Dos Recursos Educacionais aos Recursos Educacionais Abertos (REA)

115 visualizações

Publicada em

Slides elaborados em 2014 por Rodrigo Freese Gonzatto e Raquel Pasternak Glitz Kowalski para o PRAPETEC - Prática Pedagógica no Ensino e Aprendizagem com Tecnologias Educacionais, do PPGE (PUCPR, Curitiba).

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
115
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Dos Recursos Educacionais aos Recursos Educacionais Abertos (REA)

  1. 1. PRAPETEC RECURSOS EDUCACIONAIS PRAPETEC - Prática Pedagógica no Ensino e Aprendizagem com Tecnologias Educacionais PPGE - PUCPR - Grupo de Pesquisa - 2014 Prof. Dr. Patrícia Lupion TorresCamila Ferreira da Costa Teixeira Danielle Cristine Boaron Gislaine Coimbra Budel Giovana Vaz da Silva Katia Ethiénne Esteves dos Santos Luciane Hilu Neusa Nogueira Fialho Raquel Pasternak Glitz Kowalski Rita de Cássia Veiga Marriott Suyanne Tolentino de Souza Rodrigo F. Gonzatto (colaboração)
  2. 2. PRAPETEC O QUE SÃO RECURSOS EDUCACIONAIS? “Recursos educacionais são as ferramentas disponíveis no ambiente para criar, armazenar e organizar o conteúdo educacional.” Trecho de: ISOTANI et al., 2009 (grifos nossos) http://ceie-sbc.educacao.ws/pub/index.php/rbie/article/viewFile/4/4
  3. 3. PRAPETEC IMPORTÂNCIA DOS RECURSOS EDUCACIONAIS NA EDUCAÇÃO Recursos educacionais são artefatos fundamentais na mediação na relação ensino-aprendizagem, como no processo de interação entre professores, professoras, alunos, alunas, e o conhecimento educacional. O conceito de mediação é fundamental em diversos fundamentos educacionais, como no pensamento de Vygotsky, para quem a relação entre ser humano e mundo era uma relação mediada, e não direta, pois os sistemas simbólicos são intermediários entre sujeito e a realidade em que está inserido. Referência: OLIVEIRA, 1993, p.24 http://www2.ucg.br/flash/artigos/041126todorov.html
  4. 4. PRAPETEC • Objetos de aprendizagem (textos, exercícios, cursos, atividades, etc) • Serviços educacionais semânticos (utilizados para composição de cursos e outras tarefas internas do sistema) • Ontologias educacionais Adaptação nossa de ISOTANI et al., 2009 http://ceie- sbc.educacao.ws/pub/index.php/rbie/article/vie wFile/4/4 • Livros • Livros digitais: E-books • Apostilas • Textos • Vídeos • Exercícios • Aplicativos • Sites • Entre outros... EXEMPLOS DE RECURSOS EDUCACIONAIS
  5. 5. PRAPETEC PROBLEMÁTICA ATUAL DOS RECURSOS EDUCACIONAIS Existem diversas questões associadas a produção, uso e distribuição de Recursos Educacionais. Uma delas é contradição entre a sociedade e que precisa disseminar informações e conhecimentos, utilizando recursos educacionais para este fim, e a proteção de direitos da autoria e de propriedade intelectual destes recursos, que tem por base a restrição no compartilhamento e formas de uso. Esta problemática é acentuada com recursos educacionais em formato digital, já que recursos são indispensáveis para o Ensino a Distância (EaD) por Ambientes Virtuais de Aprendizagem (AVA), por exemplo. “Um educador não tem completa autonomia para decidir sobre sua própria criação quando utiliza-se de formatos proprietários. Dependendo do formato utilizado ao criar ou abrir um Recurso Educacional, ele não permite que o trabalho realizado possa ser recortado, ampliado, remixado, recombinado e nem melhorado. Existem formatos que excluem as práticas culturais recombinantes sendo completamente impróprios para sua utilização no processo educacional.” Trecho de: SILVEIRA, 2012
