Ermelino168

332 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
332
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
29
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ermelino168

  1. 1. Distribuição Gratuita www.aconteceleste.com.br Ano IX - Número 168 1a quinzena de NOVEMBRo de 2013 raleste@gmail.com - Tel. 2031-2364 Jean Gaspar visita sede do Grupo Acontece de Jornais e Revista O Grupo Acontece de Jornais e Revista recebeu mais um visitante ilustre na ultima quarta-feira (13/11) que veio conhecer a nossa sede e falar sobre o seu projeto de inclusão social através do esporte. Jean Gaspar, 40 anos, nasceu e se criou na zona leste e mudou-se para Guarulhos com a família onde reside até hoje. Mais conhecido por ter sido administrador da carreira do seu irmão Edu Gaspar, atual gerente de futebol do Corinthians, Jean foi atleta amador, mestre em filosofia, professor de teatro, agente da FIFA, apresentador de TV, fundador da Liga do Desporto, entre outros. Com uma formação acadêmica e experiência profissional eclética e abrangente, atua nas áreas de esporte, cultura, educação e administração empresarial. PÁG. 3 Vereador Mario Covas Neto participa do “Roda Viva do Grupo Acontece” Mobilidade urbana: momento de discussão e ação Olhando hoje o cenário do transporte público na cidade de São Paulo, é possível identificar ao menos duas naturezas de problema. Um deles diz respeito ao seu sistema em relação às características territoriais. Temos uma cidade imensa, com má distribuição geográfica das atividades econômicas (concentradas na região do centro expandido) e uma malha de trens e metrôs minúscula, cujo sistema funciona no seu limite e recorrentemente sofre panes. No caso dos ônibus da capital, a situação está um pouco melhor principalmente após a implantação de mais corredores e faixas exclusivas, aprovadas por 93% da população e 86% dos usuários de carro. Porém, ainda é preciso ampliar essa alternativa e planejar melhor a distribuição das linhas, buscando mais qualidade e menor tarifa. PÁG. 5 Como melhorar sua memória e treinar sua inteligência A maioria das pessoas já sabe: o cérebro fica melhor quanto mais nos o usamos. Por isso que o estudioso nunca larga o livro, a aula e o caderno de anotações. Mas qual o segredo da pessoa que lembra de tudo, daquela pessoa que entende quando apenas meia palavra foi falada? PÁG. 7 O Grupo Acontece de Jornais e Revista recebeu nesta sexta-feira (08) a visita do vereador Mário Covas Neto (PSDB), que veio participar de um Café da Manhã com lideranças da zona leste e do Programa Roda Viva do Grupo Acontece, onde quem formula as perguntas são as lideranças convidadas. PÁG. 4 IPTU será reduzido em 25 distritos PÁG. 2 Quer ver sua marca em destaque no maior veículo de Comunicação da Região. Aproveite nossas promoções de anuncios! Ligue e anuncie 2031-2364 2513-0928
  2. 2. Pág 2 1a quinz. de novEMBRO de 2013 São Paulo Carinhosa promove palestra sobre Pesquisa Nacional de Saúde Escolar Ministério da Saúde apresentou pesquisa feita com jovens de 10 a 19 anos, questionados sobre os principais problemas voltados a adolescência Na terça-feira (29), a primeira-dama e coordenadora da Política Municipal para o desenvolvimento da Primeira Infância (São Paulo Carinhosa), Ana Estela Haddad, promoveu uma palestra com a diretora do Departamento de Análise de Situação de Saúde, do Ministério da Saúde, Deborah Carvalho Malta. O encontro aconteceu na sede da Prefeitura, onde foi apresentada a Pesquisa Nacional de Saúde Escolar 2012, feita com jovens de 10 a 19 anos questionados sobre os principais problemas voltados à adolescência. “Nós estamos com o desafio de ampliar a implementação do programa Saúde na Escola também, então esta é uma oportunidade para olharmos essas informações”, afirmou Ana Estela Haddad. “Aqui nós temos o esforço de olharmos juntos, questionarmos juntos e termos cada vez mais uma oportunidade de troca”. Trata-se de uma pesquisa realizada em um convênio do Ministério da Saúde com o IBGE e apoio do Ministério da Educação. A pesquisa coletou dados para o conjunto do país, grandes regiões e das capitais, utilizando jovens matriculados no 9º ano das redes pública e particular, com um olhar comparativo entre o município de São Paulo, a Região Metropolitana e o Brasil. Deborah falou sobre dados resultados da pesquisa feita diretamente pelos jovens por meio de questões relacionadas a obesidade, violência, álcool, tabagismo, drogas e conhecimentos so- bre saúde sexual, nesta fase da vida que tem características próprias, marcada pela passagem da infância para a idade adulta. “Esta é uma grande oportunidade para que pudéssemos levar esses dados para os técnicos da Prefeitura e induzir políticas públicas. Eu acredito que a gente só consiga avançar nesta questão se conseguirmos trabalhar de forma integrada”, afirmou Deborah Carvalho Malta. Segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde), no mundo mais de 100 países já fazem monitoramento da saúde dos estudantes, ajudando na modificação de currículos e estruturando programas de saúde voltados para a faixa etária dos adolescentes. Ministério da Saúde incorpora IPTU será reduzido em 25 distritos vacina contra HPV ao SUS Primeira vez que a população terá acesso gratuito a uma vacina que protege contra o câncer A vacina irá proteger meninas de 9 a 13 anos contra quatro variáveis do vírus. A partir do próximo ano, começa a vacinação para o grupo de 11 a 13 anos e, em 2015, para as adolescentes de 9 a 11 anos. O Ministério da Saúde está ampliando a faixa etária para a vacinação contra o vírus do papiloma humano (HPV), usada na prevenção de câncer de colo do útero. Já em 2014, meninas dos 11 aos 13 anos receberão as duas primeiras doses necessárias à imunização, a dose inicial e a segunda seis meses depois. A terceira dose deverá ser aplicada cinco anos após a primeira. Com a adoção do esquema estendido, como é chamado, será possível ampliar a oferta da vacina, a partir de 2015, para as pré-adolescentes entre 9 e 11 anos de idade, sem custo adicional. Assim, quatro faixas etárias serão beneficiadas, possibilitando imunizar a população-alvo (9 a 13 anos). A modificação no esquema vacinal foi anunciada na quarta-feira (18) pelo secretário de Vigilância em Saúde, do Ministério da Saúde, Jarbas Barbosa, durante cerimônia de 40 anos do Programa Nacional de Imunizações (PNI), em Brasília. “O esquema vacinal estendido adotado tem duas grandes vantagens. A primeira é que possibilita alcançar a cobertura vacinal de forma rápida com a administração das duas doses. Outro beneficio é que a terceira dose, cinco anos depois, funciona como um reforço, prolongando o efeito protetor contra a doença.” O Ministério da Saúde está investindo R$ 360,7 milhões na aquisição de 12 milhões de doses. A inclusão do imunobiológico ao calendário do Sistema Único de Saúde (SUS) foi anunciada em julho deste ano. Na época, a previsão era de administrar a vacina em pré-adolescentes de 10 e 11 anos, com dose inicial, Circulação: Ermelino Matarazzo, Ponte Rasa, Vila Cisper, Vila União, A.E Carvalho, Jardim Pedro Nunes, GUARUlHOS, PENHA e Cangaiba Tiragem desta Edição 25.000 exemplares Diretor Geral: Geraldo Malta Diretor de Redação: Divaldo Rosa - MTb: 42448 Revisora: Suseli Corumba dos Santos Diretor de Arte: Sergio Avante a segunda um mês depois e terceira seis meses após a inicial. Entretanto, o Ministério da Saúde decidiu adotar o esquema estendido baseado em estudos recentes que comprovam a eficácia desta medida. Além disso, a estratégia segue recomendação da Organização Pan Americana de Saúde (OPAS) e foi discutida com especialistas brasileiros que integram o Comitê Técnico Assessor do Programa Nacional de Imunizações (PNI). Vale ressaltar que o esquema já é utilizado por países como Canadá, México, Colômbia, Chile e Suíça. A vacina, que estará disponível a partir de março de 2014 (1ª dose), é a quadrivalente, usada na prevenção