Acontece agora ed330

308 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
308
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Acontece agora ed330

  1. 1. Di st Gr ribu at içã uit o a raleste@gmail.com -  2031-2364 e 2513-0928 www.aconteceagora.com.br ® ANO XX - No 330 1a Quinzena de JUNHO de 2013 Em defesa da verdade e do desenvolvimento de São Miguel e Região CPTM adia abertura da nova estação de São Miguel e se compromete a apresentar proposta para resolver o problema de acesso para o centro coml. Silvestre Eduardo - Diretor de Planejamento da CPTM, Deputado Samuel Moreira - Presidente da Assembléia Legislativa, Mario Bandeira - Presidente da CPTM, Luis Roberto - Chefe de gabinete da Secretaria de Transportes, representando o Secretário dos Transportes do Estado Jurandir Fernandes Na segunda-feira (10), aconteceu na Assembléia Legislativa de São Paulo no Plenário Dom Pedro, a reunião entre a CPTM e lideranças de São Miguel, para discutir o problema da inauguração da nova estação da CPTM sem as alças de acessos previstas para o jardim Lapenna e outra para o centro comercial PÁG. 3 do bairro. A reunião foi convocada às pressas pelo Presidente da Assembléia Legislativa, Deputado Samuel Moreira... Desfile Cívico do aniversário de São Miguel poderá voltar para a Avenida Marechal Tito Celinha, Subprefeito Eng. Aldo, Eng. Napoleão e Marcos Romanoski (Nitro Química) Em parceria com entidades do bairro, comerciantes e empresários, a Subprefeitura de São Miguel trabalha na programação da festa dos 391 anos do bairro que ocorrerá no mês de setembro. O espírito da festa deste ano representará a "Diversidade, participação popular, resgate da história da região... PÁG. 3 Comerciantes da Rua José Otoni protestam contra o excesso de multas dadas pela Guarita da PM, que está prejudicando o comércio da rua O comerciante, em geral, é um cidadão passivo, cumpridor dos seus deveres e que raramente se manifesta em público protestando contra ações do poder constituído. Quando se trata da polícia militar, o seu tratamento é de amizade, cordialidade e respeito. Daí a surpresa ao encontrar em São Miguel uma pequena rua onde os comerciantes resolveram protestar contra o que chamam de "festival de multas"... PÁG. 2 Jovens protestam por um país mais justo PÁG. 7
  2. 2. 1 A QUINZENA DE JUNHO/2013 PÁG 2 Faltaria guilhotina se o povo soubesse o que se passa, diz Alckmin O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), fez ontem um discurso em tom de desabafo em que criticou a impunidade no Brasil e afirmou que o "povo não sabe de um décimo do que se passa contra ele" próprio. "Se não, ia faltar guilhotina para a Bastilha, para cortar a cabeça de tanta gente que explora esse sofrido povo brasileiro", afirmou. O tucano fez o discurso no lançamento de um programa estadual que auxilia prefeituras a disponibilizar portais de acesso a informações públicas. Começou di- zendo que grandes casos de corrupção foram descobertos por acidente. "O controle é zero." "O sujeito fica rico, bilionário, com fazenda, indústria, patrimônio e não acontece nada. E o coitado do honesto é execrado. É desolador." As críticas de Alckmin foram feitas em frente ao chefe do Ministério Público de São Paulo, Márcio Elias Rosa, e do corregedor-geral da Administração do Estado, Gustavo Ungaro, representantes dos dois principais órgãos paulistas de combate à corrupção. A situação causou constrangimento entre aliados, já que o tucano não dirigiu suas críticas a uma esfera específica de Poder nem isentou o próprio governo dos ataques. O governador não poupou sequer o programa que estava sendo anunciado. Criticou as fundações do governo que receberam para desenvolver o sistema. "Não deviam cobrar nada, isso é obrigação." Alckmin acusou também a existência de uma "grande combinação" que impede que dados sejam disponibilizados. "Salários, nin- guém põe na internet, porque o sindicato pediu liminar. 'Olha eu gostaria de pôr, mas a Justiça proibiu'", ironizou. O Legislativo de São Paulo, de maioria alckmista, se enquadra no ataque --não divulga salários por decisão judicial obtida por servidores. Alckmin criticou ainda a morosidade do Judiciário. "A corrupção, o paraíso é o Judiciário. Todo mundo diz: 'Na hora que for para Justiça vai resolver'. Vai levar 20 anos." O tucano não atendeu a pedido de entrevista e deixou o evento sem comentar a fala. Comerciantes da Rua José Otoni protestam contra o excesso de multas dadas pela Guarita da PM, que está prejudicando o comércio da rua Ribamar Fernando Jeremias O comerciante, em geral, é um cidadão passivo, cumpridor dos seus deveres e que raramente se manifesta em público protestando contra ações do poder constituído. Quando se trata da polícia militar, o seu tratamento é de amizade, cordialidade e respeito. Daí a surpresa ao encontrar em São Miguel uma pequena rua onde os comerciantes resolveram protestar contra o que chamam de "festival de multas", praticadas pela Guarita da Polícia Militar, localizada na esquina das ruas Serra Dourada (calçadão) e José Otoni, centro de São Miguel. Descobrimos o problema dos comerciantes da rua ao fazer o nosso giro habitual pelas ruas centrais de São Miguel. Ao visitar o comércio da Rua José Otoni, nos Fragamos esses veículos estacionados irregularmente ao lado da Guarita sem serem multados, pergutamos ao PM de plantão