Homenagens aos professores

5.125 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.125
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
17
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Homenagens aos professores

  1. 1. 15 de outubro de 2011 Dia do professor
  2. 2. Tarefa difícil, mas não impossível.Tarefa que pede sacrifício incrível!Tarefa que exige abnegação, tarefa que é feitacom coração.Nos dias cansados, nas noites de angústia, nashoras de fardo, da tamanha luta, chegamos atéa nos questionar: Será Deus, que vale a penaensinar? Mas bem lá dentro responde uma voz,a que nos entende e fala por nós, a voz danossa alma, a voz do nosso eu.Vale sim, coragem! Você ensinando aprendetambém, você ensinando faz bem a alguém evai semeando, nos alunos seus, um pouco depaz e um tanto de Deus.PARABÉNS PELO SEU DIA!
  3. 3. Professores, Tantas coisas pra falar, e tão pouco tempo... O amanhã não é garantido para ninguém, seja para jovens, ou mais velhos, e hoje pode ser a última chance de abraçarmos aqueles que amamos. Então, se estamos esperando pelo amanhã, por que não agirmos hoje? Assim, se o amanhã nunca chegar, não teremos arrependimentos de não termos aproveitado um momento para um sorriso, para um abraço, paraum beijo, uma gentileza, porque estávamos muito ocupados para dar a alguém o que poderia ser o seu último desejo. Abracemos hoje aqueles queamamos, sussurremos em seus ouvidos, dizendo- lhes os quantos nos são raros e que sempre os amamos. Encontremos tempo para dizer: "Desculpe-me", "Perdoe- me", "Obrigado", "Eu perdôo você".Sempre há tempo para amarmos e se não houver amanhã, também não haverá remorsos de hoje para carregarmos. Pensem nisso AGORA...
  4. 4. Profª. Ada A coisa mais importante que você possui é o dia de hoje. O dia de hoje, mesmo q esteja espremido entre o ontem e o amanhã, deve merecer sua total prioridade. Só hoje você pode ser feliz; o amanhã ainda não chegou e já é muito tarde para ter sido feliz ontem. A grande maioria das nossas dores é fruto dos restos do ontem ou dos medos do amanhã. Viva o dia de hoje com sabedoria: decida como irá alimentar seus minutos, o seu trabalho, o seu descanso e faça tudo que seja possível para que o dia de hoje seja seu, já que ele lhe foi dado tão generosamente. Respeite-o te tal maneira que, quando for dormir, você possa dizer: hoje fui capaz de viver e amar.EQUIPE DA EMEF. ALEXANDRE DINIZ DA PENHA.DAMIÃO, 15 DE OUTUBRO DE 2011.
  5. 5. Profª. Adna Sou composta por urgências, minhas alegrias são intensas; minhas tristezas, absolutas. Entupo-me de ausências, esvazio-me de excessos. Eu não caibo no estreito, eu só vivo nos extremos. Pouco não me serve, médio não me satisfaz, metades nunca foram meu forte! Todos os grandes e pequenos momentos, feitos com amor e com carinho, são pra mim recordações eternas. Palavras até me conquistam temporariamente… Mas atitudes me perdem ou me ganham para sempre. Suponho que me entender não é uma questão de inteligência e sim de sentir, de entrar em contato… Ou toca, ou não toca.EQUIPE DA EMEF. ALEXANDRE DINIZ DA PENHA.DAMIÃO, 15 DE OUTUBRO DE 2011.