contra quatro tipos de HPV (6, 11, 16 e 18). Dois deles (16 e 18) respondem por 70% dos casos de câncer. O imunobiológico para prevenção da doença é seguro e tem eficácia comprovada para proteger mulheres que ainda não iniciaram a vida sexual e, por isso, não tiveram nenhum contato com o vírus. As três doses serão aplicadas nas pré-adolescentes com autorização dos pais ou responsáveis. A estratégia de imunização será mista, ocorrendo tanto nas unidades de saúde quanto nas escolas públicas e privadas. A incorporação da vacina complementa as demais ações preventivas do câncer de colo do útero, como a realização rotineira do exame preventivo (Papanicolau) e o uso de camisinha em todas as relações sexuais. O jornal de Ermelino & Ponte Rasa é Filiado à AJORLESTE Associação dos Jornais da Zona Leste Jornalista: Silmara Galvão Depto. Jurídico: Agilson M. Oliveira Acontece Agora Empresa Jornalística Ltda. CNPJ: 03.115.443/0001-16 Avenida dos Guachos, 166 - Cep: 08030-360 - São Paulo – SP - jornaldeermelino@gmail.com REDAÇÃO/publicidade: 2031-2364 / 2513-0928 As matérias assinadas são de exclusiva responsabilidade dos colaboradores e não representam, necessariamente, a opinião do Jornal. Os nomes dos diretores, colaboradores e representantes comerciais não mantém vínculo empregatício com a empresa. A proposta aprovada em primeira votação pela Câmara Municipal na noite de quinta-feira (24), modifica as projeções de aumento médio do IPTU por distrito da cidade que foi divulgada no início do mês. A nova trava de aumento nominal por ano do IPTU para 2014 que foi incluída no Projeto de Lei 711?2013 (que atualiza a Planta Genérica de Valores - PGV) ficou estipulada em 20% para imóveis residenciais e 35% para não-residenciais. A mudança no valor do IPTU de cada imóvel é um cálculo individual. A tabela abaixo apresenta uma média da variação do valor em cada região e não deve ser usada como um índice para calcular a mudança do IPTU de casos individuais. O aumento médio do IPTU em toda cidade ficará em 14,1% em 2014, sendo que a média do aumento do IPTU para imóveis residenciais pagantes ficará em torno de 10,7%. O número de contribuintes isentos permanecerá estável em cerca de um milhão. O total de contribuintes é cerca de 3 milhões. O novo cálculo mostra que 25 distritos terão redução de IPTU, na média: Anhanguera, Campo Limpo, Cidade Dutra, Cidade Líder, Ermelino Matarazzo, Guaianases, Iguatemi, Itaim Paulista, Itaquera, Jaçanã, Jardim Helena, Jardim São Luís, Lajeado, Marsilac, Parelheiros, Parque do Carmo, Pirituba, Ponte Rasa, Raposo Tavares, São Mateus, São Miguel, São Rafael e Sapopemba. Aumento médio para imóveis residenciais por distrito: Artur Alvim.................. 1,40% Cidade Líder.............. -11,50% Cidade Tiradentes....... 1,20% Ermelino...................... -7,90% Guaianazes................. -2,70% Itaim Paulista.............. -4,80% Itaquera..................... -3,90% Penha.......................... 9,20% São Miguel.................. -9,10% Vila Curuçá.................. -4,80%
  3. 3. Pág 3 1a quinz. de novEMBRO de 2013 Jean Gaspar visita sede do Grupo Acontece de Jornais e Revista O Grupo Acontece de Jornais e Revista recebeu mais um visitante ilustre na ultima quarta-feira (13/11) que veio conhecer a nossa sede e falar sobre o seu projeto de inclusão social através do esporte. Jean Gaspar, 40 anos, nasceu e se criou na zona leste e mudou-se para Guarulhos com a família onde reside até hoje. Mais conhecido por ter sido administrador da carreira do seu irmão Edu Gaspar, atual gerente de futebol do Corinthians, Jean foi atleta amador, mestre em filosofia, professor de teatro, agente da FIFA, apresentador de TV, fundador da Liga do Desporto, entre outros. Com uma formação acadêmica e experiência profissional eclética e abrangente, atua nas áreas de esporte, cultura, educação e administração empresarial. Nascido em uma família amante dos esportes, desde criança praticou várias modalidades, como basquete, futebol e tênis. Jogou futsal no Corinthians, mas optou por continuar os estudos e o trabalho e a praticar apenas por diversão. Até hoje, o esporte faz parte de sua vida. Foi professor no Colégio Ético de Guarulhos, onde ministrou aulas de processamento de dados e informática. Passou a assumir a função de empresário e agente esportivo de jogadores de futebol, tanto no Brasil como no exterior. Foi empresário de seu irmão, o ex-jogador e atual gerente de futebol do Sport Club Corinthians Paulista, Edu Gaspar, e intermediou as contratações de vários jogadores na Europa. Dessa maneira, teve a oportunidade de aprofundar sua experiência como dirigente de clube, empresário de atletas e atuar com marketing esportivo. Com uma ampla experiência no ramo esportivo, o presidente da Liga tornou-se exemplo de cidadania em sua região, pois, segundo ele, o esporte é um método de extrema importância para mudar a situação precária dos jovens do país. Sempre bem humorado, Gaspar teve um descontraído bate-papo com lideranças co- Divaldo Rosa e Jean Gaspar Dr. Luiz (OAB) e Dr. Walter dos Reis ex-árbitro da FIFA munitárias e esportivas convidados para participar de um café da manhã na sede do Grupo Acontece de Jornais e Revista. Na ocasião, Dr. Walter, ex-árbitro de futebol da FIFA, afirmou que a maioria dos convidados presentes no café traz no coração o desejo de implementar projetos sociais e questionou ao visitante como ele consegue viabilizar recursos para o trabalho social. “Essa pergunta tem tudo a ver com o nosso projeto e com a nossa proposta de futuro, um dos trabalhos que fazemos e que estamos aprimorando, melhorando, é dar suporte para as associações ou para entidades de bairro, seja uma associação de moradores ou ONG, esse é um dos nossos objetivos. Segundo passo, hoje existe muito a palavra sustentabilidade; então vamos trazer isso para as asso- ciações. Chega de ficar passando o chapéu a cada mês, porque já me perguntaram se eu passei por isso, passei sim, mas hoje não passo mais, a associação que fundei em 2007 se eu sair hoje ela continua e é essa que tem que ser a ideia, ela tem vida própria”, afirma Gaspar. Aproveitando a pergunta do Dr. Walter, a diretora técnica do CIC Leste Itaim Paulista, Dr.ª Ivete dos Reis, afirmou que nos bairros carentes sempre têm ações sociais, “no serviço social não dá pra inventar moda, cada um tem que usar a sua habilidade e o que sabe; eu sou advogada e me intitulo como advogada social no bairro há quase 35 anos. O que nós precisamos é de estrutura e apoio para que possamos fazer a gestão do social aqui na região. Você veio para contemplar essa necessidade. Nós estamos no segundo bairro mais violento de São Paulo que é o Itaim Paulista e o que tem menos verde na cidade. Precisamos inverter este quadro e precisamos de mais apoio”, afirma a dirigente do CIC Leste. Dr. Walter, Jean Gaspar e Dra. Ivete dos Reis do CIC Leste Ricardo Lopes O presidente da escola de samba da Nenê de Vila Matilde, Pedro Alexandre, questionou se Jean Gaspar pretende estender o seu projeto para outras regiões do bairro. “Uma das propostas que eu quero é levar o projeto para o estado, hoje eu estou muito focado no município de Guarulhos e em Barueri, então a minha questão é trazer para a capital, para a zona leste, zona norte também já me pediu esse trabalho. O nosso projeto atende 17 mil famílias e, a minha ideia, conseguindo alguma coisa, é atender 100 mil famílias. Acho isto possível, mas precisarei da ajuda de todos”. À medida que os convidados questionavam e sugeriam sobre projetos esportivos, Jean Gaspar procurava responder claramente a todos. Frisou com muita objetividade que o esporte pode mudar a vida de qualquer cidadão e contribuir com a inclusão de menores infratores na sociedade. “O esporte pode mudar a vida do menor infrator; não tenho duvidas disso. Acho que podemos diminuir muito o erro com relação às drogas, via esporte. Primeiro porque o esporte trabalha com o corpo, com