SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 44
Baixar para ler offline
Padrões em
Governo
Eletrônico
 Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão
    Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação
                  Departamento de Governo Eletrônico
Todas informações 
    dessa apresentação  
    podem ser 
    acessadas no nosso 
    site:




governoeletronico.gov.br   2 de 44
DGE – Departamento de Governo Eletrônico

    Sítios
        
             Rede Governo (Guia de Serviços)
        
             Governo eletrônico


    Padrões:
        
          E-Mag
        
          Padrões Brasil e-gov


    Análise de sítios

    Indicadores e Pesquisas

    Criação de indicadores

    Gestão de domínios

    Apoio na criação, melhoria e unificação de e-serviços


                                                            3 de 44
Como nós, brasileiros, acessamos a web?




                                          4 de 44
Como acessamos a web

Já acessaram a internet
   90% classe A, 78% classe B 50% classe C 18% classe DE

Conexão de banda < 256 Kbps
             39% Classe C
             53% Classe DE


Conexão de banda 256-1Mpbs
 31% Classe A
 21% Classe B


• Acessam de Casa ou LanHouses
• Porque não tem acesso? Custo elevado/ Não tem como pagar (50%
  classe C, 61% Classes DE)

Fonte (Source): NIC.br - set/nov (sep/nov) 2009

                                                             5 de 44
Interação com o governo via Internet

   • 55% Não acessou serviços de governo eletrônico
     nos últimos três meses;
   • 41% Acessar informações sobre serviços e/ou
     órgãos públicos;
   • Emitir vias para pagamentos e taxas;
   • Fazer o download de documentos oficiais;
   • Enviar e-mails ou formulários oficiais preenchidos
     para órgãos públicos;
   • Fazer denúncias;

   Fonte (Source): NIC.br - set/nov (sep/nov) 2009




                                                          6 de 44
Motivos para não utilizar Governo Eletrônico

  
      56% Prefiro fazer o contato pessoalmente
  
      15% Preocupação com proteção e segurança dos meus
      dados
  
      13% Outro motivo
  
      12% Usar a Internet para contato com a administração
      pública é muito complicado

  Fonte (Source): NIC.br - set/nov (sep/nov) 2009




                                                        7 de 44
Contribuição da Consulta Pública da Cartilha de 
Usabilidade Padrões Brasil e­GOV.

Comentário: “Ótimo. O site da previdência social, 
pelo menos, é triste! Muito Confuso. Levei 5 dias 
para descobrir como recolher o INSS da senhora 
que trabalha aqui em casa. 




                                                     8 de 44
­ Dois conjuntos com uma intersecção:

Coisas na página inicial do site de uma universidade
• Slideshow de fotos do campus
•Ex­alunos nos jornais
•Passeio virtual
•Carta do presidente

Coisas que as pessoas vão ao site procurar:
Lista de telefones e emails da instituição
Mapa usável do campus
Calendário acadêmico
Formulários de inscrição
Lista de departamentos e cursos

No campo em comum aos dois conjuntos: Nome completo da escola




                                  http://xkcd.com/773/
                                                                9 de 44
Imagem mostrando a Página Brasil.gov.br como a página 
do google. Apenas com o nome e um campo de busca




                                                         10 de 44
O que são Padrões Web

•   Web   para todos
•   Web   em qualquer dispositivo
•   Web   base de conhecimento
•   Web   confiável e segura




                                    11 de 44
Padrões são importantes também para:




  Tornar as informações relevantes nas páginas de busca




                                                          12 de 44
Padrões são importantes também para:




      Para tirar proveito das tecnologias web 2.0




                                                    13 de 44
•Padrões são importantes para:
 Dados governamentais abertos

Dados governamentais abertos
1.   Se ele não pode ser encontrado na web e indexado,
     ele não existe.

2.   Se não estiver aberto e disponível em formato
     compreensível por máquina, ele não pode ser
     utilizado.

3.    Se qualquer dispositivo legal não permitir que ele
     seja reutilizado, ele não é útil.

        David Eaves http://eaves.ca/2009/09/30/three-law-of-open-government-data/



                                                                             14 de 44
Como o governo está em relação aos padrões?




                 91%
           Apresentam mais de um erro de validação
                4% não puderam ser avaliadas




                                                     15 de 44
Como o governo está em relação aos padrões?


    Descompasso entre as áreas técnicas e de
    comunicação;

    Qualificação;

    Falta de fiscalização/cobrança;

    “Grátis e Fácil”

    Entendimento da web como um canal de
    relacionamento com o cidadão.