  6. 6. Profº .Múcio Em nossa vida, como na matemática, devemos: - Somar alegrias; - Diminuir tristezas; - Multiplicar felicidade; - E dividir amor. Nestas dimensões, certamente todos gostamos da matemática. Somar alegrias Quem vive sozinho, longe dos outros, sem compartilhar alegrias, sem permutar experiências, diminui sua própria alegria e não alcança a felicidade. Ficamos, às vezes, penalizados, vendo tanta gente que ainda não fez esta descoberta. Pessoas que se fecham sobre si mesmas, por medo ou egoísmo, palmilham caminhos errados. Quem teme perder sua alegria, repartindo-a com os outros, ainda não aprendeu a psicologia humana. Diminuir tristezas A vida tem dessas compensações gratificantes. Quando conseguimos minorar a tristeza, nós é que saímos lucrando. Uma das mais profundas satisfações reservada a um coraçãoEQUIPE DA EMEF. ALEXANDRE DINIZ DA PENHA. humano é restituir o entusiasmo, a coragem e o otimismo aos irmãos da caminhada. Multiplicar felicidade Na família, no trabalho, na comunidade, em qualquer lugar onde plantamos felicidade, nós a multiplicamos. Felicidade partilhada é felicidade pessoal multiplicada.DAMIÃO, 15 DE OUTUBRO DE 2011. Dividir o amor Em matemática, quando dividimos um número pelo outro, o resultado final é sempre menor. Nas dimensões do amor humano, acontece exatamente o contrário. Dividir o amor com os outros é multiplicá-lo, é aumentá-lo. Todo aquele que divide seu amor com alguém, descobre em seguida ter multiplicado seu amor. Somar alegrias, diminuir tristezas, multiplicar felicidade, dividir o amor: é o mais lindo programa de vida que podemos abraçar. O ser humano é comunicativo por natureza. Não aguenta viver sozinho. O individualismo é o caminho mais certo da infelicidade, para a solidão. Somar alegrias, diminuir tristezas, multiplicar felicidade e dividir amor é a rota mais segura da Alegria de Viver.
  7. 7. Profª. Karina O tempo passa, e nós mudamos tanto... Ficamos tão sérios, tão preocupados, e sempre tão sem tempo pra coisa alguma. De repente, alguém disse que para sermos felizes, o que precisamos é ter um bom emprego, uma bela casa, o carro do ano, os aparelhos e as roupas da moda e, claro, termos muito dinheiro na conta. E nós, bobos, seguimos atrás destas coisas cegamente, aficcionadamente, entregando-nos a uma vida afogada em trabalho, estudos, metas, e uma constante insatisfação. Mas se olharmos para trás, ainda poderemos lembrar de um tempo em que era até engraçado não ter dinheiro e fazer vaquinha pra pagar a conta da lanchonete com nossos melhores amigos. Se não conseguíamos ir todos juntos para a festa ou para o show da hora, fazíamos nossa festa na casa de alguém, ou na rua, mesmo, por que nossa verdadeira festa era estarmos juntos, sorrindo uns com os outros. Mas... para onde foi esse tempo? Para onde foram os amigos? Para onde estamos indo nós?Nós nascemos muito felizes. Crescemos naquilo que pode ser a expressão mais tangível da felicidade possível, mas aos poucos vamos trocando isso por outros valores, como sucesso profissional e sucesso financeiro... Bem aventurado é aquele que consegue acordar a tempo de perceber que melhor do que fazer horas extras no trabalho ou perder noites de sono em algum projeto ou pesquisa, é sempre reservar um tempo para preservar suas amizades, dedicando-se àsEQUIPE DA EMEF. ALEXANDRE DINIZ DA PENHA. pessoas que você ama, à sua família. A felicidade está conosco oDAMIÃO, 15 DE OUTUBRO DE 2011. tempo todo: nós é que muitas vezes não damos a menor bola pra ela...
  8. 8. Profª. Edneide Podemos acreditar que tudo que a vida nos oferecerá no futuro é repetir o que fizemos ontem e hoje. Mas, se prestarmos atenção, vamos nos dar conta de que nenhum dia é igual a outro. Cada manhã traz uma benção escondida; uma benção que só serve para esse dia e que não se pode guardar nem desaproveitar. Se não usamos este milagre hoje, ele vai se perder. Este milagre está nos detalhes do cotidiano; é preciso viver cada minuto porque ali encontramos a saída de nossas confusões, a alegria de nossos bons momentos, a pista correta para a decisão que tomaremos. Nunca podemos deixar que cada dia pareça igual ao anterior porque todos os dias sãoEQUIPE DA EMEF. ALEXANDRE DINIZ DA PENHA. diferentes, porque estamos em constanteDAMIÃO, 15 DE OUTUBRO DE 2011. processo de mudança.
