PATROCÍNIOS | APOIOS:
8º DESAFIO
TURÍSTICO INTERNACIONAL
DE NAVEGAÇÃO E FOTOGRAFIA
25, 26 E 27
SETEMBRO 2015
AVENTURA é a ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Newsletter 82 (2)

132 visualizações

Publicada em

Grândola Aventura

Publicada em: Turismo
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
132
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Newsletter 82 (2)

  1. 1. PATROCÍNIOS | APOIOS: 8º DESAFIO TURÍSTICO INTERNACIONAL DE NAVEGAÇÃO E FOTOGRAFIA 25, 26 E 27 SETEMBRO 2015 AVENTURA é a clássica que fez do Grândola Aventura uma referência da navegação europeia aliada ao prazer da fotografia. As equipas são formadas por 2 veículos e 4 elementos embora possam fazer-se acompanhar por mais elementos, até ao número limite da lotação do veiculo. É obrigatório um gps Garmin Etrex por veículo; uma câmara fotográfica e dois cartões, por equipa. A organização entre- gará por veículo: cartas topográficas originais do Instituto Geográfico do Exército, Dossier de Participante e Road-book fotográfico. SE TEM UM(A) AMIGO(A) QUE PRETENDA RECEBER REGULARMENTE ESTA «NEWSLETTER» BASTA ENVIAR-NOS O SEU PEDIDO POR E-MAIL. Se acha que esta “newsletter” merece, reencaminhe-a para os seus contactos. Muito obrigado. As inscrições para a 8ª Edição do Desafio Turístico Internacional de Navegação e Fotografia <<Grândola Aventura>>, fluem em bom ritmo. Mais uma vez, o desafio de navegação e fotografia do litoral alentejano merece a confiança dos melhores navegadores 4x4, do país. Com encontro marcado para 25, 26 e 27 de setembro, os cerca de 150 navegadores presentes, nacionais e estrangeiros, vão percorrer “mares” nunca dantes navegados. A credibilidade do desafio, a postura dos participantes, a entrega da organização, a envolvência ativa da Câmara Municipal de Grândola e a colaboração indispensável da Associação de Agricultores do Concelho de Grândola, abriu-nos novos caminhos. Queremos, desde já, agradecer aos proprietários de cujas herdades fazem parte do novo layout de waypoints do Grândola; assim como todos aqueles que desde o primeiro dia confiaram em nós. Muito obrigado. Para além das novidades em termos de dinâmica de navegação, cujo véu nem sequer a pontinha podemos levantar, esta oitava edição caracteriza-se pela nova classe de partici- pação: a classe Nómada. Uma classe pensada para todos aqueles que se querem iniciar na paixão da navegação e Ao cabo de oito edições já passaram pelo concelho de Grândola mais de 900 navegadores nacionais e estrangeiros. A maioria, já conhece o mecanismo do desafio, no entanto, a chegada de novos navegadores e a quantidade de emails que temos recebido a pedir informações, impõe alguns esclareci- mentos: O «Grândola Aventura» é um Desafio de animação turística, aventura, navegação, GPS, e fotografia de participação voluntária, que decorre de 25 a 27 de setembro no concelho de Grândola e limítrofes. Os participantes assinarão uma declaração de Termo de Responsabilidade que lhe será apresentada no momento das verificações administrativas. O objetivo primário do Desafio é encontrar e fotografar pontos de interesse paisagístico, turístico, florestal ou outro, conhecer o concelho do litoral alentejano, através de waypoints turísticos. As equipas da classe Nómada são formadas por um veiculo com tração às quatro rodas e dois elementos, embora possam levar mais elementos extra equipa (amigos e familiares), até ao limite de lotação do veiculo. A dinâmica é em tudo semelhante à classe Aventura: obrigatoriedade de um gps Garmin Etrex por veículo e um máquina fotográfica. Recebem 1 Dossier de Participante, Road-book fotográfico e cartas topográficas originais do Instituto Geográfico do Exército. As Normas Gerais são exatamente as mesmas para ambas as classes. A única diferença consiste na natureza dos waypoints e seus valores. ENTRE A SERRA E O MAR ... POR “MARES” NUNCA DANTES NAVEGADOS Verificações administrativas a) As verificações administrativas ocorrem no acto da recepção