energia e com a coletividade, então não deixa a pessoa ociosa e trabalha também a mente. Eu digo que o jovem tem muita energia, tem muita coisa pra gastar, o nosso papel é canalizar a energia dessas crianças para coisas boas. O esporte é lúdico, é aquela coisa ‘vem brincar’ e a partir daí, introduzi-los na aula é uma inclusão social via esporte. Meu lema é o esporte como ferramenta para educação”. O diretor do Grupo Acontece de Jornais e Revista, Divaldo Rosa, foi bem pontual em sua pergunta, citou pontos importantes sobre investimentos e desenvolvimentos que a Copa trará para o Brasil e se isto será sustentável após a Capa. “Não vejo como sustentar o desenvolvimento após 2014, infelizmente o Brasil perdeu o “time” da Copa não só em SP como nos outros estados, em minha opinião os aeroportos vão precisar fazer puxadinhos para atender o crescimento da demanda; essa é a minha posição! Eu acho que o estádio do Corinthians será gerido por ele, o problema são os estádios do governo diferente dos particulares, depois da Copa poderão se transformar em verdadeiros Elefantes brancos. A meu ver tinha que ter uma contra partida para a população. Eu não sou contra a copa no Brasil e nem contra grandes eventos. Nós só precisamos tomar cuidado com a forma como ele é feito. então infelizmente eu acho que o Brasil, pecou e perdeu o momento, mas se pensarmos bem ainda dá pra recuperar alguma coisa”, finaliza ele. Estiveram presentes no evento diversas lideranças, entre elas empresários, professores e advogados, destacando-se: Dr. Luiz Carlos, Roberto Figueiredo, Geraldo Malta, Tamoio, Dionísio Malta, Dr. Walter dos Reis, Dr.ª Ivete do CIC Leste, entre outros. Mais informações sobre o projeto Liga do Desporto, o endereço fica na Rua Pirapozinho, 67 – Vila Rosália, Guarulhos ou pelo telefone 2451-7785.
  4. 4. Pág 4 1a quinz. de novEMBRO de 2013 Vereador Mario Covas Neto participa do “Roda Viva do Grupo Acontece” O Grupo Acontece de Jornais e Revista recebeu nesta sexta-feira (08) a visita do vereador Mário Covas Neto (PSDB), que veio participar de um Café da Manhã com lideranças da zona leste e do Programa Roda Viva do Grupo Acontece, onde quem formula as perguntas são as lideranças convidadas. Participaram do encontro: lideranças políticas tais como Geraldo Malta, Arthur Xavier, Wellington Paulo, Dionízio Malta, Fernando Malta, Marli Machado, Marcos Azevedo e Expedito Marinho. Empresários como: Edson Coqueiro Filho (Associação dos Empresários do Itaim Paulista); Givaldo Viturino (Macrobyte), Jeremias (Espaço Mais Planejados), Edmilson Ferreira (ACSP), Carolina Chiavaloni (OAB), Jorge Yoshio e Claudio (gerentes do Santander), o músico Sergio Avante e o aposentado Roberto Figueiredo. Os nomes foram escolhidos por representar setores expressivos da sociedade. Segue abaixo a entrevista: Arthur Xavier: Vereador, eu gostaria de falar sobre o Plano Diretor, quando fui subprefeito da Cidade Tiradentes me lembro das dificuldades para levar uma empresa para lá e não conseguia levar uma indústria devido à questão do plano diretor na Cidade Tiradentes que até hoje é uma fazenda, Fazenda Santa Etelvina. Você tem conhecimento desse assunto? Se não tem, eu gostaria que pensasse sobre o plano diretor de São Paulo, em especial, na Cidade Tiradentes. Mario Covas Neto: O objetivo do Plano Diretor é estabelecer normas e regulamentos que permitam propiciar o desenvolvimento da cidade, para onde crescer, que áreas devem ser preservadas, onde pode ser instalada uma indústria, onde é área de residência, etc. É preciso aproximar os empregos das pessoas. Temos audiências públicas semanalmente na Câmara Municipal e, infelizmente, são pouco frequentadas pela comunidade. Quanto maior for a participação, maior são as chances de mudanças, quem conhece os problemas são os próprios moradores. Edmilson Ferreira: A Zona Leste tem um sério problema de Vias Públicas, que de certa forma impede o crescimento da região. O que o senhor pensa sobre esse assunto? Mario Covas Neto: Isto é um fato que desde a época em que meu pai foi prefeito há 30 anos, já era um problema sério aqui na região. Com a construção do Itaquerão, ele trará uma grande melhoria neste setor. Agora eu volto a insistir no que já tinha falado anteriormente, que a população precisa participar mais e cobrar mais dos governos. Só assim os vereadores terão força para cobrar mais projetos de melhorias para a região. Carolina Chiavaloni: Vereador, faço parte da comissão da Ação Social da OAB. Quero aproveitar e perguntar sobre quais são os projetos para nossa região nesta área de Ação Social? Mario Covas Neto: Não tenho nenhum projeto em relação a isto e estou disposto a ouvir os seus e ver como posso contribuir. Eu não tenho nenhuma ação desenvolvida para cada tipo de bairro, como já falei, as demandas que chegam eu vou tentando responder na medida das minhas possibilidades. O que posso fazer é denunciar, fiscalizar, pedir e fazer o que tiver ao meu alcance. Mas eu não tenho algo nem pra cá, nem para outro lugar, nesta área. Fernando Malta: Qual o real impacto do aumento da IPTU para a zona leste? Mario Covas Neto: O que acontece é o seguinte: primeiramente se vende a idéia de que os bairros mais pobres tiveram redução no IPTU e que os bairros mais ricos tiveram aumento maior e que portanto fizeram uma distribuição de renda, tirando dos mais ricos para pagar a conta dos mais pobres, este é o conceito que tem sido vendido. Porém isto não é verdadeiro. O que ocorre é que existem, em cada bairro, padrões diferentes. Segunda questão: a pessoa já tem hoje o IPTU mais caro do Brasil, das capitais São Paulo é o mais caro. Terceira coisa, este aumento significa muito mais do que qualquer remuneração que qualquer trabalhador teve ao longo destes anos. Não pode se deixar enganar pelos discursos de quem quer convencer que está fazendo o beneficio. O PT tem sido muito hábil neste ano em vários projetos que eles levam para a Câmara, onde se tem um pingo de bondade num poço de maldade. Marcos Azevedo: Vereador Covas, as entidades sociais enfrentam muitas dificuldades para se credenciar a projetos do governo devido às exigências dos órgãos responsáveis por liberação de re- cursos. Como o senhor pode ajudar a resolver esse problema das associações? Mario Covas Neto: Eu me coloco à disposição para ajudar no que for necessário em termos de documentação das entidades. Isto está me parecendo uma questão burocrática de exigências. Acredito que as subprefeituras deveriam resolver estes assuntos, neste caso o que eu posso fazer é me colocar numa posição de ajudar as entidades e, eventualmente, alguns projetos sociais. Edson Coqueiro: Minha pergunta é sobre a problemática do Terminal de Ônibus aqui do Itaim Paulista, sobre este projeto de mobilidade urbana criado pela SPTrans, onde eles irão desapropriar os comércios já existentes e, em média, teremos 10 mil desempregos. Gostaria de saber sobre a posição do vereador. E o que a população pode fazer para impedir a desapropriação destas áreas? Mario Covas Neto: Bom, vejamos, eu não sou contra que se tenham terminais de ônibus, a questão não é termos os terminais, a questão é como está sendo o processo de escolha dos locais para eles! Da mesma forma que o Itaim tem problemas, a zona norte também está tendo problema com isto. Há uma certa prepotência da prefeitura, o projeto de criação destes terminais foi para a Câmara sem definir quando serão, onde serão e o que terá. Nós só temos ideia do que será, de ouvir falar, pois nada está detalhado no projeto. E eles já estão tratando como se o projeto já estivesse acontecendo. Antes de mais nada, eles precisam ouvir melhor a comunidade. Então contem comigo para ser contra. Dionízio Malta: Vereador, o que o senhor está achando das manifestações de Quer ver sua marca em destaque no maior veículo de Comunicação da Região. Aproveite nossas promoções de anuncios! Ligue e anuncie 2031-2364 2513-0928 hoje não só aqui em