                                               16 de 44
Padrões em Governo Eletrônico





    E-Mag (acessibilidade)

    Padrões Brasil e-gov

    e-PING




                                17 de 44
Ae-MAG (Acessibilidade)
                   Tim Berners-Lee, diretor do W3C afirma
                      que o poder da Web está na sua
                      universalidade. Para ele, “ser
                      acessada por todos, independente
                      de deficiência, é um aspecto
                      essencial”.

                   A acessibilidade na Web significa,
                      portanto, permitir o acesso a
                      todos, independente do tipo de
                      usuário, situação ou ferramenta.




                                                      18 de 44
Acessibilidade - Dados
De acordo com os dados do Censo de 2000, 24,5 milhões de
pessoas (14,5%) da população brasileira, que apresentam
algum tipo de incapacidade ou deficiência.

         8,3% apresentam deficiência mental
         4,1 % apresentam deficiência física
         48,1% apresentam deficiência visual
         16,7% apresentam deficiência auditiva.




                                                           19 de 44
Acessibilidade - Dados

Motivos pelos quais nunca utilizou a internet


53%
Falta de habilidade com
o computador/internet
Fonte: Pesquisa TIC Domicílios 2009 –CGI.br
Pessoas que nunca acessaram a internet, mas usaram um computador




                                                                   20 de 44
98%
das páginas do governo não são acessíveis




                                            21 de 44
Acessibilidade - Legislação

Lei Nº 10.098, de 19 de dezembro de 2000

Decreto Nº 5.296, de 2 dezembro de 2004

Portaria Nº3, de 7 de maio de 2007

Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência
(2007) Ratificada pelo Congresso Nacional em 09/07/2008
pelo decreto legislativo nº 186/2008 e todos os seus artigos
são de aplicação imediata




                                                               22 de 44
Modelo de Acessibilidade de Governo Eletrônico (e-MAG)

                       Conjunto de recomendações a
                        ser considerado para que o
                        processo de acessibilidade
                        dos sítios e portais do
                        Governo Brasileiro.

                       Criado a partir da pesquisa em
                        legislações de 12 países – em especial
                        a Irlanda;
                       Internet como escopo inicial.
                       Em maio de 2007 o modelo passou a ser
                        obrigatório no âmbito do SISP por
                        intermédio da Portaria nº 03.


                                                                 23 de 44
Modelo de Acessibilidade de Governo Eletrônico (e-MAG)


Recomendações de Acessibilidade

     Formam a base para o processo de acessibilidade;
     Segmentadas conforme os Níveis de Prioridades
     Possuem uma ordenação e numeração lógica,
      compatível com a segmentação por Níveis de
      Prioridades;




                                                         24 de 44
Modelo de Acessibilidade de Governo Eletrônico (e-MAG)


Níveis de prioridade:

Nível de Prioridade 1: Mínimo. Exigências básicas de
  acessibilidade. Pontos em que os criadores e adaptadores de
  conteúdo Web devem satisfazer inteiramente. Se não cumpridas,
  grupos de usuários ficarão impossibilitados de acessar as
  informações do documento.


Recomendação 1.13 - Fornecer resumos das tabelas utilizando o
  atributo “summary”, caso seja criada uma tabela para dados. Se a
  tabela foi criada para efeito de design, deixar o “summary” em
  branco.




                                                               25 de 44
Modelo de Acessibilidade de Governo Eletrônico (e-MAG)

Nível de Prioridade 2: Importante. Normas e recomendações de
  acessibilidade cuja implementação garante o acesso às
  informações do documento. Se não cumpridas, grupos de usuários
  terão dificuldades para navegar e acessar as informações do
  documento.


Recomendação 2.4 - Não criar páginas com atualização automática
  periódica, até que os leitores de tela ou navegadores possibilitem
  o controle da atualização para o usuário. Não utilize a tag meta
  “refresh” ou dispositivos semelhantes para atualização da página.
  Caso a página seja continuamente atualizada, informe ao usuário
  que ele deve “recarregar” a página de tempos em tempos.




                                                                 26 de 44
Modelo de Acessibilidade de Governo Eletrônico (e-MAG)

Nível de Prioridade 3: Desejável. Normas e recomendações de
  acessibilidade que sendo implementadas facilitarão o acesso aos
  documentos armazenados na Web. Se não cumpridas, grupos de
  usuários poderão encontrar dificuldades para acessar as
  informações dos documentos armazenados na Web.