dos participantes, no Secretariado, como consta no programa. Verificar-se-á então: A identidade dos participantes. Os dados dos veículos, nomeadamente o seguro e a folha de inspecção. b) A partir desse momento não poderão ser feitas substitu- ições de qualquer elemento das equipas, salvo em casos excecionais autorizados pela Comissão Organizadora e comunicados a todos participantes mediante publicação no VERIFICAÇÕES ESTES ESCLARECIMENTOS NÃO INVALIDAM A LEITURA ATENTA DAS NORMAS GERAIS (Completas) QUE SERÃO ENTREGUES LOGO APÓS A EFETIVAÇÃO DA SUA INSCRIÇÃO. Custo da inscrição é de 87,50 € por elemento e compreende jantar de sexta, jantar de sábado, almoço de domingo, seguro de acidentes pessoais, cartas topográficas originais, organização, polo oficial, oferta oficial e eventuais ofertas de patrocina- dores. Se tiver alguma dúvida, não hesite em contactar-nos através do email: masquegrandolaaventura@gmail.com DINÂMICA DO DESAFIO. através de coordenadas geográficas e fotografá-los como prova de passagem. O “Grândola Aventura” inclui o Desafio complementar “Explora” o qual apela à descoberta através de informações geográficas, dedução ou indagando as popu- lações. Quadro Informativo. c) Nas verificações administrativas entregar-se-ão os autocolantes oficiais cuja colocação é obrigatória. d) Não se poderão realizar as verificações técnicas sem se terem realizado, de forma completa, as Verificações Administrativas Verificações técnicas Verificar-se-á: a) A publicidade (obrigatória e devidamente colocada nos veículos). b) Câmara digital e os cartões de memória (1 câmara e 2 cartões, por equipa). c) Extintor (1 por veículo). d) GPS (1 por veículo, Garmin E-Trex – qualquer modelo). e) Mala de primeiros socorros (1 por veículo). f) Existência do material autorizado e a sua conformidade em relação às normas. g) Telefone de contacto entre a equipa e a Comissão Organizadora. h) Correcta fixação de toda a carga. No caso de um veículo não ser aceite nas verificações técnicas, não será autorizado a sua partida até à reposição regulamen- tar do material em falta ou desconforme. O material obrigatório poderá ser verificado em qualquer momento do encontro. Ordem de partida dos participantes A ordem de partida para a primeira jornada será determinada por sorteio. Na segunda jornada será respeitada a ordem final, da anterior, por ordem decrescente. WP / Carta Militar A cartografia oficial é a Carta Militar do IGEOE, da qual a C.O. entregará 1 conjunto por veículo das Folhas onde decorre o Desafio. Os WP serão entregues às equipas no formato UTM / UPS e no «Datum» WGS 84. Podem existir alguns WP em zonas contíguas às folhas que serão facultadas às equipas. Road-book a) Antes da partida para as jornadas cada viatura receberá um «Road-book» que contará com as fotografias dos «waypoints», as suas coordenadas e/ou informação necessária para facilitar o cumprimento do objectivo. b) Qualquer indicação especial que conste no «Road-book» prevalecerá sobre as Normas Gerais. Carta de controlo a) No momento da partida será entregue aos participantes a sua Carta de Controlo. Nela constarão quer o ponto de chegada, quer o(s) ponto(s) de controlo de segurança e outros eventuais controlos, assim como os respectivos horários de passagem; a Carta contém ainda, para cada controlo presencial, uma caixa para a assinatura do corre- spondente Comissário sem a qual não será validado nenhum dado. b) Não será validada a chegada de qualquer equipa que não apresente a Carta de Controlo, no controlo corre- spondente. C.S. (Controlo de Segurança) a) No decurso da primeira etapa existirá um C.S. – Controlo de Segurança, sinalizado na C.C. (Carta de controlo), acom- panhado da indicação do horário de passagem e de outra eventual informação. b) A passagem por esse Controlo de Segurança será obser- vada por um Comissário que assinará a Carta de Controlo das equipas que entrem dentro do tempo, no período estipulado. d) A equipa que não passe no C.S. dentro da hora