São Paulo como em todo o Brasil? Mario Covas Neto: As manifestações no meu entendimento foram variadas, sem um comando claro, e sendo todas elas temas de insatisfação popular. As manifestações que tiveram temas pontuais, como, por exemplo, em relação ao aumento da passagem, assim que o aumento deixou de existir, a luta também deixou de existir. Porém, quando a pessoa tem temas não específicos, o que acontece é que a manifestação deixa de acontecer em um determinado momento e a população não se mobiliza mais com aquilo e vai passar para aquelas pessoas que saíram às ruas a sensação de que elas foram vencidas. Então mobilização é canalizar todo aquele pessoal que foi para a rua, reivindicar coisas pontuais específicas; isto é absolutamente fundamental. Mas em relação a este grupo de vandalismo que se aproveita da situação, isto só leva afastar os manifestantes e o poder público, pois o que eles estão querendo é destruir e não solucionar o problema. Givaldo Viturino: Na gestão do seu pai houve o lançamento da progressão continuada no ensino. Hoje muitos alunos não respeitam professores e nem se esforçam mais para dar continuidade no estudo. Em sua opinião, isto não precisa ser revisto? Mario Covas Neto: A progressão continuada é um projeto oriundo dos próprios educadores, à medida que você faz com que o estudante repita o ano, esse repetente vai conviver a partir do outro ano com uma faixa etária diferente da sua, o convívio entre o mais velho e o mais novo implica num desestímulo para aquele mais velho frequentar as aulas e de continuar. Mas há ainda quem defenda a progressão continuada até hoje. Geraldo Malta: O que o senhor tem a dizer sobre a dinâmica do transporte público? Mario Covas Neto: Transporte coletivo sobrepõe o individual, não temos uma malha alternativa de transporte grande para comportar a quantidade de pessoas que utilizam o transporte. Precisamos ter outros transportes, a ideia de corredores é muito antiga. E em relação ao caos do trânsito da cidade de São Paulo, há também um interesse muito grande de você aumentar as multas. No ano passado a prefeitura ganhou milhões em multas. Hoje você tem um rodízio que não funciona mais, você não percebe a diminuição de carros no horário do rodízio. Estou apresentando um projeto em que você pode circular na faixa preferencial no horário fora do horário do rodízio. Existe uma chance de acontecer algo até melhor do que minha proposta. Existe a possibilidade de ser implantado pelo DETRAN, se a pessoa não teve nenhuma multa durante 12 meses, ela receberá uma advertência e não terá pontos na carteira, caso contrário, vai responder por isso. Temos que pensar em uma cidade sustentável. Wellington Paulo: O bairro Cidade Nova de São Miguel precisa de um posto de saúde. Temos prome ssa de ser construído um posto no antigo sacolão abandonado. E nós aqui da zona leste precisamos de um representante no legislativo. Mario Covas Neto: Eu me vejo como um vereador da cidade, minha preocupação é dar respostas pra quem me colocou no cargo, estou muito mais preocupado em ter um mandato digno, não tenho medo de demanda. Independente de tudo, eu não quero trocar coisas, eu quero ter satisfação com o meu mandato, e como já falei, estou à disposição de vocês.
  5. 5. Pág 5 1a quinz. de novEMBRO de 2013 Mobilidade urbana: momento de discussão e ação Por Alcides Amazonas, Deputado Estadual do PCdoB Olhando hoje o cenário do transporte público na cidade de São Paulo, é possível identificar ao menos duas naturezas de problema. Um deles diz respeito ao seu sistema em relação às características territoriais. Temos uma cidade imensa, com má distribuição geográfica das atividades econômicas (concentradas na região do centro expandido) e uma malha de trens e metrôs minúscula, cujo sistema funciona no seu limite e recorrentemente sofre panes. No caso dos ônibus da capital, a situação está um pouco melhor principalmente após a implantação de mais corredores e faixas exclusivas, aprovadas por 93% da população e 86% dos usuários de carro. Porém, ainda é preciso ampliar essa alternativa e planejar melhor a distribuição das linhas, buscando mais qualidade e menor tarifa. Outra questão diz respeito ao âmbito administrativo. No caso do governo do estado, responsável pelo sistema de trens e metrôs, como se não bastasse a lentidão na construção de novas linhas especialmente do metrô – hoje São Paulo tem 74 km de linhas, ficando atrás da Cidade do México que, assim como a capital paulista, iniciou sua construção no final da década de 1970 e hoje tem 225 km –, ainda há graves problemas no uso do dinheiro público. Denúncias que vieram à tona com mais intensidade nos últimos meses mostram a formação de cartel entre empresas do ramo metroferroviário com a anuência de autoridades ligadas ao Metrô e a CPTM. Se tudo se confirmar, poderemos estar diante do maior caso de corrupção do estado de São Paulo, um prejuízo milionário ao erário público que explica, em boa medida, o atraso na construção de mais metrô. Conforme as investigações têm mostrado, o esquema viria desde a gestão Mário Covas, passando ainda por Geraldo Alckmin e José Serra, todos do PSDB. Problemas, portanto, não faltam no transporte público paulistano. E quem sofre com tudo isso, claro, é a população. Diariamente, milhões de pessoas têm que enfrentar vagões lotados, panes constantes, trânsito e poucos ôni- Amazonas participa de reunião da Comissão de Infraestrutura que recebeu o presidente da CPTM, Mário Manuel Seabra Rodrigues, para tratar do caso dos cartéis bus em determinadas linhas. Quando olhamos a Zona Leste, o problema é ainda pior. Além de enfrentar todos esses problemas, a população ainda teve de lidar, recentemente, com incêndios de ônibus e falhas na CPTM. Vale destacar que a atração de novos moradores à região, que tem se valorizado nos últimos anos, bem como a proximidade da Copa do Mundo, que acontece daqui a oito meses, são fatores que impõem urgência na resolução dos problemas de mobilidade urbana. E aí também entram dois campos que nem sempre agem em sintonia. De um lado, os governos federal e municipal têm ajudado a mudar essa situação, com especial empenho depois das manifestações de junho. A presidenta Dilma entendeu o recado das ruas: em julho, anunciou, entre outras medidas, a destinação de 3 bilhões somente para corredores e terminais de integração; em outubro, anunciou outros 5,4 bilhões para obras de mobilidade urbana na região metropolitana de São Paulo, que servirão para a expansão da Linha 2 do Metrô e da Linha 9 na Zona Sul, a construção da Linha 13-Jade da CPTM (que chegará ao Aeroporto de Guarulhos), além da modernização de 18 estações de trem metropolitano. A prefeitura de São Paulo, por sua vez, cancelou o reajuste de 0,20, acelerou a implantação dos corredores de ônibus e está reorganizando a frota. Além disso, está dispos- ta a abrir as planilhas de custo do sistema para desnudar a relação entre o lucro dos empresários, os investimentos no setor e a tarifa dos ônibus, o que poderá resultar em novas licitações que respondam às necessidades da capital. Neste sentido, a administração municipal inclusive apoiou a criação de CPI dos Transportes na Câmara. Comportamento inverso ao do governo estadual, que não admite a criação de uma CPI na Assembleia e dá pouca importância ao escândalo do cartel como se fosse algo pequeno e pontual. As manifestações de junho tiveram como um de seus méritos mostrar que a sociedade quer mais qualidade de vida e bons serviços públicos. Também deixou claro que se cansou da política descolada da realidade. Nós, na condição de homens públicos, temos a obrigação de responder às necessidades da população e o momento atual abriu as portas para ampliar esse diálogo em favor da população. Com isso, poderemos construir uma sociedade melhor, com um transporte público que deixe de ser um problema e passe a ser uma escolha consciente e viável para a rotina dos paulistanos.
