SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 18
Animais
Vertebrados
Parte 1
http://aprenderciencias-grazibio.blogspot.com.br/
• Representam o grupo dos animais que possuem a coluna
vertebral, formada de ossos ou cartilagens que o ajudam
a sustentar o corpo, protegem o encéfalo e a medula nervosa.
1) Peixes: essencialmente aquáticos e
podem ter esqueleto ósseo (tucunaré, peixe-
palhaço) ou cartilaginoso (tubarão, arraias)
a cartilagem tem a mesma função dos
ossos, mas tem mais flexibilidade.
2) Anfíbios: Vivem inicialmente na água e depois em terra firme e ao
longo do ciclo de vida os anfíbios sofrem transformações corporais
chamada de metamorfose. Ex.: rãs, pererecas, sapos e salamandras.
3) Répteis: animais que rastejam e podem
viver em ambientes aquáticos e terrestres,
podem ter patas ou não.
Ex.: jacarés, cobras,
tartarugas, crocodilos,
jabuti.
5) Mamíferos: possuem glândulas mamárias, corpo
recoberto por pelos. Ex.: ser humano, leões,
elefantes, baleia, golfinho, peixe-boi, morcego.
4) Aves: corpo coberto por penas e um bico (sem
dentes), fazendo com que tenham características
bem distintas dos demais grupos. Ex.: cegonhas,
pombas, águia, arara, galinha e avestruz, tuiuiu.
Vertebrados
• DESENVOLVIMENTO EMBRIONÁRIO
a) Ovíparos: colocam ovos, o desenvolvimento do embrião acontece
dentro do ovo e depende do vitelo (gema) que tem dentro dele.
Para a fêmea não há nenhum custo em manter o embrião, mas a
vida deste embrião está a mercê do ambiente. Ex. Galinha,
avestruz, tartarugas (mamífero ovíparo: ornitorrinco).
b) Ovovivíparos: retém os ovos dentro do corpo. para o embrião, a
grande vantagem é de estar protegido no corpo da mãe, mas
depende das reservas nutritivas do ovo para crescer. Pequeno
gasto energético para a fêmea, pois ela tem que carregar o ovo.
Ex.: algumas cobras, tubarões e escorpiões fazem isso.
c) Vivíparos: o embrião cresce dentro do corpo da fêmea e depende
diretamente da mãe para a sua nutrição, que ocorre por meio de
trocas de nutrientes e gases entre mãe e feto (cordão umbilical),
não há casca isolando o ovo (placenta). Alto custo energético para
a fêmea, mas o embrião totalmente a salvo dos riscos ambientais
e maior chance de sobrevivência. Ex.: Mamíferos
OVÍPAROS
OVOVIVÍPAROS
VIVÍPAROS
• TEMPERATURA CORPORAL
a) Homeotérmicos: Aqueles que possuem a capacidade de
manter a temperatura do corpo constante. A média da
temperatura corporal é de 35º a 40ºC. Não importante se o
meio ambiente apresenta temperatura alta ou baixa, estes
animais apresentam sempre a temperatura constante.
Ex.: Ser humano, todos os mamíferos e as aves.
b) Pecilotérmicos: Animais que
não são capazes de manter a
temperatura corporal constante.
A temperatura varia de acordo
com a temperatura do meio
ambiente.
Ex.: Répteis, anfíbios e peixes.
PEIXES - classificação
* Esqueleto:
a)Cartilaginosos: constituído totalmente por
cartilagem;
b) Ósseos: constituído basicamente por ossos.
* Brânquias:
a)Cartilaginosos: brânquias expostas, sem nenhuma proteção.
b)Ósseos: possuem uma membrana que recobre as fendas
branquiais chamada opérculo;
* Boca:
a) Cartilaginosos: boca ventral;
b) Ósseos: boca na região anterior do corpo.
PEIXES CARTILAGINOSOS
PEIXES ÓSSEOS
ANFÍBIOS - classificação
• Animais que, ao contrário dos peixes e répteis, possuem o
corpo sem escamas.
• Peles é lisa, fina e úmida, vivem geralmente em ambientes
úmidos, próximos à água, como a de lagos e represas.
• Se alimentam de pequenos animais, como moscas, aranhas,
minhocas e até mesmo de outros anfíbios, ou pequenos
mamíferos.
• Eles são divididos em três grupos:
a) Anuros:
Sapos, rãs e pererecas, têm 4 patas e não possuem cauda. Além
disso, passam por um processo chamado metamorfose;
•
Anfíbios - classificação
b) Ápodes: (cobras-cegas e cecílias) não possuem patas, e o corpo é
alongado. Como o corpo delas é liso, sem escamas.
c) Urodelos: Possuem cauda, corpo alongado e 4 patas, no entanto,
não podem ser confundidas com as lagartixas, já que não possuem
escamas, nem unhas. No Brasil, existe somente uma espécie de
salamandra.
RÉPTEIS - classificação
• Corpo com escamas, pecilotérmicos.
• Encontrados em ambientes terrestres,
nos troncos ou copas de árvores,
dentro da água, ou mesmo
caminhando nas paredes, como é o
caso das lagartixas.
a) CROCODILIANOS:
Jacarés, crocodilos. Esses animais possuem corpo grande, com 4
patas e cauda.
Podem ser encontrados em
ambiente terrestre ou
aquático.
b) QUELÔNIOS:
Possuem uma carapaça em volta
de seu corpo. Além disso,
possuem cauda e 4 patas.
Podem ser encontrados em
ambientes terrestres ou
aquáticos (doce ou salgada).
Tartarugas
Cágados
Jabutis
Tracajá
c) ESCAMADOS: LAGARTOS
- 4 patas com unhas e cauda.
- Alguns são capazes de soltar um pedaço
desta quando se sentem ameaçados
(autotomia caudal). Mais encontrados em
ambientes terrestres.
Lagartixas
Lagartos
Calangos
Teiús
Iguanas
Camaleões
Dragão de Komodo
c) ESCAMADOS: SERPENTES
Animais de corpo longo, cilíndrico, com
cauda comprida, NÃO possuem patas.
Típicos de ambiente terrestre, podem ser
encontrados em buracos, troncos de
árvores e, em alguns casos, em ambiente
aquático.
Jararaca
Naja
Cobra verde lisa
Cascavel
VENENOSA
NÃO -VENENOSA

