospitais que são administração direta são mais complicados para admitir pois tem de se fazer concursos. O outro é o Hospital de Sapopembinha, que as obras serão iniciadas agora e concluídas em março de 2014. Depois o ambulatório do Hospital Leonor Mendes de Barros, que vamos reformar, R$ 49,7 milhões de investimentos. O Cândido Fontoura, mais o AME da Zona Leste, Hospital Geral de Guaianases, do Itaim Paulista, de Sapopemba e o Centro de Referência do Idoso em São Miguel. Ao todo são 8 hospitais púbicos do Estado na Zona Leste, além do Hospital de Vila Alpina. Quanto mais médico melhor. A questão é que faltam médicos para o SUS. Para a iniciativa privada não. O grande problema da Saúde é o financiamento do SUS. Ninguém aguenta ganhar o valor pago que é muito baixo. Dez Reais é um valor ínfimo. Faltam algumas especialidades: intensivista, anestesista, ortopedista, pediatra. Vamos abrir as 50 AMES aos sábados para andar mais depressa as filas dos exa- mes. Ressonância Magnética, Ultrassonografia, Mamografia, alguns podem fazer pequenas cirurgias. A partir do fim de setembro já vamos abrir. Jornais - O que o senhor poderia nos dizer quanto aos investimentos da CDHU e a relação em unidades habitacionais na sua gestão? Alckmin - “Em relação a CDHU, nós somos o único estado brasileiro, dos 27 que põe 1 por cento do ICMS para moradia. Habitação de interesse social. São Paulo é único, dá R$ 1.2 bilhão por ano e cria uma carteira para subsídio. Casa para quem não tem casa. Nós já entregamos 400 mil moradias no Estado de São Paulo. Quem ganha um salário mínimo pode ter acesso pagando R$ 101,00 de prestação. Temos hoje 40 mil unidades em construção, o que gera muito emprego. Em média 3 empregos por unidade. Estamos com unidades em construção no Belém, Cangaíba, Iguatemi, José Bonifácio, dois conjuntos, Itaquera, Cidade Tiradentes e Ermelino Matarazzo. Nós criamos a chamada Casa Paulista onde o investimento é multiplicado. Com um bilhão a gente alavanca 4 bilhões de reais com parceria com o Governo Federal no Programa Minha Casa Minha Vida na Cidade de São Paulo à fundo perdido para poder ter viabilidade do sistema na cidade por causa do custo do terreno que é alto. Assinamos aqui no Palácio dos Bandeirantes um convênio com a presidente Dilma para viabilizar Cem mil apartamentos com o programa Federal que é complementado com recursos do Estado com subsídios de R$ 20 mil por unidade. R$ 2 bilhões. A novidade é que estamos terminando o edital para a PPP para a construção de 20 mil apartamentos no chamado centro expandido. Pari, Braz, Mooca, Luz, Cambuci. São áreas que têm Trem, Metrô, perto do emprego, comércio, universidades, hospitais e que têm muitos galpões vazios e prédios vazios e terrenos abandonados. A maioria em prédios novos e alguns poucos reformados. A iniciativa privada faz e o Estado entra com subsídios. O maior programa de requalificação urbana.” Jornais - Os investimentos para o Metrô e CPTM tem a participação do Governo Federal, qual a porcentagem, ou somente é do Governo do Estado de São Paulo? Alckmin - “O Brasil ultrapassou a casa de 201 milhões de habitantes. Estado de São Paulo passou de 43 milhões de habitantes, sendo metade, 21,5 milhões na região metropolitana, com 8 mil Km², segundo Governador Geraldo Alckmin reunido com rep dados do IBGE. O problema de mobilidade urbana é questão prioritária. Nós temos a terceira maior região metropolitana do mundo que é a de São Paulo. A primeira é Tóquio, segunda Nova Delli. A prioridade é transporte de alta capacidade sobre trilhos. Na Zona Leste temos a Linha 15, onde recentemente estivemos juntos em Vila Prudente e Oratório. São 17 estações, 24,5 Km, com uma demanda prevista de 800 mil passageiros por dia, 5,5 bilhões de investimento e esperamos entregar agora em janeiro duas estações e o primeiro trecho. A estação de Vila Prudente e Oratório. O Monotrilho vai por cima da avenida, evita muita desapropriação, elétrico, não polui, silencioso e tem boa capacidade. Cerca de 40 a 50 mil passageiros/hora. Cada trem tem sete carros e transporta mil passageiros, substituindo 15 ônibus das ruas. Não tem um centavo do Governo Federal. É tudo do Estado de São Paulo. O que tem são financiamentos, empréstimos, do BIRD, BNDS, Banco Mundial. Não é dinheiro orçamentário. Vamos entregando as estações até São Mateus e posteriormente