  9. 9. Profº. Adailton Possa hoje, a paz, habitar dentro de ti... Confia... E reconhece que estás exatamente onde Deus te quer, neste momento... Não esqueças nunca, as infinitas possibilidades que nascem da fé. Que possas sempre usar em favor do teu irmão, os dons que recebeste e multipliques infinitamente o amor que te foi dado. Contenta-te por saberes que és um filho de Deus permite que a sua presença preencha todo o teu ser e dá à tua alma a liberdade de cantar, dançar e aquecer-se ao sol... Que está aí para todos e cada um de nós.EQUIPE DA EMEF. ALEXANDRE DINIZ DA PENHA.DAMIÃO, 15 DE OUTUBRO DE 2011.
  10. 10. Profº. Jarbas "Cada um que passa em nossa vida, passa sozinho, pois cada pessoa é única e nenhuma substitui outra. Cada um que passa em nossa vida, passa sozinho, mas não vai só nem nos deixa sós. Leva um pouco de nós mesmos, deixa um pouco de si mesmo. Há os que levam muito, mas há os que não levam nada. Essa é a maior responsabilidade de nossa vida, e a prova de que duas almas não se encontram ao acaso. "EQUIPE DA EMEF. ALEXANDRE DINIZ DA PENHA.DAMIÃO, 15 DE OUTUBRO DE 2011.
  11. 11. Profº. Francielio De tudo, o que fica é o seu nome e as lembranças a cerca de suas ações. Obrigada, desculpa, por favor, são palavras mágicas, chaves que abrem portas para uma vida melhor O amor... Ah, o amor... O amor quebra barreiras, une facções, destrói preconceitos, cura doenças... Não há vida decente sem amor! E é certo, quem ama, é muito amado.EQUIPE DA EMEF. ALEXANDRE DINIZ DA PENHA.DAMIÃO, 15 DE OUTUBRO DE 2011. E vive a vida mais alegremente...
  12. 12. Profº. Fábio Gabriel Na vida temos muitas surpresas, boas, ruins, inesperadas... Temos que estar preparados para reagir a cada uma delas. Chore, ria, faça careta, pule, dançe, cante, corra, viva. Não tenha medo de Viver e ser feliz! Existem momentos na vida, que podem parecer bobos, que possam parecer comuns para você no enquanto, mas um dia você pode olhar pra traz e diz: esse foi o dia mais feliz de minha vida. "até agora". Por isso, aprecie cada momento na vida, como se fosse único, e especial, com umaEQUIPE DA EMEF. ALEXANDRE DINIZ DA PENHA.DAMIÃO, 15 DE OUTUBRO DE 2011. pessoa especial.
  13. 13. Profª. Neuda A vida é uma oportunidade, aproveite-a A vida é beleza, admire-a A vida é felicidade, deguste-a A vida é um sonho, torne-realidade A vida é um desafio, enfrente-o A vida é um dever, cumpra-o A vida é um jogo, jogue-o A vida é preciosa, cuide dela A vida é uma riqueza, conserve-a A vida é amor, goze-o A vida é um mistério, descubra-o A vida é promessa, cumpra-a A vida é tristeza, supere-a A vida é um hino, cante-o A vida é uma luta, aceite-a A vida é uma aventura, arrisque-a A vida é felicidade, mereça-a A vida é vida, defende-aEQUIPE DA EMEF. ALEXANDRE DINIZ DA PENHA.DAMIÃO, 15 DE OUTUBRO DE 2011.
  14. 14. Profª. Rizoneide Creio nos anjos que andam pelo mundo, Creio em amores lunares com piano ao fundo, Creio num engenho que falta mais fecundo de harmonizar as partes dissonantes, Creio que tudo é eterno num segundo, Creio num céu futuro que houve dantes, Creio nos deuses de um astral mais puro, na flor humilde que se encosta ao muro, Creio na carne que enfeitiça o além, Creio no incrível, nas coisas maravilhosas,EQUIPE DA EMEF. ALEXANDRE DINIZ DA PENHA.DAMIÃO, 15 DE OUTUBRO DE 2011. na ocupação do mundo pelas rosas, Creio que o amor tem asas de ouro.