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Plano de aula 5 peixes
Plano de aula 5 peixesPlano de aula 5 peixes
Plano de aula 5 peixesfamiliaestagio
 
Aula vertebrados I - Peixes, anfíbios e répteis
Aula vertebrados I - Peixes, anfíbios e répteisAula vertebrados I - Peixes, anfíbios e répteis
Aula vertebrados I - Peixes, anfíbios e répteisAndre Luiz Nascimento
 
Sistema Reprodutor Comparado - Fisiologia Comparada
Sistema Reprodutor Comparado - Fisiologia ComparadaSistema Reprodutor Comparado - Fisiologia Comparada
Sistema Reprodutor Comparado - Fisiologia ComparadaBruno Djvan Ramos Barbosa
 
Aula 7º ano - Reino Animalia (invertebrados)
Aula 7º ano - Reino Animalia (invertebrados)Aula 7º ano - Reino Animalia (invertebrados)
Aula 7º ano - Reino Animalia (invertebrados)Leonardo Kaplan
 
Filo dos moluscos 7º ano
Filo dos moluscos   7º anoFilo dos moluscos   7º ano
Filo dos moluscos 7º anojrz758
 
III.3 Anelídeos e Moluscos
III.3 Anelídeos e MoluscosIII.3 Anelídeos e Moluscos
III.3 Anelídeos e MoluscosRebeca Vale
 