e ele informou que ali pode estacionar Ismael deparamos com uma reclamação comum: o comércio da rua está sendo prejudicado em razão da voracidade dos policiais que fazem sua ronda diariamente e multam qualquer veículo, mesmo aqueles que têm necessidade de parar alguns minutos para descarregar mercadorias. "Tenho um cliente que desistiu de vir em minha loja, eu sou obrigado a levar roupas para ele em sua empresa, porque não consegue parar nesta rua. Já perdemos a conta das multas que levamos só por parar alguns minutos na porta da loja para descarregar mercadorias", disse Ribamar, da FNT Moda Masculina. Ribamar acha que a melhor solução é implantar o sistema Zona Azul, pois permite estacionamento de clientes e lojistas por um período máximo de duas horas. Esta opinião de Ribamar é apoiada integralmente por Jeremias, da loja Espaço Mais Planejados. É difícil trabalhar em uma rua onde podemos levar multas sem sequer ficar sabendo que fomos multados. Recentemente tivemos três multas só por parar na porta da loja para carregar mercadorias. Todas as cidades da redondeza têm Zona Azul, por que São Miguel não pode ter?". Já o Fernando, do Restaurante Minas Chic, diz que precisamos de uma solução imediata para o problema, pelo menos para permitir carga e descarga de mercadorias. Outra vítima do excesso de multas é o Ismael, do Restaurante Estilo, que revelou ter tomado quatro Jornal Acontece Agora, Folha do Itaim & Curuça, Jornal de Ermelino & Ponte Rasa, Jornal Guaianás & Cidade Tiradentes e Revista Acontece Leste REDAÇÃO E PUBLICIDADE 2031-2364 | 2513-0928 PATENTE: PROC. 830024034 CLASSE 16 RPI RM 2087 Tiragem desta Edição: 40.000 exemplares CNPJ: 03.115.443/0001-16 CIRCULAÇÃO: SÃO MIGUEL, ITAQUERA, VILA JACUÍ, JD. HELENA, V. CURUÇA E GUARULHOS Avenida dos Guachos, 166 - Vila Curuça Cep: 08030-360 Itaim Paulista – SP E-mail: raleste@gmail.com site: www.grupoacontece.com.br O jornal Acontece Agora é Filiado à AJORLESTE Associação dos Jornais da Zona Leste FL = Free Lancer Diretor: Divaldo Rosa (veste FNT veste FNT) Adm. e Financeiro: Ademyr Rodrigues Representante comercial e jornalista responsável: Divaldo Rosa Jornalista FL: Silmara G. Nunes Revisão: Suseli Corumba dos Santos Fotos: Graci Deveikis Diretor de Arte: Sergio Avante Depto. Jurídico: Agilson M. Oliveira Distribuição: Mart Press Distribuidora Jornais, Revistas e Folhetos As matérias assinadas são de exclusiva responsabilidade dos colaboradores e não representam, necessariamente, a opinião do Jornal. Os nomes dos colaboradores e representantes comercias não mantém vínculo empregatício com a empresa. multas nos últimos meses. "A última que tomei eu parei para descarregar 4 volumes debaixo de chuva e fui multado, e não vi a multa e nem quem multou". Quase a totalidade dos comerciantes da rua disse estar inconformada com os excessos praticados pela polícia e por marronzinhos da CET e pede um estudo para colocar o cartão Zona Azul no centro de São Miguel, destacando-se as ruas José Otoni, Américo Gomes da Costa, Prof. Antônio Gama de Cerqueira, rua João Augusto de Morais, Praça Padre Aleixo Monteiro Mafra, Praça da Paz, Morumbizinho e outras localidades. O superintendente da ACSP-Distrital São Miguel disse que a reivindicação dos lojistas é mais que justa e colocou a sede da Distrital São Miguel para realizar um encontro com o CET visando resolver esse problema. O subprefeito Eng. Aldo também manifestou preocupação com o problema dos lojistas da José Otoni e disse estar preparando um estudo técnico com o CET com o objetivo de encontrar uma solução para a falta de espaços para estacionar no centro de São Miguel, o que faz o comércio do bairro perder vendas para os shopping centers. A Gerente de Relacionamento do CET, Maria Aparecida (Neninha), que diz conhecer bem o problema do trânsito no centro de São Miguel, colocou-se à disposição para realizar um encontro com os comerciantes, seja na ACSP-Distrital de São Miguel ou na subprefeitura, com o objetivo de apresentar uma solução definitiva para o problema de falta de espaços para estacionar.
  3. 3. 1 A QUINZENA DE JUNHO/2013 PÁG 3 CPTM adia abertura da nova estação de São Miguel e se compromete a apresentar proposta para resolver o problema de acesso para o centro coml. Na segunda-feira (10), aconteceu na Assembléia Legislativa de São Paulo no Plenário Dom Pedro, a reunião entre a CPTM e lideranças de São Miguel, para discutir o problema da inauguração da nova estação da CPTM sem as alças de acessos previstas para o jardim Lapenna e outra para o centro comercial do bairro. A reunião foi convocada às pressas pelo Presidente da Assembléia Legislativa, Deputado Samuel Moreira, depois que o Jornal Acontece Agora e o blog Linguarudo da Zona Leste denunciou a possibilidade de inaugurar a nova estação, desviando o fluxo de cerca de 30 mil usuários dia dessa Estação, que desembarcavam na rua Salvador de Medeiros e que passaram a desembarcar na Praça Pedro Aleixo Monteiro Mafra. Chamados para compor a mesa, estiveram presentes o presidente da CPTM Mario Bandeira, o diretor de planejamento Silvestre Eduardo e o chefe de gabinete da Secretaria de Transportes Luis Roberto representando o Secretário dos Transportes do Estado Jurandir Fernandes. Tudo começou quando alguns comerciantes e lideranças de São Miguel vendo o projeto da CPTM alertaram para a necessidade