Cidade Tiradentes. A outra linha da CPTM é a 13, que vai até o Aeroporto de Cumbica. Vocês já estão convidados, começam as obras no dia 16 de setembro e deve estar pronta no final do ano que vem. Começa no Braz, passa por cima da Ayrton Senna, Rio Tietê e depois da Dutra até chegar ao aeroporto. Nós vamos ter os dois aeroportos ligados pelo sistema metro-ferroviário. O Aeroporto de Congonhas pela Linha 17 do Metrô, Monotrilho. Também estamos modernizando todas as estações. Acabou de ser entregue a de São Miguel é praticamente nova com acessibilidade etc. Vamos ter investimento federal na Linha 18 que deve ser licitada a PPP, que sai de Tamanduateí e vai para São Bernardo do Campo. Esta deve ter recursos do PAC de R$ 400 milhões. A primeira. Todas as outras é somente com recursos do Estado. Temos quatro Linhas em obras simultaneamente. A Linha 4 Amarela que já está funcionando, e vamos entregar mais 5 estações. Obras também na Linha 17, Linha 15 Monotrilho Tiradentes. Também a Linha 5 que sai de Santo Amaro e vai até a Chácara Klabin, são 11 estações. Vamos ter 6 tatuzões trabalhando ao mesmo tempo em São Paulo. Quatro obras de Metrô, e ainda mais três outras totalizando sete obras simultâneas que é recorde no mundo. Através da EMTU estamos construindos vários Corredores Metropolitanos através do PCM (Programa de Corredores Metropolitanos de Transporte Coletivo), sendo destaque na Zona Leste, o BRT Perimetral Jacú Pêssego que ligará São Mateus ao Terminal CECAP em Guarulhos)” Jornais - A modernização da linha 3 vermelha do Metrô vai estar concluída até o início da Copa do Mundo e a Linha Verde até Tiquatira, tem previsão? Alckmin - “A Linha 3 Vermelha, nós vamos ter 47 novos trens que serão entregues. Cada trem de Metrô tem seis carros. Com esses novos trens e o sistema eletrônico em pleno funcionamento deveremos alcançar o tempo para 90 segundos de intervalo na Linha 3 Vermelha e de 3 minutos de intervalo nos trens da CPTM. Com isso a superlotação deve diminuir sensivelmente. Depois nós temos a Linha 2 que é Metrô, sai da Vila Prudente e vai até Tiquatira, Dutra e Guarulhos, com 13 estações. Está em fase de licitação. Expectativa de início no primeiro trimestre de 2014. Por isso que anunciei a ampliação da Linha 15 vai ganhar mais 2.3 Km indo até o Ipiranga para distribuir melhor os usuários.” Jornais - Direito de Manifestações X Direito de ir e vir. A sociedade está querendo uma atitude por parte do Governo pois a Constituição assegura o direito de ir e vir. O que o Governo de São Paulo pretende
  5. 5. 5 2º quinzena SETEMBRO/2013 trevista exclusiva aos jornais de bairro M, EMTU, Fábricas de Cultura, Obras no entorno do Itaquerão, Sabesp, reeleição, dor fala tudo aos jornais da Zona Leste. Governador Geraldo Alckmin e Divaldo Rosa (Presidente do Grupo Acontece) e diretores de jornais de bairro da zona leste fazer para garantir tais direitos e coibir abusos? Alckmin - “Nós temos procurado garantir o direito de manifestação e até a segurança dos manifestantes. Por outro lado não se permite e não se permitirá o vandalismo e a depredação do patrimônio público ou patrimônio privado. A Polícia está orientada no sentido de aceitar a manifestação mas é preciso respeitar o direito das pessoas. Houve um bloqueio da Régis Bittencourt e por consequência do Rodoanel. Será que é aceitável bloquear uma rodovia de fluxo tão importante? Pessoas que têm compromisso ficarem prejudicadas. A gente tem procurado assegurar os direitos, tanto dos manifestantes quanto da sociedade, mas não aceitamos vandalismo nem depredação. Que manifestem mais sem prejudicar a outra parcela da população. Uma hora a Polícia é criticada e outra é cobrada. Acredito que estamos acertando. Por falar em Rodoanel, vamos, em abril entregar o Rodoanel Leste, interligando a Ayrton Senna a parte Oeste e Sul.” Jornais - Saneamento: São Paulo está investindo em despoluição, tratamento de esgoto e de água. Qual o resultado atual dos investimentos? E a perspectiva a médio prazo? Alckmin - “Em um artigo técnico, o Brasil no ritmo que vai, universaliza o saneamento com 100% de água tratada, 100% de esgoto coletado e 100% de esgoto tratado em 2122. São Paulo universaliza o saneamento no interior em 2014, no litoral em 2016 e na região Metropolitana de São Paulo em 2019, nos municípios operados pela Sabesp. A primeira tarefa