I.3 classificação seres vivos
I.3 classificação seres vivosI.3 classificação seres vivos
I.3 classificação seres vivosRebeca Vale
 
Animais vertebrados parte 2
Animais vertebrados   parte 2Animais vertebrados   parte 2
Animais vertebrados parte 2Grazi Grazi
 
ANIMAIS VERTEBRADOS - PAULA PIRES
ANIMAIS VERTEBRADOS - PAULA PIRESANIMAIS VERTEBRADOS - PAULA PIRES
ANIMAIS VERTEBRADOS - PAULA PIRESRui André
 
Anfíbios - Biologia
Anfíbios - BiologiaAnfíbios - Biologia
Anfíbios - BiologiaKiller Max
 
Aula Biologia: Bases da Ecologia [1° Ano do Ensino Médio]
Aula Biologia: Bases da Ecologia [1° Ano do Ensino Médio]Aula Biologia: Bases da Ecologia [1° Ano do Ensino Médio]
Aula Biologia: Bases da Ecologia [1° Ano do Ensino Médio]Ronaldo Santana
 
Plano de aula 1 poriferos e cnidários
Plano de aula 1  poriferos e cnidáriosPlano de aula 1  poriferos e cnidários
Plano de aula 1 poriferos e cnidáriosfamiliaestagio
 
I.1 Os seres vivos e o ambiente
I.1 Os seres vivos e o ambienteI.1 Os seres vivos e o ambiente
I.1 Os seres vivos e o ambienteRebeca Vale
 

Mais procurados (20)

Repteis
RepteisRepteis
Repteis
 
Plano de aula 5 peixes
Plano de aula 5 peixesPlano de aula 5 peixes
Plano de aula 5 peixes
 
Aves
AvesAves
Aves
 
Aula vertebrados I - Peixes, anfíbios e répteis
Aula vertebrados I - Peixes, anfíbios e répteisAula vertebrados I - Peixes, anfíbios e répteis
Aula vertebrados I - Peixes, anfíbios e répteis
 
Sistema Reprodutor Comparado - Fisiologia Comparada
Sistema Reprodutor Comparado - Fisiologia ComparadaSistema Reprodutor Comparado - Fisiologia Comparada
Sistema Reprodutor Comparado - Fisiologia Comparada
 
Aula 7º ano - Reino Animalia (invertebrados)
Aula 7º ano - Reino Animalia (invertebrados)Aula 7º ano - Reino Animalia (invertebrados)
Aula 7º ano - Reino Animalia (invertebrados)
 
Filo dos moluscos 7º ano
Filo dos moluscos   7º anoFilo dos moluscos   7º ano
Filo dos moluscos 7º ano
 
IV.4 aves
IV.4 avesIV.4 aves
IV.4 aves
 
III.3 Anelídeos e Moluscos
III.3 Anelídeos e MoluscosIII.3 Anelídeos e Moluscos
III.3 Anelídeos e Moluscos
 
I.3 classificação seres vivos
I.3 classificação seres vivosI.3 classificação seres vivos
I.3 classificação seres vivos
 
Animais vertebrados parte 2
Animais vertebrados   parte 2Animais vertebrados   parte 2
Animais vertebrados parte 2
 
ANIMAIS VERTEBRADOS - PAULA PIRES
ANIMAIS VERTEBRADOS - PAULA PIRESANIMAIS VERTEBRADOS - PAULA PIRES
ANIMAIS VERTEBRADOS - PAULA PIRES
 
Anfíbios - Biologia
Anfíbios - BiologiaAnfíbios - Biologia
Anfíbios - Biologia
 
Aula Biologia: Bases da Ecologia [1° Ano do Ensino Médio]
Aula Biologia: Bases da Ecologia [1° Ano do Ensino Médio]Aula Biologia: Bases da Ecologia [1° Ano do Ensino Médio]
Aula Biologia: Bases da Ecologia [1° Ano do Ensino Médio]
 