  6. 6. PRAPETEC RECURSOS EDUCACIONAIS ABERTOS (REA) O termo REA é uma forma abreviada de se referir aos Recursos Educacionais Abertos, que são "materiais de ensino, aprendizado e pesquisa, fixados em qualquer suporte ou mídia, que estejam sob domínio público ou licenciados de maneira aberta, permitindo que sejam utilizados ou adaptados por terceiros.” Trecho de: Rea.net.br (2012) http://www.rea.net.br/site/perguntas-frequentes/#a2 “Recursos Educacionais Abertos são materiais de ensino, aprendizado e pesquisa em qualquer suporte ou mídia, que estão sob domínio público, ou estão licenciados de maneira aberta, permitindo que sejam utilizados ou adaptados por terceiros. O uso de formatos técnicos abertos facilita o acesso e o reuso potencial dos recursos publicados digitalmente.” Trecho de Unesco/Commonwealth of Learning com colaboração da Comunidade REA-Brasil (2011)
  7. 7. PRAPETEC RECURSOS EDUCACIONAIS ABERTOS (REA) De forma resumida, pode-se dizer que "o conceito de REA tem foco em dois princípios: [1] licenças de uso legal de recursos didáticos e [2] abertura técnica e tecnológica no sentido de favorecer formatos que sejam fáceis para abrir ou fazer adaptações." Trecho adaptado de PICONEZ, NAKASHIMA e FILHO (2013)
  8. 8. PRAPETEC O QUE É ABERTO? Um recurso educacional pode ser considerado aberto se o seu uso, compartilhamento (distribuição) e edição (remix, criação de obras derivadas) são permitidos, possíveis e incentivados. Ao contrário, um recurso educacional é fechado se não permite previamente que nada seja feito com seus recurso educacionais. Entende-se que recursos educacionais fechados são “proprietários” porque direcionam seus usos e limitam (ou impossibilitam) a participação em seu desenvolvimento. De acordo com a definição de REA da UNESCO (2001), um Recurso Educacional é aberto quando pode ser utilizados ou adaptados por terceiros, por estarem em domínio público ou distribuídos com licenças abertas. A UNESCO também recomenda que, no caso de recursos em plataformas digitais, estes sejam criados com formatos técnicos abertos, facilitando esta utilização e adaptação por terceiros. Referência: Unesco/Commonwealth of Learning com colaboração da Comunidade REA-Brasil
  9. 9. PRAPETEC • Cursos completos • Partes de cursos • Módulos • Livros didáticos • Artigos de pesquisa • Vídeos • Testes • Software • Qualquer outra ferramenta, material ou técnica que possa apoiar o acesso ao conhecimento Trecho adaptado de Unesco/Commonwealth of Learning com colaboração da Comunidade REA-Brasil (2011) • Livros digitais (e-books) • Apostilas • Textos • Exercícios • Objetos de Aprendizagem • Aplicativos e programas • Sites • Entre outros... EXEMPLOS DE REA
  10. 10. PRAPETEC 4 LIBERDADES DOS REA “As quatro liberdades mínimas dos REA – os “4Rs” (review, reuse, remix e redistribute) – são as permissões concedidas aos usuários que acessam esses recursos. São elas: • Usar (Review): compreende a liberdade de usar o original, ou a nova versão por você criada com base num outro REA, em uma variedade de contextos; • Aprimorar (Reuse): compreende a liberdade de adaptar e melhorar os REA para que melhor se adequem às suas necessidades; • Recombinar (Remix): compreende a liberdade de combinar e fazer misturas e colagens de REA com outros REA para a produção de novos materiais; • Distribuir (Redistribute): compreende a liberdade de fazer cópias e compartilhar o REA original e a versão por você criada com outros.” Trecho de REA.net.br (2014, grifo nosso)
  11. 11. PRAPETEC FORMAS DE LICENCIMENTO “Copyright, direito autoral, direitos autorais ou direitos de autor são as denominações empregadas em referência ao rol de direitos dos autores sobre suas obras intelectuais, sejam estas literárias, artísticas ou científicas. Segundo a doutrina jurídica clássica, nesse rol encontram se direitos de natureza pessoal e patrimonial, também denominados, respectivamente, direitos morais e direitos patrimoniais.” Copyleft é um conceito da GPL da Free Software Foundation's GNU Project: busca ser um copyright que subverte alguns dos princípios do copyright, permitindo liberdades. São programas e outros tipos de mateirais livres para uso e remix, cujos trabalhos derivados também devem ser livres. Assim, algo que for disponibilizado de forma livre, continuará sendo livre e aqueles que produzirem a partir desse primeiro trabalho, continuarão colaborando. Creative Commons são licenças que atuamlado a lado com o copyright e permitem que uma pessoa modifique seus termos de copyright. “As licenças criadas pela organização permitem que detentores de copyright (isto é, autores de conteúdos ou detentores de direitos sobre estes) possam abdicar em favor do público de alguns dos seus direitos inerentes às suas criações, ainda que retenham outros desses direitos.” ”Domínio público, no Direito da Propriedade Intelectual, é o conjunto de obras culturais, de tecnologia ou de informação (livros, artigos, obras musicais, invenções e outros) de livre uso comercial, porque não submetidas a direitos patrimoniais exclusivos de alguma pessoa física ou jurídica, mas que podem ser objeto de direitos morais.” Trechos adaptados de WIKIPÉDIA, 2014 (grifos nossos) e de GNU.org (grifo nosso): https://www.gnu.org/copyleft/
  12. 12. PRAPETEC CREATIVE COMMONS (CC) ‘Creative Commons é uma organização não governamental que possibilita o compartilhamento e uso da criatividade e conhecimento por ferramentas legais livres. (...) Nossas licenças de copyright livres e fáceis de usar oferecem um modo simples e padronizado de oferecer permissão pública para o compartilhamento e uso de obras criativas — sob condições a sua escolha. Licenças Creative Commons permitem que você facilmente mude os termos de copyright do padrão de “todos os direitos reservados” para “alguns direitos reservados”. Licenças Creative Commons não são uma alternativa ao copyright. Elas trabalham lado a lado com o copyright e permitem que você modifique seus termos de copyright para que atendam melhor as suas necessidades.’ Trecho de: CreativeCommons.org (tradução nossa, grifos nossos) http://creativecommons.org/about
  13. 13. PRAPETEC LICENÇAS CREATIVE COMMONS Atribuição (BY) Esta licença permite que outros distribuam, remixem, adaptem ou criem obras derivadas, mesmo que para uso com fins comerciais, contanto que seja dado crédito pela criação original. Esta é a licença menos restritiva de todas as oferecidas, em termos de quais usos outras pessoas podem fazer de sua obra. Atribuição - Compartilhamento pela mesma Licença (BY-SA) Esta licença permite que outros remixem, adaptem, e criem obras derivadas ainda que para fins comerciais, contanto que o crédito seja atribuído a você e que essas obras sejam licenciadas sob os mesmos termos. Esta licença é geralmente comparada a licenças de software livre. Todas as obras derivadas devem ser licenciadas sob os mesmos termos desta. Dessa forma, as obras derivadas também poderão ser usadas para fins comerciais. Atribuição - Não a Obras Derivadas (BY-ND) Esta licença permite a redistribuição e o uso para fins comerciais e não comerciais, contanto que a obra seja redistribuída sem modificações e completa, e que os créditos sejam atribuídos a você. Atribuição - Uso Não-Comercial (BY-NC) Esta licença permite que outros remixem, adaptem, e criem obras derivadas sobre sua obra sendo vedado o uso com fins comerciais. As novas obras devem conter menção a você nos créditos e também não podem ser usadas com fins comerciais. Porém as obras derivadas não precisam ser licenciadas sob os mesmos termos desta licença. Atribuição - Uso Não Comercial - Compartilhamento pela mesma Licença (BY-NC-SA) Esta licença permite que outros remixem, adaptem e criem obras derivadas sobre sua obra com fins não comerciais, contanto que atribuam crédito a você e licenciem as novas criações sob os mesmos parâmetros. Outros podem fazer o download ou redistribuir sua obra da mesma forma que na licença anterior, mas eles também podem traduzir, fazer remixes e elaborar novas histórias com base na sua obra. Toda nova obra feita com base na sua deverá ser licenciada com a mesma licença, de modo que qualquer obra derivada, por natureza, não poderá ser usada para fins comerciais. Atribuição - Uso Não Comercial - Não a Obras Derivadas (BY-NC-ND) Esta licença é a mais restritiva dentre as seis licenças principais, permitindo redistribuição. Ela é
  14. 14. PRAPETEC CREATIVE COMMONS (CC) E RECURSOS EDUCACIONAIS ABERTOS Seguindo as definições de REA e as 4 liberdades essenciais dos REA: “Recursos educacionais licenciados usando uma licença Creative Commons com a restrição ND não são REA. (…) Em função dessas 4 liberdades essenciais de REA, restrições como ND (Não-a-obras-Derivadas) não são aceitáveis para REA, e restrições como NC (Não-Comercial) podem ser problemáticas.” Trecho de: Site REA.net.br (grifos nossos) http://www.rea.net.br/site/perguntas-frequentes/
  15. 15. PRAPETEC QUAIS LICENÇAS CREATIVE COMMONS USAR PARA REA? Atribuição (BY) Esta licença permite que outros distribuam, remixem, adaptem ou criem obras derivadas, mesmo que para uso com fins comerciais, contanto que seja dado crédito pela criação original. Esta é a licença menos restritiva de todas as oferecidas, em termos de quais usos outras pessoas podem fazer de sua obra. Atribuição - Compartilhamento pela mesma Licença (BY-SA) Esta licença permite que outros remixem, adaptem, e criem obras derivadas ainda que para fins comerciais, contanto que o crédito seja atribuído a você e que essas obras sejam licenciadas sob os mesmos termos. Esta licença é geralmente comparada a licenças de software livre. Todas as obras derivadas devem ser licenciadas sob os mesmos termos desta. Dessa forma, as obras derivadas também poderão ser usadas para fins comerciais. Atribuição - Não a Obras Derivadas (BY-ND) Esta licença permite a redistribuição e o uso para fins comerciais e não comerciais, contanto que a obra seja redistribuída sem modificações e completa, e que os créditos sejam atribuídos a você. Atribuição - Uso Não-Comercial (BY-NC) Esta licença permite que outros remixem, adaptem, e criem obras derivadas sobre sua obra sendo vedado o uso com fins comerciais. As novas obras devem conter menção a você nos créditos e também não podem ser usadas com fins comerciais. Porém as obras derivadas não precisam ser licenciadas sob os mesmos termos desta licença. Atribuição - Uso Não Comercial - Compartilhamento pela mesma Licença (BY-NC-SA) Esta licença permite que outros remixem, adaptem e criem obras derivadas sobre sua obra com fins não comerciais, contanto que atribuam crédito a você e licenciem as novas criações sob os mesmos parâmetros. Outros podem fazer o download ou redistribuir sua obra da mesma forma que na licença anterior, mas eles também podem traduzir, fazer remixes e elaborar novas histórias com base na sua obra. Toda nova obra feita com base na sua deverá ser licenciada com a mesma licença, de modo que qualquer obra derivada, por natureza, não poderá ser usada para fins comerciais. Atribuição - Uso Não Comercial - Não a Obras Derivadas (BY-NC-ND) Esta licença é a mais restritiva dentre as seis licenças principais, permitindo redistribuição. Ela é
  16. 16. PRAPETEC COMO ENCONTRAR REA? Existem diversos sítios eletrônicos que oferecem sistemas de busca, acervos e repositórios de REA e de recursos com licenças abertas, alguns exemplos • Wikimedia Commons: http://commons.wikimedia.org/wiki/Main_Page • Busca do Creative Common: http://search.creativecommons.org/?lang=pt • Pesquisa de imagens avançada do Google: https://encrypted.google.com/advanced_image_search?hl=pt -BR
  17. 17. PRAPETEC EXEMPLO: 1) BUSCANDO REA Para este exemplo, utilizaremos a Pesquisa de imagens avançada oferecida pelo sistema de busca Google.