  15. 15. Profª. Jaciara Não sei Se a vida é curta ou longa demais pra nós, mas sei que nada do que vivemos tem sentido, se não tocamos o coração das pessoas. Muitas vezes basta ser: Braço que envolve, palavra que conforta, silêncio que respeita, alegria que contagia, e isso não é coisa de outro mundo, é o que dá sentido à vida. É o que faz com que ela não seja nem curta, nem longa demais, mas que seja intensa, verdadeira, pura, enquanto durar.EQUIPE DA EMEF. ALEXANDRE DINIZ DA PENHA.DAMIÃO, 15 DE OUTUBRO DE 2011.
  16. 16. Profª. Ivania Patrícia Às vezes procuramos tanto por algo que se chama felicidade. E nessa busca não vemos quantas vezes somos felizes. Queremos tanto o impossível que não vemos o quanto às coisas são possíveis. Sonhamos tanto com os melhores momentos, que só o percebemos quando já se foram. O melhor sonho de uma felicidade eterna é viver um grande momento, com pessoas que sabem viverem pequenos instantes!EQUIPE DA EMEF. ALEXANDRE DINIZ DA PENHA.DAMIÃO, 15 DE OUTUBRO DE 2011.
  17. 17. Profº. Maganez Já perdoei erros quase imperdoáveis, tentei substituir pessoas insubstituíveis e esquecer pessoas inesquecíveis. Já fiz coisas por impulso, já me decepcionei com pessoas que eu nunca pensei que iriam me decepcionar, mas também já decepcionei alguém. Já abracei pra proteger, já dei risada quando não podia, fiz amigos eternos, e amigos que eu nunca mais vi. Amei e fui amado, mas também já fui rejeitado, fui amado e não amei. Já gritei e pulei de tanta felicidade, já vivi de amor e fiz juras eternas, e quebrei a cara muitas vezes! Já chorei ouvindo música e vendo fotos, já liguei só para escutar uma voz, me apaixonei por um sorriso, já pensei que fosse morrer de tanta saudade e tive medo de perder alguém especial (e acabei perdendo). Mas vivi! E ainda vivo! Não passo pela vida. E você também não deveria passar! Viva!!! Bom mesmo é ir à luta com determinação, abraçar a vida com paixão, perder com classe e vencer com ousadia, porque o mundo pertence a quem se atreveEQUIPE DA EMEF. ALEXANDRE DINIZ DA PENHA. e a vida é "muito" para ser insignificante.DAMIÃO, 15 DE OUTUBRO DE 2011.
  18. 18. Profº. Júnior A vida é o dever que nós trouxemos para fazer em casa. Quando se vê, já são seis horas! Quando de vê, já é sexta-feira! Quando se vê, já é natal... Quando se vê, já terminou o ano... Quando se vê passaram 50 anos! Agora é tarde demais para ser reprovado... Se me fosse dado um dia, outra oportunidade, eu nem olhava o relógio. Seguiria sempre em frente e iria jogando pelo caminho a casca dourada e inútil das horas... Seguraria o amor que está a minha frente e diria que eu o amo... E tem mais: não deixe de fazer algo de que gosta devido à falta de tempo. Não deixe de ter pessoas ao seu lado por puro medo de ser feliz.EQUIPE DA EMEF. ALEXANDRE DINIZ DA PENHA. A única falta que terá será a desse tempo que,DAMIÃO, 15 DE OUTUBRO DE 2011. infelizmente, nunca mais voltará.
  19. 19. Profº Ronaldo É nossa função escolher que dia teremos hoje. Podemos reclamar porque está chovendo ou agradecer às águas por lavarem a poluição. Podemos ficar triste por não ter dinheiro ou nos sentirmos encorajados para administrar nossas finanças, evitando o desperdício. Podemos reclamar sobre nossa saúde ou dar graças por estarmos vivos. Podemos nos queixar dos nossos pais por não terem nos dado tudo o que queríamos ou podemos ser grato por termos nascido. Podemos reclamar por ter que ir trabalhar ou agradecer por ter trabalho. Podemos sentir tédio com o trabalho como professor (a) ou agradecer a Deus. Podemos lamentar decepções com amigos ou nos entusiasmar com a possibilidade de fazer novas amizades. Se as coisas não saíram como planejamos podemos ficar felizes por termos o hoje para recomeçar. O dia está na nossa frente esperando para ser o que nós quisermos. E aqui estamosEQUIPE DA EMEF. ALEXANDRE DINIZ DA PENHA.DAMIÃO, 15 DE OUTUBRO DE 2011. como escultores que pode dar forma.
