SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 35
Baixar para ler offline
“   Posso não concordar com nenhuma das palavras que você disser, mas defenderei
                   até a morte o direito de você dizê-las. Voltaire
Bem-aventurados os famintos de justiça, porque
              serão saciados.
           Pelos inimigos do Espiritismo - Capítulo XXVIII - Coletânea de preces espíritas
                                                                      ESE - Allan Kardec
Bem-aventurados os que sofrem perseguição por
amor da justiça, porque deles é o reino dos céus.
          Pelos inimigos do Espiritismo - Capítulo XXVIII - Coletânea de preces espíritas
                                                                     ESE - Allan Kardec
Ditosos sereis, quando os homens vos carregarem de
 maldições, vos perseguirem e falsamente disserem
 contra vós toda espécie de mal, por minha causa.
           Pelos inimigos do Espiritismo - Capítulo XXVIII - Coletânea de preces espíritas
                                                                      ESE - Allan Kardec
Rejubilai-vos, então, porque grande recompensa vos
está reservada nos céus, pois assim perseguiram eles
          os profetas enviados antes de vós.
                                   S. MATEUS, cap. V, vv. 6 e 10 a 12
Não temais os que matam o corpo, mas que não
podem matar a alma; temei, antes, aquele que pode
        perder alma e corpo no inferno.
                                     S. MATEUS, cap. X, v. 28
De todas as liberdades, a mais inviolável é a de
pensar, que abrange a de consciência.
    Pelos inimigos do Espiritismo - Capítulo XXVIII
   Coletânea de preces espíritas ESE - Allan Kardec




  833 .No homem só há uma coisa pela qual ele goza de absoluta
          liberdade... a de pensar. (Liberdade de pensar - LE)
Lançar alguém anátema sobre os que não pensam
como ele, é violar o primeiro mandamento de Jesus:
         a caridade e o amor do próximo.
           Pelos inimigos do Espiritismo - Capítulo XXVIII - Coletânea de preces espíritas
                                                                      ESE - Allan Kardec
Perseguir os outros, por motivos de suas crenças, é
atentar contra o mais sagrado direito que tem todo
 homem o de crer no que lhe convém e de adorar a
              Deus como o entenda.
                 Pelos inimigos do Espiritismo - Capítulo XXVIII - Coletânea de preces espíritas
                                                                            ESE - Allan Kardec




834 .O homem é responsável pelo seu pensamento. Somente Deus pode
 condená-lo ou absolvê-lo segundo sua justiça. (Liberdade de pensar - LE)
Constrangê-los a atos exteriores semelhantes aos
nossos é mostrarmos que damos mais valor à forma do
 que ao fundo, mais às aparências, do que à convicção.




836 .O homem não tem o direito de se opor à liberdade de consciência assim
       como à liberdade de pensar. (LE –LIBERDADE DE CONSCIÊNCIA)
Nunca a abjuração forçada deu a quem quer que
   fosse a fé; apenas pode fazer hipócritas.




837 .O resultado da oposição à liberdade de consciência, faz os
      homens hipócritas. (LE –LIBERDADE DE CONSCIÊNCIA)
É um abuso da força material, que não prova
                  a verdade.




  838 .Toda a crença é respeitável, quando sincera e conduz à prática do
bem. São condenáveis às que conduzam ao mal. (LE –LIBERDADE DE CONSCIÊNCIA)
A verdade é senhora de si: convence e não
 persegue, porque não precisa perseguir.
   Pelos inimigos do Espiritismo - Capítulo XXVIII
  Coletânea de preces espíritas - ESE - Allan Kardec




839 .Escandalizar com a crença de outrem é falta de caridade e um atentado
    contra a liberdade de consciência. (LE –LIBERDADE DE CONSCIÊNCIA)
Essa crença é falsa, ou é verdadeira, se é falsa,
    cairá por si mesma, visto que o erro não pode
  prevalecer contra a verdade, quando se faz luz nas
                     inteligências.




 Se é verdadeira, não haverá perseguição que a torne falsa.



 840 .Podemos reprimir os atos das crenças capazes de causar pertur-
bação, mas a crença íntima é inacessível. (LE –LIBERDADE DE CONSCIÊNCIA)
A perseguição é o batismo de toda idéia nova, grande e
justa e cresce com a magnitude e a importância da idéia.




841 .Podemos tentar, respeitando a liberdade, evitar que doutrinas perniciosas se
 propaguem, mas a convicção não se impõe. (LE –LIBERDADE DE CONSCIÊNCIA)
Pelos inimigos do Espiritismo - Capítulo XXVIII - Coletânea de preces espíritas - ESE - Allan Kardec


   O furor e o desabrimento dos seus
inimigos são proporcionais ao temor que
            ela lhes inspira.