Recomendação 3.1 - Não usar elementos considerados
  ultrapassados pelo W3C.
Evite usar comandos que caíram em desuso pelo HTML 4.0 como
   “blink” , “marquee” , “applet”, “basefont”, “center”, “dir”, “align”,
   “font”, “isindex”, “menu”, “strike”, “u”. Para as formatações dê
   preferência ao uso de folhas de estilo. Os comandos “listing”,
   “plaintext” e “xmp” que podem ser substituídos pelo comando
   “pre”.




                                                                     27 de 44
Processo de acessibilidade

1. Verificar a necessidade de
   acessibilidade;
2. Tornar acessível o
   conteúdo;

3. Validar a acessibilidade;

4. Promover a acessibilidade
   conquistada

5. Garantir a continuidade da
   acessibilidade



                                28 de 44
Apoio, ferramentas e disseminação

                     Cursos on-line
                     •Ambiente de EAD
                     •Curso Modelo – 10 horas
                     •Curso Cartilha – 30 horas


                     Fórum
                     Discussão e implementação do
                     modelo. É um espaço para o
                     desenvolvedor trocar experiências
                     e tirar suas dúvidas.
                      www.governoeletronico.gov.br/forum




                                                     29 de 44
Tela inicial do ASES




                       30 de 44
Avaliador e Simulador para Acessibilidade de
Sítios - ASES
 1. Avaliadores
     •    Avaliador de acessibilidade web;
     •    Avaliador de código HTML/XHTML;
     •    Avaliador de código CSS.

 2. Simuladores
     •   Simulador de navegação para cegos;
     •   Simulador de navegação para baixa visão.

 3. Ferramentas de apoio
     •   Associador de textos alternativos para as tags: img, object e
         script;
     •   Associador de rótulos;
     •   Editor de DocTypes;
     •   Preenchedor de formulários;
     •   Links redundantes;
     •   Corretor de eventos.

                                                                     31 de 44
Comunidade ASES no portal de software público




                                                32 de 44
Outros documentos de suporte



    Textos explicativos; tabelas, formulários, texto
    alternativo para imagens;

    Checklists: para programadores/analistas
     e portadores de deficiência;

    Comparativos de leitores de Tela;

    Documentos sobre validadores automáticos.




                                                       33 de 44
Padrões Brasil e-GOV




                 Iniciativa do Departamento de
                    Governo Eletrônico com objetivo
                    de qualificar e orientar o
                    desenvolvimento de páginas, sítios
                    e portais do Governo Federal.




                                                   34 de 44
Padrões Brasil e-GOV
Desdobramentos esperados

Para o cidadão:
1   Páginas mais leves e coerentes;
2   Serviços acessíveis em diversos dispositivos;
3  Facilidade de leitura, apreensão do conteúdo e navegação;
4  Diminuição na curva de aprendizado;
5 Qualificação na comunicação com o governo.
 




                                                          35 de 44
Padrões Brasil e-GOV
Desdobramentos esperados
 
Para o governo:
1  Custos de banda/servidor reduzidos;
2  Subsídios para licitação e contratação de empresas;
3  Diminuição nos tempos e custos de desenvolvimento e
   manutenção;
4  Qualificação na comunicação do governo com o cidadão.




                                                           36 de 44
Padrões Brasil e-GOV




                 Componentes:

                 
                     Cartilhas de recomendações;
                 
                     Guia de administração;
                 
                     Modelos e arquivos-base.




                                                   37
Padrões Brasil e-GOV




                Cartilha de codificação
                Disponível

                Detalha recomendações de boas
                  práticas em codificação, de acordo
                  com os padrões web do World Wide
                  Web Consortium (W3C).




                                                       38
Padrões Brasil e-GOV




                 Guia de administração
                 Disponível

                 Detalha o que é necessário para a
                 concepção, desenvolvimento,
                 manutenção e gestão de sítios e portais
                 governamentais.




                                                           39
Padrões Brasil e-GOV




                 Cartilha de Usabilidade
                 Disponível

                 Apresenta heurísticas (recomendações)
                 em usabilidade, exemplos práticos e
                 orientações para testes.




                                                         40
Padrões Brasil e-GOV




                 Cartilha de redação web
                 Disponível

                 Detalha recomendações de boas
                 práticas em redação web (webwriting).




                                                         41
Padrões Brasil e-GOV




                 Cartilha de desenho e
                 arquitetura de informação
                 em produção


                 Detalha recomendações de boas
                 práticas em desenho e arquitetura de
                 informação, lista de tipos de sítios,
                 utilização de imagens, identidade visual
                 e navegação.




                                                            42
Padrões Brasil e-GOV



                 Modelos e arquivos base
                 Em produção

                 
                     Lista de gerenciadores de conteúdo;
                 
                     Modelos de diagramação;
                 
                     Modelos de formulários;
                 
                     Folhas de estilo base;
                 
                     Tutoriais;
                 
                     Ícones padrões.