Plano de aula 1 poriferos e cnidários
Plano de aula 1  poriferos e cnidáriosPlano de aula 1  poriferos e cnidários
Plano de aula 1 poriferos e cnidários
 
I.1 Os seres vivos e o ambiente
I.1 Os seres vivos e o ambienteI.1 Os seres vivos e o ambiente
I.1 Os seres vivos e o ambiente
 
Animais
AnimaisAnimais
Animais
 
Artrópodes
ArtrópodesArtrópodes
Artrópodes
 
Tecidos do corpo humano
Tecidos do corpo humanoTecidos do corpo humano
Tecidos do corpo humano
 
Artropodes
ArtropodesArtropodes
Artropodes
 

Semelhante a Animais vertebrados - PARTE 1- Peixes, anfíbios e répteis

Semelhante a Animais vertebrados - PARTE 1- Peixes, anfíbios e répteis (20)

Filo chordata
Filo chordataFilo chordata
Filo chordata
 
Classe dos animais por
Classe dos animais por Classe dos animais por
Classe dos animais por
 
Os vertebrados
Os vertebradosOs vertebrados
Os vertebrados
 
Os seres vivos animais2
Os seres vivos  animais2Os seres vivos  animais2
Os seres vivos animais2
 
1651
16511651
1651
 
Resumo: Filo Artrópodes
Resumo: Filo ArtrópodesResumo: Filo Artrópodes
Resumo: Filo Artrópodes
 
Répteis
RépteisRépteis
Répteis
 
AULA ANIMAIS.pptx
AULA ANIMAIS.pptxAULA ANIMAIS.pptx
AULA ANIMAIS.pptx
 
7a série organismos invertebrados
7a série   organismos invertebrados7a série   organismos invertebrados
7a série organismos invertebrados
 
Zoo introdução
Zoo introduçãoZoo introdução
Zoo introdução
 
Zoo introdução
Zoo introduçãoZoo introdução
Zoo introdução
 
Classificação de animais
Classificação de animaisClassificação de animais
Classificação de animais
 
Capítulo 07 invertebrados II
Capítulo 07   invertebrados IICapítulo 07   invertebrados II
Capítulo 07 invertebrados II
 
Cordados
CordadosCordados
Cordados
 
Tetrápodes
TetrápodesTetrápodes
Tetrápodes
 
Arthropoda 2
Arthropoda 2Arthropoda 2
Arthropoda 2
 
Zoologia dos Vertebrados
Zoologia dos VertebradosZoologia dos Vertebrados
Zoologia dos Vertebrados
 
Repteis 1210541306169163-9
Repteis 1210541306169163-9Repteis 1210541306169163-9
Repteis 1210541306169163-9
 
Mamíferos e suas demais classificações
Mamíferos e suas demais classificaçõesMamíferos e suas demais classificações
Mamíferos e suas demais classificações
 
Slides De Tecnologia Educacional
Slides De Tecnologia EducacionalSlides De Tecnologia Educacional
Slides De Tecnologia Educacional
 

Mais de Grazi Grazi

Estruturas das plantas
Estruturas das plantasEstruturas das plantas
Estruturas das plantasGrazi Grazi
 
Gimnospermas e angiospermas
Gimnospermas e angiospermasGimnospermas e angiospermas
Gimnospermas e angiospermasGrazi Grazi
 
Feira de ciências 2016 orientações grupos
Feira de ciências 2016   orientações gruposFeira de ciências 2016   orientações grupos
Feira de ciências 2016 orientações gruposGrazi Grazi
 
Plantas pteridófitas
Plantas   pteridófitasPlantas   pteridófitas
Plantas pteridófitasGrazi Grazi
 
Plantas briófitas
Plantas   briófitasPlantas   briófitas
Plantas briófitasGrazi Grazi
 