  20. 20. Profª. .Jocineuda Tô relendo minha lida, minha alma, meus amores Tô revendo minha vida, minha luta, meus valores Refazendo minhas forças, minha fonte, meus favores Tô regando minhas folhas, minhas faces, minhas flores Tô limpando minha casa, minha cama, meu quartinho Tô soprando minha brasa, minha brisa, meu anjinho Tô bebendo minhas culpas, meu veneno, meu vinho Escrevendo minhas cartas, meu começo, meu caminho Estou podando meu jardim Estou cuidando bem de mimEQUIPE DA EMEF. ALEXANDRE DINIZ DA PENHA.DAMIÃO, 15 DE OUTUBRO DE 2011.
  21. 21. Profª..Ana Cristina É importante termos confiança naquilo que somos, nos nossos talentos e capacidades particulares, de modo a desenvolver a fé na existência, na qual se apoiará a capacidade de gerar a bondade, a benevolência, a compaixão e o amor altruísta. A fé e a confiança são indispensáveis ao desenvolvimento das qualidades humanas. Constituem um terreno fértil onde crescem todas as sementes que dão origem às emoções positivas.EQUIPE DA EMEF. ALEXANDRE DINIZ DA PENHA.DAMIÃO, 15 DE OUTUBRO DE 2011.
  22. 22. Profº. Paulo Somar é a primeira operação matemática que se aprende, a que temos mais facilidade e que gostamos mais. Primeiro agente gosta de somar várias vezes palitos e giz, depois brinquedos e roupas da moda, depois somar dinheiro, depois somar carros e casas, e sempre somar alegria e felicidade. Isto já é multiplicação, que também é fácil de aprender, é só somar várias vezes a mesma coisa. A Segunda operação que aprendemos é a subtração. Aí começa a ficar estranho. Principalmente quando tem que pedir emprestado na casa do vizinho, digo, casa decimal ao lado. Ninguém gosta mais de diminuir do que somar. Quando chega na divisão é quase um desespero, ainda mais quando sobra um resto. É que ninguém entende aonde ou pra quem vai ficar o resto. Até no cotidiano ninguém gosta de dividir nada. A dificuldade no aprendizado não parece à toa, o homem rejeita essa prática. Quando o homem aprender a dividir corretamente e saber onde deve ficar o resto, entenderá que é o mesmo que somar para alguns, mantendo a quantidade de outros, sem necessariamente subtrair de alguém, ou seja, é o mesmo que somar igual para todos; entenderá também que somando os restos teremos mais um inteiro divisível, fazendo outros felizes. O resultado final também é uma soma, a soma da felicidade geral. Poderíamos até chamar esta operação de soma distribuída. Com esta visão, com certeza a matemática daria mais resultados, talvez fosse dispensável aprender contas de dividir e os homens continuariam felizes a somar palitos, brinquedos, dinheiros, carros, casas e felicidade, porém não somente para si. Quem sabe?EQUIPE DA EMEF. ALEXANDRE DINIZ DA PENHA.DAMIÃO, 15 DE OUTUBRO DE 2011.
  23. 23. Profº. EMILIANO Não é por serem difíceis as coisas que não ousamos, é por não ousarmos que elas são difíceis. A forma como nos descrevemos estrutura o nosso comportamento, de tal forma que não podemos ir além do personagem que montamos para nós mesmos. Para os que crêem nos homens, nenhuma explicação é necessária. Para os que não crêem, nenhuma explicação é possível.Você não pode vencer quando não há alternativas para lutar.EQUIPE DA EMEF. ALEXANDRE DINIZ DA PENHA.DAMIÃO, 15 DE OUTUBRO DE 2011.

×