O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Prova comentada - Contabilidade Pública - CLDF Contador

Prova de Contabilidade Pública Comentada aplicada pela FCC para o cargo de Consultor Técnico Legislativo - Contador no concurso da CLDF

  • Entre para ver os comentários

Prova comentada - Contabilidade Pública - CLDF Contador

  1. 1. Prof. Gilmar Possati PROVA COMENTADA CLDF www.estrategiaconcursos.com.br 1 11 Prova Contabilidade Pública Comentada Consultor Técnico Legislativo - Contador CLDF - 2018 1 – Considerações.............................................................................................................. 2 2 – Questões Comentadas ................................................................................................. 2 3 – Lista das Questões ....................................................................................................... 8 4 – Gabarito..................................................................................................................... 11
  2. 2. Prof. Gilmar Possati PROVA COMENTADA CLDF www.estrategiaconcursos.com.br 2 11 1 – CONSIDERAÇÕES Prezados, a seguir comentamos a excelente prova de Contabilidade Pública aplicada no concurso da CLDF para o cargo de Consultor Técnico Legislativo - Contador. Foram 6 questões de Contabilidade Pública exigidas pela FCC. As questões foram bem elaboradas, de modo que não vejo espaço para recursos. A prova estava dentro do esperado, com ênfase na exigência das demonstrações contábeis (3 questões). Ademais, houve exigência de assuntos clássicos: PCASP, NBC TSP – Estrutura Conceitual e NBC TSP 03 – Provisões, Passivos Contingentes e Ativos Contingentes. Um forte abraço! Prof. Gilmar Possati prof.possati@gmail.com Curta a nossa página: www.facebook.com.br/profgilmarpossati Inscreva-se no nosso canal no YouTube: Contabilizando Siga-me no Instagram: @profgilmarpossati 2 – QUESTÕES COMENTADAS Atenção: Para responder às questões a seguir, considere as informações a seguir extraídas do sistema de contabilidade de uma determinada entidade pública referentes às transações ocorridas no mês de dezembro de 2017: − Lançamento e arrecadação de Receitas de Serviços no valor de R$ 1.000.000,00. − Lançamento de Receitas com Taxas no valor de R$ 900.000,00. A receita foi arrecadada pelo valor total do lançamento em janeiro de 2018. − Recebimento de Transferências Correntes no valor de R$ 8.000.000,00, cujo direito foi reconhecido em dezembro de 2017. − Empenho, liquidação e pagamento de despesa com Pessoal e Encargos Sociais no valor de R$ 850.000,00 referente a dezembro de 2017. − Empenho de despesa no valor de R$ 40.000,00 referente à aquisição de material de consumo. O material foi entregue pelo fornecedor e a despesa foi liquidada e paga pelo valor total do empenho
  3. 3. Prof. Gilmar Possati PROVA COMENTADA CLDF www.estrategiaconcursos.com.br 3 11 em janeiro de 2018. Todo o material adquirido foi utilizado pela entidade pública em janeiro de 2018. − Empenho de despesa corrente no valor de R$ 8.000,00 referente à contratação de Outros Serviços de Terceiros – Pessoa Física. O serviço foi prestado e a despesa foi liquidada pelo valor total do empenho em janeiro de 2018. A despesa foi paga pelo valor total do empenho em fevereiro de 2018. − Amortização de R$ 100.000,00 referentes ao principal de uma Operação de Crédito por Antecipação de Receita Orçamentária. − Pagamento de R$ 15.000,00 referentes a Restos a Pagar Processados inscritos em 31/12/2016. Os Restos a Pagar eram relativos à aquisição de um veículo. − Reconhecimento da depreciação mensal do ativo imobilizado no valor de R$ 20.000,00. − Reconhecimento de perdas de estoque no valor de R$ 9.000,00 decorrentes do ajuste ao valor realizável líquido. − Devolução de depósito caução no valor de R$ 10.000,00. (FCC/Consultor Técnico Legislativo/Contador/CLDF/2018)1. Com base nessas transações tomadas em conjunto, o impacto positivo no resultado patrimonial referente ao exercício financeiro de 2017 foi, em reais, a) 8.973.000,00 b) 8.921.000,00 c) 9.021.000,00 d) 9.011.000,00 e) 8.121.000,00 Comentários Para encontrar o resultado patrimonial, basta confrontar as VPAs com as VPDs. Assim, temos: Variações Patrimoniais Aumentativas 9.900.000,00 Receitas de Serviços 1.000.000,00 Receitas com Taxas 900.000,00 Receitas de Transferências Correntes 8.000.000,00 Variações Patrimoniais Diminutivas 879.000,00 Pessoal e Encargos Sociais 850.000,00 Depreciação 20.000,00 Perdas de estoque 9.000,00 Resultado patrimonial = VPAs – VPDs = 9.021.000,00 (impacto positivo)