Revisão cap.11, 12 e 13 - Gabarito
Revisão cap.11, 12 e 13 - GabaritoRevisão cap.11, 12 e 13 - Gabarito
Revisão cap.11, 12 e 13 - GabaritoGrazi Grazi
 
exercícios Digestório, Respiratório e Circulatório
exercícios Digestório, Respiratório e Circulatórioexercícios Digestório, Respiratório e Circulatório
exercícios Digestório, Respiratório e CirculatórioGrazi Grazi
 
Nutrientes alimentos
Nutrientes   alimentosNutrientes   alimentos
Nutrientes alimentosGrazi Grazi
 
Conservação dos alimentos
Conservação dos alimentosConservação dos alimentos
Conservação dos alimentosGrazi Grazi
 
Rótulos alimentos exposição
Rótulos alimentos exposiçãoRótulos alimentos exposição
Rótulos alimentos exposiçãoGrazi Grazi
 
OS 5 SENTIDOS DO CORPO HUMANO
OS 5 SENTIDOS  DO CORPO HUMANOOS 5 SENTIDOS  DO CORPO HUMANO
OS 5 SENTIDOS DO CORPO HUMANOGrazi Grazi
 
Sistema Circulatório/ Cardiovascular
Sistema Circulatório/ CardiovascularSistema Circulatório/ Cardiovascular
Sistema Circulatório/ CardiovascularGrazi Grazi
 
PB 8º ano 2º BIMESTRE ciencias gabarito
PB 8º ano 2º BIMESTRE ciencias gabaritoPB 8º ano 2º BIMESTRE ciencias gabarito
PB 8º ano 2º BIMESTRE ciencias gabaritoGrazi Grazi
 
Sistema respiratório
Sistema respiratórioSistema respiratório
Sistema respiratórioGrazi Grazi
 
Rótulos alimentos - Você sabe o que está comendo?
Rótulos alimentos  - Você sabe o que está comendo?Rótulos alimentos  - Você sabe o que está comendo?
Rótulos alimentos - Você sabe o que está comendo?Grazi Grazi
 
Sistema Digestório
Sistema DigestórioSistema Digestório
Sistema DigestórioGrazi Grazi
 
Conservação dos alimentos
Conservação dos alimentosConservação dos alimentos
Conservação dos alimentosGrazi Grazi
 
Manual Rotulagem para Consumidores
Manual Rotulagem para ConsumidoresManual Rotulagem para Consumidores
Manual Rotulagem para ConsumidoresGrazi Grazi
 
Herança Genética
Herança GenéticaHerança Genética
Herança GenéticaGrazi Grazi
 

Mais de Grazi Grazi (20)

Estruturas das plantas
Estruturas das plantasEstruturas das plantas
Estruturas das plantas
 
Gimnospermas e angiospermas
Gimnospermas e angiospermasGimnospermas e angiospermas
Gimnospermas e angiospermas
 
Feira de ciências 2016 orientações grupos
Feira de ciências 2016   orientações gruposFeira de ciências 2016   orientações grupos
Feira de ciências 2016 orientações grupos
 
Plantas pteridófitas
Plantas   pteridófitasPlantas   pteridófitas
Plantas pteridófitas
 
Plantas briófitas
Plantas   briófitasPlantas   briófitas
Plantas briófitas
 
Revisão cap.11, 12 e 13 - Gabarito
Revisão cap.11, 12 e 13 - GabaritoRevisão cap.11, 12 e 13 - Gabarito
Revisão cap.11, 12 e 13 - Gabarito
 
exercícios Digestório, Respiratório e Circulatório
exercícios Digestório, Respiratório e Circulatórioexercícios Digestório, Respiratório e Circulatório
exercícios Digestório, Respiratório e Circulatório
 
Nutrientes alimentos
Nutrientes   alimentosNutrientes   alimentos
Nutrientes alimentos
 
Conservação dos alimentos
Conservação dos alimentosConservação dos alimentos
Conservação dos alimentos
 
Rótulos alimentos exposição
Rótulos alimentos exposiçãoRótulos alimentos exposição
Rótulos alimentos exposição
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
 