                                       Auto de Fé de Barcelona
Tal a razão por que o Cristianismo foi perseguido outrora e por
 que o Espiritismo o é hoje, com a diferença, todavia, de que
aquele o foi pelos pagãos, enquanto o segundo o é por cristãos.
                                    Pelos inimigos do Espiritismo - Capítulo XXVIII
                                   Coletânea de preces espíritas - ESE - Allan Kardec




842 .A doutrina que mais se aproxima da verdade é a que mais homens
   de bem e menos hipócritas fizer. (LE –LIBERDADE DE CONSCIÊNCIA)
Passou o tempo das perseguições sangrentas.
É exato; contudo, se já não matam o corpo, torturam
    a alma, atacam-na até nos seus mais íntimos
     sentimentos, nas suas mais caras afeições.
ESE - Allan Kardec
               Pelos inimigos do Espiritismo - Capítulo XXVIII - Coletânea de preces espíritas

Lança-se a desunião nas famílias, excita-se a mãe contra a filha,
 a mulher contra o marido; investe-se mesmo contra o corpo,
 agravando-se-lhe as necessidades materiais, tirando-se-lhe o
         ganha-pão, para reduzir pela fome o crente.
Aquele que houver deixado, pelo meu nome, sua casa, os seus
irmãos, ou suas irmãs, ou seu pai, ou sua mãe, ou sua mulher,
ou seus filhos, ou suas terras, receberá o cêntuplo de tudo isso
                e terá por herança a vida eterna.
                                       ESE - Capítulo XXIII – Estranha Moral
                                                    S. Mateus, cap. XIX, v. 29
Espíritas, não vos aflijais com os golpes que vos
desfiram, pois eles provam que estais com a verdade.
             Pelos inimigos do Espiritismo - Capítulo XXVIII - Coletânea de preces espíritas
                                                                        ESE - Allan Kardec




 Se assim não fosse, deixar-vos-iam tranquilos e não vos
                    procurariam ferir.
Constitui uma prova para a vossa fé, porquanto é pela
   vossa coragem, pela vossa resignação e pela vossa
   paciência que Deus vos reconhecerá entre os seus
servidores fiéis, a cuja contagem ele hoje procede, para
dar a cada um a parte que lhe toca, segundo suas obras.
             Pelos inimigos do Espiritismo - Capítulo XXVIII - Coletânea de preces espíritas
                                                                        ESE - Allan Kardec
A exemplo dos primeiros
                    cristãos, carregai com altivez a
                               vossa cruz.




      Crede na palavra do Cristo, que disse: "Bem-
  aventurados os que sofrem perseguição por amor da
justiça, que deles é o reino dos céus. Não temais os que
  matam o corpo, mas que não podem matar a alma."
             Pelos inimigos do Espiritismo - Capítulo XXVIII - Coletânea de preces espíritas
                                                                        ESE - Allan Kardec
Ele também disse: "Amai os vossos inimigos, fazei bem aos
    que vos fazem mal e orai pelos que vos perseguem”.




Mostrai que sois seus verdadeiros discípulos e que a
vossa doutrina é boa, fazendo o que ele disse e fez.
             Pelos inimigos do Espiritismo - Capítulo XXVIII - Coletânea de preces espíritas
                                                                        ESE - Allan Kardec
Pelos inimigos do Espiritismo - Capítulo XXVIII - Coletânea de preces espíritas
                                  ESE - Allan Kardec




   A perseguição pouco durará. Aguardai com
paciência o romper da aurora, pois que já rutila no
             horizonte a estrela d'alva.
(S. Mateus, cap. X, v. 32 e 33)
                                  Coragem da Fé – Capítulo XXIV, ítem 13
                                                      ESE - Allan Kardec

  Aquele que me confessar e me reconhecer diante dos
 homens, eu também o reconhecerei e confessarei diante
 de meu Pai que está nos céus; - e aquele que me renegar
diante dos homens, também eu o renegarei diante de meu
                 Pai que está nos céus.
(S. Lucas, cap. IX, v. 26)
                       Coragem da Fé – Capítulo XXIV, item 14 - ESE - Allan Kardec

Se alguém se envergonhar de mim e das minhas palavras,
o Filho do Homem também dele se envergonhará, quando
   vier na sua glória e na de seu Pai e dos santos anjos.
Há sempre fraqueza em recuar alguém diante das
consequências que lhe acarreta a sua opinião e em re-
negá-la; mas, há casos em que isso constitui covardia
 tão grande, quanto fugir no momento do combate.
                     Coragem da Fé – Capítulo XXIV, item 15 - ESE - Allan Kardec
Assim será com os adeptos do Espiritismo.




                      Coragem da Fé – Capítulo XXIV, item 16 - ESE - Allan Kardec

  Pois que a doutrina que professam mais não é do que o
desenvolvimento e a aplicação da do Evangelho, também a
           eles se dirigem as palavras do Cristo.
Eles semeiam na Terra o que colherão na vida
espiritual. Colherão lá os frutos da sua coragem
               ou da sua fraqueza.
                   Coragem da Fé – Capítulo XXIV, item 16 - ESE - Allan Kardec
Bem ditosos sereis, quando os homens vos odiarem
e separarem, quando vos tratarem injuriosamente,
  quando repelirem como mau o vosso nome, por
           causa do Filho do Homem.
        (S. Lucas, cap. VI, v. 22 e 23) - Carregar sua cruz. Quem quiser salvar a vida, perdê-la-á
                                                    Capítulo XXIV, item 17 - ESE - Allan Kardec
Rejubilai nesse dia e ficai em transportes de alegria,
  porque grande recompensa vos está reservada no céu,
visto que era assim que os pais deles tratavam os profetas.
         (S. Lucas, cap. VI, v. 22 e 23) - Carregar sua cruz. Quem quiser salvar a vida, perdê-la-á
                                                     Capítulo XXIV, item 17 - ESE - Allan Kardec
Chamando para perto de si o povo e os discípulos,
disse-lhes: Se alguém quiser vir nas minhas pegadas,
 renuncie a si mesmo, tome a sua cruz e siga-me; -
 porquanto, aquele que se quiser salvar a si mesmo,
  perder-se-á; e aquele que se perder por amor de
mim e do Evangelho se salvará. - Com efeito, de que
    serviria a um homem ganhar o mundo todo e
                perder-se a si mesmo?
                             Capítulo XXIV, item 18 - ESE - Allan Kardec
                                         (S. Marcos, cap. VIII, v. 34 e 36)
                                             (S. Lucas, cap. IX, v. 23 a 25)
                                            (S. Mateus, cap. X, v. 38 e 39)
                                             (S. João, cap. XII, v. 25 e 26)
•   Pelos inimigos do espiritismo - Capítulo XXVIII,
                     coletânea de preces espíritas - ESE -Allan Kardec
                 •   Coragem da fé - Capítulo XXIV, ESE - Allan
                     Kardec
                 •   Carregar sua cruz. Quem quiser salvar a vida,
                     perdê-la-á Capítulo XXIV, ESE - Allan Kardec




