SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 4
Baixar para ler offline
diretores de turma, os pro-
fessores encarregados de
tutorias, de atividades de
apoio pedagógico ou de
ensino especial. (…) a BE
deve munir-se de instru-
mentos práticos de articu-
lação curricular e de inter-
venção na gestão do currí-
culo, dando visibilidade
aos itens do seu fundo em
que o currículo está acessí-
vel a docentes e discentes,
no espaço da BE evidente-
mente, mas também na sal
de aula (materialmente ou
em linha). “
In Newslleter de junho de
2013 “Parcerias internas:
uma vocação prioritária para
a biblioteca escolar?”, Rui
Manuel Afonso Mateus
É nesta linha de atuação que
se justifica o presente bole-
tim informativo para as dis-
ciplinas de História e Geo-
grafia de Portugal e Histó-
ria.
“Num texto intitulado
School Libraries in the
21st Century, publicado
em janeiro de 2010 no
boletim School Libraries
Worldwide, Carol Collier
Kuhlthan faz a secção
dedicada à reflexão sobre
o papel da Biblioteca
Escolar (BE) na aprendi-
zagem (sobretudo quando
considerada nas suas
modalidades mais ativas
e capazes de envolver o
aluno no processo de
aquisição de competên-
cias e sabres) gravitar em
torno da palavra collabo-
ration. Ente esta investi-
gadora que dificilmente
se pode conceber que a
BE seja um fator crítico
na construção de aprendi-
zagens e na obtenção de
inquiry skills por parte
dos alunos (que lhes sir-
vam, ao longo da vida,
para a pesquisa e aplica-
ção de conhecimento em
circunstâncias sempre
renovadas) se não se esta-
beleceram mecanismos
eficazes de colaboração
entre a BE e outros par-
ceiros na escola (…)
Segundo um velho pro-
vérbio inglês, charity
beguns at home, ou seja,
é em casa que temos de
começar por mostrar a
nossa valia e o interesse
da nossa ação. Esta é
uma ideia que se aplica
inteiramente à BE,
quando a entendemos
como agente preferen-
cial de representação e
acesso autónomo ao
saber no interior da
escola e enquanto pro-
motora de parcerias.
Que estruturas são essas
e que objetivos particu-
lares pode a BE propor-
se atingir com cada um
dos parceiros?(…) Se
estiver em causa o
domínio da articulação
curricular, uma área
nuclear do trabalho da
BE, os principais par-
ceiros a cativar são os
departamentos curricu-
lares, os grupos discipli-
nares e outros responsá-
veis pela formação cien-
tífica, humana e cívica
dos alunos, como os
HISTÓRIA
BOLETIM INFORMATIVOM A R Ç OV O L U M E 1 , E D I Ç Ã O 1
O objetivo deste
boletim é dar a
conhecer o fundo
documental que
permitir apoiar
as disciplinas de
HGP e História
nas atividades de
sala de aula.
P Á G I N A 2
As viagens e os descobri-
mentos feitos pelos portu-
gueses ao longo dos sécu-
los XV e XVI são retrata-
dos nos vários volumes
desta publicação.
B O L E T I M I N F O R M A T I V O
São vários os volumes que
abordam diferentes épocas
da nossa história de uma
forma acessível a todos os
alunos.
P Á G I N A 3V O L U M E 1 , E D I Ç Ã O 1
O Atlas do Mundo abarca todas as eta-
pas da evolução histórica do nosso
mundo até aos nossos dias
Esta publicação é constituída por 10
volumes que começam na origem do
Homem e chegam aos primeiros con-
flitos dos nossos dias
 História Universal—20 volumes que começam na Pré-História e terminam nos nos-
sos dias.
 História Universal Comparada—2 volumes.
 História Ilustrado do Mundo—10 volumes.
 Antigo Egipto—Círculo de Leitores.
 História da Humanidade—10 volumes.
 Grandes Batalhas da História Universal—15 volumes.
 História do Século XX: década a década—10 volumes.
 Reis de Portugal (1ª à 4ª dinastia).
 História da Vida Privada em Portugal: da Idade Média aos nossos dias.
 História dos Descobrimentos Portugueses—5 volumes.
 Na crista da onda (abordagem simples da história dos descobrimentos).
 Dicionário da História de Portugal.
 As viagens dos descobrimentos, Porto Editora.
Em 5 volumes a autora aborda a
história de Portugal de uma for-
ma atraente para os alunos dos
dois ciclos.
Outras sugestões:

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a História

SEMINÁRIO: A ANTROPOLOGIA DA EDUCAÇÃO NA VISÃO HOLISTICA DA PEDAGOGIA ATUAL
SEMINÁRIO:  A ANTROPOLOGIA DA EDUCAÇÃO NA VISÃO HOLISTICA DA PEDAGOGIA ATUALSEMINÁRIO:  A ANTROPOLOGIA DA EDUCAÇÃO NA VISÃO HOLISTICA DA PEDAGOGIA ATUAL
SEMINÁRIO: A ANTROPOLOGIA DA EDUCAÇÃO NA VISÃO HOLISTICA DA PEDAGOGIA ATUALunieubra
 
Antropologia e formação de professores
Antropologia e formação de professoresAntropologia e formação de professores
Antropologia e formação de professoresMoisés Costa
 
LIVRO DIDÁTICO E O ENSINO DE HISTÓRIA
LIVRO DIDÁTICO E O ENSINO DE HISTÓRIALIVRO DIDÁTICO E O ENSINO DE HISTÓRIA
LIVRO DIDÁTICO E O ENSINO DE HISTÓRIAamiltonp
 
LIVRO DIDÁTICO E O ENSINO DE HISTÓRIA
LIVRO DIDÁTICO E O ENSINO DE HISTÓRIALIVRO DIDÁTICO E O ENSINO DE HISTÓRIA
LIVRO DIDÁTICO E O ENSINO DE HISTÓRIAamiltonp
 
LIVRO DIDÁTICO E O ENSINO DE HISTÓRIA
LIVRO DIDÁTICO E O ENSINO DE HISTÓRIALIVRO DIDÁTICO E O ENSINO DE HISTÓRIA
LIVRO DIDÁTICO E O ENSINO DE HISTÓRIAamiltonp
 
Reflexão referente à declaração política da iasl sobre bibliotecas escolares
Reflexão referente à declaração política da iasl sobre bibliotecas escolaresReflexão referente à declaração política da iasl sobre bibliotecas escolares
Reflexão referente à declaração política da iasl sobre bibliotecas escolaresmariacosta
 
Colecção públicos Serviços Educativos
Colecção públicos  Serviços EducativosColecção públicos  Serviços Educativos
Colecção públicos Serviços EducativosJoão Lima
 
O BELO E O FEIO: INTERPRETAÇÕES INFANTIS SOBRE A RUA SERGIPE
O BELO E O FEIO: INTERPRETAÇÕES INFANTIS SOBRE A RUA SERGIPEO BELO E O FEIO: INTERPRETAÇÕES INFANTIS SOBRE A RUA SERGIPE
O BELO E O FEIO: INTERPRETAÇÕES INFANTIS SOBRE A RUA SERGIPEPedagogiapibid
 
Pnaic 2ª aula currículo juliana
Pnaic 2ª aula currículo julianaPnaic 2ª aula currículo juliana
Pnaic 2ª aula currículo julianatlfleite
 
Literacia da informação - parte 4
Literacia da informação - parte 4Literacia da informação - parte 4
Literacia da informação - parte 4Manuela Silva
 
Guia_Educação_Artistica_1º_ciclo__Digital.pdf
Guia_Educação_Artistica_1º_ciclo__Digital.pdfGuia_Educação_Artistica_1º_ciclo__Digital.pdf
Guia_Educação_Artistica_1º_ciclo__Digital.pdfCludiaMelo29
 
Guia_Educação_Artistica_1º_ciclo__Digital.pdf
Guia_Educação_Artistica_1º_ciclo__Digital.pdfGuia_Educação_Artistica_1º_ciclo__Digital.pdf
Guia_Educação_Artistica_1º_ciclo__Digital.pdfMiguelFontoura3
 
ENTRE NA RODA - INTRODUÇÃO
ENTRE NA RODA - INTRODUÇÃOENTRE NA RODA - INTRODUÇÃO
ENTRE NA RODA - INTRODUÇÃOFabiana Esteves
 
OCs HISTÓRIA 2011
OCs HISTÓRIA 2011OCs HISTÓRIA 2011
OCs HISTÓRIA 2011lucavao2010
 
Repensando a biblioteca escolar, traugott, wolffenbuttel
Repensando a biblioteca escolar, traugott, wolffenbuttelRepensando a biblioteca escolar, traugott, wolffenbuttel
Repensando a biblioteca escolar, traugott, wolffenbuttelpibiduergsmontenegro
 
Valor actual da be fundamentação
Valor actual da be fundamentaçãoValor actual da be fundamentação
Valor actual da be fundamentaçãoesperancasantos
 