OS 5 SENTIDOS DO CORPO HUMANO
OS 5 SENTIDOS  DO CORPO HUMANOOS 5 SENTIDOS  DO CORPO HUMANO
OS 5 SENTIDOS DO CORPO HUMANO
 
Sistema Circulatório/ Cardiovascular
Sistema Circulatório/ CardiovascularSistema Circulatório/ Cardiovascular
Sistema Circulatório/ Cardiovascular
 
PB 8º ano 2º BIMESTRE ciencias gabarito
PB 8º ano 2º BIMESTRE ciencias gabaritoPB 8º ano 2º BIMESTRE ciencias gabarito
PB 8º ano 2º BIMESTRE ciencias gabarito
 
Sistema respiratório
Sistema respiratórioSistema respiratório
Sistema respiratório
 
Rótulos alimentos - Você sabe o que está comendo?
Rótulos alimentos  - Você sabe o que está comendo?Rótulos alimentos  - Você sabe o que está comendo?
Rótulos alimentos - Você sabe o que está comendo?
 
Sistema Digestório
Sistema DigestórioSistema Digestório
Sistema Digestório
 
Conservação dos alimentos
Conservação dos alimentosConservação dos alimentos
Conservação dos alimentos
 
Manual Rotulagem para Consumidores
Manual Rotulagem para ConsumidoresManual Rotulagem para Consumidores
Manual Rotulagem para Consumidores
 
Herança Genética
Herança GenéticaHerança Genética
Herança Genética
 

Último

O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfErasmo Portavoz
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISVitor Vieira Vasconcelos
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfEyshilaKelly1
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.HildegardeAngel
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESpatriciasofiacunha18
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptAlineSilvaPotuk
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxkarinasantiago54
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfSlides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfpaulafernandes540558
 

Último (20)

O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..
(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..
(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfSlides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
 