       •  O livro dos espíritos - capítulo X - da lei de
                                  liberdade q. 833 à 842
•   Resumo de o livro dos espíritos (32ª. Edição - FEB)
          Responsável : Américo luís Sucena de Almeida
Exposição : Graça Maciel




www.luzdoespiritismo.com

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Ninguém pode ver o Reino dos Céus se não nascer de novo
Ninguém pode ver o Reino dos Céus se não nascer de novoNinguém pode ver o Reino dos Céus se não nascer de novo
Ninguém pode ver o Reino dos Céus se não nascer de novoCEENA_SS
 
Não vos afadigueis pela posse do ouro
Não vos afadigueis pela posse do ouroNão vos afadigueis pela posse do ouro
Não vos afadigueis pela posse do ouroHenrique Vieira
 
Capítulo IV - Evangelho Segundo Espiritismo
Capítulo IV - Evangelho Segundo EspiritismoCapítulo IV - Evangelho Segundo Espiritismo
Capítulo IV - Evangelho Segundo EspiritismoJean Dias
 
O Papel do Centro Espírita
O Papel do Centro EspíritaO Papel do Centro Espírita
O Papel do Centro EspíritaRicardo Azevedo
 
Os laços de família são fortalecidos pela reencarnação
Os laços de família são fortalecidos pela reencarnaçãoOs laços de família são fortalecidos pela reencarnação
Os laços de família são fortalecidos pela reencarnaçãoLuciane Belchior
 
Muitos os Chamados, Poucos os Escolhidos
Muitos os Chamados, Poucos os EscolhidosMuitos os Chamados, Poucos os Escolhidos
Muitos os Chamados, Poucos os EscolhidosAlmir Silva
 
Ajuda-te a ti mesmo que o céu te ajudará
Ajuda-te a ti mesmo que o céu te ajudaráAjuda-te a ti mesmo que o céu te ajudará
Ajuda-te a ti mesmo que o céu te ajudaráGraça Maciel
 
Observai os Pássaros
Observai os PássarosObservai os Pássaros
Observai os Pássarosigmateus
 
O argueiro e a trave no olho
O argueiro e a trave no olhoO argueiro e a trave no olho
O argueiro e a trave no olhohome
 
Conhece se a árvore pelos frutos gec 03-09-2011
Conhece se a árvore pelos frutos gec 03-09-2011Conhece se a árvore pelos frutos gec 03-09-2011
Conhece se a árvore pelos frutos gec 03-09-2011Izabel Cristina Fonseca
 
Fora da caridade não há salvação
Fora da caridade não há salvaçãoFora da caridade não há salvação
Fora da caridade não há salvaçãoAnderson Dias
 
Ressurreição e Reencarnação (Palestra Espírita)
Ressurreição e Reencarnação (Palestra Espírita)Ressurreição e Reencarnação (Palestra Espírita)
Ressurreição e Reencarnação (Palestra Espírita)Marcos Antônio Alves
 
O compromisso com a tarefa
O compromisso com a tarefaO compromisso com a tarefa
O compromisso com a tarefaumecamaqua
 
Nao Julgues Compreenda
Nao Julgues CompreendaNao Julgues Compreenda
Nao Julgues CompreendaGraça Maciel
 
Capítulo 6 do evangelho segundo o espiritismo
Capítulo 6 do evangelho segundo o espiritismoCapítulo 6 do evangelho segundo o espiritismo
Capítulo 6 do evangelho segundo o espiritismoEduardo Ottonelli Pithan
 

Mais procurados (20)

Ninguém pode ver o Reino dos Céus se não nascer de novo
Ninguém pode ver o Reino dos Céus se não nascer de novoNinguém pode ver o Reino dos Céus se não nascer de novo
Ninguém pode ver o Reino dos Céus se não nascer de novo
 
Estudo sobre prece!
Estudo sobre prece!Estudo sobre prece!
Estudo sobre prece!
 
Não vos afadigueis pela posse do ouro
Não vos afadigueis pela posse do ouroNão vos afadigueis pela posse do ouro
Não vos afadigueis pela posse do ouro
 
Capítulo IV - Evangelho Segundo Espiritismo
Capítulo IV - Evangelho Segundo EspiritismoCapítulo IV - Evangelho Segundo Espiritismo
Capítulo IV - Evangelho Segundo Espiritismo
 
O Papel do Centro Espírita
O Papel do Centro EspíritaO Papel do Centro Espírita
O Papel do Centro Espírita
 
Os laços de família são fortalecidos pela reencarnação
Os laços de família são fortalecidos pela reencarnaçãoOs laços de família são fortalecidos pela reencarnação
Os laços de família são fortalecidos pela reencarnação
 
Muitos os Chamados, Poucos os Escolhidos
Muitos os Chamados, Poucos os EscolhidosMuitos os Chamados, Poucos os Escolhidos
Muitos os Chamados, Poucos os Escolhidos
 
Dai gratuitamente...
Dai gratuitamente...Dai gratuitamente...
Dai gratuitamente...
 
Ajuda-te a ti mesmo que o céu te ajudará
Ajuda-te a ti mesmo que o céu te ajudaráAjuda-te a ti mesmo que o céu te ajudará
Ajuda-te a ti mesmo que o céu te ajudará
 
O CONSOLADOR PROMETIDO
O CONSOLADOR PROMETIDOO CONSOLADOR PROMETIDO
O CONSOLADOR PROMETIDO
 
Observai os Pássaros
Observai os PássarosObservai os Pássaros
Observai os Pássaros
 
Laços familia
Laços familiaLaços familia
Laços familia
 
O argueiro e a trave no olho
O argueiro e a trave no olhoO argueiro e a trave no olho
O argueiro e a trave no olho
 
Conhece se a árvore pelos frutos gec 03-09-2011
Conhece se a árvore pelos frutos gec 03-09-2011Conhece se a árvore pelos frutos gec 03-09-2011
Conhece se a árvore pelos frutos gec 03-09-2011
 
Fora da caridade não há salvação
Fora da caridade não há salvaçãoFora da caridade não há salvação
Fora da caridade não há salvação
 
Ressurreição e Reencarnação (Palestra Espírita)
Ressurreição e Reencarnação (Palestra Espírita)Ressurreição e Reencarnação (Palestra Espírita)
Ressurreição e Reencarnação (Palestra Espírita)
 
Aquele que se eleva será rebaixado
Aquele que se eleva será rebaixado Aquele que se eleva será rebaixado
Aquele que se eleva será rebaixado
 
O compromisso com a tarefa
O compromisso com a tarefaO compromisso com a tarefa
O compromisso com a tarefa
 
Nao Julgues Compreenda
Nao Julgues CompreendaNao Julgues Compreenda
Nao Julgues Compreenda
 
Capítulo 6 do evangelho segundo o espiritismo
Capítulo 6 do evangelho segundo o espiritismoCapítulo 6 do evangelho segundo o espiritismo
Capítulo 6 do evangelho segundo o espiritismo
 

Semelhante a Coragem da fé

Evangelho Segundo o Espiritismo Cap 28
Evangelho Segundo o Espiritismo Cap 28Evangelho Segundo o Espiritismo Cap 28
Evangelho Segundo o Espiritismo Cap 28Patricia Farias
 
Desfrutar a luz do espiritismo
Desfrutar a luz do espiritismoDesfrutar a luz do espiritismo
Desfrutar a luz do espiritismoGraça Maciel
 
Obsessão por fascinação - parte 4
Obsessão por fascinação - parte 4Obsessão por fascinação - parte 4
Obsessão por fascinação - parte 4Graça Maciel
 
O espiritismo e a regeneração da humanidade
O espiritismo e a regeneração da humanidadeO espiritismo e a regeneração da humanidade
O espiritismo e a regeneração da humanidadeGraça Maciel
 
Respeito a crença alheia
Respeito a crença alheiaRespeito a crença alheia
Respeito a crença alheiaGraça Maciel
 
Evangelho Cap.6 item 5 - Instrucoes dos Espiritos
Evangelho Cap.6 item 5 - Instrucoes dos EspiritosEvangelho Cap.6 item 5 - Instrucoes dos Espiritos
Evangelho Cap.6 item 5 - Instrucoes dos EspiritosPatricia Farias
 
Afastamento dos maus espíritos
Afastamento dos maus espíritosAfastamento dos maus espíritos
Afastamento dos maus espíritosGraça Maciel
 
Missão dos Espíritas
Missão dos EspíritasMissão dos Espíritas
Missão dos EspíritasAntonino Silva
 
Missão dos espíritas
Missão dos espíritasMissão dos espíritas
Missão dos espíritasGraça Maciel
 
Missao dos Espiritas
Missao dos EspiritasMissao dos Espiritas
Missao dos EspiritasGraça Maciel
 
Como Fazer Palestra Espirita
Como Fazer Palestra EspiritaComo Fazer Palestra Espirita
Como Fazer Palestra EspiritaFórum Espírita
 
Consolador prometido
Consolador prometidoConsolador prometido
Consolador prometidoGraça Maciel
 
Livro dos Espiritos Q.260 ESE Cap. 19 item 13
Livro dos Espiritos Q.260 ESE Cap. 19 item 13Livro dos Espiritos Q.260 ESE Cap. 19 item 13
Livro dos Espiritos Q.260 ESE Cap. 19 item 13Patricia Farias
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 78 - Segundo a Carne
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 78 - Segundo a CarneSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 78 - Segundo a Carne
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 78 - Segundo a CarneRicardo Azevedo
 
Como eu entendo o evangelho segundo o espiritismo (valentim hergersheimer n...
Como eu entendo   o evangelho segundo o espiritismo (valentim hergersheimer n...Como eu entendo   o evangelho segundo o espiritismo (valentim hergersheimer n...
Como eu entendo o evangelho segundo o espiritismo (valentim hergersheimer n...Marluci Brasil de Castro
 

Semelhante a Coragem da fé (20)

Evangelho Segundo o Espiritismo Cap 28
Evangelho Segundo o Espiritismo Cap 28Evangelho Segundo o Espiritismo Cap 28
Evangelho Segundo o Espiritismo Cap 28
 
Desfrutar a luz do espiritismo
Desfrutar a luz do espiritismoDesfrutar a luz do espiritismo
Desfrutar a luz do espiritismo
 
Obsessão por fascinação - parte 4
Obsessão por fascinação - parte 4Obsessão por fascinação - parte 4
Obsessão por fascinação - parte 4
 
O espiritismo e a regeneração da humanidade
O espiritismo e a regeneração da humanidadeO espiritismo e a regeneração da humanidade
O espiritismo e a regeneração da humanidade
 
Respeito a crença alheia
Respeito a crença alheiaRespeito a crença alheia
Respeito a crença alheia
 
Evangelho Cap.6 item 5 - Instrucoes dos Espiritos
Evangelho Cap.6 item 5 - Instrucoes dos EspiritosEvangelho Cap.6 item 5 - Instrucoes dos Espiritos
Evangelho Cap.6 item 5 - Instrucoes dos Espiritos
 
Afastamento dos maus espíritos
Afastamento dos maus espíritosAfastamento dos maus espíritos
Afastamento dos maus espíritos
 
Missão dos Espíritas
Missão dos EspíritasMissão dos Espíritas
Missão dos Espíritas
 
MISSÃO DOS ESPÍRITAS
MISSÃO DOS ESPÍRITASMISSÃO DOS ESPÍRITAS
MISSÃO DOS ESPÍRITAS
 
Missão dos espíritas
Missão dos espíritasMissão dos espíritas
Missão dos espíritas
 
Missao dos Espiritas
Missao dos EspiritasMissao dos Espiritas
Missao dos Espiritas
 
Jesus e Espiritismo
Jesus e EspiritismoJesus e Espiritismo
Jesus e Espiritismo
 
Como Fazer Palestra Espirita
Como Fazer Palestra EspiritaComo Fazer Palestra Espirita
Como Fazer Palestra Espirita
 
Consolador prometido
Consolador prometidoConsolador prometido
Consolador prometido
 
Cristo Consolador
Cristo ConsoladorCristo Consolador
Cristo Consolador
 
Livro dos Espiritos Q.260 ESE Cap. 19 item 13
Livro dos Espiritos Q.260 ESE Cap. 19 item 13Livro dos Espiritos Q.260 ESE Cap. 19 item 13
Livro dos Espiritos Q.260 ESE Cap. 19 item 13
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 78 - Segundo a Carne
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 78 - Segundo a CarneSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 78 - Segundo a Carne
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 78 - Segundo a Carne
 
Ser Espirita
Ser EspiritaSer Espirita
Ser Espirita
 
Como eu entendo o evangelho segundo o espiritismo (valentim hergersheimer n...
Como eu entendo   o evangelho segundo o espiritismo (valentim hergersheimer n...Como eu entendo   o evangelho segundo o espiritismo (valentim hergersheimer n...
Como eu entendo o evangelho segundo o espiritismo (valentim hergersheimer n...
 
esciritismo3.pdf
esciritismo3.pdfesciritismo3.pdf
esciritismo3.pdf
 

Mais de Graça Maciel

Regeneração da humanidade
Regeneração da humanidadeRegeneração da humanidade
Regeneração da humanidadeGraça Maciel
 
Regeneração da humanidade
Regeneração da humanidadeRegeneração da humanidade
Regeneração da humanidadeGraça Maciel
 
Obsessão por fascinação - parte 3
Obsessão por fascinação - parte 3Obsessão por fascinação - parte 3
Obsessão por fascinação - parte 3Graça Maciel
 
Obsessão por fascinação - parte 2
Obsessão por fascinação - parte 2Obsessão por fascinação - parte 2
Obsessão por fascinação - parte 2Graça Maciel
 
Obsessão por fascinação - parte 1
Obsessão por fascinação - parte 1Obsessão por fascinação - parte 1
Obsessão por fascinação - parte 1Graça Maciel
 
Não vim destruir a lei
Não vim destruir a leiNão vim destruir a lei
Não vim destruir a leiGraça Maciel
 
Pecado por pensamento
Pecado por pensamentoPecado por pensamento
Pecado por pensamentoGraça Maciel
 
Amai os vossos inimigos
Amai  os  vossos  inimigosAmai  os  vossos  inimigos
Amai os vossos inimigosGraça Maciel
 
Pensamento benévolo
Pensamento benévoloPensamento benévolo
Pensamento benévoloGraça Maciel
 
Obsessão nos grupos espíritas
Obsessão nos grupos espíritasObsessão nos grupos espíritas
Obsessão nos grupos espíritasGraça Maciel
 
O mau pensamento como se reconhece
O mau pensamento como se reconheceO mau pensamento como se reconhece
O mau pensamento como se reconheceGraça Maciel
 
Não basta não fazer o mal é preciso fazer o bem.
Não basta não fazer o mal é preciso fazer o bem.Não basta não fazer o mal é preciso fazer o bem.
Não basta não fazer o mal é preciso fazer o bem.Graça Maciel
 