                                                           43
Fernanda Hoffmann Lobato


              Departamento de Governo Eletrônico
Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação
  Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão

                   www.governoeletronico.gov.br
            Fernanda.lobato@planejamento.gov.br
                             +55 (61) 20201738


                                              44 de 44

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Evento de Redação Web

Palestra na Unirio - Tese de Doutorado
Palestra na Unirio - Tese de DoutoradoPalestra na Unirio - Tese de Doutorado
Palestra na Unirio - Tese de Doutorado
Luiz Agner
 
Acessibilidade na Web - CPBR Recife 2012
Acessibilidade na Web - CPBR Recife 2012Acessibilidade na Web - CPBR Recife 2012
Acessibilidade na Web - CPBR Recife 2012
Reinaldo Ferraz
 

Semelhante a Evento de Redação Web (20)

Modelo Brasileiro de Acessibilidade em Governo Eletrônico
Modelo Brasileiro de Acessibilidade em Governo EletrônicoModelo Brasileiro de Acessibilidade em Governo Eletrônico
Modelo Brasileiro de Acessibilidade em Governo Eletrônico
 
Padrões em Governo Eletrônico
Padrões em Governo EletrônicoPadrões em Governo Eletrônico
Padrões em Governo Eletrônico
 
Acessibilidade Comunicacional
Acessibilidade ComunicacionalAcessibilidade Comunicacional
Acessibilidade Comunicacional
 
Melhorando o acesso ao governo com o melhor uso da Interner
Melhorando o acesso ao governo com o melhor uso da InternerMelhorando o acesso ao governo com o melhor uso da Interner
Melhorando o acesso ao governo com o melhor uso da Interner
 
Acessibilidade e e-MAG
Acessibilidade e e-MAGAcessibilidade e e-MAG
Acessibilidade e e-MAG
 
e-MAG 3.0 - 3a. Conferência Web W3C Brasil
e-MAG 3.0 - 3a. Conferência Web W3C Brasile-MAG 3.0 - 3a. Conferência Web W3C Brasil
e-MAG 3.0 - 3a. Conferência Web W3C Brasil
 
Acessibilidade digital no contexto do poder executivo federal brasileiro - IR...
Acessibilidade digital no contexto do poder executivo federal brasileiro - IR...Acessibilidade digital no contexto do poder executivo federal brasileiro - IR...
Acessibilidade digital no contexto do poder executivo federal brasileiro - IR...
 
Apresentação e-GOV na Expo Xangai 2010br
Apresentação e-GOV na Expo Xangai 2010brApresentação e-GOV na Expo Xangai 2010br
Apresentação e-GOV na Expo Xangai 2010br
 
Programa de Governo Eletrônico Brasileiro no ARENA CODE
Programa de Governo Eletrônico Brasileiro no ARENA CODEPrograma de Governo Eletrônico Brasileiro no ARENA CODE
Programa de Governo Eletrônico Brasileiro no ARENA CODE
 
Governo Eletrônico Brasileiro
Governo Eletrônico Brasileiro Governo Eletrônico Brasileiro
Governo Eletrônico Brasileiro
 
Padrões Web em Governo Eletrônico e-PWG
Padrões Web em Governo Eletrônico e-PWGPadrões Web em Governo Eletrônico e-PWG
Padrões Web em Governo Eletrônico e-PWG
 
Políticas Públicas para Acesso e Uso da Internet
Políticas Públicas para Acesso e Uso da Internet Políticas Públicas para Acesso e Uso da Internet
Políticas Públicas para Acesso e Uso da Internet
 
RioInfo 2010: Seminário de Tecnologia - Mesa 1 - Integração e Convergência Va...
RioInfo 2010: Seminário de Tecnologia - Mesa 1 - Integração e Convergência Va...RioInfo 2010: Seminário de Tecnologia - Mesa 1 - Integração e Convergência Va...
RioInfo 2010: Seminário de Tecnologia - Mesa 1 - Integração e Convergência Va...
 
Padrões E-Gov
Padrões E-GovPadrões E-Gov
Padrões E-Gov
 
Palestra na Unirio - Tese de Doutorado
Palestra na Unirio - Tese de DoutoradoPalestra na Unirio - Tese de Doutorado
Palestra na Unirio - Tese de Doutorado
 
Acessibilidade na WEB
Acessibilidade na WEBAcessibilidade na WEB
Acessibilidade na WEB
 
Evento Cinteq - apresentando e-MAG
Evento Cinteq - apresentando e-MAGEvento Cinteq - apresentando e-MAG
Evento Cinteq - apresentando e-MAG
 
E gov(5)
E gov(5)E gov(5)
E gov(5)
 
Apresentação oficial do e-MAG 3.0 em 21 de setembro de 2011
Apresentação oficial do e-MAG 3.0  em 21 de setembro de 2011Apresentação oficial do e-MAG 3.0  em 21 de setembro de 2011
Apresentação oficial do e-MAG 3.0 em 21 de setembro de 2011
 
Acessibilidade na Web - CPBR Recife 2012
Acessibilidade na Web - CPBR Recife 2012Acessibilidade na Web - CPBR Recife 2012
Acessibilidade na Web - CPBR Recife 2012
 

Mais de GovBR

Novo Paradigma das Compras Governamentais
Novo Paradigma das Compras GovernamentaisNovo Paradigma das Compras Governamentais
Novo Paradigma das Compras Governamentais
GovBR
 
Software Público Brasileiro, 4CMBR e Dados Abertos
Software Público Brasileiro, 4CMBR e Dados AbertosSoftware Público Brasileiro, 4CMBR e Dados Abertos
Software Público Brasileiro, 4CMBR e Dados Abertos
GovBR
 
Acessibilidade na Web: Implementando Serviços Públicos Municipais Acessíveis ...
Acessibilidade na Web: Implementando Serviços Públicos Municipais Acessíveis ...Acessibilidade na Web: Implementando Serviços Públicos Municipais Acessíveis ...
Acessibilidade na Web: Implementando Serviços Públicos Municipais Acessíveis ...
GovBR
 
Uso do Portal de Compras Governamentais pelos Municípios
Uso do Portal de Compras Governamentais pelos MunicípiosUso do Portal de Compras Governamentais pelos Municípios
Uso do Portal de Compras Governamentais pelos Municípios
GovBR
 

Mais de GovBR (20)

"A Tecnologia em prol da acessibilidade: construindo uma WEB acessível a todos"
"A Tecnologia em prol da acessibilidade: construindo uma WEB acessível a todos""A Tecnologia em prol da acessibilidade: construindo uma WEB acessível a todos"
"A Tecnologia em prol da acessibilidade: construindo uma WEB acessível a todos"
 
Identidade Padrão de Comunicação Digital do Governo Federal
Identidade Padrão de Comunicação Digital do Governo FederalIdentidade Padrão de Comunicação Digital do Governo Federal
Identidade Padrão de Comunicação Digital do Governo Federal
 
“Guia Turismo Acessível” um País onde Todos podem Viajar!
“Guia Turismo Acessível” um País onde Todos podem Viajar!“Guia Turismo Acessível” um País onde Todos podem Viajar!
“Guia Turismo Acessível” um País onde Todos podem Viajar!
 
Destaques e Melhorias da Nova Versão do eMAG
Destaques e Melhorias da Nova Versão do eMAG Destaques e Melhorias da Nova Versão do eMAG
Destaques e Melhorias da Nova Versão do eMAG
 
O Governo Eletrônico Brasileiro em Perspectiva
O Governo Eletrônico Brasileiro em PerspectivaO Governo Eletrônico Brasileiro em Perspectiva
O Governo Eletrônico Brasileiro em Perspectiva
 
Sítios Acessiveis
Sítios AcessiveisSítios Acessiveis
Sítios Acessiveis
 
Aplicações de Governo Eletrônico - Tecnologias Assistivas com Software Livre
 Aplicações de Governo Eletrônico - Tecnologias Assistivas com Software Livre Aplicações de Governo Eletrônico - Tecnologias Assistivas com Software Livre
Aplicações de Governo Eletrônico - Tecnologias Assistivas com Software Livre
 
Relatos da WWW2013
Relatos da WWW2013Relatos da WWW2013
Relatos da WWW2013
 
Acessibilidade
AcessibilidadeAcessibilidade
Acessibilidade
 
Desenvolvimento de Interfaces Web e Segurança de Certificados e Assinaturas D...
Desenvolvimento de Interfaces Web e Segurança de Certificados e Assinaturas D...Desenvolvimento de Interfaces Web e Segurança de Certificados e Assinaturas D...
Desenvolvimento de Interfaces Web e Segurança de Certificados e Assinaturas D...
 