Animais vertebrados - PARTE 1- Peixes, anfíbios e répteis

  • 2. • Representam o grupo dos animais que possuem a coluna vertebral, formada de ossos ou cartilagens que o ajudam a sustentar o corpo, protegem o encéfalo e a medula nervosa. 1) Peixes: essencialmente aquáticos e podem ter esqueleto ósseo (tucunaré, peixe- palhaço) ou cartilaginoso (tubarão, arraias) a cartilagem tem a mesma função dos ossos, mas tem mais flexibilidade. 2) Anfíbios: Vivem inicialmente na água e depois em terra firme e ao longo do ciclo de vida os anfíbios sofrem transformações corporais chamada de metamorfose. Ex.: rãs, pererecas, sapos e salamandras.
  • 3. 3) Répteis: animais que rastejam e podem viver em ambientes aquáticos e terrestres, podem ter patas ou não. Ex.: jacarés, cobras, tartarugas, crocodilos, jabuti. 5) Mamíferos: possuem glândulas mamárias, corpo recoberto por pelos. Ex.: ser humano, leões, elefantes, baleia, golfinho, peixe-boi, morcego. 4) Aves: corpo coberto por penas e um bico (sem dentes), fazendo com que tenham características bem distintas dos demais grupos. Ex.: cegonhas, pombas, águia, arara, galinha e avestruz, tuiuiu.
  • 4. Vertebrados • DESENVOLVIMENTO EMBRIONÁRIO a) Ovíparos: colocam ovos, o desenvolvimento do embrião acontece dentro do ovo e depende do vitelo (gema) que tem dentro dele. Para a fêmea não há nenhum custo em manter o embrião, mas a vida deste embrião está a mercê do ambiente. Ex. Galinha, avestruz, tartarugas (mamífero ovíparo: ornitorrinco). b) Ovovivíparos: retém os ovos dentro do corpo. para o embrião, a grande vantagem é de estar protegido no corpo da mãe, mas depende das reservas nutritivas do ovo para crescer. Pequeno gasto energético para a fêmea, pois ela tem que carregar o ovo. Ex.: algumas cobras, tubarões e escorpiões fazem isso. c) Vivíparos: o embrião cresce dentro do corpo da fêmea e depende diretamente da mãe para a sua nutrição, que ocorre por meio de trocas de nutrientes e gases entre mãe e feto (cordão umbilical), não há casca isolando o ovo (placenta). Alto custo energético para a fêmea, mas o embrião totalmente a salvo dos riscos ambientais e maior chance de sobrevivência. Ex.: Mamíferos
  • 7. • TEMPERATURA CORPORAL a) Homeotérmicos: Aqueles que possuem a capacidade de manter a temperatura do corpo constante. A média da temperatura corporal é de 35º a 40ºC. Não importante se o meio ambiente apresenta temperatura alta ou baixa, estes animais apresentam sempre a temperatura constante. Ex.: Ser humano, todos os mamíferos e as aves. b) Pecilotérmicos: Animais que não são capazes de manter a temperatura corporal constante. A temperatura varia de acordo com a temperatura do meio ambiente. Ex.: Répteis, anfíbios e peixes.
  • 8. PEIXES - classificação * Esqueleto: a)Cartilaginosos: constituído totalmente por cartilagem; b) Ósseos: constituído basicamente por ossos. * Brânquias: a)Cartilaginosos: brânquias expostas, sem nenhuma proteção. b)Ósseos: possuem uma membrana que recobre as fendas branquiais chamada opérculo; * Boca: a) Cartilaginosos: boca ventral; b) Ósseos: boca na região anterior do corpo.
  • 11. ANFÍBIOS - classificação • Animais que, ao contrário dos peixes e répteis, possuem o corpo sem escamas. • Peles é lisa, fina e úmida, vivem geralmente em ambientes úmidos, próximos à água, como a de lagos e represas. • Se alimentam de pequenos animais, como moscas, aranhas, minhocas e até mesmo de outros anfíbios, ou pequenos mamíferos. • Eles são divididos em três grupos: a) Anuros: Sapos, rãs e pererecas, têm 4 patas e não possuem cauda. Além disso, passam por um processo chamado metamorfose; •
  • 12.
  • 13. Anfíbios - classificação b) Ápodes: (cobras-cegas e cecílias) não possuem patas, e o corpo é alongado. Como o corpo delas é liso, sem escamas. c) Urodelos: Possuem cauda, corpo alongado e 4 patas, no entanto, não podem ser confundidas com as lagartixas, já que não possuem escamas, nem unhas. No Brasil, existe somente uma espécie de salamandra.
  • 14. RÉPTEIS - classificação • Corpo com escamas, pecilotérmicos. • Encontrados em ambientes terrestres, nos troncos ou copas de árvores, dentro da água, ou mesmo caminhando nas paredes, como é o caso das lagartixas. a) CROCODILIANOS: Jacarés, crocodilos. Esses animais possuem corpo grande, com 4 patas e cauda. Podem ser encontrados em ambiente terrestre ou aquático.
  • 15. b) QUELÔNIOS: Possuem uma carapaça em volta de seu corpo. Além disso, possuem cauda e 4 patas. Podem ser encontrados em ambientes terrestres ou aquáticos (doce ou salgada). Tartarugas Cágados Jabutis Tracajá
  • 16. c) ESCAMADOS: LAGARTOS - 4 patas com unhas e cauda. - Alguns são capazes de soltar um pedaço desta quando se sentem ameaçados (autotomia caudal). Mais encontrados em ambientes terrestres. Lagartixas Lagartos Calangos Teiús Iguanas Camaleões Dragão de Komodo
  • 17. c) ESCAMADOS: SERPENTES Animais de corpo longo, cilíndrico, com cauda comprida, NÃO possuem patas. Típicos de ambiente terrestre, podem ser encontrados em buracos, troncos de árvores e, em alguns casos, em ambiente aquático. Jararaca Naja Cobra verde lisa Cascavel