da empresa contemplar a região do Jardim Lapenna e o centro comercial, com alças de acesso interligando com a nova estação. O comerciante Johnny foi um dos que observou a falha no projeto de execução pois não constava a entrada e saída pela Rua Salvador de Medeiros antes do início da obra. Essa preocupação foi destacada pelo jornalista Gilberto Travesso no blog Notinhas de São Miguel. Sempre que havia alguma reunião onde o assunto era o andamento da obra da nova estação, lideranças do comércio destacando-se o Johnny apontavam as falhas na execução da obra. O superintendente da ACSP - Distrital São Miguel, Fernando Velucci, ao falar na reunião com a CPTM, falou de uma vida inteira dedicada ao comércio, um legado de sua família, e mostrou-se bastante preocupado com a possibilidade de nova estação se transformar em um problema a mais para os comerciantes do bairro, que já lutam diariamente para sobreviver. O presidente da Assembléia Legislativa, deputado Samuel Moreira se posicionou como um mediador, mas deixou claro em sua fala a legitimidade dos comerciantes de São Miguel em lutar para uma alça de acesso para a Rua da velha estação. Ao pedir algumas informações aos diretores da CPTM, ficou claro que a empresa não havia feito qualquer estudo prevendo o impacto no fluxo viário na Praça Pedro Aleixo Monteiro Mafra, que sem estação já é um caos nos horários de pico e nem sobre o fluxo de pessoas na calçada da Rua Salvador de Medeiros, onde milhares de pessoas teriam que passar diariamente, para alcançar os ônibus nos pontos da rua da velha estação. "Isso vai dar problema" disse Divaldo Rosa, diretor do Grupo Acontece de Jornais e Revista, prevendo a possibilidade iminente de acidentes envolvendo pedestres, caso não seja feita a alça de acesso para a Rua Salvador de Medeiros. Diante das constatações óbvias o Presidente da CPTM Mario Bandeira se comprometeu em não colocar em funcionamento a nova estação da São Miguel enquan- to não for encontrada uma solução de acesso para a Rua Salvador de Medeiros. "Peço a vocês 10 dias para fazermos um estudo e encontrarmos uma saída para resolver o problema da alça de acesso para a centro comercial, uma solução provisória para resolvermos esta questão" O diretor de planejamento Silvestre Eduardo informou que depois da demolição da velha estação será construído um prédio para abrigar serviços, ideia apresentada pelo vereador Ricardo Teixeira (PV), que será aproveitada pela CPTM e novas baias para os ônibus estacionarem na Rua Salvador de Medeiros. Quanto ao acesso norte que é a ligação com as Vilas Nair, Gabi, União de Vila Nova e Jardim Lapenna, a obra deve começar em agosto deste ano com conclusão em fevereiro de 2014. Desfile Cívico do aniversário de São Miguel poderá voltar para a Av. Mal. Tito Em parceria com entidades do bairro, comerciantes e empresários, a Subprefeitura de São Miguel trabalha na programação da festa dos 391 anos do bairro que ocorrerá no mês de setembro. O espírito da festa deste ano representará a "Diversidade, participação popular, resgate da história da região e renovação", buscando uma festa mais humanizada.. Neste ano, as festividades terão algumas mudanças importantes, a começar por concentrar toda a comemoração em apenas três dias (20, 21 e 22 de setembro) o que vai exigir um grande esforço e compreensão de todos os organizadores, com o intuito de realizar uma grande festa em apenas um fim de semana. Outra possível modificação importante será a volta do Desfile Cívico para a Avenida Marechal Tito em vez de fazer na Av. Pires do Rio, como estava acontecendo nos últimos anos. Essa providência só depende de aprovação final do CET e da Polícia Militar, que já encomendaram estudos técnicos sobre o assunto. Existem algumas justificativas contrárias - que atrapalha o trânsito e o desempenho do Hospital, mas a tendência é da volta desse desfile para a principal via do bairro. O subprefeito Eng. Aldo Antunes lembrou aos membros da Comissão dos Festejos a importância da Comissão Externa apresentar as suas demandas de infraestrutura da festa para a subprefeitura encaminhar essas solicitações para a SP Turis. O bairro de São Miguel Paulista teve como núcleo inicial a chamada Capela dos Índios, que se transformou na Capela São Miguel Arcanjo e está localizada no coração da Praça Padre Aleixo Monteiro Mafra, também conhecida como Praça do Forró. É uma das regiões mais populosas da cidade. Na reunião anterior, o empresário Marcos Romanoski, representando a Cia. Nitro Química apresentou um grande projeto para os festejos deste ano. A proposta apresentada contempla missa de abertura no dia 15 de setembro, na Catedral São Miguel Arcanjo; nos dias 20, 21 e 22 uma grande festa das Nações, com participação das colônias da região, empresas e entidades, na Praça Fortunato da Silveira (conhecida como Praça do Morumbizinho), e encerramento no dia 29 com Desfile Cívico e missa. Todos os presentes apoiaram a ideia. O objetivo dos festejos deste ano é resgatar a questão histórica do bairro formando um grupo representativo com um único propósito: criar um marco nos festejos de São Miguel Paulista. A próxima reunião será no dia 10 de julho, às 10 horas, no anfiteatro da Subprefeitura São Miguel. Serão discutidos: confirmação do local para o desfile cívico, o tema da festa e as datas oficiais. Participe você também!