Interoperabilidade Semântica e Trabalho em Rede
 Interoperabilidade Semântica e Trabalho em Rede Interoperabilidade Semântica e Trabalho em Rede
Interoperabilidade Semântica e Trabalho em Rede
 
Guia de Serviços Públicos do Governo Federal
Guia de Serviços Públicos do Governo FederalGuia de Serviços Públicos do Governo Federal
Guia de Serviços Públicos do Governo Federal
 
Integração de Protocolos do Governo Federal
Integração de Protocolos do Governo FederalIntegração de Protocolos do Governo Federal
Integração de Protocolos do Governo Federal
 
Cartilha do SICONV
Cartilha do SICONVCartilha do SICONV
Cartilha do SICONV
 
Cartilha do Software Público Brasileiro
Cartilha do Software Público BrasileiroCartilha do Software Público Brasileiro
Cartilha do Software Público Brasileiro
 
Siconv - Sistema de Gestão de Convênios e Contratos de Repasse
Siconv - Sistema de Gestão de Convênios e Contratos de RepasseSiconv - Sistema de Gestão de Convênios e Contratos de Repasse
Siconv - Sistema de Gestão de Convênios e Contratos de Repasse
 
Novo Paradigma das Compras Governamentais
Novo Paradigma das Compras GovernamentaisNovo Paradigma das Compras Governamentais
Novo Paradigma das Compras Governamentais
 
Software Público Brasileiro, 4CMBR e Dados Abertos
Software Público Brasileiro, 4CMBR e Dados AbertosSoftware Público Brasileiro, 4CMBR e Dados Abertos
Software Público Brasileiro, 4CMBR e Dados Abertos
 
Acessibilidade na Web: Implementando Serviços Públicos Municipais Acessíveis ...
Acessibilidade na Web: Implementando Serviços Públicos Municipais Acessíveis ...Acessibilidade na Web: Implementando Serviços Públicos Municipais Acessíveis ...
Acessibilidade na Web: Implementando Serviços Públicos Municipais Acessíveis ...
 
Uso do Portal de Compras Governamentais pelos Municípios
Uso do Portal de Compras Governamentais pelos MunicípiosUso do Portal de Compras Governamentais pelos Municípios
Uso do Portal de Compras Governamentais pelos Municípios
 

Último

Último (8)

ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
 
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo PagliusiPalestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
 
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
 
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINASCOI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
 
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
 
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)
 
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIAEAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
 
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo PagliusiEntrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
 