  6. 6. Pág 6 1a quinz. de novEMBRO de 2013 O segredo para evitar o indesejável efeito sanfona verduras e legumes às refeições, principalmente saladas cruas. São alimentos ricos em fibras e que ajudam a dar maior saciedade, fazendo com que você se alimente menos. • Evite o consumo de alimentos muito salgados o sal gera inchaço e aumenta a sensação de peso. • Beba sempre muita água ao longo dia! Evite as bebidas industrializadas, normalmente ricas em sódio e aditivos químicos, prejudiciais ao organismo. A água ajuda na função intestinal, na saúde da pele, na limpeza do organismo, na circulação e no emagrecimento saudável. • Nutrólogo afirma que, após chegar ao peso ideal, é preciso mais três anos de controle. O organismo precisa de programação e rotina, por isso, pode demorar para responder aos comandos dados por uma nova dieta e o início de exercícios físicos. Alguns estudiosos de nutrição humana acreditam que o organismo mantém uma espécie de memória metabólica, com a tendência a retornar ao estado anterior, após sofrer alteração. Então, após um programa de emagrecimento, a pessoa deve enfrentar um período prolongado (entre 2 e 3 anos) de reeducação alimentar, dando oportunidade ao corpo de esquecer os padrões ante- riores para não recuperar o que emagreceu. Mastigue bem os alimentos, sem pressa isso ajuda a boa digestão, dando tempo suficiente para que o estômago envie uma mensagem ao cérebro informando que já está satisfeito. • Faça sempre pratos variados, com um pouco de cada grupo alimentar, ou seja, inclua sempre um pouco de carboidrato, proteína e gordura. Um prato de macarronada com carne e queijo, por exemplo, engorda menos que um prato de macarronada pura, isso porque as proteínas e gorduras ajudam a regular a digestão, reduzindo a absorção do amido presente no macarrão, além de proporcionar maior saciedade. • As atividades físicas são imprescindíveis para quem quer manter um peso saudável, sendo uma das principais responsáveis em manter o metabolismo sempre ativo. Não deixe de incluir exercícios físicos na sua rotina! Para ajudar a evitar o emagrece-engorda, processo chamado de efeito sanfona oferecemos as dicas: • Evite esquemas dietéticos muito rigorosos e prolongados, o ideal é enganar o corpo de modo que ele não sinta falta do que está perdendo. • Estipule horários para todas as refeições e cumpra-os diariamente, realizando as principais refeições do dia (café da manhã, almoço e jantar) e fazendo pequenos lanches entre elas. O importante é não ficar com fome, o que fará com que você se alimente muito mais na refeição seguinte. • Nunca deixe de incluir Mascar chicletes sem açúcar previne cáries; entenda como O hábito estimula a produção de saliva na boca, melhorando a reação bioquímica e fortalecendo os dentes. O hábito de mascar chicletes sem açúcar pode ser um grande aliado de uma boa saúde bucal. Em todas as idades e em qualquer momento do dia, o ato estimula a salivação na boca, melhorando a reação bioquímica que ocorre entre saliva e dente, prevenindo as tão temidas cáries. Para especialistas, quem não tem o hábito de mascar deveria começar imediatamente. A cárie é formada por um desequilíbrio entre as substâncias do dente e da saliva. A saliva é o meio onde as reações bioquímicas se equilibram, pois ela desloca a reação para dentro do dente. Quanto menos saliva, mais desequilibrada fica a boca. Quanto mais saliva, mais se evita a desmineralização do dente, também conhecida como pré-cárie. No mundo todo, inclusive no Brasil, o chiclete tem um histórico negativo em relação à saúde bucal, pois o açucarado é altamente cariogênico. Mas escolhendo o produto certo, não há contraindicações. O chiclete contém substâncias que mudam o ph bucal, permitindo maior equilíbrio estrutural aos dentes, prevenindo a cárie mas não combatendo por completo as bactérias que podem causar o problema. Por isso é importante que não se deixe de utilizar a escova de dentes e nem o fio dental - os verdadeiros guardiões de uma boca saudável, que não devem ser substituídos. Quanto ao tipo de goma de mascar mais indicada na Você pode ter lábios bem tratados, bonitos e saudáveis, daqueles que dão vontade de beijar. Veja as dicas de especialistas, ponha em prática e beije muito! Não há necessidade de cortar as guloseimas favoritas, como o chocolate ou o sorvete. Apenas estabeleça um dia da semana específico para isso e uma pequena quantidade. • Cuidados e dicas para ter lábios sempre beijáveis prevenção das cáries indicamos aquelas que não possuam açúcar em sua composição, mas sim um adoçante chamado xilitol, que diminui os riscos de perda de minerais nos dentes pela acidez bucal. Outra dica é que se masque por pelo menos 20 minutos, tempo necessário para a reação bioquímica acontecer. O aumento da salivação também pode trazer outros benefícios como a melhora do mau hálito esporádico, pois aumenta a lavagem das bactérias causadoras de mau cheiro presentes na boca. Pacientes com problemas de salivação, como os que alguns medicamentos podem causar, ou pelo avanço da idade, quando há uma queda natural da quantidade de saliva na boca, também podem se beneficiar na medida em que o aumento do fluxo salivar é estimulado. Existem cuidados específicos que alguns pacientes devem tomar, especialmente quem já possui problemas na articulação da boca e deve evitar forçar a articulação a prática deve ser utilizada sem exageros, porque mascar muito chiclete pode desalinhar os dentes. Se você decidir aderir ao hábito, seguindo as orientações dos profissionais, a goma de mascar pode se tornar uma grande arma para deixar sua boca cada vez mais saudável. Para ter uma boca que dá vontade de beijar, e até para dar beijinhos gostosos é importante ter lábios bonitos e bem cuidados. O bom é que não é difícil manter a saúde e beleza da boca, bastam algumas medidas simples. Quem não cuida direito da boca pode até ‘perder’ o lábio o passar dos anos e as agressões naturais do sol e do vento fazem com que os lábios ressequem e “murchem”. Para evitar essa catástrofe de beleza, é preciso passar protetor solar todos os dias, várias vezes ao dia. Pode ser em forma de bastão, protetor labial, gloss, batom, mas tem que ter FPS e reaplicar várias vezes ao dia. Se os lábios já estão ressecados e não têm mais a beleza de antigamente, há salvação. Produtos labiais com ácido hialurônico na fórmula dão ótimo resultado. Como o a pele do lábio é como uma mucosa, absorve bem o ácido, que é muito hidratante. A boca fica mais volumosa e bonita. Além do ácido hialurônico, vale a pena procurar os seguintes ingredientes em seu protetor labial: vitamina E, ceramidas, manteigas de karité e cupuaçu e d-pantenol. Todos são ótimos hidratantes para os lábios. Depois de cuidar da saúde dos lábios, é hora de seduzir! Para muitos o segredo para lábios irresistíveis