O homem depois da morte
O homem depois da morte O homem depois da morte
O homem depois da morte Graça Maciel
 
Hipocrisia na bíblia
Hipocrisia na bíblia Hipocrisia na bíblia
Hipocrisia na bíblia Graça Maciel
 
Desmascarar a hipocrisia e a mentira - parte 1
Desmascarar a hipocrisia e a mentira - parte 1Desmascarar a hipocrisia e a mentira - parte 1
Desmascarar a hipocrisia e a mentira - parte 1Graça Maciel
 

Mais de Graça Maciel (20)

Regeneração da humanidade
Regeneração da humanidadeRegeneração da humanidade
Regeneração da humanidade
 
Regeneração da humanidade
Regeneração da humanidadeRegeneração da humanidade
Regeneração da humanidade
 
Obsessão por fascinação - parte 3
Obsessão por fascinação - parte 3Obsessão por fascinação - parte 3
Obsessão por fascinação - parte 3
 
Obsessão por fascinação - parte 2
Obsessão por fascinação - parte 2Obsessão por fascinação - parte 2
Obsessão por fascinação - parte 2
 
Obsessão por fascinação - parte 1
Obsessão por fascinação - parte 1Obsessão por fascinação - parte 1
Obsessão por fascinação - parte 1
 
Não vim destruir a lei
Não vim destruir a leiNão vim destruir a lei
Não vim destruir a lei
 
Pecado por pensamento
Pecado por pensamentoPecado por pensamento
Pecado por pensamento
 
Amai os vossos inimigos
Amai  os  vossos  inimigosAmai  os  vossos  inimigos
Amai os vossos inimigos
 
Ação da prece
Ação da preceAção da prece
Ação da prece
 
Pressentimentos
PressentimentosPressentimentos
Pressentimentos
 
Adoração
AdoraçãoAdoração
Adoração
 
Pensamento benévolo
Pensamento benévoloPensamento benévolo
Pensamento benévolo
 
Missão dos Pais
Missão dos PaisMissão dos Pais
Missão dos Pais
 
Obsessão nos grupos espíritas
Obsessão nos grupos espíritasObsessão nos grupos espíritas
Obsessão nos grupos espíritas
 
O mau pensamento como se reconhece
O mau pensamento como se reconheceO mau pensamento como se reconhece
O mau pensamento como se reconhece
 
Não basta não fazer o mal é preciso fazer o bem.
Não basta não fazer o mal é preciso fazer o bem.Não basta não fazer o mal é preciso fazer o bem.
Não basta não fazer o mal é preciso fazer o bem.
 
O homem depois da morte
O homem depois da morte O homem depois da morte
O homem depois da morte
 
Hipocrisia na bíblia
Hipocrisia na bíblia Hipocrisia na bíblia
Hipocrisia na bíblia
 
A prece
A prece A prece
A prece
 
Desmascarar a hipocrisia e a mentira - parte 1
Desmascarar a hipocrisia e a mentira - parte 1Desmascarar a hipocrisia e a mentira - parte 1
Desmascarar a hipocrisia e a mentira - parte 1
 

Último

Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptxIgreja Jesus é o Verbo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da Providência
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da ProvidênciaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da Providência
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da ProvidênciaRicardo Azevedo
 
pregacao romanos 12 9-21 honrar uns aos outros.pptx
pregacao romanos    12 9-21  honrar   uns aos outros.pptxpregacao romanos    12 9-21  honrar   uns aos outros.pptx
pregacao romanos 12 9-21 honrar uns aos outros.pptxFabianoHaider1
 
Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docx
Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docxCulto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docx
Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docxManoel Candido Pires Junior
 
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De AquinoOração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De AquinoNilson Almeida
 
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptxIgreja Jesus é o Verbo
 
Coletânea De Orações Cristãs Parte 2
Coletânea De Orações Cristãs Parte 2Coletânea De Orações Cristãs Parte 2
Coletânea De Orações Cristãs Parte 2Nilson Almeida
 

Último (7)

Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da Providência
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da ProvidênciaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da Providência
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da Providência
 
pregacao romanos 12 9-21 honrar uns aos outros.pptx
pregacao romanos    12 9-21  honrar   uns aos outros.pptxpregacao romanos    12 9-21  honrar   uns aos outros.pptx
pregacao romanos 12 9-21 honrar uns aos outros.pptx
 
Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docx
Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docxCulto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docx
Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docx
 
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De AquinoOração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
 
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
 
Coletânea De Orações Cristãs Parte 2
Coletânea De Orações Cristãs Parte 2Coletânea De Orações Cristãs Parte 2
Coletânea De Orações Cristãs Parte 2
 