Evento de Redação Web

  • 1. Padrões em Governo Eletrônico Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação Departamento de Governo Eletrônico
  • 2. Todas informações  dessa apresentação   podem ser  acessadas no nosso  site: governoeletronico.gov.br 2 de 44
  • 3. DGE – Departamento de Governo Eletrônico  Sítios  Rede Governo (Guia de Serviços)  Governo eletrônico  Padrões:  E-Mag  Padrões Brasil e-gov  Análise de sítios  Indicadores e Pesquisas  Criação de indicadores  Gestão de domínios  Apoio na criação, melhoria e unificação de e-serviços 3 de 44
  • 5. Como acessamos a web Já acessaram a internet 90% classe A, 78% classe B 50% classe C 18% classe DE Conexão de banda < 256 Kbps  39% Classe C  53% Classe DE Conexão de banda 256-1Mpbs  31% Classe A  21% Classe B • Acessam de Casa ou LanHouses • Porque não tem acesso? Custo elevado/ Não tem como pagar (50% classe C, 61% Classes DE) Fonte (Source): NIC.br - set/nov (sep/nov) 2009 5 de 44
  • 6. Interação com o governo via Internet • 55% Não acessou serviços de governo eletrônico nos últimos três meses; • 41% Acessar informações sobre serviços e/ou órgãos públicos; • Emitir vias para pagamentos e taxas; • Fazer o download de documentos oficiais; • Enviar e-mails ou formulários oficiais preenchidos para órgãos públicos; • Fazer denúncias; Fonte (Source): NIC.br - set/nov (sep/nov) 2009 6 de 44
  • 7. Motivos para não utilizar Governo Eletrônico  56% Prefiro fazer o contato pessoalmente  15% Preocupação com proteção e segurança dos meus dados  13% Outro motivo  12% Usar a Internet para contato com a administração pública é muito complicado Fonte (Source): NIC.br - set/nov (sep/nov) 2009 7 de 44
  • 11. O que são Padrões Web • Web para todos • Web em qualquer dispositivo • Web base de conhecimento • Web confiável e segura 11 de 44
  • 12. Padrões são importantes também para: Tornar as informações relevantes nas páginas de busca 12 de 44
  • 13. Padrões são importantes também para: Para tirar proveito das tecnologias web 2.0 13 de 44
  • 14. •Padrões são importantes para: Dados governamentais abertos Dados governamentais abertos 1. Se ele não pode ser encontrado na web e indexado, ele não existe. 2. Se não estiver aberto e disponível em formato compreensível por máquina, ele não pode ser utilizado. 3. Se qualquer dispositivo legal não permitir que ele seja reutilizado, ele não é útil. David Eaves http://eaves.ca/2009/09/30/three-law-of-open-government-data/ 14 de 44
  • 15. Como o governo está em relação aos padrões? 91% Apresentam mais de um erro de validação 4% não puderam ser avaliadas 15 de 44
  • 16. Como o governo está em relação aos padrões?  Descompasso entre as áreas técnicas e de comunicação;  Qualificação;  Falta de fiscalização/cobrança;  “Grátis e Fácil”  Entendimento da web como um canal de relacionamento com o cidadão. 16 de 44
  • 17. Padrões em Governo Eletrônico  E-Mag (acessibilidade)  Padrões Brasil e-gov  e-PING 17 de 44
  • 18. Ae-MAG (Acessibilidade) Tim Berners-Lee, diretor do W3C afirma que o poder da Web está na sua universalidade. Para ele, “ser acessada por todos, independente de deficiência, é um aspecto essencial”. A acessibilidade na Web significa, portanto, permitir o acesso a todos, independente do tipo de usuário, situação ou ferramenta. 18 de 44
  • 19. Acessibilidade - Dados De acordo com os dados do Censo de 2000, 24,5 milhões de pessoas (14,5%) da população brasileira, que apresentam algum tipo de incapacidade ou deficiência.  8,3% apresentam deficiência mental  4,1 % apresentam deficiência física  48,1% apresentam deficiência visual  16,7% apresentam deficiência auditiva. 19 de 44
  • 20. Acessibilidade - Dados Motivos pelos quais nunca utilizou a internet 53% Falta de habilidade com o computador/internet Fonte: Pesquisa TIC Domicílios 2009 –CGI.br Pessoas que nunca acessaram a internet, mas usaram um computador 20 de 44
  • 21. 98% das páginas do governo não são acessíveis 21 de 44
  • 22. Acessibilidade - Legislação Lei Nº 10.098, de 19 de dezembro de 2000 Decreto Nº 5.296, de 2 dezembro de 2004 Portaria Nº3, de 7 de maio de 2007 Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência (2007) Ratificada pelo Congresso Nacional em 09/07/2008 pelo decreto legislativo nº 186/2008 e todos os seus artigos são de aplicação imediata 22 de 44
  • 23. Modelo de Acessibilidade de Governo Eletrônico (e-MAG) Conjunto de recomendações a ser considerado para que o processo de acessibilidade dos sítios e portais do Governo Brasileiro. Criado a partir da pesquisa em legislações de 12 países – em especial a Irlanda; Internet como escopo inicial. Em maio de 2007 o modelo passou a ser obrigatório no âmbito do SISP por intermédio da Portaria nº 03. 23 de 44
  • 24. Modelo de Acessibilidade de Governo Eletrônico (e-MAG) Recomendações de Acessibilidade  Formam a base para o processo de acessibilidade;  Segmentadas conforme os Níveis de Prioridades  Possuem uma ordenação e numeração lógica, compatível com a segmentação por Níveis de Prioridades; 24 de 44
  • 25. Modelo de Acessibilidade de Governo Eletrônico (e-MAG) Níveis de prioridade: Nível de Prioridade 1: Mínimo. Exigências básicas de acessibilidade. Pontos em que os criadores e adaptadores de conteúdo Web devem satisfazer inteiramente. Se não cumpridas, grupos de usuários ficarão impossibilitados de acessar as informações do documento. Recomendação 1.13 - Fornecer resumos das tabelas utilizando o atributo “summary”, caso seja criada uma tabela para dados. Se a tabela foi criada para efeito de design, deixar o “summary” em branco. 25 de 44