está no batom vermelho. “Atrai os homens, né? Dizem que o vermelho tem um magnetismo irresistível. E não tem problema borrar o seu amor com o batom: É sexy! Parece que a mulher que estava de batom vermelho foi devora- da, diverte-se. Para garantir um acabamento perfeito, passe base e pó facial nos lábios quando estiver se maquiando, e depois aplique o batom. Tire o excesso com lenço de papel, e, se quiser durabilidade, reaplique. Lápis de boca garante um contorno perfeito, e pode ser aplicado no lábio todo. Se você - ou seu amor - tem horror a batom vermelho, sugerimos usar um lip stain (mancha-lábios, em uma tradução livre). O lip stain é mais fluido, mas tem cor a pele absorve o produto e fica só a cor nos lábios, então quando você beija, não borra a outra pessoa. O lábio pintado de lip stain fica colorido por horas e horas, uma boa opção para a boca irresistível. Passo a passo de maquiagem com Não fique com cara de quem se maquiou com o kit de maquiagem infantil, nem com aparência de carnaval: aprenda a usar o glitter a seu favor para um look sofisticado. Já faz tempo que o glitter na maquiagem deixou de ser exclusivo do carnaval e virou item básico de quem curte boas festas. Mas não basta se jogar na purpurina para o visual ficar bacana. Para saber como usar o brilho de modo sofisticado, confira as dicas a seguir: Antes de passar para o glitter, aplique uma sombra preta em toda a pálpebra. Isso dá profundidade ao olhar. Uma das coisas fundamentais para quem quer fazer uma bela maquiagem com glitter é ter paciência e seguir todas as etapas. Prefira fazer os olhos antes da pele, pois a quantidade de resíduos que caem durante o processo é considerável. Antes de começar a produção, é importante saber que glitter não é tudo igual. “Para mulheres, o ideal é uma sombra com partículas brilhantes”, recomenda Renata, “pois o glitter solto deixa um ar infantil”. A cor do brilho também influencia no resultado final: “tons mais sóbrios, como vinhos, azuis escuros e rosas-chá ficam mais refinados que cores berrantes e holográficas”. Para o passo a passo, foi escolhida uma sombra champanhe rosada com partículas de glitter no mesmo tom. Agora que as cores já foram separadas, começa a montação. Primeiro, cria-se uma base para evidenciar o brilho e dar profundidade à maquiagem. Para isso, basta aplicar uma sombra preta em toda a pálpebra móvel, esfumando no côncavo. É importante que a cor fique bem uniforme, por isso é bacana usar um primer antes da sombra. Com os olhos já escurecidos, é hora de aplicar um fixador de sombra. Este produto, que existe no catálogo de várias marcas, é especial para produtos em pó e funciona como uma cola. Para aplicá-lo, use a ponta dos dedos e dê batidas em cima da sombra preta. Atenção: não esfregue o produto, pois isso vai borrar toda a sombra e deixar um aspecto desleixado. Depois de preencher toda a pálpebra com o fixador, é o momento de brilhar. Utilize um pincel de cerdas firmes para pegar a sombra escolhida, retirando o excesso de produto com leves batidas no dorso da mão. Para aplicar o produto, pressione o pincel contra a pálpebra. Se você esfregar, vai espalhar as partículas de glitter por todo o rosto e o efeito do brilho será menor. Assim que você estiver satisfeita com a quantidade do brilho e com a uniformidade da cor, passe para o delineador. O traçado rente aos cílios é fundamental para definir o contorno dos olhos e dar um quê de sofisticação à maquiagem. Para completar, basta aplicar a sua máscara de cílios preferida. Pronto, seus olhos já estão brilhando como diamantes! Mas a maquiagem não acabou. Para retirar as inevitáveis partículas que caem durante a maquiagem, a especialista Suely Costa, dá uma dica infalível: “enrole um pedaço de fita crepe no dedo médio e no indicador, com a parte adesiva para fora, e vá recolhendo o excesso de glitter que caiu no rosto”. Quando terminar, faça a pele como sempre, com cuidado para não borrar os olhos.
  7. 7. Pág 7 1a quinz. de novEMBRO de 2013 Como melhorar sua memória Fuja das armadilhas do 13º salário Dinheiro extra na conta bancária pode levar ao e treinar sua inteligência endividamento se não houver controle A maioria das pessoas já sabe: o cérebro fica melhor quanto mais nos o usamos. Por isso que o estudioso nunca larga o livro, a aula e o caderno de anotações. Mas qual o segredo da pessoa que lembra de tudo, daquela pessoa que entende quando apenas meia palavra foi falada? Alguns alunos têm muita facilidade em decorar as coisas, pois são bons de fazer associações. Eles sabem de alguma forma automaticamente tornar algo importante, relevante, engraçado, a ponto de causar uma boa impressão no seu cérebro, fazendo-o decorar. E existem muitos remédios e vitaminas por aí prometendo melhorar sua capacidade cerebral e torna-lo em um gênio, mas o que a ciência e a experiência demonstram é que o uso constante e o treino efeito da mente é que mantém ela ativa e capaz de estabelecer novas conexões neuronais a ponto de acumular conhecimento e sempre evoluir. A verdade é que a deficiência de uma vitamina ou um mineral causando deficiência de memória ou inteligência é algo muito grave, e felizmente muito raro. Treinando sua inteligência A melhor forma de melhorar sua memória é treinar e usar ela. Quanto mais você forçar o seu uso, melhor ela vai ficar. É igual a uma academia, a melhor forma de forçar é malhando, pegando pesado. E você só consegue isso fazendo exercícios, tentando tirar tudo o que conseguir de cabeça, sem ter que olhar para a cola. Alguns sites disponibilizam um treinamento mental e um aprimoramento da memória gratuitamente. Decorar rostos de pessoas e os nomes A melhor forma de decorar o rosto das pessoas é olhando precisamente para o rosto da pessoa e falando repetidamente o nome dela. Nada de exagero, mas apenas citar o nome dela quando dirigir a palavra, já é um excelente método para associar o nome a um rosto. Ter bichos de estimação faz bem à saúde de todos em A busca por uma melhor saúde pode ser um bom motivo para levar um animal de estimação para casa. Isso porque, nos últimos anos, foram publicados muitos estudos sobre os possíveis efeitos da companhia desses bichos na saúde de seus donos. E muitos desses trabalhos revelaram que ter um cão ou um gato em casa pode prevenir doenças respiratórias, melhorar a saúde de grávidas e até ajudar pessoas com autismo. Conheçam algumas provas de que ter um animal de estimação faz bem para a saúde das pessoas: Bebês Entre 2002 e 2005, pesquisadores da Universidade da Finlândia Oriental decidiram acompanhar 397 crianças desde seu nascimento até elas completarem um ano de vida. O objetivo era saber se cães ou gatos em casa interferem de alguma maneira na saúde dos bebês. Um ano depois, a equipe descobriu que o contato com os animais, mas principalmente com cães, está relacionado a menos casos de infecções respiratórias em crianças e também a uma menor necessidade de o bebê tomar antibióticos. O maior efeito protetor foi observado entre crianças que conviviam com cães que passavam parte ou todo o tempo no interior das casas. Mulheres grávidas Gestantes que têm um cachorro de estimação são mais propensas a atingir os níveis de atividade física recomendados para elas. Consequentemente, elas chegam mais perto do que as outras gestantes de ter uma gravidez saudável, evitando problemas relacionados ao excesso de peso. Certa vez, cientistas da Universidade de Liverpool, Inglaterra, resolveram estudar Até 30 de novembro, todo trabalhador com registro na carteira de trabalho deverá receber a primeira parcela do 13º salário, incluindo horas extras e outros adicionais. Por tratar-se de um dinheiro a mais na conta bancária, é comum associar o pagamento a um presente pelo esforço ao longo do ano. Em vez de ajudar nas despesas, ele serve como uma forma de autorrecompensa. É nesta época do ano que aumenta a incidência de compras por impulso e de dívidas fora de controle, a falta de planejamento é o que leva ao mau uso do dinheiro e ao posterior arrependimento. As festas de fim de ano e as promoções de janeiro levam o consumidor a gastar mais do que deveria, esquecendo as obrigações financeiras. Para tirar melhor proveito desse salário adicional - sem vê-lo escorregar das mãos -, a recomendação é estabelecer prioridades. A saúde financeira de cada um definirá o melhor caminho a seguir, mas a ordem é sempre a mesma: quitar as dívidas, planejar o pagamento das contas, consumir o necessário (e o possível) e, por fim, investir. 1º - Renegociar as dívidas os fatores que levam as gestantes a praticarem atividade física. Para isso, a equipe se baseou nos dados de mais de 11.000 mulheres que estavam na 18ª ou na 32ª semana de gravidez e levou em consideração uma série de informações sobre elas, como peso, altura, quanto tempo de lazer usufruíam por dia e se tinham algum animal de estimação. A conclusão da análise revelou que as mulheres que tinham um cachorro apresentavam uma chance 50% maior de atingir a recomendação de 30 minutos de caminhada rápida ao dia. O estudo também descobriu que um simples passeio com o cão apenas uma vez por semana gera efeitos positivos na saúde da mulher grávida. Pessoas com autismo Especialistas do Hospital de Brest, na França, acostumados a atender crianças e adultos com autismo, resolveram fazer um estudo para descobrir de que forma um animal de estimação pode impactar o comportamento desses pacientes. Depois de avaliarem 260 autistas - tanto adultos quanto crianças -, os pesquisadores concluíram que as pessoas com a síndrome que passam a a ter algum animal de estimação a partir dos 5 anos de idade apresentaram melhora em alguns aspectos específicos do comportamento social: elas se sentiam mais confortáveis e se mostravam mais solidárias quando se relacionavam com outras pessoas do que pacientes que nunca tiveram um animal. O efeito, embora tenha ocorrido, não foi tão forte nos casos em que o indivíduo conviveu com animais desde que nasceu. Trabalhadores estressados Pesquisadores avaliaram, durante uma semana, o comportamento de funcionários de uma empresa americana chamada Replacements, Ltd., localizada na cidade de Greensboro, na Carolina do Norte. Durante essa semana, os funcionários, se assim desejassem, poderiam levar seus cães ao trabalho. De acordo com os resultados da avaliação, os funcionários que levaram seus cães para o trabalho pareceram sofrer menos stress durante o dia do que os que não levaram os animais para a empresa ou que não possuíam animais de estimação. Além disso, os mesmos funcionários se mostraram muito mais estressados nos dias em que deixaram seus cães em casa do que nos dias em que os levaram. Há mais de 34 anos de Ótimo Atendimento Temos Kit Festa: • Bolos • doces • Salgados • Pão de metro • Pães especiais • Pizza e • Almoço Especial  (11) 2546-3431 E-mail: padariasolnascente@hotmail.com Rua Antonio Leite Penteado, 600 - Praça 11 - Jd. Verônia Esta é a primeira providência para quem tem as contas no vermelho, especialmente o consumidor que entrou no rotativo do cartão de crédito ou no cheque especial, que costumam cobrar as mais altas taxas do mercado. Uma boa saída para entrar no azul é renegociar o valor da dívida diretamente com a empresa credora ou por meio de serviços intermediários, como sites que promovem o diálogo entre as partes. Se o paga- mento for à vista, as chances de descontos aumentam consideravelmente. 2º - Planejar o pagamento das contas Os compromissos de início de ano fogem facilmente ao controle: IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano), IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores), material escolar, matrícula, fé- rias dos filhos. Quitadas as dívidas, o passo seguinte é calcular os gastos previsíveis para o próximo ano e destinar parte do 13º para este objetivo, se necessário. Utilizá-lo para pagar os impostos à vista, por exemplo, é uma oportunidade para obter descontos. Se o planejamento for feito em conjunto, como no caso dos casais, o ideal é que um dos dois seja equilibrado com as finanças, para não piorar a situação. 3º - Consumir com ponderação A maior causa de endividamento no fim do ano são as compras por impulso estimuladas pelo incremento na conta bancária. Isso acontece em razão da chamada “contabilidade mental”, quando o favorecido pelo salário tem a sensação de possuir recursos acima dos disponíveis, sem uma análise mais objetiva. É comum consumir bens mais caros, comprar mais presentes ou optar por uma viagem mais luxuosa sem fazer os devidos cálculos. As escolhas costumam ser feitas por impulso, baseadas no imediatismo. O arrependimento, contudo, costuma chegar junto com a fatura do cartão de crédito, quando a euforia do fim de ano e as férias já passaram. Para evitar o problema, a especialista recomenda planejar as compras com antecedência (as essenciais e possíveis), como os gastos para a ceia de Natal, festa de réveillon e presentes. Outra dica da docente é evitar sair com o cartão de crédito nesta época do ano. 4º - Investir para o futuro Essa opção é mais indicada para quem está com as finanças em dia, já planejou as etapas anteriores e, ainda assim, possui uma reserva de sobra. Recomendamos alocar pelo menos 30% do 13º salário em investimentos. Mas antes de aplicar, é preciso definir o objetivo financeiro e o perfil do investimento. A principal dica é basear-se em perspectivas futuras de ganhos, e não na rentabilidade anterior do investimento. Um desempenho bom no passado não significa rentabilidade futura o mercado de ações é uma opção interessante para o longo prazo, já que as oscilações e riscos do dia a dia não são sentidos.
  8. 8. Pág 8 Áries A Lua entra em Touro e faz um tenso aspecto com Saturno, tornando seu dia mais tenso e preocupado com questões relacionadas às suas finanças e investimentos. Pode ser um ótimo dia para rever ganhos e gastos e reorganizar seu dinheiro. Touro 1a quinz. de novEMBRO de 2013 Libra A Lua entra em Touro e faz um tenso aspecto com Saturno, mexendo com suas emoções e tornando-as mas difíceis. Um acontecimento pode chatear você neste dia. Procure não levar suas emoções muito a sério, pois essa energia é passageira. Escorpião A Lua entra em seu signo e imediatamente faz um tenso aspecto com Saturno, tornando seu dia meio tenso e você, mais sério e introspectivo. Dia ótimo para rever a validade real de um relacionamento de amor. A Lua entra em Touro e, em tenso aspecto com Saturno, vai movimentar seus relacionamentos, tornando sua visão sobre eles mais séria e mais responsável. É possível que você seja obrigado a tomar uma decisão definitiva. Gêmeos Sagitário A Lua entra em Touro e você fica mais fechado em seu mundo. O trabalho pode ser seu grande aliado e ajudar no equilíbrio de sua energia. Um pequeno desequilíbrio da saúde pode acontecer, mas nada sério. A Lua entra em Touro e, em tenso aspecto com Saturno, pode trazer uma pequena dificuldade ou obstáculo a um projeto de trabalho. Não se deixe levar pelo pessimismo, pois essa energia é passageira. Faça apenas o necessário. Câncer Capricórnio A Lua entra em Touro e faz um tenso aspecto com Saturno. Você pode ter um pequeno e passageiro problema na finalização ou na entrega de um projeto ou na assinatura de um contrato. Um amigo pode estar precisando de sua ajuda. A Lua entra em Touro e, em tenso aspecto com Saturno, pode mostrar um problema mais sério em seu romance. Hoje o dia pede uma escolha que pode pedir maior responsabilidade de sua parte. Não se deixe levar pelo pessimismo. Leão Aquário A Lua entra em Touro e imediatamente faz um tenso aspecto com Saturno, trazendo uma pequena dificuldade em um projeto de carreira. Faça o que for necessário sem estresse, pois essa energia é estruturadora, mas passageira. Virgem A Lua entra em Touro e, em tenso aspecto com Saturno, pode trazer certo pessimismo com relação a um projeto. Um problema com uma pessoa estrangeira ou um questionamento sobre Deus e a espiritualidade. A Lua entra em Touro e imediatamente faz um tenso aspecto com Escorpião, trazendo à tona uma dificuldade em lidar com a carreira e as responsabilidades domésticas ao mesmo tempo. Você precisa aprender a equilibrar as duas energias. Museu do Ipiranga fecha e só deve reabrir em 2022 O mais antigo e querido museu de São Paulo, o do Ipiranga, está fechado ao público desde o último fim de semana, sem previsão de reabertura. O fechamento, anunciado de forma abrupta no domingo (4) pela direção do Museu Paulista, braço da Universidade de São Paulo (USP) responsável pela administração do local, pegou os paulistanos de surpresa. Esta será a primeira vez em um século que o prédio não ficará aberto durante a Semana da Pátria, que marca as celebrações da Independência do Brasil. Em média, cerca de 3.000 pessoas visitam o lugar todos os dias. No feriado de 7 de Setembro o número mais que triplica. Entre os freqüentadores assíduos estão professores e estudantes das escolas da capital e cidades vizinhas. A desculpa oficial para o fechamento é que o museu precisa de reformas urgentes. O edifício, que acaba de comemorar 120 anos de inauguração, está caindo aos pedaços. No salão nobre, cuja parede principal ostenta o quadro Independência ou Morte, do paraibano Pedro Américo, o teto descolou- -se e ameaçava cair sobre os visitantes. O forro de salas vizinhas está prestes a desabar por causa da infiltração de água da chuva. A pintura de vários ambientes se encontra rachada e apresenta mofo. As portas, com fechaduras antigas, emperram. Manchas de sujeira cobrem tanto um busto do marechal Floriano Peixoto, o segundo presidente da República, no subsolo, como um espelho que pertenceu à marquesa de Santos, amante do imperador Pedro I, em uma sala da torre leste do 1º andar. Uma carruagem do século XIX, no térreo, está com a forração rasgada em vários pontos. Na fachada do edifício, trechos sem reboco deixam os tijolos à mostra. Na parte dos fun- dos, onde bate menos sol, a tinta descascou e as paredes foram tomadas pelo musgo. O estado de abandono é uma ameaça não só à segurança dos visitantes mas também ao precioso acervo, composto de 150 000 peças, uma biblioteca com mais de 100 000 volumes e um centro de documentação com 40 000 papéis e manuscritos. Pratique atividades sem pagar caro Peixes A Lua entra em Touro e, em tenso aspecto com Saturno, vai deixar seu coração mais fechado e você mais pessimista. Procure não se deixar levar por pensamentos negativos, pois essa energia é passageira para ser levada “Thor: O Mundo Sombrio” tem pré-estréia em 4 cinemas de Sampa Falta de dinheiro e pouca paciência para freqüentar uma academia não são desculpas para deixar a atividade física de lado, há espaços onde é possível praticar esportes sem pagar nada - ou gastando pouco. Grande parte dos esportes podem ser praticados nos clubes municipais da cidade gratuitamente. Para isso, é preciso fazer um cadastro apresentando uma cópia do RG, uma foto 3x4, comprovante de residência e um atestado médico que comprove que não há restrição à prática esportiva. Clube Escola Tatuapé: o local oferece aulas de boxe gratuitas de segunda a sexta, das 17h às 22h, e ioga as terças e quintas, das 17 às 19h. Parque Ecológico do Tietê: os mais aventureiros podem curtir uma pista de bikecross com morrinhos que permitem acrobacias leves, ideal para quem está arriscando as primeiras manobras da modalidade, uma variação do esporte realizada com aquelas bicicletas adaptadas, com rodas menores. Quem curte praticar corrida pode aproveitar as trilhas de 4 050 ou 5 360 metros, totalmente arborizadas e com marcação oficial a cada quilômetro para que o atleta possa registrar seu ritmo. Clube Escola Vila Independência: dispõe de aulas de boxe chinês, espécie de muay thay, às terças e quintas, das 20h às 21h30, e aos sábados, das 11h30 às 14h. (Rua das Municipalidades, 10 - Vila Independência) Estádio Municipal Mie Nishi: o espaço no Bom Retiro é um reduto de esportes nipônicos na cidade. Além de oferecer aulas de beisebol e softbol, de segunda a sexta, das 14h às 17h, possui o único espaço exclusivo para o sumô fora do Japão. A prática pode ser realizada aos domingos, das 9h às 13h. As aulas são totalmente gratuitas e estão disponíveis à população inscrita no local. Fábulas de Esopo Tema: fantasia e relações humanas - Conteúdo: reciclagem e preservação da natureza O filme “Thor - O Mundo Sombrio” está em pré-estreia nesta quinta-feira (1º/11) em quatro cinemas da cidade de São Paulo. A estréia oficial será nesta sexta (dia 2). No longa, que se passa depois do primeiro filme da série e do filme “Os Vingadores”, o super-herói Thor (interpretado por Chris Hemsworth) tenta restaurar a ordem no mundo e tem que enfrentar criaturas misteriosas que que- rem transformar o universo em escuridão. A história é baseada nos quadrinhos da Marvel, com o mesmo nome. Thor apareceu pela primeira vez na revista “Journey into Mystery” número 83, em agosto de 1962. Estão no elenco a atriz Natalie Portman e o ator Anthony Hopkins como Od. Os ingressos podem ser adquiridos através do site do Cinemark na internet. U m a simpática contadora de histórias caminha pelo mundo recolhendo contos e objetos. Caixas, garrafas, grampos, pedaços de pano, barbante e tudo o mais que possa aproveitar são transformados por sua mente cheia de imaginação em personagens incríveis que vivem aventuras impressionantes. Com sua inseparável violinha, ela também encanta com suas partir de material reciclável. Idealização: Ana Luísa Lacombe | Autoria e músicas: Paulo Garfunkel | Direção: Gustavo Trestini e Ana Luísa Lacombe | Percussão e sonoplastia: Betinho Sodré | Concepção e confecção de figurinos e adereços: Ana Luísa Lacombe | Produção: Faz e Conta Data: 03 de novembro, às 15h - Gênero: Teatro Infantil, 45 min - Local: SESI A.E. Carvalho - Rua Deodato Saraiva da Silva, 110 - Cidade A.E. Carvalho - São Paulo www.sesisp.org.br/carvalho Quer ver sua marca em destaque no maior veículo de Comunicação da Região. Aproveite nossas promoções de anuncios! belas canções. Para este espetáculo, o grupo produziu os adereços e o figurino a Ligue e anuncie 2031-2364 2513-0928

×