  18. 18. PRAPETEC EXEMPLO: 1) BUSCANDO REA Na Pesquisa de imagens avançada podemos definir exatamente o que estamos buscando. Por exemplo, queremos uma imagem que permita seu uso, compartilhamento e modificação, então selecionamentos esta opção:
  19. 19. PRAPETEC EXEMPLO: 2) IDENTIFICAÇÃO DE LICENCIAMENTO Uma das imagens que encontramos foi esta foto, de autoria de Marco Belluci, disponibilizada por ele em seu perfil no sítio eletrônico Flickr: http://www.flickr.com/photos/marcobellucci/3534516458/
  20. 20. PRAPETEC EXEMPLO: 2) IDENTIFICAÇÃO DE LICENCIAMENTO Esta foto foi licenciada pelo autor com “Alguns direitos reservados” (Some Rights Reserved). Esta indicação possui um link que leva a uma licença Creative Commons Attribution 2.0 Generic (CC BY 2.0): https://creativecommons.org/licenses/by/2.0/ Imagem editada a partir da foto original. Foto original: "Question mark”, de autoria de Marco Belluci (2005) http://www.flickr.com/photos/marcobellucci/3534516458/ Imagem original disponibilizada sob licença Creative Commons Attribution 2.0 Generic (CC BY 2.0): https://creativecommons.org/licenses/by/2.0/ Foto com edições (filtro de desfoque da imagem e transparência) Imagem editada em 2014 e disponibilizada sob licença: Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/4.0/
  21. 21. PRAPETEC EXEMPLO: 2) IDENTIFICAÇÃO DE LICENCIAMENTO Neste caso, Marcos criou uma foto e publicou em sua conta no Flickr, disponibilizando-a com alguns direitos reservados. Ao acessar a página que descreve a forma de licenciamento que Marcos oferece para sua foto, na qual Marcos dá permissão prévia para que qualquer um possa: • Compartilhar a foto • Adaptar a foto, ou seja, produzir trabalhos derivados (remixar) Ou seja, pode-se compartilhar e adaptar esta foto sem pedir permissão prévia para o Marcos, pois esta permissão já foi concedida pela sua escolha em utilizar esta licença do Creative Commons. Esta foto também pode ser utilizada para qualquer propósito, mesmo que comercial, portanto que siga as seguintes condições: • Atribuição de autoria • Link para a licença • Indicação de quais mudanças forem feitas (se for o caso)
  22. 22. PRAPETEC EXEMPLO: 3) LICENCIANDO UMA OBRA DERIVADA COMO REA Digamos que nós queremos editar esta imagem para utilizar em um material, tal como fizemos nesta própria apresentação de slides. Esta nova imagem (que é uma obra derivada de outra) também será licensiada. Para tal, utilizamos a ferramenta de licenciamento da Creative Commons: http://creativecommons.org/choose/ e o resultado segue abaixo. Imagem editada a partir da foto original. Foto original: "Question mark”, de autoria de Marco Belluci (2005) http://www.flickr.com/photos/marcobellucci/3534516458/ Imagem original disponibilizada sob licença Creative Commons Attribution 2.0 Generic (CC BY 