Distribuição Gratuita

www.aconteceleste.com.br
ANO VII - NÚMERO 154

raleste@gmail.com - Tel. 2031-2364

2ª QUINZENA DE A...
PÁG 2

2ª QUINZENA DE ABRIL DE 2013

Deputado Estadual Alcides Amazonas inaugura
escritório para receber o povo da Zona Le...
PÁG 3

2ª QUINZENA DE ABRIL DE 2013

Assaltos aterrorizam alunos das escolas
públicas Filomena Matarazzo, Fatec e Etec
Den...
PÁG 4

2ª QUINZENA DE ABRIL DE 2013

"É o momento da Zona Leste aproveitar e crescer"
Entrevista exclusiva do Vereador And...
PÁG 5

2ª QUINZENA DE ABRIL DE 2013

Walter Feldman inaugura "Roda Viva do Grupo Acontece"
No último sábado o deputado fed...
PÁG 6

2ª QUINZENA DE ABRIL DE 2013

Mães Clássicas e Modernas: saiba como
surpreender a mulher da sua vida
As mães são ún...
PÁG 7

2ª QUINZENA DE ABRIL DE 2013

Áries.

Libra.

Há uma crise interior diante de conflitos em organizar suas atividade...
PÁG 8

2ª QUINZENA DE ABRIL DE 2013
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Ermelino 154

475 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
475
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ermelino 154