Coragem da fé

  • 1. Posso não concordar com nenhuma das palavras que você disser, mas defenderei até a morte o direito de você dizê-las. Voltaire
  • 2. Bem-aventurados os famintos de justiça, porque serão saciados. Pelos inimigos do Espiritismo - Capítulo XXVIII - Coletânea de preces espíritas ESE - Allan Kardec
  • 3. Bem-aventurados os que sofrem perseguição por amor da justiça, porque deles é o reino dos céus. Pelos inimigos do Espiritismo - Capítulo XXVIII - Coletânea de preces espíritas ESE - Allan Kardec
  • 4. Ditosos sereis, quando os homens vos carregarem de maldições, vos perseguirem e falsamente disserem contra vós toda espécie de mal, por minha causa. Pelos inimigos do Espiritismo - Capítulo XXVIII - Coletânea de preces espíritas ESE - Allan Kardec
  • 5. Rejubilai-vos, então, porque grande recompensa vos está reservada nos céus, pois assim perseguiram eles os profetas enviados antes de vós. S. MATEUS, cap. V, vv. 6 e 10 a 12
  • 6. Não temais os que matam o corpo, mas que não podem matar a alma; temei, antes, aquele que pode perder alma e corpo no inferno. S. MATEUS, cap. X, v. 28
  • 7. De todas as liberdades, a mais inviolável é a de pensar, que abrange a de consciência. Pelos inimigos do Espiritismo - Capítulo XXVIII Coletânea de preces espíritas ESE - Allan Kardec 833 .No homem só há uma coisa pela qual ele goza de absoluta liberdade... a de pensar. (Liberdade de pensar - LE)
  • 8. Lançar alguém anátema sobre os que não pensam como ele, é violar o primeiro mandamento de Jesus: a caridade e o amor do próximo. Pelos inimigos do Espiritismo - Capítulo XXVIII - Coletânea de preces espíritas ESE - Allan Kardec
  • 9. Perseguir os outros, por motivos de suas crenças, é atentar contra o mais sagrado direito que tem todo homem o de crer no que lhe convém e de adorar a Deus como o entenda. Pelos inimigos do Espiritismo - Capítulo XXVIII - Coletânea de preces espíritas ESE - Allan Kardec 834 .O homem é responsável pelo seu pensamento. Somente Deus pode condená-lo ou absolvê-lo segundo sua justiça. (Liberdade de pensar - LE)
  • 10. Constrangê-los a atos exteriores semelhantes aos nossos é mostrarmos que damos mais valor à forma do que ao fundo, mais às aparências, do que à convicção. 836 .O homem não tem o direito de se opor à liberdade de consciência assim como à liberdade de pensar. (LE –LIBERDADE DE CONSCIÊNCIA)
  • 11. Nunca a abjuração forçada deu a quem quer que fosse a fé; apenas pode fazer hipócritas. 837 .O resultado da oposição à liberdade de consciência, faz os homens hipócritas. (LE –LIBERDADE DE CONSCIÊNCIA)
  • 12. É um abuso da força material, que não prova a verdade. 838 .Toda a crença é respeitável, quando sincera e conduz à prática do bem. São condenáveis às que conduzam ao mal. (LE –LIBERDADE DE CONSCIÊNCIA)
  • 13. A verdade é senhora de si: convence e não persegue, porque não precisa perseguir. Pelos inimigos do Espiritismo - Capítulo XXVIII Coletânea de preces espíritas - ESE - Allan Kardec 839 .Escandalizar com a crença de outrem é falta de caridade e um atentado contra a liberdade de consciência. (LE –LIBERDADE DE CONSCIÊNCIA)
  • 14. Essa crença é falsa, ou é verdadeira, se é falsa, cairá por si mesma, visto que o erro não pode prevalecer contra a verdade, quando se faz luz nas inteligências. Se é verdadeira, não haverá perseguição que a torne falsa. 840 .Podemos reprimir os atos das crenças capazes de causar pertur- bação, mas a crença íntima é inacessível. (LE –LIBERDADE DE CONSCIÊNCIA)
  • 15. A perseguição é o batismo de toda idéia nova, grande e justa e cresce com a magnitude e a importância da idéia. 841 .Podemos tentar, respeitando a liberdade, evitar que doutrinas perniciosas se propaguem, mas a convicção não se impõe. (LE –LIBERDADE DE CONSCIÊNCIA)
  • 16. Pelos inimigos do Espiritismo - Capítulo XXVIII - Coletânea de preces espíritas - ESE - Allan Kardec O furor e o desabrimento dos seus inimigos são proporcionais ao temor que ela lhes inspira. Auto de Fé de Barcelona
  • 17. Tal a razão por que o Cristianismo foi perseguido outrora e por que o Espiritismo o é hoje, com a diferença, todavia, de que aquele o foi pelos pagãos, enquanto o segundo o é por cristãos. Pelos inimigos do Espiritismo - Capítulo XXVIII Coletânea de preces espíritas - ESE - Allan Kardec 842 .A doutrina que mais se aproxima da verdade é a que mais homens de bem e menos hipócritas fizer. (LE –LIBERDADE DE CONSCIÊNCIA)
  • 18. Passou o tempo das perseguições sangrentas. É exato; contudo, se já não matam o corpo, torturam a alma, atacam-na até nos seus mais íntimos sentimentos, nas suas mais caras afeições.
  • 19. ESE - Allan Kardec Pelos inimigos do Espiritismo - Capítulo XXVIII - Coletânea de preces espíritas Lança-se a desunião nas famílias, excita-se a mãe contra a filha, a mulher contra o marido; investe-se mesmo contra o corpo, agravando-se-lhe as necessidades materiais, tirando-se-lhe o ganha-pão, para reduzir pela fome o crente.
  • 20. Aquele que houver deixado, pelo meu nome, sua casa, os seus irmãos, ou suas irmãs, ou seu pai, ou sua mãe, ou sua mulher, ou seus filhos, ou suas terras, receberá o cêntuplo de tudo isso e terá por herança a vida eterna. ESE - Capítulo XXIII – Estranha Moral S. Mateus, cap. XIX, v. 29
  • 21. Espíritas, não vos aflijais com os golpes que vos desfiram, pois eles provam que estais com a verdade. Pelos inimigos do Espiritismo - Capítulo XXVIII - Coletânea de preces espíritas ESE - Allan Kardec Se assim não fosse, deixar-vos-iam tranquilos e não vos procurariam ferir.
  • 22. Constitui uma prova para a vossa fé, porquanto é pela vossa coragem, pela vossa resignação e pela vossa paciência que Deus vos reconhecerá entre os seus servidores fiéis, a cuja contagem ele hoje procede, para dar a cada um a parte que lhe toca, segundo suas obras. Pelos inimigos do Espiritismo - Capítulo XXVIII - Coletânea de preces espíritas ESE - Allan Kardec
  • 23. A exemplo dos primeiros cristãos, carregai com altivez a vossa cruz. Crede na palavra do Cristo, que disse: "Bem- aventurados os que sofrem perseguição por amor da justiça, que deles é o reino dos céus. Não temais os que matam o corpo, mas que não podem matar a alma." Pelos inimigos do Espiritismo - Capítulo XXVIII - Coletânea de preces espíritas ESE - Allan Kardec
  • 24. Ele também disse: "Amai os vossos inimigos, fazei bem aos que vos fazem mal e orai pelos que vos perseguem”. Mostrai que sois seus verdadeiros discípulos e que a vossa doutrina é boa, fazendo o que ele disse e fez. Pelos inimigos do Espiritismo - Capítulo XXVIII - Coletânea de preces espíritas ESE - Allan Kardec
  • 25. Pelos inimigos do Espiritismo - Capítulo XXVIII - Coletânea de preces espíritas ESE - Allan Kardec A perseguição pouco durará. Aguardai com paciência o romper da aurora, pois que já rutila no horizonte a estrela d'alva.
  • 26. (S. Mateus, cap. X, v. 32 e 33) Coragem da Fé – Capítulo XXIV, ítem 13 ESE - Allan Kardec Aquele que me confessar e me reconhecer diante dos homens, eu também o reconhecerei e confessarei diante de meu Pai que está nos céus; - e aquele que me renegar diante dos homens, também eu o renegarei diante de meu Pai que está nos céus.
  • 27. (S. Lucas, cap. IX, v. 26) Coragem da Fé – Capítulo XXIV, item 14 - ESE - Allan Kardec Se alguém se envergonhar de mim e das minhas palavras, o Filho do Homem também dele se envergonhará, quando vier na sua glória e na de seu Pai e dos santos anjos.
  • 28. Há sempre fraqueza em recuar alguém diante das consequências que lhe acarreta a sua opinião e em re- negá-la; mas, há casos em que isso constitui covardia tão grande, quanto fugir no momento do combate. Coragem da Fé – Capítulo XXIV, item 15 - ESE - Allan Kardec
  • 29. Assim será com os adeptos do Espiritismo. Coragem da Fé – Capítulo XXIV, item 16 - ESE - Allan Kardec Pois que a doutrina que professam mais não é do que o desenvolvimento e a aplicação da do Evangelho, também a eles se dirigem as palavras do Cristo.
  • 30. Eles semeiam na Terra o que colherão na vida espiritual. Colherão lá os frutos da sua coragem ou da sua fraqueza. Coragem da Fé – Capítulo XXIV, item 16 - ESE - Allan Kardec
  • 31. Bem ditosos sereis, quando os homens vos odiarem e separarem, quando vos tratarem injuriosamente, quando repelirem como mau o vosso nome, por causa do Filho do Homem. (S. Lucas, cap. VI, v. 22 e 23) - Carregar sua cruz. Quem quiser salvar a vida, perdê-la-á Capítulo XXIV, item 17 - ESE - Allan Kardec
  • 32. Rejubilai nesse dia e ficai em transportes de alegria, porque grande recompensa vos está reservada no céu, visto que era assim que os pais deles tratavam os profetas. (S. Lucas, cap. VI, v. 22 e 23) - Carregar sua cruz. Quem quiser salvar a vida, perdê-la-á Capítulo XXIV, item 17 - ESE - Allan Kardec
  • 33. Chamando para perto de si o povo e os discípulos, disse-lhes: Se alguém quiser vir nas minhas pegadas, renuncie a si mesmo, tome a sua cruz e siga-me; - porquanto, aquele que se quiser salvar a si mesmo, perder-se-á; e aquele que se perder por amor de mim e do Evangelho se salvará. - Com efeito, de que serviria a um homem ganhar o mundo todo e perder-se a si mesmo? Capítulo XXIV, item 18 - ESE - Allan Kardec (S. Marcos, cap. VIII, v. 34 e 36) (S. Lucas, cap. IX, v. 23 a 25) (S. Mateus, cap. X, v. 38 e 39) (S. João, cap. XII, v. 25 e 26)
  • 34. Pelos inimigos do espiritismo - Capítulo XXVIII, coletânea de preces espíritas - ESE -Allan Kardec • Coragem da fé - Capítulo XXIV, ESE - Allan Kardec • Carregar sua cruz. Quem quiser salvar a vida, perdê-la-á Capítulo XXIV, ESE - Allan Kardec • O livro dos espíritos - capítulo X - da lei de liberdade q. 833 à 842 • Resumo de o livro dos espíritos (32ª. Edição - FEB) Responsável : Américo luís Sucena de Almeida
  • 35. Exposição : Graça Maciel www.luzdoespiritismo.com