  4. 4. Prof. Gilmar Possati PROVA COMENTADA CLDF www.estrategiaconcursos.com.br 4 11 Gabarito: C 2. (FCC/Consultor Técnico Legislativo/Contador/CLDF/2018) Com base nessas transações tomadas em conjunto, o impacto positivo no resultado financeiro referente ao ano de 2017 foi, em reais, a) 8.125.000,00 b) 8.025.000,00 c) 8.073.000,00 d) 8.925.000,00 e) 7.977.000,00 Comentários O Resultado Financeiro do Exercício (RFE) é obtido pelo confronto entre o total dos ingressos e o total dos dispêndios. Assim, temos: Ingressos 9.048.000,00 Orçamentários Receitas de Serviços 1.000.000,00 Transferências Correntes 8.000.000,00 Extraorçamentários Restos a Pagar inscritos (31/12/2017) 48.000,00 (40.000,00 + 8.000,00) Total Dispêndios 1.023.000,00 Orçamentários Pessoal e Encargos Sociais 850.000,00 Material de Consumo 40.000,00 Outros Serviços de Terceiros – Pessoa Física 8.000,00 Extraorçamentários Amortização de Operação de Crédito ARO 100.000,00 Restos a Pagar Processados 15.000,00 Devolução de depósito caução 10.000,00 RFE = R$ 9.048.000,00- R$ 1.023.000,00 RFE = R$ 8.025.000,00 Gabarito: B
  5. 5. Prof. Gilmar Possati PROVA COMENTADA CLDF www.estrategiaconcursos.com.br 5 11 (FCC/Consultor Técnico Legislativo/Contador/CLDF/2018)3. Com base nessas transações tomadas em conjunto e de acordo com o regime de competência, o aumento no valor do ativo total no mês de dezembro de 2017 foi, em reais, a) 8.896.000,00 b) 8.936.000,00 c) 7.996.000,00 d) 8.905.000,00 e) 8.906.000,00 Comentários Impacto positivo no ativo 9.900.000,00 Lançamento de Receitas de Serviços 1.000.000,00 Lançamento de Receitas com Taxas 900.000,00 Lançamento de Transferências Correntes 8.000.000,00 Impacto negativo no ativo 1.004.000,00 Pagamento de despesas com Pessoal e Encargos Sociais 850.000,00 Amortização Operação de Crédito ARO 100.000,00 Pagamento de Restos a Pagar Processados 15.000,00 Reconhecimento da Depreciação 20.000,00 Reconhecimento de Perdas de estoque 9.000,00 Devolução de depósito caução 10.000,00 Aumento do ativo total = 9.900.000,00 – 1.004.000,00 = 8.896.000,00 Gabarito: A 4. (FCC/Consultor Técnico Legislativo/Contador/CLDF/2018) Considere as informações a seguir referentes a um veículo de uma determinada entidade pública: 31/01/2017: Empenho de despesa no valor de R$ 48.000,00 para a aquisição do veículo. 28/02/2017: Entrega do veículo pelo fornecedor e liquidação da despesa pelo valor total do empenho. Nessa mesma data, o veículo foi colocado em uso. 31/03/2017: Pagamento da despesa pelo valor total do empenho. No dia da entrega, a vida útil econômica e o valor residual do veículo foram estimados, respectivamente, em 5 anos e R$ 3.000,00. Em 31/12/2017, após o reconhecimento da depreciação referente ao exercício financeiro de 2017, a entidade pública realizou o teste de redução ao valor recuperável do veículo e verificou que o seu valor em uso era R$ 42.000,00 e o
  6. 6. Prof. Gilmar Possati PROVA COMENTADA CLDF www.estrategiaconcursos.com.br 6 11 seu valor justo líquido de despesas de venda era R$ 39.000,00. Assim, sabendo que a entidade utiliza o método das cotas constantes para o cálculo da depreciação, o valor da variação patrimonial diminutiva reconhecida no exercício financeiro de 2017 referente ao veículo foi, em reais, a) 8.250,00 b) 6.750,00 c) 7.500,00 d) 9.000,00 e) 8.000,00 Comentários Com as informações disponibilizadas precisamos identificar a VPD de depreciação e se é o caso de VPD decorrente de perda a valor recuperável. Depreciação Valor Contábil 48.000,00 (-) Valor Residual (3.000,00) (=) Valor Depreciável 45.0000,00 Depreciação (2017) = 45.000,00/60 meses = 750,00/mês x 10 meses (março a dezembro) = 7.500,00 Logo, em 2017 houve o reconhecimento da VPD de depreciação no valor de R$ 7.500,00. Teste de Recuperabilidade Valor contábil = 40.500,00 (48.000,00 – 7.500,00) Valor recuperável = 42.000,00 (maior valor entre o valor justo líquido de despesas de venda e o valor em uso do ativo) Como o valor contábil é menor que o valor recuperável não há reconhecimento de VPD para redução ao valor recuperável. Logo, a única VPD reconhecida no exercício foi a de depreciação: R$ 7.500,00. Gabarito: C 5. (FCC/Consultor Técnico Legislativo/Contador/CLDF/2018) Em maio de 2018, um processo judicial foi instaurado contra determinada entidade pública em decorrência da desobediência a uma lei ambiental. Antes de realizar qualquer registro contábil, o setor jurídico avaliou que, em 31/05/2018, havia uma obrigação possível que poderia, mas, provavelmente, não iria exigir a saída de recursos. Assim, o registro contábil do processo judicial, em 31/05/2018, foi realizado com a utilização de contas do Plano de Contas Aplicado ao Setor Público das classes a) 2 e 3. b) 7 e 8. c) 2 e 4.
  7. 7. Prof. Gilmar Possati PROVA COMENTADA CLDF www.estrategiaconcursos.com.br 7 11 d) 5 e 6. e) 6 e 7. Comentários Segundo a NBC TSP 03, configura-se um passivo contingente quando há obrigação possível que possa, mas, provavelmente, não irá exigir a saída de recursos. Logo, o processo judicial instaurado contra a entidade pública em decorrência da desobediência a uma lei ambiental é um passivo contingente. Nos termos do MCASP, os passivos contingentes são registrados por meio de contas de controle do Plano de Contas Aplicado ao Setor Público (PCASP), classes 7 e 8. Assim, o registro contábil do processo judicial, em 31/05/2018, foi realizado com a utilização de contas do PCASP das classes 7 e 8. Gabarito: B 6. (FCC/Consultor Técnico Legislativo/Contador/CLDF/2018) Em conformidade com a NBC TSP − Estrutura Conceitual, o custo de reposição ou substituição equivale a uma base de mensuração dos ativos. Essa base a) proporciona valores de entrada, além de ser geral para todas as entidades. b) produz valores iguais para todas as entidades e dispensa a técnica de atribuição de valor. c) é observável no mercado e produz valores iguais para todas as entidades. d) gera valores de entrada e é observável no mercado. e) proporciona valores de entrada e saída, além de ser específica para cada entidade. Comentários Segundo a NBC TSP − Estrutura Conceitual, o custo de reposição ou substituição é uma base de mensuração dos ativos que fornece valores de entrada, é observável no mercado e é específica para a entidade. Gabarito: D
  8. 8. Prof. Gilmar Possati PROVA COMENTADA CLDF www.estrategiaconcursos.com.br 8 11 3 – LISTA DAS QUESTÕES Atenção: Para responder às questões a seguir, considere as informações a seguir extraídas do sistema de contabilidade de uma determinada entidade pública referentes às transações ocorridas no mês de dezembro de 2017: − Lançamento e arrecadação de Receitas de Serviços no valor de R$ 1.000.000,00. − Lançamento de Receitas com Taxas no valor de R$ 900.000,00. A receita foi arrecadada pelo valor total do lançamento em janeiro de 2018. − Recebimento de Transferências Correntes no valor de R$ 8.000.000,00, cujo direito foi reconhecido em dezembro de 2017. − Empenho, liquidação e pagamento de despesa com Pessoal e Encargos Sociais no valor de R$ 850.000,00 referente a dezembro de 2017. − Empenho de despesa no valor de R$ 40.000,00 referente à aquisição de material de consumo. O material foi entregue pelo fornecedor e a despesa foi liquidada e paga pelo valor total do empenho em janeiro de 2018. Todo o material adquirido foi utilizado pela entidade pública em janeiro de 2018. − Empenho de despesa corrente no valor de R$ 8.000,00 referente à contratação de Outros Serviços de Terceiros – Pessoa Física. O serviço foi prestado e a despesa foi liquidada pelo valor total do empenho em janeiro de 2018. A