Semelhante a História (20)

SEMINÁRIO: A ANTROPOLOGIA DA EDUCAÇÃO NA VISÃO HOLISTICA DA PEDAGOGIA ATUAL
SEMINÁRIO:  A ANTROPOLOGIA DA EDUCAÇÃO NA VISÃO HOLISTICA DA PEDAGOGIA ATUALSEMINÁRIO:  A ANTROPOLOGIA DA EDUCAÇÃO NA VISÃO HOLISTICA DA PEDAGOGIA ATUAL
SEMINÁRIO: A ANTROPOLOGIA DA EDUCAÇÃO NA VISÃO HOLISTICA DA PEDAGOGIA ATUAL
 
Antropologia e formação de professores
Antropologia e formação de professoresAntropologia e formação de professores
Antropologia e formação de professores
 
LIVRO DIDÁTICO E O ENSINO DE HISTÓRIA
LIVRO DIDÁTICO E O ENSINO DE HISTÓRIALIVRO DIDÁTICO E O ENSINO DE HISTÓRIA
LIVRO DIDÁTICO E O ENSINO DE HISTÓRIA
 
LIVRO DIDÁTICO E O ENSINO DE HISTÓRIA
LIVRO DIDÁTICO E O ENSINO DE HISTÓRIALIVRO DIDÁTICO E O ENSINO DE HISTÓRIA
LIVRO DIDÁTICO E O ENSINO DE HISTÓRIA
 
LIVRO DIDÁTICO E O ENSINO DE HISTÓRIA
LIVRO DIDÁTICO E O ENSINO DE HISTÓRIALIVRO DIDÁTICO E O ENSINO DE HISTÓRIA
LIVRO DIDÁTICO E O ENSINO DE HISTÓRIA
 
Mendes&brito
Mendes&britoMendes&brito
Mendes&brito
 
Reflexão referente à declaração política da iasl sobre bibliotecas escolares
Reflexão referente à declaração política da iasl sobre bibliotecas escolaresReflexão referente à declaração política da iasl sobre bibliotecas escolares
Reflexão referente à declaração política da iasl sobre bibliotecas escolares
 
Rbhe1
Rbhe1Rbhe1
Rbhe1
 
Colecção públicos Serviços Educativos
Colecção públicos  Serviços EducativosColecção públicos  Serviços Educativos
Colecção públicos Serviços Educativos
 
O BELO E O FEIO: INTERPRETAÇÕES INFANTIS SOBRE A RUA SERGIPE
O BELO E O FEIO: INTERPRETAÇÕES INFANTIS SOBRE A RUA SERGIPEO BELO E O FEIO: INTERPRETAÇÕES INFANTIS SOBRE A RUA SERGIPE
O BELO E O FEIO: INTERPRETAÇÕES INFANTIS SOBRE A RUA SERGIPE
 
Pnaic 2ª aula currículo juliana
Pnaic 2ª aula currículo julianaPnaic 2ª aula currículo juliana
Pnaic 2ª aula currículo juliana
 
Literacia da informação - parte 4
Literacia da informação - parte 4Literacia da informação - parte 4
Literacia da informação - parte 4
 
Guia_Educação_Artistica_1º_ciclo__Digital.pdf
Guia_Educação_Artistica_1º_ciclo__Digital.pdfGuia_Educação_Artistica_1º_ciclo__Digital.pdf
Guia_Educação_Artistica_1º_ciclo__Digital.pdf
 
Guia_Educação_Artistica_1º_ciclo__Digital.pdf
Guia_Educação_Artistica_1º_ciclo__Digital.pdfGuia_Educação_Artistica_1º_ciclo__Digital.pdf
Guia_Educação_Artistica_1º_ciclo__Digital.pdf
 
ENTRE NA RODA - INTRODUÇÃO
ENTRE NA RODA - INTRODUÇÃOENTRE NA RODA - INTRODUÇÃO
ENTRE NA RODA - INTRODUÇÃO
 
2028 6878-1-pb
2028 6878-1-pb2028 6878-1-pb
2028 6878-1-pb
 
OCs HISTÓRIA 2011
OCs HISTÓRIA 2011OCs HISTÓRIA 2011
OCs HISTÓRIA 2011
 
Repensando a biblioteca escolar, traugott, wolffenbuttel
Repensando a biblioteca escolar, traugott, wolffenbuttelRepensando a biblioteca escolar, traugott, wolffenbuttel
Repensando a biblioteca escolar, traugott, wolffenbuttel
 