2.0): https://creativecommons.org/licenses/by/2.0/ Foto com edições (filtro de desfoque da imagem e transparência) Imagem editada em 2014 e disponibilizada sob licença: Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/4.0/ Foto: "Question mark”, de autoria de Marco Belluci (2005) http://www.flickr.com/photos/marcobellucci/3534516458/ Imagem disponibilizada sob licença Creative Commons Attribution 2.0 Generic (CC BY 2.0): https://creativecommons.org/licenses/by/2.0/
  23. 23. PRAPETEC REFERÊNCIAS O QUE REALMENTE FOI CITADO ISOTANI et al., 2009 (grifos nossos) http://ceie-sbc.educacao.ws/pub/index.php/rbie/article/viewFile/4/4 OLIVEIRA, 1993, p.24 http://www2.ucg.br/flash/artigos/041126todorov.html SILVEIRA, 2012 Trecho de Rea.net.br http://www.rea.net.br/site/perguntas-frequentes/#a2 Trecho de Unesco/Commonwealth of Learning com colaboração da Comunidade REA-Brasil (2011) Trecho adaptado de PICONEZ, NAKASHIMA e FILHO, 2013 Trecho de REA.net.br (grifo nosso) http://www.rea.net.br/site/perguntas-frequentes/ Trechos adaptados de WIKIPÉDIA, 2014 (grifos nossos) e de GNU.org (grifo nosso): https://www.gnu.org/copyleft/ Trecho de: CreativeCommons.org (tradução nossa, grifos nossos) http://creativecommons.org/about Trechos adaptados de Educação Aberta, 2014 Foto: "Question mark”, 2005, de autoria de Marco Belluci http://www.flickr.com/photos/marcobellucci/3534516458/ Imagem disponibilizada sob licença Creative Commons Attribution 2.0 Generic (CC BY 2.0): https://creativecommons.org/licenses/by/2.0/
  24. 24. PRAPETEC REFERÊNCIAS BORTOLOZZI, Josiane; TORRES, Patrícia; KOWALSKI, Raquel. Eurek@Kids: ambiente virtual de aprendizagem para escolares hospitalizados. In ….??? Disponível em: http://www.pead.ucpel.tche.br/revistas/index.php/colabora/article/view/107/91. Acessado em: 04/2014. COUTINHO, Clara; BOTTENTUIT Jr, João. Blog e Wiki: os futuros professores e as ferramentas da web 2.0. Disponível em: http://repositorium.sdum.uminho.pt/bitstream/1822/7358/1/Com%20SIIE.pdf. Acessado em 04/2014. MOURÃO, Marisa; ARRUDA, Euclides; MIRANDA, Hélio. Atendimento Educacional Especializado. Disponível em: http://www.tonao.com.br/escola/CURSO%20AEE/UNI%20II.pdf. Acessado em: 04/2014 PRIMO, Alex . Avaliação em processos de educação problematizadora online. In: Marco Silva; Edméa Santos. (Org.). Avaliação da aprendizagem em educação online. São Paulo: Loyola, 2006, v. , p. 38-49. TORRES, Patrícia. Laboratórıo on lıne de aprendızagem: uma proposta crítıca de aprendızagem colaboratıva para a educação. Tese de Doutorado. UFSC, Florianópolis, 2002 http://ceie-sbc.educacao.ws/pub/index.php/rbie/article/viewFile/4/4 http://www.rea.net.br/site/conceito/ http://api.ning.com/files/LdW9VWKpTI6qacRvNex0J48ZtveC7F1HpA0NYe0XsYnhykUVP7oxPBNN 9Ql2WUAxlqlBhIuvQm9kR3CABQgPr2sNlRhZRde-/IllichI1985Sociedadesemescolas.pdf

×