  • 26. Modelo de Acessibilidade de Governo Eletrônico (e-MAG) Nível de Prioridade 2: Importante. Normas e recomendações de acessibilidade cuja implementação garante o acesso às informações do documento. Se não cumpridas, grupos de usuários terão dificuldades para navegar e acessar as informações do documento. Recomendação 2.4 - Não criar páginas com atualização automática periódica, até que os leitores de tela ou navegadores possibilitem o controle da atualização para o usuário. Não utilize a tag meta “refresh” ou dispositivos semelhantes para atualização da página. Caso a página seja continuamente atualizada, informe ao usuário que ele deve “recarregar” a página de tempos em tempos. 26 de 44
  • 27. Modelo de Acessibilidade de Governo Eletrônico (e-MAG) Nível de Prioridade 3: Desejável. Normas e recomendações de acessibilidade que sendo implementadas facilitarão o acesso aos documentos armazenados na Web. Se não cumpridas, grupos de usuários poderão encontrar dificuldades para acessar as informações dos documentos armazenados na Web. Recomendação 3.1 - Não usar elementos considerados ultrapassados pelo W3C. Evite usar comandos que caíram em desuso pelo HTML 4.0 como “blink” , “marquee” , “applet”, “basefont”, “center”, “dir”, “align”, “font”, “isindex”, “menu”, “strike”, “u”. Para as formatações dê preferência ao uso de folhas de estilo. Os comandos “listing”, “plaintext” e “xmp” que podem ser substituídos pelo comando “pre”. 27 de 44
  • 28. Processo de acessibilidade 1. Verificar a necessidade de acessibilidade; 2. Tornar acessível o conteúdo; 3. Validar a acessibilidade; 4. Promover a acessibilidade conquistada 5. Garantir a continuidade da acessibilidade 28 de 44
  • 29. Apoio, ferramentas e disseminação Cursos on-line •Ambiente de EAD •Curso Modelo – 10 horas •Curso Cartilha – 30 horas Fórum Discussão e implementação do modelo. É um espaço para o desenvolvedor trocar experiências e tirar suas dúvidas. www.governoeletronico.gov.br/forum 29 de 44
  • 31. Avaliador e Simulador para Acessibilidade de Sítios - ASES 1. Avaliadores • Avaliador de acessibilidade web; • Avaliador de código HTML/XHTML; • Avaliador de código CSS. 2. Simuladores • Simulador de navegação para cegos; • Simulador de navegação para baixa visão. 3. Ferramentas de apoio • Associador de textos alternativos para as tags: img, object e script; • Associador de rótulos; • Editor de DocTypes; • Preenchedor de formulários; • Links redundantes; • Corretor de eventos. 31 de 44
  • 33. Outros documentos de suporte  Textos explicativos; tabelas, formulários, texto alternativo para imagens;  Checklists: para programadores/analistas e portadores de deficiência;  Comparativos de leitores de Tela;  Documentos sobre validadores automáticos. 33 de 44
  • 34. Padrões Brasil e-GOV Iniciativa do Departamento de Governo Eletrônico com objetivo de qualificar e orientar o desenvolvimento de páginas, sítios e portais do Governo Federal. 34 de 44
  • 35. Padrões Brasil e-GOV Desdobramentos esperados Para o cidadão: 1   Páginas mais leves e coerentes; 2   Serviços acessíveis em diversos dispositivos; 3  Facilidade de leitura, apreensão do conteúdo e navegação; 4  Diminuição na curva de aprendizado; 5 Qualificação na comunicação com o governo.   35 de 44
  • 36. Padrões Brasil e-GOV Desdobramentos esperados   Para o governo: 1  Custos de banda/servidor reduzidos; 2  Subsídios para licitação e contratação de empresas; 3  Diminuição nos tempos e custos de desenvolvimento e manutenção; 4  Qualificação na comunicação do governo com o cidadão. 36 de 44
  • 37. Padrões Brasil e-GOV Componentes:  Cartilhas de recomendações;  Guia de administração;  Modelos e arquivos-base. 37
  • 38. Padrões Brasil e-GOV Cartilha de codificação Disponível Detalha recomendações de boas práticas em codificação, de acordo com os padrões web do World Wide Web Consortium (W3C). 38
  • 39. Padrões Brasil e-GOV Guia de administração Disponível Detalha o que é necessário para a concepção, desenvolvimento, manutenção e gestão de sítios e portais governamentais. 39
  • 40. Padrões Brasil e-GOV Cartilha de Usabilidade Disponível Apresenta heurísticas (recomendações) em usabilidade, exemplos práticos e orientações para testes. 40
  • 41. Padrões Brasil e-GOV Cartilha de redação web Disponível Detalha recomendações de boas práticas em redação web (webwriting). 41
  • 42. Padrões Brasil e-GOV Cartilha de desenho e arquitetura de informação em produção Detalha recomendações de boas práticas em desenho e arquitetura de informação, lista de tipos de sítios, utilização de imagens, identidade visual e navegação. 42
  • 43. Padrões Brasil e-GOV Modelos e arquivos base Em produção  Lista de gerenciadores de conteúdo;  Modelos de diagramação;  Modelos de formulários;  Folhas de estilo base;  Tutoriais;  Ícones padrões. 43
  • 44. Fernanda Hoffmann Lobato Departamento de Governo Eletrônico Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão www.governoeletronico.gov.br Fernanda.lobato@planejamento.gov.br +55 (61) 20201738 44 de 44