  4. 4. 1 A QUINZENA DE JUNHO/2013 PÁG 4 Projeto de Vavá que beneficia a categoria agora é lei O parlamentar tem outros projetos, tais como o garagem escola e uniforme padronizado, que também são antigas reivindicações da categoria Em menos de seis meses na Câmara Municipal de São Paulo, o vereador Vavá do Transporte (PT/SP) já começa a cumprir suas promessas de campanha. A primeira foi a aprovação do projeto de Lei 154/13 de sua autoria, que agora é Lei (Nº 15.778) e passa a vigorar a partir de 90 dias após a data (3 de junho último) em que foi sancionado pelo prefeito Fernando Haddad. Com a nova Lei, as empresas e cooperativas prestadoras de serviço de transporte público têm o dever disponibilizar condições sanitárias e de conforto nos locais de trabalho a céu aberto aos motoristas e trabalhadores em transporte rodoviário e urbano. Essa era uma antiga Vereador Vavá lembra que a categoria é um segmento que tem papel importante na cidade reivindicação da categoria. De acordo com o previsto na Lei, abrigo deve ter proteção aos trabalhadores e também condições mínimas de instalações sanitárias, de higienização, como equipamentos ou peças destinadas ao uso de água para fins higiênicos e também o fornecimento de água potável aos trabalhadores. "Essa conquista, que é uma reivindicação antiga da categoria, vem confirmar que a escolha do nome de Vavá do Transporte para representar a classe na Câmara Municipal foi a aposta correta de nossa categoria", explica Jorginho, atual presidente e nome forte e de confiança da categoria para continuar na presidência do Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores do Transporte do Estado de São Paulo. A categoria, segundo o vereador Vavá, ainda precisa de muitos benefícios pelo que ela representa para a cidade de São Paulo. "Essa foi a nossa primeira vitória, mas tenho certeza de que em breve teremos novas conquistas, não só para motoristas e cobradores, como para toda a cidade de São Paulo", afirma o parlamentar. Vavá faz questão de enfatizar que essa união de seu mandato e com o Sindicato dos Condutores Irá beneficiar em muito a população da metrópole paulistana, que passará a ter um transporte de melhor qualidade. Deputado Luiz Moura apóia movimento da saúde O deputado Luiz Moura (PT/SP) prestou solidariedade aos profissionais da área da Saúde que, por vários dias, ocuparam o plenário da Assembleia Legislativa de São Paulo. Em greve, os trabalhadores reivindicam reajuste de 32,2% nos salários e aumento no auxílio-alimentação (para R$ 26,22) e prêmio de incentivo igual para todos e transparência no uso de recursos do Fundo Estadual de Saúde (Fundes). Segundo a direção do Sindicato dos Trabalhadores Públicos do Estado de São Paulo, o reajuste salarial corresponde à reposição das perdas dos últimos cinco anos, além de o tíquete-alimentação ser atualmente de R$ 8,00. A ocupação do plenário da Alesp ocorreu após a participação do grupo grevista em uma reunião na Comissão de Saúde. Os profissionais reclamaram da falta de Luiz Moura, no plenário, mostra holerite que comprova o baixo salário pago pelo governo Geraldo Alckmin proposta por parte do governo. "A ocupação de forma ordeira, segundo o deputado Luiz Moura, teve como objetivo pressionar e garantir negociação salarial e en- caminhamento de projeto para votação no Legislativo." O parlamentar, inclusive, cedeu a estrutura de seu gabinete para um grupo do movimento. Em seu pronunciamento no plenário, o deputado Luiz Moura criticou a falta de sensibilidade e de diálogo do governo Geraldo Alckmin para com os trabalhadores da área da Saúde. O parlamentar, na oportunidade, citou casos de funcionários da Saúde que recebem salário base menor do que a metade de um salário mínimo. Inclusive apresentou holerites que comprovavam a denúncia. O descaso do governo Estadual com a Saúde, afirma o deputado Luiz Moura, vem prejudicando principalmente a população mais carente. "Há uma carência de médicos, pois os profissionais não querem ir para a periferia em razão do baixo salário, e quem sofre com isso é a população", afirmou o deputado citando como exemplo a situação precária do Hospital Geral de Guaianses. Viva a Zona Leste A Zona Leste vem recebendo, nos últimos anos, muitos investimentos nas áreas de saúde, educação, transporte, lazer e emprego. Cabe lembrar que a construção do estádio em Itaquera fez o movimento "Viva a Zona Leste" ganhar peso e publicidade. O Poder Público, por sua vez, tem auxiliado nesta empreitada. Na área do entorno do estádio estão previstas, pelo Governo do Estado, as construções de um Fórum, uma Fatec, um Terminal Rodoviário, uma Etec, um Senai e um posto da Polícia Militar. Além, é claro, do transporte, com a criação de linhas da EMTU e a melhoria do sistema de trens e metrô para levar mais gente com mais qualidade. Ao mesmo tempo, a Prefeitura de São Paulo pretende encaminhar um projeto de lei para a Câmara para conceder isenções fiscais a empresários que investirem na zona leste. O projeto vai propor a redução do ISS (Imposto Sobre Serviços) para 2% e isenção total do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) por um prazo de, no mínimo, 20 anos. Além disso, haverá benefícios urbanísticos para quem investir na região, que possibilitará, por exemplo, a construção de prédios maiores em terrenos menores. Isto tudo fará muito bem a nossa Zona Leste, já que os empregos não estão em nos- Ricardo Teixeira sa região e as pessoas são obrigadas a se deslocar, diariamente, para longe de casa, para trabalhar e estudar. E mais: recentemente, o jornal O Estado de São Paulo, publicou uma matéria informando que 1,5 milhão de pessoas trabalham em casa. A Zona Leste tem os piores índices: abaixo de 20%. Com estes investimentos que falamos a tendência é diminuir mais ainda os grandes deslocamentos. Perceberemos melhorias no trânsito, já que a população poderá realizar os caminhos a pé ou de bicicleta. E também no meio ambiente. Menos carros, quer dizer menos poluição. Isto mudará a qualidade do ar e, por consequência, evitará tantos problemas de saúde causados pelo ar poluído da cidade. Vamos acompanhar e cobrar as mudanças! Viva a Zona Leste! Vamos manter contato. Meu e-mail é contato ricardoteixeira@gmail.com Um beijo no seu coração! Ricardo Teixeira é engenheiro. Vereador. Atualmente Secretário Municipal do Verde e Meio Ambiente
  5. 5. 1 A QUINZENA DE JUNHO/2013 PÁG 5 Fatores que fazem o corpo envelhecer Jardim Metropolitano dá vida às margens da Ayrton Senna Inflamação De acordo com o especialista, a inflamação é um processo normal dentro do organismo, que ajuda o corpo a combater infecções e a reparar tecidos danificados. O problema é quando ela fica fora de controle e não desaparece naturalmente. Para prevenir: Moreno sugere manter o peso ideal, fugir do sedentarismo, entender quais são as gorduras boas e ruins, comer carboidratos bons e moderar o consumo de bebidas alcoólicas moderação, para Moreno, significa 1 dose diária. Estresse oxidativo O livro explica que o processo de oxidação no organismo pode ser comparado à ferrugem, e que há limites para a oxidação natural do corpo. Quando fica excessiva, acontece o chamado estresse oxidativo, quando as células vão, pouco a pouco, sendo danificadas. Para prevenir: Ingerir antioxidantes como vitaminas A, C, E, betacaroteno, selênio, bioflavonoides e as plantas ginkgo biloba e ginseng . Alimentos coloridos são ricos em antioxidantes. Moreno também recomenda praticar exercício físico com Projeto traz nova paisagem para quem chega ou sai da Capital e integra uma série de iniciativas do Governo do Estado visando dar maior sustentabilidade à cidade moderação - nada de exageros. "Um sinal para saber se a intensidade do exercício foi correta é a ausência de dores e cansaço após 48 horas". Glicosilação É um nome complicado para um processo que acontece quando moléculas de açúcar se unem com proteínas dos alimentos. O resultado dessa mistura não é nada bom. Para prevenir: O médico indica evitar a ingestão de xarope de milho rico em frutose, que está presente em muitos alimentos industrializados e comer mirtilos, frutinhas do bosque ricas em anti-inflamatórios chamados cianinas. Eles ajudam a evi- tar a glicosilação e fazem a pele parecer mais jovem. Baixa imunidade A imunidade também é um fator importante para a prevenção de doenças. Com o passar dos anos, segundo descreve Moreno, o sistema imunológico vai ficando mais debilitado, algo que pode ser melhorado com uma alimentação adequada e hábitos de higiene. Para prevenir: Lavar as mãos frequentemente, tomar todas as vacinas necessárias, assegurar que a ingestão de vitaminas seja satisfatória, não fumar e só usar antibióticos quando recomendado pelo médico, orienta Moreno. O governo do Estado de São Paulo acerta, novamente, na iniciativa de recuperar áreas degradadas, com o intuito de humanizar São Paulo. Desta vez, ganha viço vários trechos das margens da rodovia Ayrton Senna, nos quais foi implantado o Jardim Metropolitano, administrado pelo DAEE (Departamento de Águas e Energia Elétrica). Recém inaugurado, em dezembro de 2012, o jardim começou a ganhar viço, após as chuvas de verão. "Trata-se de uma área que requer cuidados redobrados, adubação reforçada, assim como o paisagismo da Marginal Tietê", ressalta o superintende do DAEE, Alceu Segamarchi Junior. Ambos os locais sofrem a ação de ventos constantes, a poluição dos veículos e estavam maltratados com o descarte nefasto de lixo pela população. "Aliás, prática que ainda encontramos", lembra. O governador Geraldo Alckmin entregou o Jardim Metropolitano, a fim de promover o desenvolvimento ambiental sustentável, destacar a beleza natural e a recuperação de espaços degradados pelo crescimento urbano desordenado. O jardim, que ocupa uma área de 380 mil m² na entrada e saída da Capital, tanto do lado de quem chega ou sai pela rodovia Ayrton Senna, recebeu o plantio de 1.000 árvores e 218 mil mudas de espécies da flora da Mata Atlântica, entre elas palmeiras de várias espécies - 40 Imperial, iluminadas -, macaúba, ipê, quaresmeiras e jerivás, além de arbustos como sálvia, bela Emília, jasmin-amarelo e ligustro. O projeto paisagístico do arquiteto Ruy Ohtake - uma parceria das secretarias de Saneamento e Recursos Hídricos e a de Desenvolvimento Metropolitano - recebeu investimentos de R$ 8,9 milhões. Encabeçado pelo DAEE, que também administra o PET (Parque Ecológico do Tietê), integra o Projeto Parque Várzeas do Tietê, todos com o objetivo final de auxiliar na recuperação e preservação da várzea natural do rio Tietê. Gripe pode evoluir para pneumonia viral, alerta especialista Com as temperaturas mais amenas, os gripes e resfriados chegaram mais cedo este ano. Mas nem todo mundo sabe diferenciar uma doença da outra o pneumologista Humberto Bogossian, do Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, que esclarece alguns mitos sobre essas infecções. "A gripe é causada basicamente por um tipo de vírus, o influenza, e é um quadro mais agressivo: a pessoa não consegue nem sair da cama, tem febre alta, dores no corpo, e pode haver coriza e tosse", conta o médico. Esse quadro, segundo ele, pode se manifestar como uma pneumonia viral, ou seja, a inflamação do tecido pulmonar. É por isso que pessoas com gripe devem procurar o médico, especialmente as mais vulneráveis, como as que têm doenças crônicas, problemas respiratórios, crianças, idosos e gestantes. Bogossian confirma os dados do Ministério da Saúde de que a gripe chegou mais cedo este ano, e há mais casos graves de infecção por H1N1 que em 2012, por exemplo. Já o resfriado, que pode ser causada por vários tipos de vírus, é um quadro mais leve - geralmente leva a coriza, dor de cabeça, tosse ou dor de garganta e se resolve em alguns dias. O pneumologista diz que esses casos podem ser tratados em casa, com analgésicos, soluções salinas e, eventualmente, inalação com soro fisiológico. De acordo com o médico, é sempre recomendável tomar muito líquido, tanto nas gripes quanto nos resfriados. Já em relação a receitas caseiras, ele diz que não há nada comprovado cientificamente. "A vitamina C pode agir, de alguma maneira, na imunidade, mas não se sabe o quanto em um quadro agudo", afirma. Mas ele concorda que os chás podem trazer uma sensação de alívio, por dilatar um pouco as vias aéreas. E o mel ajuda a lubrificar a garganta, o que também pode ser útil. Como são recursos que não causam prejuízo, ele não vê mal em usar as receitas "da vovó". Só é preciso tomar cuidado com o exagero: "Vitamina C em excesso faz mal", alerta o especialista. E, quando o caso é de gripe de verdade, nenhum desses conselhos populares deve substituir o cuidado médico.
  6. 6. 1 A QUINZENA DE JUNHO/2013 PÁG 6 23% das adolescentes já usaram pílula do dia seguinte Pesquisa com 600 jovens aponta que 75% de meninas e 60% dos meninos, entre 10 e 15 anos, conhecem os efeitos do medicamento para evitar gravidez Pesquisa realizada pela Casa da Adolescente, unidade da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, aponta que 23% das adolescentes do sexo feminino já usaram a pílula do dia seguinte para evitar gravidez. O levantamento realizado pelo serviço, com 600 entrevistados com idade entre 10 e 15 anos, ainda mostra que 75% das meninas e 60% dos meninos já conheciam a utilização do medicamento para impedir uma gestação indesejada. Entretanto, como alerta Albertina Duarte, coordenadora do Programa Estadual de Saúde do Adolescente, a pílula expõe as usuárias a uma situação de risco, em especial com relação às doenças sexualmente transmissíveis, a exemplo da Aids. De acordo com dados do ratório de novas políticas de saúde para jovens. Com diversos prêmios internacionais, a Casa oferece atendimento multidisciplinar, por meio de médicos, dentistas, fonoaudiólogos, assistentes sociais, enfermeiros, psicólogos e professores. Há também realizações de oficinas, bate-papos e terapias em grupo, para que os jovens exponham seus sentimentos, recebendo orientação especializada. Além disso, no começo deste ano, um termo de cooperação técnica entre a Secretaria e a Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) permitirá quase triplicar o atendimento realizado na unidade de Pinheiros da Casa do Adolescente, que passará a ter a capacidade de realizar até 11 mil atendimentos mensais. Boletim Epidemiológico do Centro de Referência e Treinamento (CRT) DST/Aids, ligado a Secretaria, em 2011, foram notificados 134 casos da doença em pessoas com idade entre 10 e 19 anos, 25 % maior que em 2010, quando foram registrados 107 novos casos. "A pílula do dia seguinte pode apresentar um índice de falha 15 vezes maior do que o anticoncepcional convencional", explica Albertina. Por isso, a especialista alerta que a recomendação desse medicamento só pode ser feito em casos emergenciais, apoiados a uma ação educativa quanto aos riscos à saúde. Casa do Adolescente Inaugurada em 1991, a Casa do Adolescente serviu como uma espécie de labo- A parceria também fará da Casa do Adolescente de Pinheiros um centro de docência especial voltado à capacitação e à especialização em saúde pública na adolescência, promovendo intercâmbio de conhecimento com outros países, a exemplo da Argentina, Uruguai, Chile, Colômbia, Bolívia e Angola. O serviço ainda mantém o "Disque Adolescente", um canal de comunicação para que jovens tirem suas dúvidas sobre sexo seguro, anticoncepcionais, relacionamentos afetivos, entre outros assuntos. Por meio do número telefônico (11) 38192022, uma equipe formada por médicos, enfermeiros, psicólogos e assistentes sociais prestam orientações de segundas às sextas-feiras, das 11h às 14h. Dúvidas sobre sutiã É preciso usar sutiã todos os dias? Sim. O sutiã preserva o tecido de sustentação dos seios, evitando que, com o tempo, eles fiquem caídos por causa da ação da gravidade. Mas isso não quer dizer que você não pode ir sem sutiã a uma festa de vez em quando. O importante é sempre usar a lingerie no dia a dia. Quando devo começar a usar? Logo que seus seios começarem a crescer. Sutiã apertado porde atrapalhar o crescimento dos seios? Não. Nenhum sutião é capaz de interferir no crescimento dos seios, só na sustentação deles e no seu conforto. Um sutiã pode fazer meu peito parecer maior? Sim. Para isso, vale apostar nos modelos meia-taça ou com enchimento. Posso dormir de sutiã? Não. Quando a gente está deitada, os seios não estão sofrendo a ação da gravidade. Por isso, a peça perde a função de sustentação. No entanto, meninas com seios muito grandes se sentem mais confortáveis dormindo de sutiã. Se esse é o seu caso, escolha um modelo tipo top, sem arames ou elásticos muito apertados. Assim, não corre o risco de se machucar. Como escolher o sutiã certo? Quem tem seios grandes, precisa ficar atenta em 3 pontos importantes: 1. A lateral do modelo precisa ser larga e ficar bem ajustada ao tórax. 2. As alças também precisam ser largas, para sustentar o peso do peito. 3. O bojo deve segurar por inteiro a parte inferior do seio. Quem tem seios pequenos pode escolher peças com alças e laterais mais finas. Como eu sei se estou usando o sutiã certo? Você deve se sentir confortável e reparar em alguns sinais. Sutiã muito apertado, espreme as gordurinhas, deixando a roupa marcada. Alças muito solats focam caindo no ombro e também marcam a roupa. E se o sutiã estiver grande, você vai sentir os seios soltos lá dentro, sem nenhuma sustentação. É bom variar o modelo? Sim, principalmente se você usa muito o de bojo. O suporte de arame pode marcar a parte inferior dos seios. Por isso, não custa usar um modelo sem suporte (tipo top) de vez em quando. Ah, e dê preferência aos sutiãs de algodão. Os de tecido sintético podem provocar irritações na pele, principalmente no bico dos seios. Anuncie no jornal de São Miguel e região. Ótimas promoções e formas de pagamento!!! Consulte!!! 2031-2364 e 2513-0928
  7. 7. 1 A QUINZENA DE JUNHO/2013 PÁG 7 Eletropaulo orienta população sobre os cuidados na decoração Com a chegada da Copa das Confederações, a população pode aproveitar o evento esportivo para decorar as ruas e deixar os bairros mais enfeitados. Para evitar acidentes, a AES Eletropaulo fornece dicas de segurança, orientando às famílias sobre os cuidados com a rede elétrica. Por prevenção, procure pendurar bandeiras, fitinhas e bolas de futebol em locais longes das fiações. Qualquer tentativa de pendurar objetos sobre a rede elétrica pode matar. Além disso, pintar ou decorar postes e muros altos também oferecem riscos. A distância segura recomendada pela AES Eletropaulo é de pelo menos 1m50 de distância das redes da concessionária. Durante todo o ano realizamos diversas ações com a população para abordar os riscos do contato indevido com a rede elétrica. Em momentos festivos, como Copa das Confederações e Festa Junina, reforçamos este alerta. É possível enfeitar as ruas com segurança", disse Alexandre Piedemonte, Diretor de Segurança, Saúde Ocupacional e Meio Ambiente da AES Brasil. Saúde da mulher na Universidade Cruzeiro do Sul Papanicolaou, exame clínico de mamas e grupo de gestantes são alguns dos serviços gratuitos oferecidos pela Universidade O Núcleo de Enfermagem da Universidade Cruzeiro do Sul oferece atendimentos na área de saúde preventiva da mulher. Entre os serviços gratuitos estão consulta de enfermagem com realização do exame Papanicolaou e exame clínico das mamas, com avaliação de resultados e encaminhamento para o devido tratamento. Também são oferecidas, sem custo, palestras explicativas sobre temas relacionados à saúde da mulher e grupo de gestantes. Com uma taxa simbólica, é possível realizar tratamento contra a ansiedade com acupuntura (R$ 15,50 para quatro sessões) e florais (R$ 15,50 para cada atendi- mento com o medicamento para quatro semanas). Agendamentos e informações • Campus São Miguel: (11) 2037-5743 • Campus Liberdade: (11) 3385-3011 • Campus Anália Franco: (11) 2672-6246 Sobre a Universidade Cruzeiro do Sul Há 36 anos atuando no ensino superior, a Universidade Cruzeiro do Sul conta com mais de 25 mil alunos distribuídos em graduação, pós-graduação a distân- cia e presencial, 450 funcionários e 500 professores distribuídos pelos campi Anália Franco, Liberdade, São Miguel e Pinheiros. É reconhecida por sua forte atuação na área social e pelo destaque em vários indicadores oficiais nas áreas de ensino, pesquisa e extensão. Integra a Cruzeiro do Sul Educacional S/A, também formada pelo Centro Universitário Módulo (Caraguatatuba - SP) e Centro Universitário do Distrito Federal (Brasília - DF), um grupo consolidador de ensino superior de atuação nacional que reúne instituições academicamente relevantes e marcas reconhecidas em seus respectivos mercados. Jovens protestam por um país mais justo Quatro dias após um protesto marcado pela violência policial em São Paulo, mais de 65 mil manifestantes voltaram a ocupar as principais vias da capital paulista nesta segunda-feira (17) contra o aumento da passagem de ônibus --apesar de o tema da manifestação ter se expandido bastante-- em um clima de paz. Quero um Brasil melhor, diz manifestante de 82 anos em São Paulo. Ainda que o MPL (Movimento Passe Livre) tenha uma reunião com os membros do Conselho da Cidade, às 9h da terça-feira (18), para discutir o transporte público no município, a entidade já convocou um novo ato com concentração a partir das 17h, na praça da Sé, região central de São Paulo. O trajeto da passeata não foi divulgado. Diferente do protesto da última quinta (13), que teve mais de 200 detidos, o quinto dia de manifestação teve um saldo pacífico, exceto por um grupo menor de manifestantes que tentou invadir o Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista, que fica na avenida Morumbi, zona oeste da cidade. Este grupo restrito chegou a arrombar um dos portões de acesso ao local em uma tentativa de invasão, que logo foi recebido com bombas de gás lacrimogêneo pela Tropa de Choque. Os manifestantes chegaram a atear fogo em lixo e pichar um ônibus que ficou parado na avenida Morumbi, mas logo se dispersaram. Protestos pelo Brasil Mais de 250 mil pessoas participaram de protestos em várias cidades de norte a sul do Brasil nesta segundafeira (17). A onda de protestos, que nas últimas semanas tinha como foco principal a redução de tarifas do transporte coletivo, ganhou proporções maiores e passou a incluir gritos de descontentamento com várias causas diferentes, inclusive com a realização da Copa das Confederações. É a maior mobilização popular do Brasil desde os protestos pedindo o impeachment do então presidente Fernando Collor de Mello (hoje senador), em 1992. Muitos desses protestos foram marcados pela violência. Em Brasília, dezenas de manifestantes conseguiram furar o bloqueio da Polícia Militar e invadiram a área externa do Congresso Nacional, aos gritos de "a-ha, u-hu, o Congresso é nosso". Eles ocuparam a marquise onde ficam as duas cúpulas, a da Câmara e a do Senado. Ao menos duas pessoas foram detidas. Em alguns momentos, os policiais chegaram a usar spray de pimenta para reprimir os ati- vistas. Uma vidraça do prédio também foi quebrada. Os ativistas pediam recursos para educação, saúde, além do passe livre no transporte público. Eles também se posicionaram contra os gastos públicos na Copa das Confederações e do Mundo (2014). No Rio de Janeiro, os manifestantes invadiram a Assembleia Legislativa durante o quinto ato contra o aumento da tarifa de ônibus. Muitas balas de borracha e bombas de efeito moral foram disparadas pela Tropa de Choque, e os manifestantes dispersaram rapidamente. Ao menos 20 PMs e outros sete manifestantes ficaram feridos. O entorno do local se tornou um campo de batalha, com o confronto entre poli- ciais e ativistas. Os manifestantes chegaram até atear fogo em um carro. O Palácio Iguaçu, em Curitiba, também sofreu tentativa de invasãodurante um protesto que teve como principal alvo o recente aumento de R$ 0,20 na tarifa do transporte público da cidade, que reuniu cerca de 10 mil pessoas, segundo a Polícia Militar -ou 20 mil, de acordo com a organização. Alguns manifestantes picharam na parede do prédio a frase "Estado fascista", sob vaias de outros, que criticaram o que chamaram de vandalismo. Assim como em São Paulo, homens do Batalhão de Choque da PM, responderam a ação dos manifestantes com bombas de gás lacrimogêneo.
  8. 8. 1 A QUINZENA DE JUNHO/2013 PÁG 8 Áries Libra. Mercúrio e Vênus, unidos em graus muito próximos no signo de Câncer, ainda recebem forte tensão de Plutão e Urano, indicando a necessidade de muito cuidado em acordos, especialmente os que envolvem questões familiares. Mercúrio e seu regente, em graus muito próximos no signo de Câncer e ainda em tenso aspecto com Plutão e Urano, indicam algumas mudanças importantes em questões relacionadas à carreira. Seja racional e adie definições. Touro Escorpião. Mercúrio e seu regente, em graus muito próximos no signo de Câncer e ainda em tenso aspecto com Plutão e Urano, indicam algumas dificuldades em questões que envolvem o amor e as finanças. Tenha paciência, pois tudo se resolverá. Mercúrio e Vênus, em graus muito próximos e ainda em tensão com Plutão e Urano, indicam a necessidade de cuidados especiais com projetos que envolvem pessoas e empresas de outros países. Seja absolutamente racional. Gêmeos Sagitário. Mercúrio, seu regente e Vênus, em graus muito próximos no signo de Câncer, indicam que você deve tomar cuidado com gastos acima do planejado. Mantenha o controle sobre a agressividade e use racionalmente as palavras. Mercúrio e Vênus, em graus muito próximos no signo de Câncer e ainda em tensão com Plutão e Urano, pedem cuidado com decisões baseadas no impulso ou excessivamente emocionais. Seja frio e racional. Câncer. Capricórnio. Mercúrio e Vênus, em graus muito próximos em seu signo, ainda pedem cuidado com a agressividade e a necessidade de mudanças trazidas pelo tenso aspecto com Plutão e Urano. Mantenha a tolerância e adie decisões definitivas. Mercúrio e Vênus, em graus muito próximos no signo de Câncer e ainda pressionados por Plutão e Urano, pedem bastante cuidado e muita racionalidade em decisões que envolvem seus relacionamentos, especialmente o casamento. Leão Aquário. Itaquera comemora Semana do Meio Ambiente Seu regente e Vênus em graus muito próximos no signo de Câncer ainda recebem a pressão de Plutão e Urano, exigindo alguns cuidados com sua saúde. Uma queda em sua energia vital deixa seu campo de energia aberto e o organismo vulnerável. Virgem Mercúrio e Vênus em graus muito próximos no signo de Câncer mantêm a mesma energia já há alguns dias, alertando para dificuldades em trabalhos em equipe. O momento pede calma e discernimento, assim como o adiamento de decisões importantes. Mercúrio e Vênus, em graus muito próximos no signo de Câncer e ainda em tensão com Plutão e Urano, pedem cuidados redobrados em questões que envolvem projetos e nos relacionamentos de trabalho. Seja muito racional nos seus pensamentos. Peixes. Mercúrio e Vênus, em graus muito próximos no signo de Câncer e ainda em tensão com Plutão e Urano, pedem racionalidade em questões que envolvem o amor ou um romance especial. Deixe decisões definitivas para depois. No dia 7/6, cerca de 60 pessoas participaram das discussões sobre o descarte ilegal de lixo e entulho, fruto da sociedade de consumo e de pequenas obras. Entre elas: servidores, representantes da Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente, Diretoria Regional de Ensino de Itaquera, CADES Municipal e Motoclubes da região. A palestra sobre resíduos sólidos, foi ministrada pelo diretor da Ecopreve (empresa de consultoria e gerenciamento ambiental), Valter José de Lima, que falou especialmente sobre o funcionamento dos Ecopontos e Coleta Seletiva. De acordo com Lima, cada pessoa produz diariamente 1,1 kg de lixo. No Japão, devido ao elevado caráter consumista do país, este índice sobre para 2,6 kg. O diferencial entre as duas nações está na maneira como o lixo é descartado. No Brasil, as pessoas jogam em qualquer lugar aquilo que não querem mais. Do outro lado do mundo, existem regras rígidas em relação ao descarte. Por lá, os produtos são vendidos sem as embalagens e para o consumidor levar a mercadoria dentro de caixas, faz-se necessário assinar um termo de responsabilidade, devidamente identificado. Caso a embalagem seja encontrada em local impróprio, o proprietário paga uma multa salgada. Então, para minimizar a problemática do descarte do lixo, os japoneses Anuncie no mais completo e mais lido jornal de São Miguel e região. Ótimas promoções e formas de pagamento!!! Consulte!!! criaram os Ecopontos. Em São Paulo, existem 67 ecopontos. Destes, 27 estão localizados na Zona Leste. Itaquera, por sua vez, conta com apenas uma unidade no Parque Guarani (rua Manuel Alves da Rocha, nº 584, que funciona de 2ª a 6ª, das 6h às 22h e aos sábados e domingos, das 6h às 18h). Em breve, mais um e coponto passará a funcionar na av. Osvaldo Valle Cordeiro. O limite diário para cada morador no ecoponto é de uma caixa d' água de mil litros, o equivalente a 25% de uma caçamba. Segundo Lima, a coleta regular funciona 24 horas de 2ª a sábado. São 3.800 trabalhadores divididos em 377 caminhões para fazer a coleta domiciliar. Outros 28 caminhões são destinados à coleta diferenciada. Trata-se do caminhão "gaiola" que recolhe o lixo passível de reciclagem. De acordo com o palestrante, na zona leste, 45% do lixo são orgânicos, 25% passível de reciclagem e o restante é formado por material inservível (móveis e eletrodomésticos velhos, restos de construções, madeiras etc). Sobre a coleta diferenciada, explicou que dos 96 distritos da cidade, 75 são contemplados com a coleta seletiva. O material recolhido é levado para as 20 centrais de triagens existentes. Hoje, apenas 3% do material coletado são trabalhados pelas cooperativas. A cidade precisa de mais 80 centrais de triagem para dar conta do recado. Vinho Quente Nada melhor para espantar o frio do que uma boa caneca de vinho quente! Ingredientes 1 l de vinho tinto suave casca de 1 laranja 1 xícara (chá) de suco de laranja 3 colheres (sopa) de suco de limão 1/2 xíc. (chá) de açúcar 2 maçãs 6 cravos-da-índia 3 canelas em pau Modo de Preparo 1. Coloque todos os ingredientes numa panela média. Misture muito bem. 2. Descasque as maçãs, retire as sementes e os cabinhos. Corte-as em cubinhos. 3. Leve a panela com o vinho ao fogo alto e acrescente os cubinhos de maçã. 4. Depois que ferver, abaixe o fogo e deixe cozinhar por mais 10 minutos. 5. Retire os cravos e as canelas com uma colher e sirva bem quente. Quentão Ingredientes Modo de Preparo 600 ml de cachaça 600 ml de água 1/2 kg de açúcar Casca de 2 laranjas Casca de 1 limão 50 g de gengibre em pedacinhos Cravo-da-índia a gosto Canela de pau a gosto 1 maçã cortada em pedacinhos Colocar em uma panela grande o açúcar, as cascas de laranja o limão o gengibre, o cravo e a canela. Quando o açúcar estiver derretendo colocar a cachaça e a água, deixando cozinhar por 20 a 25 minutos em fogo médio. Filtre, e após coloque a maçã picadinha. Manter no fogo, após o preparo 2031-2364 2513-0928 E UE IE IG NC L U AN

×