estipu- lada apenas lhe será contabilizado 50% dos pontos obtidos na etapa. C.B. (Controlo Bonificado) a) No decurso das etapas poderão existir CB – Controlo Bonificado facultativos, com objectivos diferenciados sinalizados na C.C. e acompanhado com a indicação do horário de passagem. b) Haverá pontos definidos apenas com referências os quais fazem partem também do Desafio “Explora”. C.F. (Controlo de foto) a) Em cada uma das etapas haverá um Controlo de Foto, em que os participantes (todos os elementos da equipa) devem ser fotografados apeados, (excetuando o fotógrafo) e no enquadramento apresentado na foto do Road-Book, exceto se houver outra indicação no RB. b) Estética das fotos: para ambas as classes um veiculo terá que ficar na mesma posição que a do veículo do <<Road-Book Fotográfico>>. Os elementos teráo que ficar bem visíveis. A visibilidade parcial ou indefinida de qualquer elemento leva, naturalmente, à anulação da foto. c) A falta do C.F. equivale a um desconto percentual dos pontos totais da jornada conforme mencionado na C.C. d) O controlo de Foto Turística é de tema livre. Deve ser de características turísticas e etnográficas: Paisagens, costumes, monumentos, etc… A C.O. pode recusar uma foto se a mesma não tiver enquadramento no conceito de Foto DESENROLAR DAS JORNADAS Turística. A falta da Foto Turística em cada etapa corre- sponde a um desconto de 50 pontos. 15. Partidas a) O Controlo da Partida permanecerá aberto até 15 minutos depois da hora de partida da última equipa. b) Se uma equipa se apresentar à partida depois da hora que lhe estava marcada, esperará até que parta a última; ser-lhe-á descontado 50 pontos e manterá a hora de chegada prevista relativa à sua hora de partida inicial. c) Se uma equipa não se puder apresentar na partida até ao encerramento do controlo deverá comunicá-lo à Comis- são Organizadora antes desse encerramento. Esta autorizará então a saída a qualquer hora, pontuando somente 75% dos pontos obtidos nessa etapa. d) Não se considerará como válida a participação de qualquer equipa sem a presença de todos os elementos que a compõem, conforme verificado no Secretariado. Excetua-se casos pontuais devidamente justificados. e) As equipas poderão continuar a sua participação no encontro ainda que não tenham realizado a primeira jornada; para isso deverão ter notificado a Comissão Organizadora dessa não participação antes do encerra- mento do Controlo de partida. Caso contrário, e salvo circunstâncias devidamente justificadas, a Comissão Organizadora excluirá do encontro qualquer equipa nessa situação. 16. Chegadas a) O Controlo de chegada abre 30 minutos antes da hora teoricamente previsível de chegada da primeira equipa. b) O Controlo de chegada permanecerá aberto até aos 15 minutos seguintes à hora teoricamente previsível de chegada da última equipa. c) Considerar-se-á como hora real de chegada o momento em que a equipa, completa por todos os seus elementos, se apresente no Controlo de chegada com a sua Carta de Controlo. Numa segunda zona deste controlo será feita a entrega do cartão de memória com as fotos, a Carta de Controlo e a folha de «waypoints» correctamente preenchi- das. d) Se uma equipa entrar sem o número de fotos indicado na Carta de controlo ou sem a folha de «waypoints» correctamente preenchida a entrada não será válida, devendo então sair, resolver as falhas e voltar a apresentar-se: ser-lhe-á descontado 50 pontos. e) Se por qualquer motivo uma equipa entrar incompleta no Controlo comunicará o facto ao Comissário. Fará a entrega da Carta de Controlo devidamente preenchida, do cartão de memória com as fotos e da folha de fotos «waypoints» correctamente preenchida; para essa equipa serão consid- erados apenas 60% dos pontos das fotos obtidas na etapa. f) Cada minuto de atraso sobre a hora teórica de chegada ser-lhe-á descontado 15 pontos da etapa. g) A equipa que se apresentar à chegada já com o Controlo fechado não pontuará na etapa. /// 82 newsletteraventura4x4

×