é garantir água. Somos 21 milhões de pessoas à 700 metros de altura, no Planalto de Piratininga. Estamos buscando água até em Minas Gerais. Fizemos a primeira PPP do país em Taiaçupeba, Alto Tietê, o que garantiu mais 4 metros cúbicos por segundo de água. Vamos passar a buscar água no Rio São Lourenço em Juquitiba através de PPP ao custo de R$ 2,2 bilhões, em quatro anos a água vai subir a serra e estar aqui integrada no sistema. A cidade de São Paulo não cresce mais tanto, mas o entorno continua crescendo. Água com qualidade. É só abrir a torneira. Coletar e tratar o esgoto, ampliando as estações de tratamento. A mancha de poluição retrocedeu 140 Km no Rio Tietê. Trabalhando para alcançar o objetivo. Combater a poluição do rio, conscientizando para que não se jogue lixo. Refazer o Parque do Tietê. Limpeza do Rio, ciclovia, áreas verdes, campo de futebol, quadras, áreas de lazer. A ciclovia vai ser paga com a economia do transporte do material assoreado que hoje é feito por barcaça.” Jornais - Projeto para o futuro. O senhor é candidato natural a reeleição em 2014. Dentro do contexto o que tem a falar à população. O que melhorou e o que vai melhorar com a sua permanência frente à administração do Estado de São Paulo? Alckmin - “Eu sempre tenho dito o seguinte: eleição é em ano par, nós estamos em ano ímpar. Tem dois ansiosos: os políticos e as jornalistas. Não sou favorável a antecipar debate sucessório, primeiro porque o povo não está muito ligado e segundo porque encurta o governo o Governo. Agora o negócio é trabalhar, trabalhar, trabalhar. O ano que vem a gente discute o quadro político. Jornais - Sobre as manifestações em relação aos encapuzados e mascarados que se escondem para praticar quebradeiras? Alckmin -”Eu acho que a gente tem de agir de maneira a separar movimentos legítimos que colaboram com o processo democrático. Meu pai gostava de lembrar, Santo Agostinho dizia: “Prefiro os que me criticam, porque me corrigem aos que os que me adulam porque me corrompem”. Então a crítica é importante, é balizadora. Uma coisa é manifestação, luta política, reivindicação e outra coisa é depredação, destruição de patrimônio público. A gente vai acompanhando esse processo. A Polícia está bem orientada para separar joio do trigo, garantir manifestações, evitar abusos e os excessos devem acabar”. Jornais - Sobre a denúncia de cartel em licitações do Metrô. O que o Governo está fazendo? Alckmin - “É importante esclarecer isso. Nós temos hoje os grandes investimentos no transporte de trem e de metrô. Uma empresa multinacional vai ao CADE e faz um acordo de leniência. Revela que em 1998, depois de licitações as empresas do setor se reuniram e fizeram um conluio para evitar disputa entre as mesmas. Cartel se tem no mundo inteiro. Agora mesmo se descobriu um sobre aviação de carga. No Brasil a gente está caminhando para oligopólios. Surgiu a denúncia, imediatamente a apuração através da Corregedoria Geral da Administração. Se isso realmente ocorreu, o Governo é vítima e foi prejudicado e as empresas vão ter de indenizar o Estado. Chamamos as empresas e a Siemens não compareceu. Conseguimos na Justiça o conteúdo do processo, pois o Estado é o maior interessado, criamos uma comissão da transparência com onze entidades da sociedade civil e vamos não só apurar, mas requerer na Justiça a reposição dos valores ao Estado. O Estado não é citado, apenas empresas do setor. Só que as outras negam. A Siemens já é ré confessa, vai ter de pagar, só falta definir o valor que deverá ser estipulado ao final do processo. Primeiro verdade absoluta, transparência total. Quero falar do nosso cuidado em licitações. O ano passado abrimos licitação para compra de 65 trens da CPTM. 520 vagões. Abrimos as propostas e achamos caro. Estava tudo certo, várias empresas. Anulamos tudo e abrimos nova concorrência internacional. Perdemos um ano. O preço caiu em 30% no custo de 35 trens e 22% no lote de 30 trens. No mesmo tempo o Governo Federal, através da CBTU abriu concorrência para compra de trens em Porto Alegre e Belo Horizonte. Só São Paulo tem empresas de trem e Metrô. Um consórcio participou composto por CAF e Alston. Resultado: 90% Alston, 10% CAF, em Porto Alegre e em Belo Horizonte 90% CAF e 10% Alston. Não tiveram nem o cuidado de mudar os números. Também no Rodoanel a concorrência pública internacional, 30% mais barato. Nós somos extremamente cuidadosos, transparência absoluta e se tiver agente público envolvido será rigorosamente punido”. Jornais- Educação: o que o Governo do Estado está fazendo de novo pela educação? Alckmin - “O ensino infantil de zero a cinco anos é de responsabilidade das Prefeituras. Estamos pela primeira vez pondo dinheiro fazendo 1.000 (mil) creches em 645 municípios que aderiram. De 6 a 14 anos é a escola de tempo integral. Nós já implantamos mais de 100 escolas de tempo integral e o resultado é um espetáculo, onde os professores também trabalham em tempo integral com salário de 75% a mais. Se o professor ganha R$ 5 mil ele vai ganhar R$ 8,75 mil de salário. Nós estamos melhorando a auto estima dos alunos oferecendo o ensino médio junto com o ensino técnico. Estamos avançando na tecnologia da informação e oferecendo oportunidade a jovens que sejam monitores ganhando cerca de R$ 400 por mês. A Escola da Família, que completou dez anos. Fizemos uma festa no Parque da Água Branca com 8 mil jovens para comemorar. Estamos aumentando para R$ 500. O Governo paga a mensalidade da faculdade e o jovem universitário fica como instrutor universitário aos finais de semana nas escolas. O Governo paga R$ 500 e a faculdade abre mão dos outros valores da mensalidade. É melhor receber R$ 500 por aluno do que nada. O aluno faz a faculdade de graça e presta serviço aos sábados ou aos domingos por 8 horas em escolas estaduais. Ampliar as ETECs e FATEs. Acabamos de inaugurar a ETC dos Esportes na Vila Maria, formando técnicos em um ano e meio. A questão da progressão continuada: o aluno que faltar às aulas é reprovado todo ano. Se não falta, se ele vai à escola, porque ele não está aprendendo? Se a família tem recursos contrata professor particular. Não podemos punir uma criança e criar uma cultura do fracasso. Jornais - Saúde: O senhor sancionou Lei que estabelece salário de até R$ 14,7 mil para médicos no sistema de Saúde do Estado de São Paulo. O que melhorou após a entrada da Lei em vigor? Alckmin - “Agora que vamos abrir os concursos, um grande pacote. Mas não temos dúvidas são dois aspectos: salário e a carreira. O profissional precisa vislumbrar o futuro. Quem não for trabalhar para o governo vai contribuir para o INSS e o teto de aposentadoria é de R$ 4,3 mil. No governo é integral. O plano de carreira de São Paulo está sendo implantado agora. O que se tem são algumas especialidades: anestesistas, ortopedistas, intensivistas, pediatras. O grande problema nosso é residência médica. Vamos fazer residência nesses setores, nessas áreas com maior falta, em um grande programa em hospitais universitários. Jornais - Sobre a terceirização do atendimento 190 da Polícia. Os atendentes serão treinados? O senhor acredita que eles terão discernimento e saber a importância de uma ligação e capacidade para orientar em casos de emergência imprescindíveis para salvar vidas? Alckmin - “Nós queremos o policial na atividade fim, no policiamento ostensivo. Polícia na rua. Criamos o agente de vigilância penitenciária, substituímos a segurança de presídio e liberamos os 5 mil policiais militares para as ruas. Ninguém fugiu. Escolta: Estamos lutando com o Tribunal de Justiça, com o poder judiciário para fazer vídeo conferência para evitar deslocamentos e custos quando das audiências. Vamos colocar também agentes de escolta da Secretaria de Administração Penitenciária. A atividade do 190 está sendo estudado, ainda não está definido, mas eu vejo com bons olhos, porque uma equipe bem treinada só para fazer isso vai proporcionar um trabalho ótimo. O policial vai para a atividade de rua. No mundo inteiro, o policial que precisa ser um profissional muito bem treinado na atividade fim. Criamos o soldado temporário para serviços burocráticos, um jovem de 18 a 22 anos, que não anda armado. O objetivo é ter esses profissionais na atividade meio para liberar o policial para a atividade fim. Vamos inaugurar o novo COPOM agora. Ao final da entrevista o secretário Márcio Aith agradeceu a presença de todos e fez uma explanação onde relatou que um diretor de jornal de circulação nacional o procurou para informar que devido a questões de modernidade estaria mudando a distribuição para gratuidade e distribuição seletiva em bairros, o que os jornais de bairro já faz isso há mais de 118 anos.
  6. 6. 6 2º quinzena SETEMBRO/2013
  7. 7. 7 2º quinzena SETEMBRO/2013 Cores da estação: combinações atuais no esmalte das mãos e dos pés A primavera está próxima e a tendência é exibir as unhas dos pés, que ficaram escondidos em sapatos fechados na temporada passada. Se na hora de escolher a cor do esmalte sempre pinta uma indecisão, imagine agora com mais dez dedos para se preocupar. Com inspiração nas cores da moda e nas tendências futuras, reunimos sugestões de combinações criativas e divertidas, sem deixar de fora as clássicas. Aqui, as cores podem se complementar ou criar contraste lúdico. Veja cinco pares de tons para as mãos e os pés, que prometem virar hit na temporada. Para manter a harmonia, escolha tanto para as mãos, quanto para os pés o mesmo acabamento (entre verniz ou matte) e o mesmo tom de cor (pastel, vibrante ou neon). 1 - Para um visual clás- sico com toque arrojado, aposte no contraste do azul marinho com o branco. A tendência “navy” sempre figura entre as mais usadas na primavera/verão. 2 - A leveza do lilás, que pode ser mais ousado quando em tom mais escuro, ganha força com o brilho do prata. Se não quer chamar muita atenção, o prateado pode ficar discreto nos pés. 3 - Os tons de pele ganham vida combinados com o laranja, que pode também ter mais suavidade em um tom coral. Cores clássicas que se complementam formando um visual arrojado. 4 - Um visual poderoso e elegante é o que define a mistura do marrom com o verde, que vem em tonalidades mais abertas ou mais fechadas, como o esmeralda. 5 - O magenta, ousado por si só, ganha mais expressão e sensualidade quando combinado com o dourado, remetendo o look para o exuberante. Mude seu visual use e abuse da franja Mudar de visual não é uma escolha fácil, e, para quem não quer mudanças radicais, a franja pode ser a salvação. Entre os looks mais adotados pelas famosas neste ano, a franja é uma das tendências mais fortes do momento e promete durar por mais alguns meses. Além de rejuvenescer o visual, ela ajuda até a criar um ar de mistério, já que chama a atenção para os olhos, escondendo-os sutilmente ela pode ser usada por todas as mulheres desde que adaptada ao seu formato de rosto e personalidade. QUADRADO - As mulheres com esse formato de rosto têm a testa e o maxilar quase da mesma largura. A franja é útil para amenizar as linhas mais marcadas do rosto. As mulheres que possuem o rosto quadrado devem usar franjas desfiadas e com um formato meia-lua, para suavizar o visual. Lembrese de manter os fios na altura da sobrancelha. Outra dica é manter a lateral dos cabelos repicadas, com a primeira camada na altura do queixo, para atenuar as linhas do maxilar. TRIANGULAR - Quem possui a face neste formato apresenta queixo mais fino do que a largura da testa. Aqui, a franja deve disfarçar a testa grande e suavizar o queixo, que geralmente é proeminente. Para esse formato de rosto, use franjas desfiadas, compridas ou laterais, que ajudam a disfarçar as partes alongadas, como queixo e testa. O comprimento dos fios deve ultrapassar as sobrancelhas. REDONDO - A forma arredondada é beneficiada pela franja, que ajuda a suavizar as linhas do rosto e, eventualmente, disfarçar bochechas cheinhas. Este formato de rosto tem as proporções de todas as extremidades equilibradas. Por conta disso, é o tipo que mais aceita variedades de franja. A diagonal e com pontas irregulares são ótimas opções.
  8. 8. 8 2º quinzena SETEMBRO/2013

×