Bibliotecarbe8
Bibliotecarbe8Bibliotecarbe8
Bibliotecarbe8
 
Valor actual da be fundamentação
Valor actual da be fundamentaçãoValor actual da be fundamentação
Valor actual da be fundamentação
 

Mais de gracabib

Desdobrável seguranet
Desdobrável seguranetDesdobrável seguranet
Desdobrável seguranetgracabib
 
Plano atividades 14 15
Plano atividades 14 15Plano atividades 14 15
Plano atividades 14 15gracabib
 
Guia para os ee
Guia para os eeGuia para os ee
Guia para os eegracabib
 
Ciências naturais
Ciências naturaisCiências naturais
Ciências naturaisgracabib
 
Segurança na Internet
Segurança na InternetSegurança na Internet
Segurança na Internetgracabib
 
Boletim da be
Boletim da beBoletim da be
Boletim da begracabib
 
Boletim da be
Boletim da beBoletim da be
Boletim da begracabib
 
Boletim da be dezembro 12
Boletim da be dezembro 12Boletim da be dezembro 12
Boletim da be dezembro 12gracabib
 
Regimento interno a 2011 2012
Regimento interno a 2011 2012Regimento interno a 2011 2012
Regimento interno a 2011 2012gracabib
 
Pdc 2011 15
Pdc 2011 15Pdc 2011 15
Pdc 2011 15gracabib
 
Plano de acção
Plano de acçãoPlano de acção
Plano de acçãogracabib
 
Plano de acção
Plano de acçãoPlano de acção
Plano de acçãogracabib
 
Boletim bib 3 2011-2012
Boletim bib 3  2011-2012Boletim bib 3  2011-2012
Boletim bib 3 2011-2012gracabib
 
Redigir e apresentar_trabalhos
Redigir e apresentar_trabalhosRedigir e apresentar_trabalhos
Redigir e apresentar_trabalhosgracabib
 
Avaliar pags de_internet
Avaliar pags de_internetAvaliar pags de_internet
Avaliar pags de_internetgracabib
 
Boletim bib 2 2011-2012
Boletim bib 2  2011-2012Boletim bib 2  2011-2012
Boletim bib 2 2011-2012gracabib
 
Calendarização
CalendarizaçãoCalendarização
Calendarizaçãogracabib
 
Boletim bib 1 2011-2012
Boletim bib 1  2011-2012Boletim bib 1  2011-2012
Boletim bib 1 2011-2012gracabib
 

Mais de gracabib (20)

Desdobrável seguranet
Desdobrável seguranetDesdobrável seguranet
Desdobrável seguranet
 
Plano atividades 14 15
Plano atividades 14 15Plano atividades 14 15
Plano atividades 14 15
 
Geografia
GeografiaGeografia
Geografia
 
Guia para os ee
Guia para os eeGuia para os ee
Guia para os ee
 
Ciências naturais
Ciências naturaisCiências naturais
Ciências naturais
 
Segurança na Internet
Segurança na InternetSegurança na Internet
Segurança na Internet
 
Boletim da be
Boletim da beBoletim da be
Boletim da be
 
Boletim da be
Boletim da beBoletim da be
Boletim da be
 
Boletim da be dezembro 12
Boletim da be dezembro 12Boletim da be dezembro 12
Boletim da be dezembro 12
 
Regimento interno a 2011 2012
Regimento interno a 2011 2012Regimento interno a 2011 2012
Regimento interno a 2011 2012
 
Pdc 2011 15
Pdc 2011 15Pdc 2011 15
Pdc 2011 15
 
Pa afinal
Pa afinalPa afinal
Pa afinal
 
Plano de acção
Plano de acçãoPlano de acção
Plano de acção
 
Plano de acção
Plano de acçãoPlano de acção
Plano de acção
 
Boletim bib 3 2011-2012
Boletim bib 3  2011-2012Boletim bib 3  2011-2012
Boletim bib 3 2011-2012
 
Redigir e apresentar_trabalhos
Redigir e apresentar_trabalhosRedigir e apresentar_trabalhos
Redigir e apresentar_trabalhos
 
Avaliar pags de_internet
Avaliar pags de_internetAvaliar pags de_internet
Avaliar pags de_internet
 
Boletim bib 2 2011-2012
Boletim bib 2  2011-2012Boletim bib 2  2011-2012
Boletim bib 2 2011-2012
 
Calendarização
CalendarizaçãoCalendarização
Calendarização
 
Boletim bib 1 2011-2012
Boletim bib 1  2011-2012Boletim bib 1  2011-2012
Boletim bib 1 2011-2012
 

