CâNabis Brasileira 1959

2.194 visualizações

Publicada em

Estudo encomendado pela Comissão Nacional de Fiscalização de Entorpecentes para subsidiar a posicionamento brasileiro na Convenção Internacional de Narcóticos, em 1961.

Publicada em: Educação
5 comentários
6 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Poxa, libera aí pra download
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • dos poucos achados com a rudimentar metodologia científica empregada foi a distinção entre dependência com abstinência (crise de falta) e hábito (seria habituógena em vez de toxicomanogena oc. p.21) . Constatou-se mais por observação que experimentação que a maconha não causa dependência . Os estudos de Dose Letal são realmente ridículos aos olhos de hoje, além do que claramente manipulados pela intenção proibicionista. Observe-se que mesmo com a constatação de não dependência e elevada DL50 (apesar de mal definida) ela foi criminalizada. interessante, também, ver a delimitação (extensão quilométrica) das "áreas de cultivo e crescimento espontâneo" referidas. Um estudo da forma de ocupação dessas regiões pode ser esclarecedor quanto a origem, difusão e formas de uso tradicional no Brasil.
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • Libera o conhecimento ae para download, por favor
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • libera vai...pfv...abraço
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • Libera o arquivo para download
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.194
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
70
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
173
Comentários
5
Gostaram
6
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

×