despesa foi paga pelo valor total do empenho em fevereiro de 2018. − Amortização de R$ 100.000,00 referentes ao principal de uma Operação de Crédito por Antecipação de Receita Orçamentária. − Pagamento de R$ 15.000,00 referentes a Restos a Pagar Processados inscritos em 31/12/2016. Os Restos a Pagar eram relativos à aquisição de um veículo. − Reconhecimento da depreciação mensal do ativo imobilizado no valor de R$ 20.000,00. − Reconhecimento de perdas de estoque no valor de R$ 9.000,00 decorrentes do ajuste ao valor realizável líquido. − Devolução de depósito caução no valor de R$ 10.000,00. (FCC/Consultor Técnico Legislativo/Contador/CLDF/2018)1. Com base nessas transações tomadas em conjunto, o impacto positivo no resultado patrimonial referente ao exercício financeiro de 2017 foi, em reais, a) 8.973.000,00 b) 8.921.000,00 c) 9.021.000,00 d) 9.011.000,00 e) 8.121.000,00
  9. 9. Prof. Gilmar Possati PROVA COMENTADA CLDF www.estrategiaconcursos.com.br 9 11 2. (FCC/Consultor Técnico Legislativo/Contador/CLDF/2018) Com base nessas transações tomadas em conjunto, o impacto positivo no resultado financeiro referente ao ano de 2017 foi, em reais, a) 8.125.000,00 b) 8.025.000,00 c) 8.073.000,00 d) 8.925.000,00 e) 7.977.000,00 (FCC/Consultor Técnico Legislativo/Contador/CLDF/2018)3. Com base nessas transações tomadas em conjunto e de acordo com o regime de competência, o aumento no valor do ativo total no mês de dezembro de 2017 foi, em reais, a) 8.896.000,00 b) 8.936.000,00 c) 7.996.000,00 d) 8.905.000,00 e) 8.906.000,00 4. (FCC/Consultor Técnico Legislativo/Contador/CLDF/2018) Considere as informações a seguir referentes a um veículo de uma determinada entidade pública: 31/01/2017: Empenho de despesa no valor de R$ 48.000,00 para a aquisição do veículo. 28/02/2017: Entrega do veículo pelo fornecedor e liquidação da despesa pelo valor total do empenho. Nessa mesma data, o veículo foi colocado em uso. 31/03/2017: Pagamento da despesa pelo valor total do empenho. No dia da entrega, a vida útil econômica e o valor residual do veículo foram estimados, respectivamente, em 5 anos e R$ 3.000,00. Em 31/12/2017, após o reconhecimento da depreciação referente ao exercício financeiro de 2017, a entidade pública realizou o teste de redução ao valor recuperável do veículo e verificou que o seu valor em uso era R$ 42.000,00 e o seu valor justo líquido de despesas de venda era R$ 39.000,00. Assim, sabendo que a entidade utiliza o método das cotas constantes para o cálculo da depreciação, o valor da variação patrimonial diminutiva reconhecida no exercício financeiro de 2017 referente ao veículo foi, em reais, a) 8.250,00 b) 6.750,00 c) 7.500,00 d) 9.000,00 e) 8.000,00
  10. 10. Prof. Gilmar Possati PROVA COMENTADA CLDF www.estrategiaconcursos.com.br 10 11 5. (FCC/Consultor Técnico Legislativo/Contador/CLDF/2018) Em maio de 2018, um processo judicial foi instaurado contra determinada entidade pública em decorrência da desobediência a uma lei ambiental. Antes de realizar qualquer registro contábil, o setor jurídico avaliou que, em 31/05/2018, havia uma obrigação possível que poderia, mas, provavelmente, não iria exigir a saída de recursos. Assim, o registro contábil do processo judicial, em 31/05/2018, foi realizado com a utilização de contas do Plano de Contas Aplicado ao Setor Público das classes a) 2 e 3. b) 7 e 8. c) 2 e 4. d) 5 e 6. e) 6 e 7. 6. (FCC/Consultor Técnico Legislativo/Contador/CLDF/2018) Em conformidade com a NBC TSP − Estrutura Conceitual, o custo de reposição ou substituição equivale a uma base de mensuração dos ativos. Essa base a) proporciona valores de entrada, além de ser geral para todas as entidades. b) produz valores iguais para todas as entidades e dispensa a técnica de atribuição de valor. c) é observável no mercado e produz valores iguais para todas as entidades. d) gera valores de entrada e é observável no mercado. e) proporciona valores de entrada e saída, além de ser específica para cada entidade.
  11. 11. Prof. Gilmar Possati 11 11 4 – GABARITO 1. 2. 3. 4. 5. 6. C B A C B D

×