  1. 1. Distribuição Gratuita www.aconteceleste.com.br ANO VII - NÚMERO 154 raleste@gmail.com - Tel. 2031-2364 2ª QUINZENA DE ABRIL DE 2013 Assaltos aterrorizam alunos das escolas públicas Filomena Matarazzo, Fatec e Etec Denuncias recebidas pelo CONSEG de Ermelino Matarazzo confirmam o aumento da criminalidade em todas as áreas, especialmente assaltos com armas de fogo. Foi realizada na noite de quinta-feira (18), a reunião mensal do Conselho Comunitário de Segurança (Conseg) de Ermelino Matarazzo, na qual foram discutidos assuntos relevantes sobre a segurança pública da PÁG. 3 região. Subprefeitura de Ermelino discute o Plano de Metas com a população PÁG. 3 Deputado Alcides Amazonas "É o momento da Zona inaugura escritório para Leste aproveitar e crescer" receber o povo da Zona Leste Entrevista exclusiva concedida aos jornais associados à AJORLESTE Associação de Jornais da Zona Leste. O deputado Alcides Amazonas (PCdoB) acaba de inaugurar seu escritório político na Rua Irineu Bonardi, 129, em São Miguel Paulista. No local, a população poderá levar seus pedidos e receber orientações sobre assuntos diversos. Para marcar uma visita ao deputado Alcides Amazonas em seu escritório, basta entrar em contato pelos telefones 2037-2900 ou 2037-1106, de segunda a sexta, em horário comercial e aos sábados PÁG. 2 até às 13h. Andrea Matarazzo, atualmente vereador da cidade de São Paulo, um dos mais bem votados (117.6 mil votos) recebeu a diretoria da Ajorleste - Associação de Jornais da Zona Leste - e, após uma conversa informal, sobre vários assuntos, com ênfase para a política, concedeu rápida entrevista a qual destacamos na...PÁG. 4 Deputado Walter Feldman inaugura "Roda Viva do Grupo Acontece" PÁG. 5 Atletas de Ermelino representam nosso bairro nos "Jogos da Cidade" PÁG. 3
  2. 2. PÁG 2 2ª QUINZENA DE ABRIL DE 2013 Deputado Estadual Alcides Amazonas inaugura escritório para receber o povo da Zona Leste O deputado Alcides Amazonas (PCdoB) acaba de inaugurar seu escritório político na Rua Irineu Bonardi, 129, em São Miguel Paulista. No local, a população poderá levar seus pedidos e receber orientações sobre assuntos diversos. Para marcar uma visita ao deputado Alcides Amazonas em seu escritório, basta entrar em contato pelos telefones 2037-2900 ou 2037-1106, de segunda a sexta, em horário comercial e aos sábados até às 13h. "É importante termos um espaço democrático para organizarmos nossa atuação e estarmos abertos ao povo.Vamos desenvolver um trabalho pesado aqui, região onde vivo há mais de 40 anos", disse Amazonas. No dia da inauguração, que reuniu mais de 300 pessoas, o vereador Orlando Silva, presidente do PCdoBSP, enfatizou: "estamos no coração da ZL, que Amazonas conhece muito bem, como poucos em nosso estado, e tenho certeza de que ele será um grande companheiro para o progresso da região". Ações concretas para a Zona Leste Em apenas três meses de mandato, Amazonas já fez uma série de ações relacionadas à Zona Leste. "Participei das plenárias e opinei sobre o plano de metas e o plano diretor da cidade, apresentados pela prefeitura. Também tenho visitado todos os subprefeitos e chefes de gabinete para colocar nosso mandato à disposição da região", explicou. Amazonas também já recebeu e encaminhou uma série de solicitações da população e está estudando maneiras de ajudar a região por meio de indicações e emendas ao governo estadual. Recentemente, ele esteve com o comandante da PM, coronel Benedito Meira, levando pedidos dos moradores relativos à falta de segurança. Um deles diz respeito à instalação de uma base da PM na Praça Enedina de Souza, localizada nas proximidades da Avenida São Lázaro de Jerusalém, no Jardim Célia, Guaianazes. Outro pedido foi feito pelos morado- res do entorno e funcionários da Escola Estadual Luiz Umberto D'Urso, no Itaim Paulista, que tem sido alvo de depredações e vandalismo, além de seus professo- União fortalece mandatos e projeta vitória em 2014 Deputado Luiz Moura faz balanço dos 100 dias da gestão Haddad Vereador Vavá quer melhorias para a Zona Leste Integrantes dos mandatos do vereador Vavá do Transporte e o do deputado Luiz Moura (PT/SP) participaram de um encontro, no dia 27 de abril último. A reunião ocorreu na subsede do Sindicado dos Condutores, em São Miguel Paulista, e teve como objetivo intensificar a união entre os dois grupos visando às eleições de 2014. O acontecimento selou alguns compromissos, entre os quais o de reeleger o deputado Luiz Moura, fortalecer o mandato do vereador Vavá e se organizar para derrotar os tucanos no Estado de São Paulo, no próximo ano. Durante o encontro, José Francisco Barciela, chefe de gabinete do vereador Vavá, esclareceu que uma das propostas do mandato do vereador Vavá é realizar reuniões mensais com as lideranças para se discutir as agendas e as atividades comunitárias desenvolvidas nos bairros. Chicão, como é mais conhecido, enalteceu o compromisso firmado entre os dois grupos e enfatizou que a união irá contribuir, em muito, para que os projetos políticos em benefício das comunidades sejam inviabilizados. Já o vereador Vavá, em seu discurso, fez um balanço do apoio do deputado Luiz Moura para a sua campanha e afirmou que um dos objetivos de seu mandato é o de fortalecer as atividades da subprefeitura de Ernelino Matarazzo. “Temos como chefe de gabinete uma pessoa competente, que é Dr. João de Oliveira, e vamos dar ele e a sua equipe, todo o respaldo necessário para que CIRCULAÇÃO: ERMELINO MATARAZZO, PONTE RASA, VILA CISPER, VILA UNIÃO, A.E CARVALHO, JARDIM PEDRO NUNES, GUARULHOS, PENHA E CANGAIBA TIRAGEM DESTA EDIÇÃO 25.000 EXEMPLARES Diretor Geraldo Diretor de Divaldo Rosa - Geral: Malta Redação: MTb: 42448 Adm. Financeira: Ademir Rodrigues Diretor de Arte: Sergio Avante fique registrada em Ermelino e Ponte Rasa a marca de um governo que mostre uma nova gestão de governar, principalmente dando prioridade à população mais necessitada”, enfatizou Vavá. O deputado Luiz Moura, após exaltar a união dos grupos, fez um balanço dos 100 dias da gestão Fernando Haddad frente à prefeitura da cidade de São Paulo, citando algumas medidas já em andamento, dando como exemplo ampliação dos corredores de ônibus. O parlamentar criticou o governo de São Paulo, lembrando do rolo compressor na Assembleia Legislativa, onde nada da oposição é aprovado, e concluiu dizendo: “O PT precisa ganhar o governo de São Paulo; esse é o nosso desejo e da população.” O jornal de Ermelino & Ponte Rasa é Filiado à AJORLESTE Associação dos Jornais da Zona Leste Jornalista: Silmara Galvão Depto. Jurídico: Agilson M. Oliveira Acontece Agora Empresa Jornalística Ltda. CNPJ: 03.115.443/0001-16 Avenida dos Guachos, 166 - Cep: 08030-360 - São Paulo – SP - jornaldeermelino@gmail.com REDAÇÃO/PUBLICIDADE: 2031-2364 / 2513-0928 As matérias assinadas são de exclusiva responsabilidade dos colaboradores e não representam, necessariamente, a opinião do Jornal. Os nomes dos diretores, colaboradores e representantes comerciais não mantém vínculo empregatício com a empresa. res já terem sofrido ameaças na saída da escola. Os moradores também pediram ao deputado a instalação de uma base da PM e intensificação do policiamento nas imediações da Praça José Felix Lisboa, no Conjunto José Bonifácio, Itaquera, onde tem havido casos de furto. Amazonas também esteve no Itaquerão fiscalizando as obras do estádio e do entorno juntamente com o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, o governador Geraldo Alckmin e o prefeito Fernando Haddad. "A arena está 70% concluída. Também visitamos as obras da alça de acesso entre a Radial e a Jacu-Pêssego e estamos apoiando a implantação da Unifesp na Zona Leste. Enfim, estamos participando de várias lutas e queremos atuar ainda mais pelo desenvolvimento desta região".
  3. 3. PÁG 3 2ª QUINZENA DE ABRIL DE 2013 Assaltos aterrorizam alunos das escolas públicas Filomena Matarazzo, Fatec e Etec Denuncias recebidas pelo CONSEG de Ermelino Matarazzo confirmam o aumento da criminalidade em todas as áreas, especialmente assaltos com armas de fogo Foi realizada na noite de quinta-feira (18), a reunião mensal do Conselho Comunitário de Segurança (Conseg) de Ermelino Matarazzo, na qual foram discutidos assuntos relevantes sobre a segurança pública da região. O evento contou com a participação de autoridades locais, diversas lideranças comunitárias, professores e diretores de Escolas de Ermelino. Dentre deles destaca-se o delegado de Polícia titular do Distrito Policial do bairro Dr. João Elias, PM -Tenente Natanael, Dr. João Cerqueira chefe de gabinete da Subprefeitura de Ermelino, representando o subprefeito Claudio Toshio e o Edu, presidente do Conseg. Logo no início do evento foi lida a Ata da reunião anterior. E em seguida foi dada a palavra para que cada autoridade se apresentasse pessoalmente para os convidados. Na ocasião o Delegado Titular João Elias afirmou compromisso com a região e todos os presentes. "Afirmo e reafirmo a todos os presentes especialmente aos membros do Conseg, ao colega da Polícia Militar Tenente Natanael, com quem eu faço questão de sempre correr irmanado, em termos de polícia, e me coloco a inteira disposição deste Conseg. A princípio, estamos trabalhando com um número de pessoal reduzido, mas que tem uma vontade redobrada, então nós já conseguimos colher pequenos frutos nesta busca de uma excelên- cia nos trabalhos policiais e civis em especial no que diz respeito ao atendimento ao público e os desafios apresentados pelos membros da Conseg e de outras associações de bairros. Estamos de portas abertas para que Ermelino Matarazzo melhore a cada dia", frisa o Delegado. O tenente Natanael pertencente ao 2º. batalhão conhecido como "2 de ouros" lembra que tem mais de 24 anos de Polícia Militar e também é morador de Ermelino, bairro que diz conhecer muito bem, principalmente as suas dificuldades e peculiaridades. "Segurança pública é uma obrigação do Estado e um dever de todo o cidadão. É importante ressaltar que as pessoas também têm a importância de prevenir os crimes, ou seja, vendo algo suspeito em suas vizinhanças, escola ou coisa parecida é fundamental ligar para o disque denúncia. Umas das coisas que nos meus 24 anos de polícia vejo é que está tendo muita inversão de valores, hoje as pessoas acham normal uma menina de 14 anos ir a baile de funk, cantar praticamente pelada e passar a noitada nos bailes. Isto que estamos tendo hoje é um trabalho de formiguinha. Eu lembro de quando era garotinho ainda e estudava aqui no Colégio a qualidade de vida de nos- cos das calçadas próximo a uma das principais igrejas da região.Como resposta, o chefe de gabinete João Cerqueira ressaltou que o prefeito Fernando Haddad enviou para a Câmara Municipal um projeto de lei que já foi aprovado, para fazer estas modificações do passeio público que é a calçada. Uma das alarmantes preocupações levantadas pela diretora da Fatec Ana Cristi- reivindicação foi Berenice Reis, do colégio Filomena Matarazzo, que também alertou sobre assaltos no fim da tarde e na saída dos alunos da noite, falou também sobre a falta de iluminação nas imediações da escola e solicitou à subprefeitura a poda e corte de árvores antigas nas dependências do colégio. O chefe de gabinete João afirmou que a subprefeitura de Ermelino tem equipes que podam as árvores mas se a árvore estiver a menos de um metro e meio dos fios elétricos, a equipe é proibida de mexer por falta de segurança e fica a critério da Eletropaulo executar o pedido. "Várias solicitações chegam até a subprefeitura, algumas nós resolvemos, outras são encaminhadas direto para a Eletropaulo", esclarece Dr. João. Sobre o CONSEG Filomena, quando o professor entrava em sala de aula todos os alunos levantavam em posição de respeito, atualmente nem se quer cantam o hino nacional nas escolas. Precisamos resgatar alguns valores", ressalta o Tenente. Concordando plenamente com as palavras do 1º. Tenente, o chefe de gabinete da subprefeitura de Ermelino Matarazzo, João Cerqueira, ressaltou também a importância que a comunidade tem para contribuir com a segurança pública. "Ninguém faz nada sozinho, é a união de esforços que faz toda a diferença, é a Sociedade Civil, Subprefeitura, Polícia Militar, Polícia Civil e o conjunto da sociedade. Nosso desafio é melhorar sos moradores aqui de Ermelino Matarazzo, Ponte Rasa e bairros adjacentes. Está havendo uma inversão de valores muito grande na sociedade e isto precisa ser mudado. Não adianta começar querendo mudar o mundo, é preciso mudar primeiro a si mesmo", comenta o chefe de Gabinete. Assuntos como: buracos em calçadas, excesso de pernilongos, lixos nas ruas, falta de iluminação em alguns pontos, assaltos em plena luz do dia em escolas públicas, foram algumas das reivindicações apresentadas pelos líderes comunitários. Morador da região há um bom tempo, o líder comunitário Cabral destacou fatos importantes e citou os bura- na é sobre os constantes assaltos feitos na entrada e saída de aula. "Estamos tendo assaltos desde o mês de janeiro entre a divisa de Etec e Fatec, estamos sem saber o que fazer e pela descrição das vítimas os assaltantes são três rapazes menores. Os horários são sempre os mesmos, na entrada dos alunos e nos intervalos, quase todos os dias tem um assalto. Já foi chamada a polícia várias vezes e não conseguimos resolver, ficamos preocupados com a gravidade, pois vai que uma hora acontece o pior. Meus alunos já estão desesperados", alerta a diretora que, na ocasião, trouxe o abaixo-assinado dos próprios alunos. Outra diretora que fez sua Os Conselhos Comunitários de Segurança são grupos organizados, formados por moradores do bairro, que se reúnem para discutir, analisar e dar sugestões para a implantação de ações que possam ser aplicadas, com o objetivo de aumento a segurança pública local. Cada Conseg possui dois representantes da Secretaria de Segurança Pública: o Comandante da Polícia Militar e o Delegado de Polícia titular do Distrito Policial do bairro. A participação da comunidade é de fundamental importância, pois o CONSEG é fórum criado para que o cidadão possa apresentar sugestões às autoridades responsáveis pela segurança pública. Audiência e discute com povo Plano de Metas 2013-2016 Foi realizada no dia 13 de Abril próximo passado a "Audiência Pública sobre o plano de metas 2013-2016" da prefeitura do município de São Paulo, evento esse coordenado pela subprefeitura de Ermelino Matarazzo. O evento foi realizado no auditório da FATEC Zona leste, estiveram presentes ao evento diversas entidades, lideranças e população local, além de diversas autoridades, entre elas a Secretaria municipal de Planejamento Orçamento e Gestão, Sra. Leda Paulani que fez questão de vir pessoalmente apresentar o plano. Com a condução dos trabalhos feita diretamente pelo subprefeito Claudio Toshio Itinoshe e também pelo Doutor João Oliveira chefe de gabinete da subprefeitura, a atividade teve como direcionamento principal além da apresentação dos slides e explicações, ouvir dos presentes (população e sociedade civil) suas expectativas e demandas sobre o Plano de Metas. Abrindo os trabalhos a secretaria Leda Paulani discorreu sobre o "Plano de Metas" e suas atribuições pertinentes tanto ao município, bem como aos benefí- cios que a população poderá usufruir, cada ponto do plano foi exposto de maneira clara e direta a audiência presente ao evento. Após sua explanação, e por inscrição pessoal lideranças e moradores do bairro fizeram o uso da palavra. Nesse momento ficou cla- ro o entusiasmo e a satisfação das diversas lideranças, que ao fazerem o uso da palavra, manifestaram em primeiro lugar a satisfação em poder serem ouvidos, mas jamais deixando de expressar suas demandas e necessidades locais. Após a fala dos inscritos, a Secretaria Leda encerrou os trabalhos enfatizando que todas as questões e propostas serão analisadas e avaliadas, e que, a resposta será feita em uma reunião devolutiva com a população local. Salientou ainda que, o plano de metas é o "meio" pelo qual o prefeito possa de maneira direta cumprir com aquilo que propôs em campanha. Finalizando, esclareceu que um calendário será montado para as reuniões devolutivas, e que o prazo médio dessas reuniões será daqui a 45 ou 60 dias no máximo. O subprefeito Claudio Toshio em suas considerações finais agradeceu o esforço de todos os participantes em estarem presentes, reafirmando que a proposta desde o início era a participação popular ativa dos moradores da região de Ermelino e Ponte Rasa. Ainda fez questão de assumir um compromisso de que, todas as questões serão respondidas e avaliadas, dando um retorno a todos que ali se reuniram. Mauro Luiz de Proença Assessoria de Imprensa Atletas de Ermelino representam Parque Ecológico Vila Jacuí nosso bairro nos "Jogos da Cidade" oferece aula de ginástica gratuita No dia 1º de Maio próximo passado, aconteceu a solenidade de abertura da "11º Edição dos Jogos da Cidade de São Paulo", essa atividade é realizada pela Secretaria de Esportes do Município e reúne diversas equipes distribuídas em várias modalidades, cada qual representando seu bairro e região. O evento ocorreu as 10H00 da manhã e teve como palco o Estádio Dr. Paulo Machado de Carvalho, o famoso Pacaembu. Representando a Subprefei- tura de Ermelino Matarazzo, estiveram presentes os atletas das equipes de futebol de campo, futebol de salão e bocha, ao todo estiverem presentes na delegação de Ermelino aproximadamente 50 pessoas, entre atletas e seus familiares. Neste parque do DAEE não há limite de idade para receber os interessados, sendo necessário apenas um cadastro prévio. Os frequentadores do núcleo Vila Jacuí, que compõe o PET (Parque Ecológico do Tietê), tem a sua disposição aulas de ginástica, de segunda à sexta-feira, em dois horários: das 8h30 às 9h20 e das 9h20 às 10h10. São atividades de aeróbica, ginástica laboral e localizada, alongamento, relaxamento e outras dinâmicas. Cerca de 40 pessoas, desde crianças a idosos, já participam. As aulas acontecem na sala da terceira ida- de, do lado dos aparelhos de ginástica. Interessados podem se inscrever na administração do parque do DAEE (Departamento de Águas e Energia Elétrica), munidos de RG, foto 3x4. É necessário a apresentação de atestado médico. Núcleo Vila Jacuí - Horário de funcionamento do núcleo: 8h às 19h - Entrada gratuita - Estacionamento: 178 vagas - Telefone: (11) 2033-1940 - Endereço: Rua Catléia, 911, União de Vila Nova
  4. 4. PÁG 4 2ª QUINZENA DE ABRIL DE 2013 "É o momento da Zona Leste aproveitar e crescer" Entrevista exclusiva do Vereador Andrea Matarazzo aos jornais associados à AJORLESTE -Associação de Jornais da Zona Leste" Andrea Matarazzo, atualmente vereador da cidade de São Paulo, um dos mais bem votados (117.6 mil votos) recebeu a diretoria da Ajorleste - Associação de Jornais da Zona Leste - e, após uma conversa informal, sobre vários assuntos, com ênfase para a política, concedeu rápida entrevista a qual destacamos a seguir. Ajorleste - Com a experiência que tem como ministro, embaixador, Secretaria das Subprefeituras e Secretaria da Cultura, o senhor foi candidato a vereador com um objetivo específico, uma proposta maior, por um projeto de lei excepcional, marcante? Andrea - Acho que São Paulo tem leis demais. O que precisa é as leis serem cumpridas. Eu tenho alguns projetos interessantes, alguns já protocolados, como o que você acerta as calçadas, que passa a responsabilidade para o poder público, um projeto que facilita a poda de árvores, por exemplo: quem já tentou solicitar uma poda de árvores sabe é uma maratona de dois anos. Uma lei que facilita e reduz para no máximo de três meses. Um projeto que elimina a cobrança de ISS dos taxi, que é uma bobagem, que trata de forma diferenciada cooperativas e autônomos. É uma série de projetos de leis e de modernização de leis, inclusive muitas que existem e que estão obsoletas, antigas e que não servem mais para a cidade. O que eu acho que precisa e é o projeto principal é o Plano Diretor da Cidade. Esse é o maior projeto que eu tenho, que prevê a regularização fundiária da cidade. Tornar regular todas essas áreas ocupadas há mais de 40, 50 anos. Áreas que eram de mananciais, condomínios, loteamentos clandestinos, que você precisa regularizar para poder proporcionar e estimular a economia local , gerar estão fazendo é em relação ao problema das multas, essas que foram, aplicadas no ano passado e a questão para o futuro é não ter mais multas, pois as calçadas ao meu ver é a via pública do pedestre, da mesma forma que a rua, o asfalto é a via pública dos automóveis. Portanto quem tem que ter responsabilidade sobre as calçadas é a própria prefeitura. Da mesma forma que ela faz as ruas, avenidas, corredores de ônibus e ciclovias, tem de fazer as calçadas, que é a única forma de você ter as calçadas com a mesma especificação técnica, com a mesma padronização, que é fundamental para que elas sejam acessíveis. Por outro lado, como você vai exigir que imóveis que são isentos de IPTU façam as calçadas, como por exemplo em Cidade Tiradentes, onde 80% dos imóveis não têm escritura. Calçada que tem de fazer é das para a Prefeitura, que está tramitando aqui na Câmara e aí você resolve definitivamente esse problema. Ajorleste - Ainda sobre as calçadas, existem vários bairros completamente urbanizados onde as calçadas são bem irregulares, prejudicando e até impedindo de forma dramática a acessibilidade. Você pensou em incluir esses locais no projeto? Andrea - Todas as calçadas seriam de responsabilidade da prefeitura, inclusive as reformas, para tornar acessíveis aquelas que não são. Você vai em muitos lugares onde as ruas que tem declive, as ruas em descida, por exemplo. A rua é lisa, mas a calçada tem degrau, o que é um absurdo, porque as pessoas mais velhas, as pessoas com algum tipo de deficiência não conseguem andar. Então, todas as calçadas tem de ser de responsabilidade da prefeitura, se não empregos e evitar que as pessoas tenham que se deslocar todos os dias em viagens que são um suplício para todo mundo de duas, duas horas e meia para ir e mais o mesmo tempo para voltar ao trabalho. Eu fiz o trajeto da Cidade Tiradentes, Parque Dom Pedro, foram duas horas e meia em um ônibus com qualidade abaixo da crítica, com câmbio mecânico, dando solavancos, sem ar condicionado, andando que nem uma serpentina, dando voltas por todos lados, 72 paradas, permanentemente lotado. Isso não é humano. As pessoas esperam o ônibus 45 minutos debaixo de sol e chuva. Isso não é para uma cidade do tamanho de São Paulo. Eu critico não somente esse governo, mas todos os outros anteriores. Ajorleste - Recentemente o senhor promoveu uma audiência pública sobre calçadas. O senhor que foi secretário das Subprefeituras em São Paulo discorda dessas mudanças apresentadas em relação aos passeios públicos? Andrea - Até concordo, mas a lei das calçadas o que a prefeitura para que a cidade seja acessível e para que as pessoas possam pelo menos caminhar. Essa é a minha posição bastante clara. Até porque, ninguém sai na porta de casa quebrando a própria calçada. Quem quebra calçada normalmente, ou são as concessionárias de serviço público ou é o sujeito que estacionou o carro em cima da calçada ou é a própria prefeitura quando planta uma árvore e essa cresce a raiz e estoura a calçada. Como o munícipe vai arrumar a calçada sem tirar a árvore? Só pode tirar a árvore é a própria prefeitura e portanto a meu ver quem tem que fazer e cuidar das calçadas é a prefeitura. Ajorleste - Como vereador o senhor não poderia apresentar um projeto e criar uma lei para ter um Disk Calçada, um telefone especifico para reclamar de passeio público, a exemplo do que acontece em Belo Horizonte? Andrea - Isso é uma alternativa que já deveria ter feito. Eu preferi fazer um Projeto de Lei que passa a responsabilidade das calça- é isso, como atualmente é de responsabilidade do proprietário do imóvel ele faz do jeito que quer e normalmente faz de um jeito que as pessoas não conseguem caminhar. Ajorleste - Cem dias de governo Fernando Haddad, como o senhor avalia essa administração? Andrea - Eu avalio que são cem dias sem administração. Muita propaganda, muito falatório, mas ações concretas na verdade eu não vi nenhuma. Não tem nada que fale, uma obra nova, uma ideia nova, uma coisa acontecendo de positivo. O que tenho visto é muito falatório, muito blá, blá, blá e inclusive não tenho visto o prefeito. Onde estava o prefeito nos dias de chuva por exemplo, que São Paulo estava inteira alagada? Das 730 promessas feitas na campanha foram transformadas em um plano de metas, de quase 100 metas, que não são exatamente metas. O que quero ver é ele fazer, quero ver é a prefeitura trabalhar, tapar buraco, retirar árvores em risco, arrumar asfalto, fazer pontes que precisa, tra- vessia de córregos, fazer calçadas, iluminar as ruas. Isso é tocar a prefeitura, não ficar fazendo discursos sociológicos. Ajorleste - O metro, monotrilho vai chegar em Cidade Tiradentes? Andrea - O metro através do monotrilho vai chegar, mas você não vai fazer todo o transporte público em monotrilho. Ônibus já existe. Temos seis empresas de ônibus em São Paulo. O que tem de fazer é dar um aperto neles para melhorar a qualidade do transporte público. Os perueiros também. Hoje, perueiros virou uma baderna na cidade, no transporte, eles precisam ser regularizados, organizados e modernizados. Dar conforto aos passageiros. Eles prestam serviço público e deve ter qualidade mínima. O povo paga por isso. Ajorleste - Abrir o mercado do transporte público não beneficiaria? Andrea - Tem de disputar concessão. Isso é assim no mundo inteiro. Tem de exigir qualidade, com especificação mínima de qualidade do serviço, com pena de perder a concessão. Ajorleste - Sobre idoso, o que o senhor como vereador pode fazer de concreto para essa parcela crescente da população? Andrea - O que precisa fazer é uma política pública para a terceira idade. Eu quando secretário fiz as primeiras academias para a melhor idade da cidade. Isso eu aprendi na Itália, quando morei lá e vi. Aqui a gente está acostumado com entidades voltadas com programas focados somente para as crianças, o que está corretíssimo. Quase que uma entidade por criança. Estamos esquecendo que o país está envelhecendo. Na Itália tem um idoso para cada habitante. No Brasil a população está envelhecendo, é fundamental que tenhamos políticas públicas para os idosos. Ajorleste - Você continua a fazer gestões sobre cultura, em contato com o Governo do Estado? Andrea - A Cultura, e aí vamos falar em relação especificamente da Zona Leste. A Zona Leste tem uma tradição e produção cultural muito grande. Hoje a atividade cultural é uma grande fonte geradora de renda para as pessoas. Você preci- sa sistematizar aquilo e organizar. A Fábrica de Cultura tem muito esse papel. Capacita melhor essas pessoas dando suporte para a organização, que a Secretaria de Cultura tem de dar também e daí vai criar artistas, iluminadores, cenógrafos, produtores culturais, enfim é uma atividade econômica da chamada economia criativa que gera renda, gera ocupação em grande escala e transforma as pessoas, que a coisa mais importante. Ajorleste - Eleição do Diretório Municipal do PSDB. A nova composição tem uma visão mais ampla, uma proximidade maior com o povo, uma proposta melhor? A pergunta formulada para Andrea Matarazzo e Adolfo Quintas que estava também presente à entrevista. Andrea - Não, ao contrário. A nova direção é muito parcial. O PSDB Municipal passou a ser um partido de três secretários que têm como objetivo as suas candidaturas próprias. Hoje presidido por um ex-deputado de Botucatu, que perdeu eleição Então eu acredito que o partido terá grande dificuldade de conseguir dialogar com a cidade, que é o fundamental e mais ainda e principalmente de ampliar os seus diretórios zonais, que isso é uma ideia do Adolfo Quintas, de criar dentro dos zonais, postos avançados, núcleos de bairro, porque a cidade é muito grande e o PSDB precisa ter interlocução em todos os bairros. Eu acredito que o partido precisaria estar focado exclusivamente nisso, para se preparar na eleição do Geraldo Alckmin, no ano que vem e depois sim começar se preparar para a eleição da prefeitura. A composição atual, eu não reconheço como a do nosso PSDB. Eu retirei a minha candidatura para não ser derrotado. Concorrer com alguém do partido, seria democrático. Agora para mim seria óbvio que seria derrotado por três Secretarias: do Meio Ambiente, de Planejamento e de Energia que estavam pressionando a militância a votar no outro candidato. O fundamental é que o partido na Capital tem de ter forte influência dos vereadores, que conhecem a cidade. Resposta de Adolfo Quintas - Eu sempre defendi que o PSDB fosse um partido de massa, e até agora ainda não consegui fazer. É um absurdo que um membro do interior venha dirigir o partido na Capital. Isso com a permissão e aval de políticos importantes eleitos aqui na capital. Nós temos pessoas com vontade política, com ideais, e altamente capacitados da Capital para dirigir esse partido e trouxeram pessoa de fora que não conhece a cidade, que não tem a menor intenção de buscar essa qualidade política. Uma pessoa que foi até derrotado, que não tem intenção promover um crescimento do partido. A história está aí. O PMDB até hoje é grande por conta disso. As raízes criadas pelo partido no tempo de Mário Covas, Franco Montoro, Orestes Quércia. Mauro Borges, Avanir Duram Galhardo. Criadas pela proximidade, pelo contado e compromisso com o povo. Aparentemente estão querendo acabar com o PSDB aqui na Capital, pois são pessoas que não têm nada a ver, que não tem preocupação de promover benefício social e as metas do partido. Ajorleste - Nesse contexto, o que vocês pretende para fortalecer o partido? Andrea - O partido se fortalece através das pessoas. Pode ser institucionalmente ou não. Quem tem os votos é o Adolfo Quintas, o Gilson Barreto, a Patrícia Bezerra, o Andrea Matarazzo, o Claudinho. Enfim, os votos são das pessoas, independente da gestão. A direção do Júlio Semeghini foi um desastre e a sequência não será diferente. Vamos continuar trabalhando, avançando, com a proposta de melhorias das condições de vida da cidade de São Paulo. Elegemos uma bancada de nove vereadores. Ajorleste - Um espaço aberto para fazer explanação, para falar o que o senhor quiser. Andrea - Administrar uma cidade do porte de São Paulo é preciso fazer um governo de milhares de pequenas obras de interesse local e algumas grandes obras de interesse geral. Tenho convicção de quem conhece o que precisa em um determinado bairro é quem mora ou quem trabalha naquele lugar. Os projetos e propostas tem de vir originalmente da população. As subprefeituras tem de ouvir a população. A Zona Leste tem de aproveitar esse momento. Pois é o momento dela. É o momento da Zona Leste aproveitar e crescer. E continuar crescendo. Tem de cobrar um novo Plano Diretor e recursos necessários da prefeitura, para desamarrar os investimentos que têm previstos para lá. O zoneamento é um dos problemas que a Zona Leste tem.
  5. 5. PÁG 5 2ª QUINZENA DE ABRIL DE 2013 Walter Feldman inaugura "Roda Viva do Grupo Acontece" No último sábado o deputado federal Walter Feldman cumpriu uma extensa agenda na Zona Leste de São Paulo, cujo ápice foi o encontro com lideranças, blogueiros e jornais da Zona Leste, na sede do Grupo Acontece de Jornais e Revistas. Participaram deste encontro: Jornal MB - Mais Brasil, Revista Perfil, aficionados por redes sociais como Jornalista Genivaldo Barbosa, Blog Linguarudo da Zona Leste, Toninho Novais (Rádio Cumbica) e grandes lideranças comunitárias (Geraldo Malta, Cida Costa, Valdemiro Junior, Dr. Luiz Carlos Silva, Val, Prof. Marcelo, Prof. Isabel, Cazuza, Johny, Fernando, Roque Fernandes, Luiz Ferreira e muitos outros. Feldman foi recebido por Divaldo, diretor-fundador do Grupo Acontece, que logo deu início a uma nova modalidade de entrevista, que foi apelidado pelo deputado como "Roda Vida do Grupo Acontece". E ficou claro para os convidados que a sede Grupo Acontece se tornou definitivamente um "point", por onde passam gestores públicos, artistas e políticos. "Esta é a casa mais democrática da Zona Leste. Aqui receberemos pessoas de todas as linhas de pensamento e de todos os partidos", diz Divaldo Rosa. Divaldo Rosa, diretor do Grupo Acontece - Você que acompanhou os casuísmos dos militantes contra o MDB no governo Figueiredo e Geisel em 1974 contra o PMDB, como você vê a tentativa do Governo Dilma de impedir a formação de novos partidos no Brasil? Walter Feldman - Há uma articulação e conspiração que vem direto do palácio do planalto para que na próxima eleição de 2014 a Dilma possa se consagrar reeleita no primeiro turno. A possibilidade da candidatura da Marina Silva leva a disputa para o 2º. turno. Nós perdemos na Câmara sob o comando do PT e do PMDB, eles que armaram a maioria para massacrar. Vão ao Senado pretendendo fazer uma nova resistência e, se lá perdermos, vamos ao Supremo Tribunal Federal para que a Rede seja criada. Roque Fernandes diretor de ONG - Você é um nome bastante citado para ser candidato a prefeito de São Paulo. Você tem esta vontade de ser representante em nosso Estado? Walter Feldman - Nós teremos candidaturas e nomes a deputados federal, estadual, senador, governador, prefeito e a vereadores. Porém se a Rede me chamar para cumprir qualquer tarefa eu farei. Professor Marcelo Miranda - Quando houve a fundação do PSDB nós fomos a Brasília com todas as esperanças que estamos vendo na Rede. Como explicar a perda de expectativa com o PSDB? E qual a preocupação com a elaboração do Estatuto? Walter Feldman - Quando a Marina coloca a necessidade de criarmos um partido que tome todos os cuidados éticos, programáticos, não deixar vir gente apenas com interesses eleitorais, porque daqui a pouco, se não tomar cuidado, estará contaminado da mesma forma que os outros, então a ideia é ajudar na reforma política do Brasil outra vez, porque a democracia que nós conquistamos a duríssimas penas pode estar comprometida. O PT hoje tem o projeto de hegemonia, projeto a longo prazo que, na verdade, é muito semelhante ao de Hugo Chaves na Venezuela, claro, é mais disfarçado, não é tão aberto como o de Hugo Chavez, mas é perigoso, pois a Dilma usa os ins- trumentos de comunicação de uma maneira descarada, ela coloca benefícios sociais para encantar o povo mais pobre comprometendo o equilíbrio da economia dos estados dificilmente em condições de sustentação para o futuro, isto só para ganhar as eleições, isto atenta contra a democracia do Brasil, porque minhas preocupações políticas são as futuras gerações, não é a próxima eleição. Já em relação ao estatuto, ele foi altamente discuti- do em Brasília e pode ser acessado por todos pelo site Brasil em Rede e há um cuidado permanente. Só para se ter uma ideia, eu já fui procurado por mais de 80 cidades, por prefeitos, vice-prefeitos, deputados federais e estaduais, secretários, vereadores que querem vir para a Rede. Quando a conversa começa "olha quero ir para a Rede para disputar a eleição para meu município, portanto eu quero o partido na minha mão", tá fora. E olha que nós precisamos de gente, precisamos coletar assinaturas, mas se este é o discurso, tá fora. Edilson vice-presidente da União Brasil Gigante - Questiona se a Rede será um partido de oposição e dará a cara para bater assim como o PT? Walter Feldman - A Rede é a proposta de fazer a nova política, uma política com princípios e valores, que não se vende a nenhuma troca de interesses e vem para reunir as forças mais progressistas do Brasil, aquelas que tenham um comprometimento com a História Brasileira. Sandro, funcionário do Tide Setubal, frisou sobre o caos da saúde pública - Participei de duas reuniões com o Ministro da Saúde Padilha, ele faz a apresentação e a impressão que se tem é que nós temos a melhor saúde do mundo, você sai da reunião e os que estão assistindo perguntam o seguinte: Ele é Ministro da Saúde da onde? (risos) porque o que ele diz não cor- responde à verdade. Nunca esteve tão ruim nos últimos 20 anos. Professora Isabel fez uma bela homenagem ao amigo de longa data Walter Feldman. Relembrou fatos marcantes da história de vida do Walter e agradeceu por ele se ajuntar à Mariana Silva para salvar o Brasil e trazer esperança para os paulistanos. Val liderança de Ermelino Matarazzo abordou o tema da segurança pública e citou a falta de ronda escolar, citou o tráfico de drogas e o crescimento de crimes onde envolve menores infratores e perguntou quais são os projetos que a Rede tem para inibir este tipo de conduta. Walter Feldman - Uma série de práticas demonstram que atrás do crime tem a droga - o Crack , e tem infelizmente envolvido o adolescente. Junto com esta primeira política antidroga, o Governador Geraldo Alckmin levou esta semana ao congresso uma proposta de projeto que deve ser tratado como regime de urgência aqui no tratamento aos menores ou aos adolescentes infratores com muito mais rigor do que este que existe hoje pela Lei do ECA. Toninho do Mercado falou sobre a importância da ética na política e pediu para que Walter, junto ao futuro partido Rede, voltasse sempre à região, para que o político tenha contato direto com a militância e com a população. O Advogado e diretor da OAB de São Miguel, Dr. Luiz Carlos Silva, aproveitou o embalo da conversa para afirmar seu interesse em sair candidato para as eleições de 2014 como deputado estadual, e afirmou ainda que a região não está órfã de bons pré-candidatos, apenas é preciso haver mudança no quadro da política. Morador de Ermelino Matarazzo, Junior se manifestou indignado com o momento da política: "Estou broxa politicamente", porém declarou que a Rede tem se mostrado muito atraente. E fez a seguinte pergunta: A Rede segundo o estatuto dela será construída de que forma: diretório nacional, estadual, municipal e diretório zonais? Walter Feldman - Gostaria de dizer que a Rede pode ser todos nós, não me dêem esta carga de eu ser a Rede (risos). A Rede será um sistema para que a sociedade em geral participe de uma forma muito ampla e horizontal, caso contrário será igual aos outros partidos. É importante que todos devam influenciar nas decisões a serem tomadas, e faço um convite, venham todos para a Rede. Eu na última eleição do diretório municipal do PSDB defendi a decisão de um militante, não de um parlamentar, porque o parlamentar que quiser dirigir um partido, ou não vai ser bom parlamentar, ou não vai ser bom dirigente partidário, porque não há tempo. Quem quer ser um bom deputado tem que se dedicar muito no mandato, é muito trabalho e não terá tempo de dirigir o partido. Eu propus isto no estatuto da Rede, falei que não aceitava a Rede com direção de parlamentar, sou contra, pois tem que ser um militante se possível profissionalizado, dedicado a isto, e que abra um sistema para todos participarem. A Marina participa de nossas reuniões como mais uma lá, eu também sou um lá, e se eu achar que eu sou mais, pau em cima de mim (risos)...lá militante fala e é ouvido, e se tiver argumento bom, será a conduta do partido naquele instante.
  6. 6. PÁG 6 2ª QUINZENA DE ABRIL DE 2013 Mães Clássicas e Modernas: saiba como surpreender a mulher da sua vida As mães são únicas. Elas são sensíveis, são batalhadoras e sempre tem um ombro amigo, não é mesmo? Por isso, para homenageá-las e valorizar o seu papel, aliás, ou seus papéis na sociedade - afinal de contas são mães, esposas, donas de casa e executivas - foi criado o dia das mães, uma data que não pode passar em branco. Aqui no país a data é comemorada sempre no segundo domingo do mês de maio, que neste ano será dia 12. E para presenteá-las, que tal opções que combinem com seu estilo? Apesar de únicas, elas podem ser bem diferentes. Temos as mães clássicas e as mais modernas. Como surpreendê-las? A dica da Germer Porcelanas Finas, empresa paranaense especializada na fabricação de porcelanas finas de mesa, é apostar em porcelanas decoradas. As peças podem ser utilizadas como artigos de decoração e também podem servir refeições, desde as mais simples às mais incrementadas. Para as mães clássicas a sugestão é a nova linha decorada Orchid, que através de flores traduzem a delicadeza e a sofisticação de uma mulher. As orquídeas brancas alegram ambientes e Até os 6 meses, bebês devem dormir no quarto dos pais transformam o simples em algo exuberante. Já para as mamães modernas, que tal a nova linha decorada Leopard? Inspirada nos leopardos da Savana, a decoração reforça ainda mais a tendência animal print, que além de fazer sucesso nas passarelas internacionais da moda, também vai encantar na hora das refeições em for- mato de porcelana. As peças são atóxicas, altamente resistentes e podem ser utilizadas no micro-ondas e máquina de lavar louça. Sem dúvida sua mãe vai adorar! Eu aceito Estas duas palavrinhas combinadas a um vestido branco, flores e um belo partido ao lado compõem o sonho de boa parte das mulheres. Os costumes mudaram e muitos casais começaram a dar pouca importância para o juramento ao pé do altar, no entanto, o desencantamento quanto ao casamento não atingiu a todos. Mesmo que fuja da convencional caminhada pelo tapete vermelho, de frente para a imagem de Cristo, ao som da marcha nupcial; as mulheres ainda querem o ritual do casamento. "Elas desejam mais do que os homens", disse a psicóloga e terapeuta familiar Marina Vasconcellos. Segundo Marina, o casamento foi implantado no universo feminino há muitos anos. "No passado, as mulheres eram criadas para casar e cuidar dos filhos", lembrou. Com os homens, as coisas são diferentes; alguns desejam tanto o casamento quanto as mulheres, mas a maioria não liga para o ritual e acaba fazendo tudo como manda o figurino apenas para agradar a parceira. No entanto, antes de chegar a este ponto, é preciso que exista o pedido ou intenção de casar e ela deve partir dos dois. O namoro está ótimo, surge, então, na mulher o desejo de dar o próximo passo. Mas como ser pedida em casamento? Plantar a ideia no parceiro não é tarefa fácil. "Tem que ser muito sutil, para que o homem não saia correndo. Se o homem for fujão, que valoriza muito a liberdade e não acredita em casamento, é melhor desistir", aconselhou a psicó- morar e, principalmente, sobre filhos. "Imagine, a mulher quer tanto casar que não pergunta se o parceiro quer filhos, quando ela diz que quer engravidar, ele diz que não quer ser pai e os dois já estão casados", alertou Marina. Namoros muito longos loga Marina. A psicóloga e professora do Instituto de Psicologia da USP, Isabel Cristina Gomes, citou a gravidez como uma das estratégias usadas pelas mulheres para apressar o casamento. No entanto, segundo ela, a artimanha não funciona para todos os casos e a mulher pode acabar como mãe solteira. Em pratos limpos As mulheres adoram comer pelas beiradas, mas Isabel alerta que este tipo de jogo pode ser descoberto facilmente. "O parceiro pode perceber a intenção na hora e não gostar", disse ela. A mulher tem táticas para induzir a outra pessoa a expressar uma ideia que antes era dela, porém, "o casamento é um projeto em comum, decidido pelos dois", disse Isabel. O ideal, para a profissional, é jogar aberto em uma conversa. "Ela pode falar 'eu quero casar, quero saber o que você pretende'", sugeriu. A sinceridade funciona com casais maduros e prontos para assumir uma união mais séria. "Hoje, dentro de um modelo contemporâneo, a mulher pode pedir o homem em casamento, vai depender do desejo de cada um chegar e propor o matrimônio ao outro", acrescentou. Antes do plano "Na saúde e na doença, na riqueza e na pobreza, ...". Os votos podem parecer apenas um clichê, mas devem ser levados a sério. Antes de colocar o plano de "ser pedida em casamento" em ação, o ideal é avaliar se realmente existem condições para a união. Alguns casais, diante a uma dificuldade financeira, não aguentam a pressão e se separam, exemplificou Marina. "É preciso entender que não é fácil, que não é possível mudar a outra pessoa, que tem que respeitar as diferenças e as imposições não adiantam", disse Marina. Antes de casar, os dois precisam conversar sobre a renda de cada um, onde irão Anuncie no mais completo e mais lido jornal de Ermelino Matarazzo e região. Ótimas promoções e formas de pagamento!!! Consulte!!! EE GUNCIE LI U AN 2031-2364 2513-0928 João e Maria namoraram por 15 anos, até que decidiram se casar. Passaram oito meses casados e se separaram. A história é hipotética, mas a situação acontece com frequência. Segundo Marina, isso ocorre pois o casal decide se unir oficialmente por pressão. "Estamos há tanto tempo juntos, que precisamos casar", exemplificou ela sobre o que se passa com os dois. No entanto, não existe mais amor ou paixão, apenas o costume de estar junto. Esses casais levam o namoro ao longo dos anos e, para não decepcionar família, amigos e até mesmo as expectativas criadas no início do relacionamento, continuam juntos sem que exista uma razão para estarem. Quando casam, percebem que a relação não está mais como antes e terminam, explicou a psicóloga. Ao levarem os filhos da maternidade para casa, muitos pais se deparam com um dilema: deixar a criança dormir no quarto do casal ou levá-la para o próprio quarto desde o início? Segundo orientações do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), os bebês devem permanecer no mesmo quarto da mãe até, pelo menos, os primeiros seis meses de vida, para facilitar e estimular a amamentação e prevenir a síndrome da morte súbita infantil. Pediatra do Instituto do Sono, Gustavo Moreira aponta que o perigo de morte súbita - aquela que acomete bebês saudáveis, sem motivos aparentes - é maior no primeiro ano de vida, e os seis primeiros meses são os mais arriscados. O médico destaca, contudo, que sob hipótese alguma a criança deve dormir na mesma cama dos pais. "É importante que, ao levantar à noite para amamentar, a mãe não leve o bebê para a cama, para não correr o risco de adormecer e rolar por cima dele", complementa. Moreira acredita que o prazo para bebês seguirem no quarto dos pais, por segurança, pode se estender até o primeiro ano de vida e, depois disso, fica a critério dos pais, dependendo das questões culturais ou das condições estruturais e financeiras do casal. Ele destaca, no entanto, que nessa idade a criança começa a desenvolver mais fortemente a personalidade, e é importante que ela tenha o próprio espaço. Transição Integrante do Departamento Científico de Comportamento e Desenvolvimento da Sociedade Brasileira de Pediatria, Miriam Ribeiro de Faria Silveira assinala que é indicado que o bebê durma no mesmo local que os pais no máximo até os seis meses, mas que a transição para o quarto individual pode começar a partir dos três. "Se os pais perdem o tempo de tirar a criança do quarto, ela pode ficar insegura e medrosa ao dormir sozinha", afirma. Por outro lado, a médica destaca que, caso não seja possível que a criança tenha um espaço exclusivo, ter uma cama separada dos pais é essencial. Moreira recomenda que um objeto de transição, como um bicho de pelúcia, pode facilitar a aceitação do bebê. O médico destaca ainda que, em termos de desenvolvimento do sono, é melhor que a mãe evite acostumar o bebê a dormir no colo e o coloque ainda acordado no berço. Ele também ressalta a importância de que se mantenha um ritual antes de dormir, como alimentar, colocar para arrotar, pôr o pijama, cantar e deitar o pequeno na cama, por exemplo, criando uma rotina. O novo hábito de dormir sozinha pode levar cerca de uma semana para ser absorvido pela criança. A pediatra Filumena Gomes, do Hospital de Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, indica que para tornar a transição mais natural, um adulto pode dormir no quarto da criança durante esse período. Filumena acrescenta que, para deixar o filho mais protegido, os pais devem se assegurar de que ele durma de barriga para cima. O uso da babá eletrônica também é um item de segurança que pode deixar os pais mais tranquilos. A médica aconselha ainda que crianças prematuras ou com baixo peso ao nascer permaneçam acompanhadas por um adulto ao dormir por mais tempo.
  7. 7. PÁG 7 2ª QUINZENA DE ABRIL DE 2013 Áries. Libra. Há uma crise interior diante de conflitos em organizar suas atividades, com parceiros, dificultando os progressos financeiros que precisam de paciência para solução. Situações com afetos favorecem auto-estima. Não confunda nem se deixe iludir por grandes expectativas, que pode não ser tão grandes. Dedique-se às suas relações usando como apoio para suas conquistas, pois se aliando os resultados serão melhores. Touro. Escorpião. Não se deixe levar pelo ego se sentindo acima dos problemas, seja forte na direção de necessidades. Os progressos financeiros ocorrem a partir de agora. Não se iluda com afetos, encarando a realidade. Prepare-se para um novo ciclo que se descortina, momento em que o fim chama o início, para se encontrar, planos podem ser criativos, mas sem se iludir com grande expectativa de relacionamento hoje e depois. Gêmeos. Sagitário. Extremamente criativo poderá corrigir problemas que impedem seus progressos, devendo fixar seus objetivos de acordos com interesses seus. Situação afetiva favorecida desde que não aja emocionalmente. Sujeito a progresso profissional, mas há necessidade de não achar que tudo está sob controle, pois se organizar é preciso, senão o corpo não agüenta o castigo. Pense o ciclo que termina e planeje o próximo. Câncer. Capricórnio. Muita força para superar qualquer dificuldade na vida, tanto pessoal como comercial, embora possa se sentir instável diante de ligações familiares. Cuide de sua saúde e evite se irritar por qualquer coisa. Tudo aparentemente está bem, mas se não cuidar de sua relações afetivas haverá muitos distúrbios, devendo se valer de parceiros e associados para manter seus progressos e auxilia-lo na humildade. Leão. Aquário. Algumas mudanças em suas atividades profissionais podem ser benéficas embora instável de início. Progresso financeiro súbito com oportunidade de novos empreendimentos, mas aja com independência Tente não se deixar pressionar pelas responsabilidades profissionais, mantendo sua estabilidade interna, fortaleça suas relações exigindo o mínimo que é muito no momento, para obter maior apoio possível. Virgem. Peixes. Há uma tensão generalizada diante de dúvida e pressão de parceiros, que precisa de bom senso e empenho para solução diplomática. Não se engane e direcione suas energias ao que interessa e tranqüiliza. Sua inquietude é fruto de suportar muitas coisas pesadas por muito tempo, devendo controlar se possível, impulsos que só iriam prejudicar seus progressos ao agir com radicalidade. Mude sim, mas a si mesmo. Jovens em recuperação de dependência química participam do musical internacional "Streetlight" Centenas de jovens que se recuperam da dependência química vivenciarão a experiência única de serem estrelas do espetáculo musical "Streetlight", da banda internacional Gen Rosso, que será apresentado em sete cidades brasileiras, a partir do dia 16 de maio (veja calendário abaixo). O show integra o projeto alemão FORTE SEM VIOLÊNCIA, uma iniciativa de fortalecimento da personalidade e da autoestima, que já beneficiou jovens de vários países do mundo. O espetáculo terá sua estreia em Aparecida do Norte (16/ 5) e São Paulo (25/05), e passará por Belo Horizonte (5 a 7 de junho), São Luís (18 e 19 de junho), Aracajú (5 de julho), Fortaleza (18 e 19 de julho) e Rio de Janeiro (27 de julho). No Rio, o espetáculo acontecerá durante a realização da JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE, com a presença do PAPA FRANCISCO. Trazido ao Brasil por Frei Hans Stapel, fundador da Fazenda da Esperança, o projeto dará oportunidade aos jovens em tratamento de serem protagonistas do espetáculo. "Quando decidem pela não dependência, tornam-se protagonistas de suas próprias vidas", afirma o Frei. Os jovens estarão inseridos no musical "Streetlight", da banda internacional Gen Rosso, que narra a história verídica de um rapaz que luta para escapar da violência. A preparação será feita com várias oficinas, em que serão exploradas as diferentes expressões artísticas e técnicas (coral, dança, instrumental, teatro, lay-out de palcos, técnica de luz e som e etc). Nelas, os jovens, em fase final de recuperação, aprenderão noções técnicas e artísticas, descobrindo e Vendas de imóveis usados crescem 26% no primeiro trimestre em SP Valor médio das unidades residenciais vendidas ficou em R$ 500 mil O número de imóveis residenciais usados (prontos para morar) vendidos na cidade de São Paulo registrou crescimento de 26% no primeiro trimestre de 2013 na comparação com o mesmo período do ano passado. É o que aponta levantamento da Lello, empresa líder em administração imobiliária no Estado e com um total de 18 filiais na capital paulista, ABC, interior e litoral. Segundo a imobiliária, o valor médio dos imóveis comercializados entre janeiro e março deste ano ficou em R$ 500 mil, mesmo preço constatado em 2012 mas acima das médias de 2011 (R$ 450 mil) e 2010 (R$ 350 mil). Os imóveis mais procura- dos, segundo a Lello, foram apartamentos de dois e três dormitórios com vaga na garagem, preferencialmente em empreendimentos mais novos com boa estrutura de segurança e de lazer, a exemplo das varandas-gourmet, e próximos a estações de metrô. O crescimento do chama- do "mercado secundário" nos últimos anos fez com que a Lello investisse nesta área. Em 2012 a empresa abriu uma nova filial na Vila Nova Conceição/Itaim e implantou uma unidade de vendas em sua loja da Vila Mariana. Para este ano a empresa irá ampliar a sua capacidade de atendimento em vendas. "Percebe-se, no mercado, um movimento mais consistente de pessoas que estão comprando imóveis para investir, garantindo não somente a renda extra com o aluguel, mas também o lucro imobiliário com a valorização do patrimônio", afirma Roseli Hernandes, diretora comercial da Lello Imóveis. Pedestres lideram ranking de óbitos por acidentes de trânsito em SP Números mostram que atropelamentos respondem por 39% do total de mortes no trânsito notificadas no Estado. Levantamento realizado pela Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo aponta que 39% das mortes no trânsito notificadas no Estado foram de pedestres. Em comparação com o número de vítimas fatais de acidentes envolvendo veículos automobilísticos, motos e bicicletas, as vítimas de atropelamentos lideram o ranking de óbitos. Do total de 5.394 mortes por acidentes de trânsito notificadas no Estado em 2011, 2.114 foram de pedestres, 1.721 de motociclistas, 1.273 de passageiros de veículos automobilísticos e 286 de ciclistas. Entre os tipos de colisões mais fatais estão, respectivamente, a de pedestres com automóveis, ônibus e veículos motorizados de duas ou três rodas. Em relação a 2010, quando foram notificados 1.968 óbitos por atropelamentos no Estado, o número de mortes registrados no Estado foi 9% maior em 2011. O número de internações de pedestres também apresentou aumento, passando de 10.155 em 2010 para 10.548 em 2011. Em relação às internações, o número de vítimas de atropelamentos é menor somente ao de motociclistas. "Quando o pedestre é atingido por um veículo, toda a energia do impacto é transferida para a vítima, que não possui dispositivos de segurança, como cinto de segurança, estofados, air bags, barras de proteção, entre outros, para minimizar a energia liberada após a batida. Mesmo motocicletas ou bicicletas são capazes de causar mortes por conta desta transferência de energia. Além disso, por ser muito frágil quando exposto aos acidentes com outros veículos, o corpo humano fica vulnerável a traumas graves que podem comprometer funções vitais", diz Gustavo Feriani, supervisor médico do Grupo de Resgate e Atendimento a Urgência (Grau) da Secretaria. desenvolvendo talentos e, consequentemente, elevando a autoestima. Os participantes serão selecionados nas diferentes unidades terapêuticas, como as da Fazenda da Esperança, uma das mais bem sucedidas experiências em recuperação de dependentes químicos do mundo, cuja metodologia baseia-se em três pilares: espiritualidade, trabalho e convivência. FORTE SEM VIOLÊNCIA foi idealizado pelo pedagogo alemão Mathias Kaps, fundador da Starkmacher, empresa responsável pelo projeto. Preocupado com a violência entre os jovens e a falta de diálogo entre alunos e professores, resolveu agir. "Assim, nasceu a ideia de reforçar a personalidade dos jovens e fazê-los protagonistas, criando um clima de confiança, uma atmosfera que eles se sintam amados", re- lembra Kaps. Com a apresentação do musical, ponto central do projeto, "Forte Sem Violência" busca questionar a sociedade sobre a problemática das drogas, dando os exemplos de recuperação da Fazenda da Esperança e mostrando que há soluções para esta problemática, que está assolando os lares brasileiros de todas as classes sociais. Para o fundador da Fazenda, a sociedade deve acreditar que existe cura para estes jovens. "Não podemos taxá-los e dizer que são bandidos e precisam ser presos ou até morrer. Essa não é a solução! Precisamos dar uma chance para eles descobrirem os valores que têm", afirma Frei Hans. Para saber mais sobre o projeto FORTE SEM VIOLÊNCIA e o espetáculo "STREETLIGHT", acesse www.fortesemviolencia.org.br Esteticista indica alguns cuidados com a pele em dias de clima seco A pele de muitos paulistanos está sofrendo as conseqüências do clima seco, pois há mais de 10 dias não chove na capital. E a previsão dos meteorologistas do Climatempo é de que somente entre os dias 6 e 7 de maio isso ocorra. Embora os índices de umidade do ar ainda não tenham atingido estado de alerta, alguns cuidados já podem e devem ser tomados para evitar danos à pele. No Spa Santa Beleza, centro de estética localizado no bairro de Moema, as cliente podem recorrer ao tratamento de hidratação facial. De acordo com a esteticista Amália Cannizza, o procedimento começa com uma higienização facial, seguida de um peeling de diamante, que irá remover a camada de células mortas da região, potencializando a absorção de vitaminas e nutrientes, estimulando colágeno e elastina. "Depois é realizada uma técnica de drenagem facial com pedras frias, que vai eliminar as toxinas que causam o envelhecimento precoce, proporcionando melhor absorção da máscara nutritiva, que será aplicada em seguida", explica Amália. Para finalizar, é aplicado um DMAE, que irá melhorar e prevenir a flacidez e linhas de expressão, e um filtro solar. O resultado é uma hidratação intensa, estabilização da umidade e a restauração do ponto de equilíbrio ideal, devolvendo a flexibilidade e elasticidade da pele, além de prevenir o envelhecimento. A seguir, a esteticista do Spa Santa Beleza dá mais algumas dicas de cuidados com a pele para os dias secos: • Não abuse de banhos muito quentes e demorados; • Use cremes hidratantes, de preferência, logo após o banho. Atenção a partes mais ásperas do corpo, como cotovelos, calcanhares e joelhos; • Evite o uso do ar-condicionado, inclusive dentro do carro. • Para manter o ambiente mais úmido, uma bacia com água pode ser usada no lugar de um vaporizador; • Lembre-se de que é recomendado beber no mínimo dois litros de água por dia, também durante o inverno;
  8. 8. PÁG 8 2ª QUINZENA DE ABRIL DE 2013

×