Último

Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxJMTCS
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxAntonioVieira539017
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAlexandreFrana33
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira partecoletivoddois
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfdio7ff
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptAlineSilvaPotuk
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISVitor Vieira Vasconcelos
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfIedaGoethe
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptxpamelacastro71
 
PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024
PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024
PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024SamiraMiresVieiradeM
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.HildegardeAngel
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppttreinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
 
PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024
PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024
PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 

História

  • 1. diretores de turma, os pro- fessores encarregados de tutorias, de atividades de apoio pedagógico ou de ensino especial. (…) a BE deve munir-se de instru- mentos práticos de articu- lação curricular e de inter- venção na gestão do currí- culo, dando visibilidade aos itens do seu fundo em que o currículo está acessí- vel a docentes e discentes, no espaço da BE evidente- mente, mas também na sal de aula (materialmente ou em linha). “ In Newslleter de junho de 2013 “Parcerias internas: uma vocação prioritária para a biblioteca escolar?”, Rui Manuel Afonso Mateus É nesta linha de atuação que se justifica o presente bole- tim informativo para as dis- ciplinas de História e Geo- grafia de Portugal e Histó- ria. “Num texto intitulado School Libraries in the 21st Century, publicado em janeiro de 2010 no boletim School Libraries Worldwide, Carol Collier Kuhlthan faz a secção dedicada à reflexão sobre o papel da Biblioteca Escolar (BE) na aprendi- zagem (sobretudo quando considerada nas suas modalidades mais ativas e capazes de envolver o aluno no processo de aquisição de competên- cias e sabres) gravitar em torno da palavra collabo- ration. Ente esta investi- gadora que dificilmente se pode conceber que a BE seja um fator crítico na construção de aprendi- zagens e na obtenção de inquiry skills por parte dos alunos (que lhes sir- vam, ao longo da vida, para a pesquisa e aplica- ção de conhecimento em circunstâncias sempre renovadas) se não se esta- beleceram mecanismos eficazes de colaboração entre a BE e outros par- ceiros na escola (…) Segundo um velho pro- vérbio inglês, charity beguns at home, ou seja, é em casa que temos de começar por mostrar a nossa valia e o interesse da nossa ação. Esta é uma ideia que se aplica inteiramente à BE, quando a entendemos como agente preferen- cial de representação e acesso autónomo ao saber no interior da escola e enquanto pro- motora de parcerias. Que estruturas são essas e que objetivos particu- lares pode a BE propor- se atingir com cada um dos parceiros?(…) Se estiver em causa o domínio da articulação curricular, uma área nuclear do trabalho da BE, os principais par- ceiros a cativar são os departamentos curricu- lares, os grupos discipli- nares e outros responsá- veis pela formação cien- tífica, humana e cívica dos alunos, como os HISTÓRIA BOLETIM INFORMATIVOM A R Ç OV O L U M E 1 , E D I Ç Ã O 1 O objetivo deste boletim é dar a conhecer o fundo documental que permitir apoiar as disciplinas de HGP e História nas atividades de sala de aula.
  • 2. P Á G I N A 2 As viagens e os descobri- mentos feitos pelos portu- gueses ao longo dos sécu- los XV e XVI são retrata- dos nos vários volumes desta publicação. B O L E T I M I N F O R M A T I V O São vários os volumes que abordam diferentes épocas da nossa história de uma forma acessível a todos os alunos.
  • 3. P Á G I N A 3V O L U M E 1 , E D I Ç Ã O 1 O Atlas do Mundo abarca todas as eta- pas da evolução histórica do nosso mundo até aos nossos dias Esta publicação é constituída por 10 volumes que começam na origem do Homem e chegam aos primeiros con- flitos dos nossos dias
  • 4.  História Universal—20 volumes que começam na Pré-História e terminam nos nos- sos dias.  História Universal Comparada—2 volumes.  História Ilustrado do Mundo—10 volumes.  Antigo Egipto—Círculo de Leitores.  História da Humanidade—10 volumes.  Grandes Batalhas da História Universal—15 volumes.  História do Século XX: década a década—10 volumes.  Reis de Portugal (1ª à 4ª dinastia).  História da Vida Privada em Portugal: da Idade Média aos nossos dias.  História dos Descobrimentos Portugueses—5 volumes.  Na crista da onda (abordagem simples da história dos descobrimentos).  Dicionário da História de Portugal.  As viagens dos descobrimentos, Porto Editora. Em 5 volumes a autora aborda a história de Portugal de uma for- ma atraente para os alunos dos dois ciclos. Outras sugestões: